~reaper_

reaper_
Tia May
Nome: ⌇ ᕮ∂мαyяα ᗰcᕼαłє – υsєłєss sσυł ⌇
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 21 de Fevereiro
Idade: 18
Cadastro:

❝ Cause we could be immortals...


Postado

❝ Cause we could be immortals...

Immortals
Just not for long, for long
And live with me forever now
Pull the blackout curtains down
Just not for long, for long
We could be immo-immortals

Fall Out Boy, Immortals


Nome
Samantha Maria Stark

Apelido
Sam, Sammy para os mais íntimos

Codinome
Knock Out

Idade e aniversário
25 anos {21/02}

Orientação sexual
Heterossexual

Aparência
{Ashley Greene}

A moça possui um corpo de estrutura comum, um metro e setenta de altura, coxas um pouco grossas, pernas bem torneadas e um bumbum mediano. Seus seios são médios, atraindo mais atenção com um decote bem colocado. Seu rosto é oval e seus lábios finos, sempre estampados de nude ou vermelho. Seus olhos são claros, mais precisamente verdes, como os de seu avô, Howard sim, o John Slattery tem olhos verdes. Originalmente, seus cabelos eram castanho-escuro como os do pai, mas, assim que começaram suas desavenças, ela começou a descolorir, até chegar ao tom loiro de hoje.


Personalidade

Samantha é, na maioria das vezes, desbocada, irônica e ignorante. Apesar de sua aparência "angelical", à primeira vista é impossível dizer se ela gostou da pessoa ou só está sendo gentil, pondo em prática o seu lado Potts. Ela tem uma dedicação e determinação que julgaria na média, mas podendo aumentar dependendo da crítica e da pessoa. Se um desconhecido a diz que é ruim em algo, ela o observa atentamente por três segundos, o manda para a casa do caralho e o ignora, porém, irá se empenhar para melhorar naquilo. Se a crítica vier de um conhecido, ela vai se empenhar ao máximo e buscar sempre ser a melhor. Consegue ser bem persuasiva quando quer. Como uma boa Stark, é explosiva, cabeça-dura e desconfiada de tudo e todos fora de sua zona de conforto. Não tem sua confiança conquistada facilmente, mas quando vê que a pessoa se esforça, dá uma chance de se aproximar. Apesar do sobrenome que carrega, não gosta de tirar proveito, usando, por muitas vezes, o sobrenome da mãe para passar despercebida. Gosta de lutar, às vezes literalmente, para ter o que almeja.


História

Nascida em berço de ouro, Samantha sempre foi criada muito bem por sua mãe, já que o pai estava sempre ocupado com seus projetos para as Indústrias Stark, "continuando o legado que, assim como seu pai, um dia deixaria para sua filha". Aos nove meses, antes de sair em viagem, Howard brincou com Pepper, dizendo: "Não deixe que nossa menina vire um monstrinho como o pai", coisa que Pepper sequer pensou. Graças à ela e ao conselho do Stark mais velho, a menina teve a infância mais normal quanto fora possível. Claro, seus colégios eram caros, mas não ligava para roupas e brinquedos caros, tudo o que almejava naquela idade era ter algum amigo para brincar.
Após a morte dos pais, Tony tentara se aproximar mais da filha, o que conseguira, até que ela atingiu a adolescência, que foi um pouco conturbada. A menina crescera ouvindo histórias sobre o avô e seus feitos durante a Segunda Guerra Mundial, tendo como um ídolo, além do próprio Howard, seu amigo, Steve, que foi declarado morto em batalha, mas estava apenas congelado em algum ponto no ártico. Um dia, durante uma conversa do pai com um dos sócios, ela ouvira Tony menosprezando o trabalho do avô e, como grande admiradora, defendeu o ponto de que o "experimento" do qual Howard fez parte encerrara a Guerra. Vendo a razão nas próprias palavras, Samantha concluiu que seus ideais não eram como os de seu pai. Como a rebeldia lhe permitiu, ela passou a fazer as coisas ao contrário e, assim que teve oportunidade, se mudou para Massachusetts, onde se formou com louvor em Engenharia Mecânica no MIT após ter largado Direito em Harvard.
Nesse meio tempo, aos seus 21 anos, quando cursava seu último ano, a moça começou a ouvir vozes em sua cabeça. às vezes, conseguia comprimi-las, às vezes, chegavam ao ponto de enlouquecê-la. Durante sua estadia em Harvard, fez amizade com um professor especializado em neurologia, a quem recorreu para ter orientação. Ela mal sabia que ele também era consultor de pesquisas para a SHIELD, então, sabia de coisas que muitos não sabiam. Ao chegar em casa, Nick Fury a aguardava para explicar sua situação e oferecer assistência para controlar. Ela aceitou de bom grado, fazendo também alguns favores para o homem em troca da ajuda. Assim que concluiu seus estudos, se alistou para a Superintendência Humana de Intervenção, Espionagem, Logística e Dissuasão, também conhecida como SHIELD. A moça começou como agente júnior, hoje ocupando um cargo de respeito como Agente de Elite, sabendo se virar nos mais variados tipos de missões e situações. Ainda na academia, conheceu Nathan, um rapaz com quem logo simpatizou, apesar de ele ter dado em cima dela nas duas primeiras semanas que se seguiram os treinamentos. Hoje, são melhores amigos e ela não confia em mais ninguém além dele e sua mãe.


