~taeywng

taeywng
Nome: — Give me a break, honey {I.M Girlfriend}
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

!h e l l i s h?


Postado




❝Os gritos dos meus inimigos é a melhor música que eu escuto.❞


✦ ❝FICHA❞ ✦

— ❝Dados❞

❀ Como podemos chama-lá? ❀
• Luy.



❀ Leu as regras?
• Sim.



❀ Palavra chave:
• ❝Welcome to my Hell




— Dados básicos:

❀ Nome da personagem:
• Cao Hǎi.



❀ Nome coreano:
• Kim Ji-Hye.



❀ Apelidos:
Féline.
Seungri que a apelidou dessa forma pelo seus olhos críticos sempre estarem atentos e Ji-hye sempre andar como um felino - passo á passo, cuidadosamente, avaliando a situação. Ela não gosta, apenas suporta por ter sido escolhido pelo seu protetor mais íntimo, agora apenas ignora quando todos a chamam desse jeito quando Cao não é "Féline".

Lolita - ou Lolly.
Esse apelido veio de uma brincadeira desnecessária entre seus amigos sobre a sua aparência; Ji-hye era muito bonita, chamava bastante atenção com seus olhos doces e sorriso - aparentemente - inocente, como uma verdadeira lolita. Ela não vê nada demais desse apelido, apenas os amigos a chamam assim.

Kitty.
Em sua tradução consta 'gatinho'.
Esse apelido é de uma provocação antiga que quase não existe mais. É relacionado com o apelido Féline, também por ser manhosa e ronronar quando recebe carinho ou é elogiada.



❀ Idade:
• 19/20 anos.



❀ Data de nascimento:
• 15 de abril de 1997.



❀ Nacionalidade/Dupla nacionalidade:
• Chinesa e Coreana.



❀ País ou cidade natal :
• Hong Kong, China.



❀ Tipo sanguíneo :
• AB+.



❀ Peso e altura :
• 1,69 cm. 59,05 kg.



❀ Quais idiomas fala ? Nível de fluência e porquê aprendeu ?
• Chinês/Mandarim > Sua língua nativa.
• Coreano > Quando se mudou, teve que aprender na prática. Era bem difícil, porém o hangul era muito menos complicado que o hanja, e isso facilitou um pouco. Com o tempo, foi aprendendo tudo que sabe, tendo um coreano perfeito - ou quase.
Raramente erra e quando o faz, apenas é por conta de problemas de pronúncias.




