Como escrever uma boa fanfic?


Postado

Muitos amigos meus já me perguntaram como fazer uma boa história, já pediram minha ajuda com suas histórias e tudo mais, eu não sou muito de ficar ensinando a pessoa a escrever, nem a desenvolver uma história, aprende-se a escrever desde o primário né.. Mas enfim, eu vou dar algumas dicas que talvez sejam úteis para quem não manja das histórias e quer começar uma fanfic, mas não sabe como.

1 - Sabendo do que a sua história vai se tratar.

Antes de mais nada, você deve saber sobre o que vai ser a sua história, como ela começa, como acontece e como termina, para ficar mais fácil eu aconselho você a fazer um pequeno resumo do começo, do meio e do fim em algum lugar, seja em um editor de texto, num caderno, não importa, porque se a ideia some ai já era. Você deve ter em mente tudo o que vai acontecer, e planejar tudo de forma correta.

2 - Fazendo o uso correto do português.

Não vá chegar, ao escrever sua primeira fanfic, escrevendo tudo abreviado.
"Ele n sabia pq estava fazendo akilo, apenas fazia, sem motivo algum, oq estava acontecendo com ele? Ele n sabia, mas ele n se importava"
Uma fic assim, com genocídio do português realmente não fica bom, então evite usar palavras abreviadas (Ou melhor, não use, isso está até mesmo nas regras de envio do Spirit), caso tenha dúvidas na escrita de algumas palavras, consulte o dicionário, se não tiver um consulte um dicionário online, hoje em dia as tecnologias estão cada vez mais avançadas, achar um dicionário e fazer uso do mesmo gratuitamente é algo fácil e simples, e bem útil por sinal. Outra coisa que fica chato ao escrever uma história, é o uso repetitivo de palavras em excesso, por exemplo:
"Mas o que eu faço, se não sei de nada? Mas não faz mal, eu dou um jeito, mas mesmo assim... Ah, mas isso não importa, mas mesmo que não importe preciso fazer algo quanto a isso!"
Uma história que possuí palavras e palavras repetidas em pouco tempo realmente enjoa, e faz com que o leitor perca o ânimo em ler a sua história. Minha professora de Ensino Religioso sempre fala que, quando for escrever algo, seja uma história, resposta para um pergunta ou qualquer outra coisa, não se deve começar com palavras do tipo "Ele, ela, eles, elas" e deve-se usar o nome do sujeito. (Isso aplica-se somente à parágrafos, em minhas histórias). Exemplo:
Modo errado: Ele estava assustado, sua respiração estava ofegante, não sabia onde estava, tudo estava escuro e tudo o que sentia, era um vazio enorme ao seu redor.
Modo correto: Daily estava assustado, sua respiração estava ofegante, não sabia onde estava, tudo estava escuro e tudo o que sentia, era um vazio enorme ao seu redor.
Como eu disse, isso aplica-se somente em relação a parágrafos, se você for começar uma frase depois de um ponto na mesma linha, não será necessário por o nome do sujeito, aí fica da forma que você preferir.

3 - Adquirindo habilidade de escrita.

Uma dica que eu, e qualquer leitor de qualquer país sempre dará para uma pessoa que deseja criar uma história é, ler bastante. Um escritor precisa ler muito, conhecer palavras novas, enxergar modelos de escrita diferente, para até então um dia sentar-se numa cadeira e desenvolver seu próprio modelo de escrita. Leia livros, fanfics, tudo o que for literatura, recomendo os livros do Luiz Carlos Zafón, e de Shakespeare, são ótimos escritores, no meu ponto de vista. Participe também de grupos de RPG interpretativo, seja no facebook, no whatsapp, em fóruns ou qualquer outra rede social, para que você possa desenvolver um pouco mais a sua escrita. Veja imagens inspiradoras, escute músicas enquanto escreve, e para que sua fanfic saia bem elaborada, saia das redes sociais, e concentre-se no que você está escrevendo, e diga para todos que você está ocupada, pois quando alguém vem lhe chamar no momento em que você está escrevendo realmente dá uma raiva danada, e para recuperar o foco depois do stress é um pouco complicado.

