~PudinQueen

PudinQueen
Sereia, prazer
Nome: Sєrєiα 🦄 ρυ∂iทʑiทнα 🦄 τєαм∂rαcαrys
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Bento Goncalves, Rio Grande do Sul, Brasil
Aniversário: 28 de Maio
Idade: 15
Cadastro:

.empire.


Postado

.empire.

“ทãσ ρrσмєτσ qυє τєทнα ƒiทαℓ ƒєℓiʑ. ทãσ qυєrσ qυє τєทнα ƒiм.”

i'ℓℓ вє τнє qυєєท


Nome
Olímpia Ellie Herod Franciosi

Olímpia significa “consagrada a Zeus olímpico”, “consagrada a Zeus do Olimpo”.
Vem do grego Ollympía, é a variante feminina de Olímpio, que deriva do grego Ollympos, que significa “consagrado a Zeus olímpico”.
Na mitologia grega, o Olimpo era considerado a morada dos Doze Deuses do Olimpo e também um centro religioso dedicado ao culto de Zeus.
Ellie significa uma variante do Helen grego, que significa luz brilhante, ou a mulher mais bonita.


Apelido
Olly foi dado e é praticado por sua irmã mais nova. A maioria a chama assim, mesmo sendo algo mais de irmã para irmã.
Ellie o apelido Ellie é por causa de seu segundo nome. Poucos chamam-na assim, apenas a sua irmã mais nova.
Fênix este apelido foi dado por causa de seu cabelo. Sua mãe, que ama a mitologia grega, começou a chama lá deste modo desde que nasceu, e por pouco Olímpia não se chamou Fênix. Ela gosta do apelido e apenas sua família e o príncipe a chamam assim.

Idade
23 anos, nascida no dia 22 de julho, sendo assim do signo de leão ♌

Aparência
Quando olhar para Daisy a primeira coisa a se notar são seus cabelos ruivos e alongados, além de serem enrolados. Possui também uma franja que sempre está de lado. Sua face pálida é acompanha de olhos esverdeados brilhantes e encantadores, sobrancelhas definidas e ruivas, algumas sardas, sorrisos sarcásticos e meigos, lábios únicos e nariz perfeito.
A pele pálida e macia com curvas bem marcadas e sensuais é sua marca registrada. As suas curvas cercam-se de seus seios firmes, cheios e grossos, coxas magras, mas robustas, e cintura fina. O corpo esbelto de Olímpia é muito atraente e faz qualquer homem babar. Mesmo que seu corpo possa ser uma arma com o príncipe, ela nunca conseguiria fazer isso com ele, se sentiria suja.



Nacionalidade
Sua nacionalidade é grega e francesa. Mas nasceu na Grécia, mais especificamente na cidade de Alyki, no litoral. Atualmente está vivendo em Elafonisi, na Grécia, uma ilha que é mais afastada do ambiente urbano.


Casta/Trabalho
||Casta três||Escritora, o seu livro de mais sucesso foi “A Vida do Mar”||

{O livro “A Vida do Mar” era uma crítica a poluição nos mares, que consequentemente fala sobre como os animais aquáticos morrem por causa do homem e sua sujeira. O livro ganhou bastante repercussão, sendo elogiada até pelo rei da Grécia, e ganhando uma carta de Bernard Seydoux, o príncipe da França, que amou o livro dela e a elogiou muito na carta.}

Personalidade
A personalidade de Olímpia é como definir o céu, pode estar nublado prestes a derrubar trovões por todo o local, ou calma como a brisa leve que passa. Sendo assim seu humor é variável. Muitas vezes pode ocorrer de você falar com Fênix estando calma, e depois de certo tempo ela está metendo a mão na sua cara. Tentando desvendar sua personalidade, além de ser variável, podemos dar três palavras que definem Olímpia bem. Corajosa, divertida e teimosa.