— Dados pessoais

❀ História:
• Cao nasceu em uma noite de primavera em quinze de abril de mil novecentos e noventa e sete, mais especificamente, uma sexta-feira.
O parto foi em um hospital básico e simples no centro da cidade de Hong Kong e, por incrível que pareça, Cao já nasceu com o universo - destino, céus, deuses, o que você acredita - ao seu favor.
Kitty tinha sorte, muita sorte; foi a única filha de um casal chinês que era dono de uma rede gigante de vendas alimentos naturais que na época lucrava muito dinheiro.
Aos três anos, já se demonstrava uma criança saudável e feliz. Encantava á todos como seu jeito inquieto e engraçado, nunca calada e muito - muito, muito, muito - curiosa.
Quando fez cinco, se tornou irritantemente comunicativa; falava o tempo todo, com quem que via na frente e era quase impossível fazê-la parar, nem mesmo tapando a sua boca com fita adesiva. Isso foi bastante produtivo para sua personalidade, o tornou muito mais receptivo em relação aos outros.
Com oito, se apaixonou por jogos. Foi um dos primeiros sinais de sua instabilidade mental. Se revelou extremamente competitiva, rindo do quão se sentia idiota jogando contra pessoas que ela já tinha certeza que perderia. E quando perdeu, teve sua primeira crise - imagine uma garota de oito anos quebrando tudo em sua frente, de olhos fechados.
Com dez, tentou esquecer das suas crises rotineiras - que ela agora, controlava com calmantes e soníferos. -, vivendo sua vida como uma garota normal, assim como nunca mais teve uma daquelas crises.
Fez treze e se tornou a 'noona perfeita', para todos - e consequentemente, todas. Chamava muita atenção pelo seu físico delicado, pele suave e o mesmo sorriso de uma gatinha indefesa. Era muito educada, nunca se metia em brigas e ajudava sempre que podia. Também se mudou para Seul - sem nenhuma assistência, sem nem saber nenhuma palavra no idioma.
Para ela, era a vida perfeita.
Mas, para uma criança, tudo é bonito.
A verdade é que sua mãe era uma alcoólatra sem direção que saia todas as noites para beber enquanto seu marido "trabalhava" - lê-se se encontrava com uma secretária qualquer, e JiA (sua mãe), sabia muito bem disso.
Então, em uma noite, JiA o matou.
Matou Jun e aquela vadiazinha que sempre estava na cama com o seu marido. E o pior, na frente de Ji-hye. A pequena tinha dezesseis anos quando isso aconteceu e foi com isso que se sucedeu o pior momento da sua vida; sua pior crise.
Hǎi não se lembra muito do que aconteceu naquela noite. Apenas flashes a atormentam até hoje, os gritos de sua mãe, o sangue nos lençóis, a faca em suas mãos.
Sim, ela infelizmente havia matado sua própria mãe.
Horrorizada quando voltou - finalmente - á si, tratou de arrumar as coisas da casa, limpar a faca e analisar tudo de forma intensiva, armou um próprio cenário de "matei meu marido e sua amante e depois me matei".
Sem rumo, pegou os cartões de credito de sua mãe, junto com tudo de valioso que achou dentro da casa, fora alguns suprimentos e coisas que achou preciso para a sobrevivência. Arrumou em uma mochila azul-anil e com coragem se meteu pelo caminho que achou mais deserto.
Depois de três anos caminhando, dormindo debaixo de árvores e passando em lojas á lojas, sem ter para onde ir - ficando em hotéis baratos, comendo de graça depois de um trabalho longo, sobrevivendo sem ter quase nada -, encontrou uma placa meio apagada que identificou ser de algum tipo de cidade/vilarejo.
Sem ter mais nenhuma opção, foi para lá, tomando cuidado para desviar de alguns buracos e rochas em seu caminho.
Assim que entrou, avistou pessoas á olhando como se ela fosse um pedaço de carne, a maioria tinha uma feição assustadora.
Pediu informação á um garoto pequenino, perguntando onde ela estava. Com um sorriso maldoso e sarcástico, o garotinho respondeu com todas as letras "Em seu próprio inferno".
Ela agradeceu, desnorteada e continuou andando por aí, até se chocar contra algo duro - ao mesmo tempo macio - que a fez se derrapar no chão.
Por ela, tudo bem, mas o homem agiu de forma fria e apenas a ignorou. E lá se foi mais uma crise.
Mas, essa foi diferente; ela apenas começou a gritar e se debater. Murmurava algo como "eu irei matar você, seu maldito bastardo".
Foi dessa forma que conheceu seu protetor; ele bateu com força em seu rosto - com força tamanha para doer seu pescoço, a tirando de seu transe. Ele o ajudou a levantar do chão e com um sorriso gentil a perguntou o que ela fazia ali, Kitty respondeu que estava perdida - de forma envergonhada -, e Seungri apenas concordou com a cabeça, segurando em seus braços e a guiando para um lugar "melhor".