4 - Sabendo elaborar o evento.

Quando você for escrever, você não deve chegar e escrever, por exemplo:
"O homem olhou pro culpado, pegou a faca e partiu na direção dele"
Eu diria que está bem resumido, e num livro não deve haver resumos, os leitores que devem resumi-lo. Em vez de fazer algo assim, interprete o personagem, ponha-se no lugar dele, tente ter os mesmos pensamentos que ele, exemplo:
"O homem olhou enojado para o culpado, nunca tinha visto alguém tão maldoso assim antes, claro que ele em si era uma pessoa má também mas, isso o que esse culpado fizera é sem dúvidas, sem perdão, todas essas coisas nojentas que ele fez com aquelas pessoas inocentes, pessoas que não tinham nada a ver com isso.. O homem segurou a faca e apertou-a com força, estava com muita raiva, muita raiva daquele homem egocêntrico, mesquinho e inferior, queria a eliminação dele da sociedade, ele deveria pagar por tudo o que fez de ruim na Terra no inferno, e por isso, com a faca em mãos, o homem partiu em direção ao culpado, pronto para esfaquear-lo."
Bem mais explicativo, e bem mais interessante, não é mesmo? Saiba descrever bem o cenário, saiba destacar as personalidades de seus personagens e deixe a leitura da história sembre bem clara. Mas também não exagere, não é necessário 100 palavras apenas pra dizer que o Fulano pegou uma maçã e comeu, você deve saber o limite de cada coisa, aconselho pedir ajuda a um Beta Header, a função deles é exatamente essa, eles não vão modificar a sua história, apenas deixa-la com uma leitura mais agradável e desenvolvida, poderão te dar dicas, as quais você decidirá se deve implantar em seu modo de escrever ou não.
Enfim, eu comecei a ler fanfics com doze anos de idade (atualmente tenho catorze), mas eu não as escrevia ainda, eu não sabia escrever muito bem e, eu tinha vergonha de publicar e o pessoal tirar sarro, mas teve um dia que eu abri o editor de texto e comecei a fazer uma história (Acho que é a pior fanfic aqui do spirit, ficou um lixo, não tá bem desenvolvido e eu escrevi tudo errado as coisas, sei lá bem coisa de Noob mesmo, não soube desenvolver e nem destacar nada), por mais que tenha ficado BEM ruim, pelo menos eu fiz e, na época pra mim tava ótimo, pra mim era um livro né.. Mas não era nada relacionado a Hentai ou qualquer outra coisa do gênero, eu tinha muita vergonha de escrever Hentai, embora eu lê-se. Eu continuei lendo, lendo e lendo, continuei escrevendo, os leitores me apoiavam sempre, me davam dicas para eu escrever, e hoje eu nem escrevo histórias tão ruins assim, e não tenho mais vergonha de escrever qualquer tipo de pornografia. Algo que muitos iniciantes tendem a fazer é escrever a história em modo teatral, por exemplo:
Fulano1: Nossa, hoje tá um dia lindo!
Fulano2: Verdade, né? Eu já ia esquecendo, temos que ir na casa da Fulana!
Fulano1: -Faz cara de espanto- Agora?
Fulano2: É!

Era bem assim que eu escrevia na época, mas uma fanfic não usa esse modelo de escrita, então se querem fazer com que sua história pareça um livro, use o mesmo modelo de escrita de um livro de verdade, se você não conhece muitos modelos, então faça como eu e muitos escritores dizem, leia. Eu espero que eu tenha ajudado, de alguma forma. Eu tava com tédio e decidi fazer esse jornal. Espero que vocês possam fazer bons proveitos do que eu disse e, possam escrever boas fanfics futuramente. <3


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...