Coragem. Algo que Olímpia tem muito presente.
̶A̶t̶é̶ ̶p̶o̶r̶q̶u̶e̶ ̶q̶u̶e̶m̶ ̶t̶e̶m̶ ̶c̶o̶r̶a̶g̶e̶m̶ ̶d̶e̶ ̶s̶e̶r̶ ̶a̶s̶s̶i̶m̶?̶
Ela fala na sua cara o que você faz que para ela não tem sentido, ou está errado, sem nem pensar duas vezes. Então podemos dizer que ela se leva pela emoção do momento, o que pode causar sua boca suja, sempre acaba deixando um palavrão sair sem querer. Se irrita-la preparasse para ouvir umas verdades, Olímpia não é de levar desaforo para casa, vai gritar, mas não vai se rebaixar à bater.
Ela adora ver os outros felizes, por esse motivo quase sempre está divertida e fazendo piadas sobre tudo que vem na sua mente. O bom humor é um do seus pontos fortes, e o que sempre encanta as pessoas ao seu redor. Sarcástica de bom gosto, o sarcasmo ajuda na hora de fazer as pessoas rirem. Mesmo não parecendo, ela tem uma diversão incrível e por causa de sua criatividade sempre tem uma ideia de o que fazer no amanhã para se divertir. E por estar sempre atrás de diversão é aventureira vive se metendo em aventuras novas que precisam de muita coragem para serem realizadas.

Como dito ela possui criatividade. Porém não é qualquer criatividade, ela tem ideias só de olhar para a cortina. Seus colegas escritores possuem uma certa inveja dessa criatividade, pois Olímpia nunca passa por um bloqueio criativo, e se acontecer dela passar por isso em uma semana já tem ideias novas. Deve ser por isso que seus livros são sempre grandes sucessos e quase nunca recebe uma crítica deles.
Olímpia Ellie, por se levar pela emoção, e acabar tendo boca suja aprendeu a contornar a situação. Por exemplo, ela acabou sem querer soltando um “caralho” e acaba complementando a palavra e fica “caralhoar”. E mesmo que a palavra não exista ela sempre consegue se safar de sua boca suja.
̶D̶i̶c̶i̶o̶n̶á̶r̶i̶o̶ ̶d̶e̶ ̶O̶l̶í̶m̶p̶i̶a̶ ̶o̶n̶:̶ ̶C̶a̶r̶a̶l̶h̶o̶a̶r̶ ̶s̶i̶g̶n̶i̶f̶i̶c̶a̶ ̶c̶o̶n̶s̶e̶g̶u̶i̶r̶ ̶e̶s̶c̶a̶p̶a̶r̶ ̶d̶e̶ ̶a̶l̶g̶o̶ ̶f̶a̶c̶i̶l̶m̶e̶n̶t̶e̶

Um outro motivo que pode explicar seu sucesso com os livros é por ser tão perfeccionista. Ela quer tudo certinho no lugar e fica nervosa caso isso não aconteça. Revisa um livro por anos dependendo seu comprimento, ela não confia em corretores da editora, quer ela mesma “corrigir seu erros”. Caso ela veja um quadro torto pode sem pedir permissão e ir lá ajeitá-lo por que acaba dando a ela dor de cabeça só de olhar para o quadro torto.
A teimosia de Olímpia consegue tornar-se determinação e algo admirável por si só. Ela não desiste de uma ideia, de algo que queira conquistar. É capaz de quando se apaixonar por um homem e ele não querer Olímpia, ela fazer de tudo para conquistá-lo. Tudo mesmo. Porém também percebe que passou dos limites ou que se não tiver jeito e ele não querê-la mesmo ir em borra como o sol que algum dia te iluminou.
Quando se apaixona fica mais pensativa na pessoa amada. Faz poemas e assobia sozinha em algum canto. Aproveita quando encontra a pessoa e conversa sobre várias coisas, sendo sérios ou não. Ela vai ser o sol que vai te iluminar, mas se você se virar contra ela pode ter certeza que esse sol se tornará relâmpago que vai te assombrar.

Uma coisa que está bem presente nela é sua proteção com os outros, sendo próximos à ela ou não. Quando se tornar leal você pode ter certeza que fará de tudo por você. Porém sua proteção também não é só para próximo, Olly não precisa te conhecer para te defender. Ela consegue saber quando a pessoa está mentindo ou falando a verdade, então sabe que deve se aliar à você ou não, e se deve se opor à você ou apoiá-lo. Quando vê uma pessoa injustiçada ela defenderá ela fazendo todos que estão fazendo a injustiça se sentirem envergonhados com as palavras e argumentos fortes que Olímpia dará.
Olímpia é sempre uma boa companhia. Ela marca presença em tudo que faz, em tudo que pensar vai se lembrar em primeiro se ela esteve presente. E vou logo avisando que sua companhia pode ser viciante, poucas pessoas conseguiram conhecê-la e não querer desfrutar mais de sua companhia.
̶A̶t̶e̶n̶ç̶ã̶o̶!̶ ̶O̶l̶í̶m̶p̶i̶a̶ ̶E̶l̶l̶i̶e̶ ̶H̶e̶r̶o̶d̶ ̶F̶r̶a̶n̶c̶i̶o̶s̶i̶ ̶=̶ ̶p̶e̶s̶s̶o̶a̶ ̶v̶i̶c̶i̶a̶n̶t̶e̶,̶ ̶c̶u̶i̶d̶a̶d̶o̶!̶