❀ Personalidade:
• Falar de uma personalidade não é algo muito fácil, principalmente quando a pessoa que tentamos descrever tenha duas.
Cao se abala facilmente, mesmo que finja aguentar tudo, o tempo todo. Ela é bastante frágil e fica mais vulnerável ainda que ela tem seus surtos de humor e oscilações de psicopatia.
Nunca quis se tornar o que é. Consegue se lembrar de sua infância; era uma garota amada, educada... A filha perfeita. Ninguém conseguiria entender o quanto ela sente falta disso... De ser normal.
Não entende muito bem sobre os sentimentos de outras pessoas, nem os seus, de forma que não consegue distinguir paixão por amor ou insegurança por medo, esse sentimentos um tanto parecidos - isso já foi diagnosticado originalmente como uma doença chamada alexitimia (ou se preferir, a cegueira de emoções).
Por incrível e cômico que pareça, não é nem um pouco violenta. É afobada em certos momentos, mais com seu jeito próprio, consegue controlar-se.
Quem nunca presenciou uma de suas crises, poderia afirmar que ela é uma garota normal - sua doença nunca deixou sequelas que permanecessem -. Era comunicativa e alegre, se juntava com um dos poucos que tinham pelo menos mais de sessenta porcento de sua sanidade.
Aprendeu coisas ruins desde cedo, passou três anos experimentando todo tipo de coisa que você imagina. Já pensou em se prostituir para conseguir dinheiro - isso foi alguns dias antes de encontrar a cidade.
Seu protetor se tornou seu único porto-seguro. Sua relação com ele é muito forte e agradece por todos os deuses que tentem imaginar por ele a ter acolhido.
É respeitada, mesmo sendo uma novata.
Rumores rondam sobre a garota que matou os pais e que foi para Hellish para se refugiar. Boatos que ninguém podia mexer com a "protegida do Seungri", era uma garota promissora na linha de frente.
De longe, podiam ver os olhos tranquilos e... Felinos da garota. Sua beleza era confundida com gentileza e até mesmo, inocência.
Fingir quem ela não era, nunca esteve em seus planos. Por isso mesmo deixou que "Féline" a ajudasse.
Féline é seu alter-ego. Uma personagem criada por si mesma como um muro para se proteger.
Essa garota era muito diferente de si - em todos os aspectos -. Era confiante, forte e corajosa. Não tinha medo de responder seu superior e nem de lutar contra os outros rebeldes que ficavam na cidade.
Féline tinha prazer em machucar pessoas, satisfeita sempre que via as poças de sangue se formarem abaixo do corpo que ela acabara de atingir. Tinha alma petulante e prazer em jogar sujo com todos que via na frente da mesma - suas crises foram diminuídas depois que Féline apareceu, sua mente se tornara mais limpa e ela tinha total controle sobre ambas partes. - Não tinha pena nem ressentimento de que morria por suas mãos.
Sempre se aproveitava da aparência de Cao para utilizar como aspecto de fragilidade - querendo ou não, Ji-hye era muito bonita (não de um jeito sexy, e sim puro).
Possui um senso de humor incrível e é extremamente rude em relação aos outros. Apesar de tudo, tem alma de líder nata, passando por cima de qualquer um que se opor contra si.



❀ Qualidades:
• Sincera.
• Comunicativa.
• Sensível.
• Altruísta.
• Feliz.
• Grata.
• Justa.
• Otimista.
• Habilidosa



❀ Defeitos:
(A maioria de seus defeitos são relacionados á Féline).
• Mal-humorada (Féline).
• Resmungona.
• Fria (Féline).
• Ninfomaníaca (Féline).
• Competitiva demais.
• Egoísta (Féline).
• Orgulhosa.
• Imprevisível.
• Exagerada.
• Sarcástica.



❀ Gostos:
• Kimbap, Kimchi e outras comidas coreanas.
• Desenhar.
• Maquiagem.
• Dormir.
• Tem uma simpatia por flechas .
• Gargantilhas.
• Cabelos coloridos.
• Frio, neve.
• Gatos.
• Livros.



❀ Desgostos:
• Noodles.
• Amendoim.
• Chorar.
• Corvos.
• Calor excessivo.
• Missões suicidas.



❀ Hábitos e costumes:
• Costuma usar roupas leves para dormir.
• Acordar e fazer uma breve meditação.
• Se exercita todo dia, ao entardecer.



❀ Manias:
• Piscar lentamente quando está pensando.
• Esconder o sorriso com a mão esquerda, por achar ele estranho.
• Revirar os olhos. (Principalmente pelas ordens do seu protetor).



❀ Passatempos e Hobbies:
• Desenha as poucas vistas bonitas da cidade.