Família
Anthony "Tony" Edward Stark, pai
Robert Downey Jr

Samantha e Tony tem um relacionamento problemático, uma espécie de gato e rato, estão sempre brigando ou se alfinetando, é raro um momento de tranquilidade entre os dois, o que geralmente não acontece na frente dos outros para não perderem suas poses de alphas.

Virgina Pepper Potts, mãe
Gwyneth Paltrow

É sempre alegre e animada perto da mãe, mesmo que seu dia esteja sendo uma merda, a primeira coisa que faz ao ver a mãe é abrir seu mais belo sorriso. São melhores amigas e não escondem segredos uma da outra, o que não é adotado por seu pai. Uma briga entre as duas é algo totalmente raro, se isso acontecer um dia, será por algum assunto relativo ao fim do mundo.

Howard Stark, avô
John Slattery

Apesar de ter falecido quando ela ainda tinha seus nove meses de idade, Sammy tem flashes de memória com o avô. Tony sempre dissera que Howard era um pai frio e que não demonstrava que o amava, mas, pelas histórias que ouvia, principalmente de sua mãe, ela nunca acreditou no pai, tendo Howard sido até pauta da primeira discussão de pai e filha. Até hoje, o defende sempre que preciso.

Maria Stark, avó
Hope Davis

Samantha não se lembra de muitas coisas da avó, apesar de ter deixado algumas coisas para a neta, como seu nome. A mais importante, ela diria, são seus poderes, que apenas se manifestam na primeira mulher de cada geração à partir dos 21 anos.

Poderes
✮ Telepatia ✮
➣ Leitura de pensamentos: capacidade de ler pensamentos de outros, podendo invadir e ouvir os pensamentos.
➣ Manipulação telepática: capacidade de manipular mentes de outras pessoas facilmente, alcançando uma variedade de efeitos.
➣ Paralisia mental: capacidade de induzir paralisia física ou mental temporária.

✮ Controle Memorial ✮
Habilidade de manipular a memória de seres vivos, chegando ao ponto de fazê-las esquecer tudo ou parte das memórias, dar mais importância a algumas memórias ou criar memórias falsas. Juntando à telepatia, é capaz de absorver as memórias para si.

Habilidades
✮ Mecânica de veículos e máquinas.
✮ Hacker.
✮ Aptidão de armas: habilidade de saber manusear qualquer tipo de arma, seja de fogo ou qualquer outra.
✮ Conhecedora das seguintes artes marciais: eskrima, wing chun, karate, judô.
✮ Fluente em: inglês, português, alemão, espanhol, francês, russo, latim.
✮ Reflexos e habilidades apurados.

Do que gosta?
✮ Ler ✮ Ouvir músicas ✮ Carros ✮ Cães ✮ Viagens ✮ Frio ✮ Chuva ✮ Vermelho ✮

Do que não gosta?
✮ Insetos ✮ Barulho desnecessário ✮ Calor ✮ Mentiras ✮ Demoras, falta de pontualidade ✮

Hobbies
✮ Estudar mapas e línguas.

Par
Clint Barton, Gavião Arqueiro



Manias
✮ Morder o lábio quando concentrada.
✮ Cantarolar qualquer música do Foo Fighters, Panic! at the Disco ou Fall Out Boy quando está perdida em pensamentos.

Trairia alguém para seu benefício próprio? Até alguém que gosta?
Nunca.

Roupas
Pijama


Banho


Casual





Formal


{5th Annual NFL Honors, 2016}

Treinamento


Missões

{furtivas}

{oficiais}

Menção Honrosa
Nathan Shepherd
{Nathaniel Buzolic}

Função: melhor amigo, irmão de outra mãe, ombro amigo, saco de pancadas, afastador de pretendentes em potencial.

Frase de efeito

Vá em frente, faça o meu dia.

Frase que define a personagem
Não saber o que sente não é o mesmo que não sentir nada.

Algo a mais?
Nope, thanks.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...