❀ Medos, traumas e fobias :
• Tem aracnofobia.
• Já se afogou.
• Tem medo de seringas.
• Medo de palhaços.
• Viu seu pai e uma mulher que nunca havia visto ser assassinados pela sua mãe.



❀ Vícios? Quando e como começou:
• É dependente de doces.



❀ Habilidades:
• É boa com arremesso de facas e arcos.
• Nas mãos de Féline, tudo é uma arma, até mesmo uma caneta ou um punhado de moedas.
• Com pouco tempo adquiriu uma boa mira.
• É uma ótima atriz.



❀ Inabilidades:
• Apesar de tudo, não é tão rápida.
• Mesmo sendo boa como lutadora, é magra e leve.



— Relações:

❀ Família
• Kim JiA está morta. Assim como Xu Jen também está.



❀ Parentesco com algum idol ?
• Descobriu que era prima de terceiro grau de Jeon Wonwoo - o filho da sua tia materna que vivia chorando por ter um filho que se "suicidou". Percebeu o parentesco com Wonwoo por um sinal de família que ambos tinham no ombro, e logo surgiu as perguntinhas até finalmente se recordarem de ambos.



❀ Amigos:
• Jeon Wonwoo.


• Chou Tzu-Yu.


• Im Chagkyun.




❀ Como os trata?
• Ela nunca teve tanta intimidade com ninguém antes, sempre teve medo de ter uma 'crise' na frente de alguém e ser chamada de aberração, motivo qual demorou semanas até enfim aceitar a amizade deles.
As histórias dos outros era parecida com a sua fatídica, então se sentia segura para confiar em ambos.
Cao é o tipo de amigo "rude" porém legal. Não poupa respostas curtas e arrogantes, mas é o seu próprio mecanismo de defesa e já se acostumaram com isso. Mas, quando está feliz, é carinhosa e aberta em relações á todos.
Proíbe Féline de estar perto de seus amigos, com medo de que ela possa machucar quem ela ama.



❀ Inimigos:
• Min Hara.

Em uma missão, Féline acabou matando o seu irmão.

• Sung Eun-Ji & Sung Min-Ji.

Cao - sim, ela não era Féline -, acabou atirando sem querer em Eun-Ji quando estava em seu período de treinamento.



❀ Como os trata?
• Lolly apenas os ignora, não dá motivos de intriga maior... Já Féline...
A outra gosta de incitar violência, dando motivos para que a odeiem cada vez mais, e isso é tão irritante para Kitty. Ela não aguenta mais o peso dos olhares que ambas mandam para ela.



❀ Melhor amigo(a) e como o(a) trata:
• Jung Mina.

Mina é o ser mais sem noção da face da terra, e isso não é nenhum tipo de brincadeira.
Ela possuí um tipo de déficit de atenção raro, que a deixa muito distraída e muda seu humor o tempo todo. Em um segundo ela começa a rir, depois gargalha e do nada, fica séria.
É uma das únicas que consegue fazer Ji-hye sorrir.



❀ Pior inimigo(a) e como o(a) trata:
• Kim Sara.

Foi uma das primeiras missões que ela praticou.
De algum jeito, ela tinha que tocar fogo em uma casa - que deveria estar abandonada -, para apagar vestígios de Seungri. E foi isso que ela fez, mas, a casa ao lado também pegou fogo e matou toda a família de Sara.
Cao é muito culpada por isso, e sempre que ver Kim, se curva rapidamente. O olhar de ódio e tristeza de Kim é tamanha que até mesmo Féline não se atreve á brincar com a dor da mesma.



❀ Quer que sua personagem seja próxima de outra adotada:
• Sim.



— Relações Amorosas:

❀ Quantos couples:
Nenhum [ ]
• Um [ ]
• Dois [x]




❀ Orientação Sexual:
• Féline é pansexual. Cao é bissexual.



❀ Como se descobriu?
• Já teve uma relação sexual com Mina, sua melhor amiga. "Apenas, para experimentar". Sobre Mina, ninguém sabe, mas sobre Féline, todo mundo entende. Ninguém solta nenhum tipo de piada porquê conhecem muito bem quem é Féline.



❀ Já se relacionou com alguém da cidade?
• Sim. Seu nome era Kim Woohae, mas ele morreu em uma missão, coisa normal.



❀ Está em um relacionamento no momento?
• Essa é provavelmente a coisa mais complicada. Féline e Cao namoram pessoas diferentes, porque são garotas diferentes. Os garotos entendem sobre isso, mas, por enquanto, deixam escondidos.



❀ Interesse amoroso primário:
• Lee Su-Woong, Boys Republic, 21 anos. Suhye, Jiwoong. Ji-hye




❀ Interesse amoroso secundário:
• Kim Myungsoo, INFINITE, 24 anos. Fésoo, Myune. Féline




❀ Como conheceu ou irão se conhecer?
Féline
Foi em das missões que ela participou. Myungsoo era o "comandante", mas, tinha uma aura bonita - digamos que até infantil -, porém ele tinha jeito de líder, dava ordens e era eficiente em seu trabalho.
Não demorou muito para ela começar com seu próprio "jogo". Toque sutis, perguntas doces - até arriscou um aegyo -, para que conseguisse chamar a atenção do mesmo.

Cao
Se conheceram logo no começo.
Ji-hye era distante demais, muito distraída. Por isso, seu protetor resolveu a ajudar, pedindo para que um dos seus melhores jovens a ensinassem arremessos com facas.
E assim, conheceu Suwoong.



❀ Como o trata?
Féline
Mesmo com toda a sua frieza, ela realmente sente algo pelo garoto.
Myungsoo era um doce, de verdade. Tinha seus momentos de loucura (transtorno de ansiedade), mas era uma pessoa excelente. Com ele, a garota se sentia humana.
A sós ela é carinhosa, o abraçando o tempo todo e corando quando era elogiada (ela nunca acreditava quando isso acontecia). E quando contou sobre Cao, ele aceitou normalmente.
Na frente de qualquer pessoa é mais afastada, por mais próxima que ela seja. Gosta de ter relacionamentos escondidos, usando como principal provérbio "o que ninguém sabe, ninguém atrapalha". Mesmo com isso, não tem nenhum namoro fixo, então eles têm um relacionamento aberto.

Ji-hye
Suwoong é rude e arrogante, o tipo de pessoa que se apaixonaria por Féline.
Mesmo com toda a beleza, tem uma língua venenosa e não poupa insultos com qualquer pessoa que se aproxima - qualquer mesmo, até superiores.
Mas, com Ji-hye, ele é totalmente diferente.
A sós é doce. Se permite ser gentil e romântico, porque sabe que Cao é delicada e sensível em certos momentos.
Adora constranger a menor só para vê-la corar.
Quando estão em público (isso conta como amigos, superiores, pessoas em geral), ela é reservada, assim como ele também é. Se limitam á beijos roubados atrás dos muros, se tocando de forma "acidental", para que não percebam. Conversando com os olhares que mandam entre si.
A reação de Suwoong foi um pouco diferente da de Myungsoo. Foi preciso Cao se "transformar" em Féline, para mostrar que ela não estava mentindo.



❀ Eles irão:
Irão se conhecer [x] Cao & Féline.
• Se conhecem, mas não são próximos [ ]
• Namoram [x] Cao.
• Namoraram e irão voltar [ ]
• Namoraram e não irão voltar [ ]
• Amizade colorida [x] Féline.
• São amigos [ ]




❀ Quer?

• Hentai (Sexo) [x]
• Ecchi (Insinuação de sexo) [ ]
• Shoujo (Romântico) [x]
• Fluffy (Fofo) [ ]
• Nada [ ]

Ambas as duas.




❀ Já teve sua primeira relação sexual?
• Sim, graças á Féline. Ela nem se lembra mais o nome do garoto, foi algo rápido dentro de um banheiro qualquer do cabaré.



❀Já deu seu primeiro beijo?
• Foi as doze anos, quando ainda se considerava "normal". Foi um selinho com um namorico escolar.



❀ Como ele a chama?
• Myungsoo chama Féline de Cat ou Kitty. Suwoong chama Ji-hye de Lolly ou Boo.



— Aparência:
❀ K-idol Primária:
• Lalisa/Lalice/Lisa, BLACKPINK.

• Clique aqui: (x)

❀ K-idol Secundária:
• Yulhee, LABOUM.

• Clique aqui: (x)



❀ Modificações corporais:
• Ainda nenhuma.



❀ Onde ficará a tatuagem da máfia?
• No dedo anelar.



❀ Alguma doença ou alergia?
• Alexitimia e dupla personalidade. É alérgica á abacaxi e amendoim.



❀ Bebe ou fuma?
• Bebe.



❀ Permite que ela :
Fume [ ]
• Beba [ ]
• Pinte o cabelo [ ]
• Corte o cabelo [ ]
• Faça tatuagens [ ]
• Coloque piercing [ ]
• Nada [ ]
• Tudo [x]




— Roupas

❀ Estilo:
• Não tem um estilo definido.
É mais do jeans surrados e tênis. Porém consegue muito bem se adequar á saltos e vestidos curtos, largos ou sociais. Féline é mais vaidosa, gosta de vestidos curtos, meia-calça, cinta-liga... Algo que a deixe quente.



❀ Roupas
• Casual:


• Encontros


• Eventos da cidade


• Festas


• Eventos formais


• Roupa de banho


• Pijama




• Acessórios que usa:
Usa bastante gargantilhas.



— Dados pessoais

❀ Fatos:
• É boca-suja.
• Seu protetor a considera a melhor atiradora de facas da máfia.
• Gosta de ser elogiada pelo seu talento, não pela sua beleza.
• É uma boa atriz.
• Costuma passar a maioria do tempo em cima de um prédio abandonado.
• Gosta de olhar o céu.
• Sabe o nome de todas as constelações.
• Gosta de nome as estrelas perdidas.
• Não é tão ágil.



❀ Curiosidades:
• Tem reações rápidas.
• Revira os olhos o tempo todo, mas não considera uma mania.
• Tem uma simpatia pela protegida de Taeyang.
• É conhecida como "A desequilibrada".
• Todos têm medo de Féline.
• Tem um fôlego monstruoso.
• É geralmente usada como isca por si própria para atrair a vítima.
• Confundem sua beleza com inocência.
• Não sabem seu passado, a não ser seus amigos e seu protetor.
• Tem habilidades como facas.



❀ Segredos:
• Matou seus pais.
• Ama o seu protetor (como um familiar).
• É insegura para com Féline.
• Teve uma relação com Mina,
• É bissexual.
• Sente falta de ser normal.
• Se arrepende de ter matado sua mãe.



❀ Favoritos:
• Cor - Azul.
• Número - 20.
• Animal - Gatos.
• Acessório - Gargantilhas.
• Arma - Facas, arcos.
• Esporte - Natação.



❀ Tem alguma habilidade incomum?
• É super-flexível.



— Na cidade

❀ É:
Veterana [ ]
• Novata [x]




❀ Você é:
Assassina [x]
• Torturadora [ ]




❀ Local de trabalho:
Bar [ ]
• Cabaré [x]




❀ Sua atribuição:
Atiradora [x]
• Mecânica [ ]
• Planejadora [ ]




❀ Codinome:
• Féline.
É mais um apelido maldoso do que um codinome. Não gosto de ser chamada assim quando não sou "ela".



❀ Seu protetor:
Taeyang [ ]
• Daesung [ ]
• Seungri [x]




❀ Já foi pega pela polícia?
• Ainda não.



❀ Mantém contato com sua família ?
• Não.



❀ Possui algum familiar na cidade?
• Wonwoo é meu primo distante, mas me trata como uma irmã. Ele sempre me cobre em missões, tenho uma relação muito especial com ele.



❀ Como trata seu protetor?
• Tanto eu quanto Féline somos carinhosas. Seungri é o tipo de pai idiota que nos nunca levamos á sério e que sempre ajuda em tudo que precisamos, de qualquer jeito ou qualquer forma.
O chamamos de "appa" e sempre insisto em brigar quando ele me manda fazer algo que eu não quero fazer, mas logo me recolho e faço o necessário para que ele mude de ideia.



❀ Como trata as outras adotadas?
• Eu era distante.
Nunca me relacionei por muito tempo com pessoas, não sabia como reagir ou tratar as garotas. Elas sempre me pareceram talentosas e aquela, a bonitinha, parecia ser perigosa.
Sempre ouvi algumas histórias sobre as veteranas, tinha medo de me tornar uma dessas histórias pelas mãos delas.



❀ Como trata as protegida de GD, e a protegida de T.O.P?
• No começo tinha medo das duas, principalmente da protegida de G-Dragon. Você viu o jeito que aquela garota anda? Algo nela me deixa paralisada, ela me lembra tanto Féline que até eu me sinto ameaçada.
A outra parece ser menos... Rude. E é bonita, muito, muito bonita.



— Ações.

❀ Como age quando está feliz?
• Sorrio. Fico mais gentil do que eu sou normalmente.
Fico irritantemente comunicativa, tenho um sorriso de canto rude. Gosto quando me elogiam pelo estrago que eu fiz em alguém, isso me deixa... Alegre.
Gosto de me sentir útil, mesmo que seja por isso.



❀ Como age quando está entristecida?
• Fico simplesmente quieta.



❀ Como age quando está com raiva?
• Me torno amarga, não poupo palavrões ou respostas ofensivas.



❀ Como age em festas?
• Sou livre.
Gosto de dividir meu espaço com Féline, nessas partes ela deixa tudo interessante.



❀ Como age quando está bêbada ?
• Fico leve.
Mas, ainda consciente. Não ficou louca á ponto de fazer strip-tease, beijar quem eu ver na frente, não, eu não faço isso. Apenas começo a rir de tudo que eu vejo.



❀ Como age em brigas entre os membros da máfia ?
• Féline sempre está envolvida e cabe á mim, tomar o controle e tentar acalmar a outra pessoa.
Quando é um de meus amigos, eu estou lá, ajudando e lutando junto.



❀ Como age ao encontrar um corpo ?
• Antes, nos meus primeiros dias, eu virava com nojo e certa tristeza.
Agora, é só um corpo. Não faz diferença.



— O Mistério

❀ Quando descobriu que fora considerada uma ameaça para a sociedade, como se sentiu?
• Desolada. Não é toda vez que você mata uma pessoa, certo?



❀ Quando chegou na cidade, sabia sobre as histórias que contavam sobre o lugar ?
• Não. Ninguém nunca me disse nada.



❀ Como reagiu ao ser confirmado que existe mais alguém na cidade ?
• Fiquei feliz e com medo. De qualquer jeito, pensei que pessoas á mais poderia ser bom.



❀ Como reagiu ao descobrir sobre a existência de outra máfia ?
• Surpresa. Fiquei aflita e nervosa, nunca pensei nisso... Para mim, éramos os únicos.



❀ Como trata os inimigos da máfia ?
• Quero que queimem no inferno. Farei questão de deixar Féline matá-los, são vidas desnecessárias!



— Interrogatório

❀ Por quê você faz, o quê faz?
• Sou uma sem-teto. Moro ali pois não tenho pra onde ir...



❀ Quem é seu protetor?
• Protetor?! O que o senhor pensa que eu sou? Uma prostituta?



❀ Você ainda mantém contato com sua família ?
• Meus pais morreram em um acidente.



❀ Algum parente convive com você na cidade ?
• Não.



❀ Você já assassinou ou torturou alguém ?
• Eu já disse que não faço isso.



❀ Onde estão os corpos dos jovens que foram mortos na cidade ?
• Como eu iria saber? Essa é a droga do seu trabalho!



— Final

❀ Algo a acrescentar ?
• Nope.



❀ Sugestão ou comentário sobre a estória?
• Unnies, suas escritas são perfeitas <3



❀ Posso mudar algo em sua ficha?
• Yep.

Escutando: Red Velvet

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...