Observando mais a fundo da camada chamada Olímpia, podemos dizer que uma garota sincera demais mora em suas falas. Não pensa nem duas vezes em falar a verdade na cara dura para a pessoa que pede sua opinião. Grosseria? Que nada! Para ela está sendo a verdade nua e crua. Não quer ouvir a verdade peça para as falsas.
Dona de opiniões fortes é declaradamente feminista e contra qualquer preconceito. Ela respeita sua opinião sobre tudo, mas sempre apresenta os fatos e argumentos. Marcando bem novamente aqui, ela respeita as opiniões alheias, nada de ódio disfarçado com "minha opinião". Se você falar algo que ela considere totalmente errado se prepare para perder o debate.Uma grande coisa presente nela também é sua decisão. Sabe o que quer. Não precisa ficar jogando joguinhos para decidir algo.
̶d̶u̶n̶i̶ ̶d̶u̶n̶i̶ ̶t̶ê̶?̶ ̶O̶i̶?̶ ̶N̶ã̶o̶ ̶o̶b̶r̶i̶g̶a̶d̶a̶

Quando apaixonada pode ser bastante ciumenta. Para ela não importa se você é obrigado a se relacionar com as outras garotas por que esse é o intuito da Seleção, se ela está apaixonada por você prepare-se para explicar tudo o que fez durante o dia. “Você beijou ela?”, “Foi pra cama com quem?”, “Você tá muito feliz… o que fez?” é apenas umas das perguntas que ela vai te fazer. E por ela perceber se a pessoa está falando, ou não, a verdade, se prepare para ser honesto com ela. Não aconselho mentir para ela, esse é um grande erro que pode se fazer. Ela pode te ignorar por dias, ou anos.
Além de ser ciumenta, é vingativa. Por isso selecionadas que aprontarem com ela se preparem, a criatividade de Olly é muito boa, e no quesito vingança ela tem ideias guardas. E o mais incrível de suas vinganças é que ela nunca é suspeita dos atos, consegue escapar ilesa. Apenas dando sorrisos discretos e escondidos da sua vítima.

Observadora nata, sabe o motivo de tudo acontecer daquele modo, ou do que o um determinado homem gosta em uma mulher. Deve ser por isso também que dificilmente conseguem mentir para ela, pois sabe como a pessoa se porta na hora de mentir por exemplo. Ela observa as pessoas como um observador de pássaros.
Sabe ser sedutora, seduzir é uma de suas melhores armas na hora de conquistar um homem desejado. O homem deve ter um controle incrível dentro de si para não se deixar cair nas garras de Olímpia, que sabe muito bem usar suas curvas a seu favor.

História
O sol não se encontrava mais no céu a noite com sua lua brilhante dominavam-no, e as estrelas brilhavam como fogo na escuridão. Naquela noite as pessoas podiam jurar que se encostassem no céu sentiriam o fogo nas mãos. Mas o fogo das estrelas não se compararam ao brilho dos pequenos fios de cabelos ruivos de Olímpia que tinha acabado de nascer às, exatamente, meia-noite do dia vinte e dois de julho. A mãe e o pai sorriam, e a avó que tinha ouvido o grito de sua neta sorriu entre a fumaceira que saia de sua boca.

{Pequena narração do trabalho de parto
— Mas senhora, aqui é um hospital não é permitido fumar! — a enfermeira tentava fazer com que a idosa com cigarro na mão parasse de fumar, mas a velha apenas a olhou com cansaço e desprezo.
— Minha querida acha mesmo que me convencer vai ajudar alguma coisa? O ar está poluído, eu fumar ou não, não mudará porra nenhuma.
Narração finalizada}
A menina havia nascido em uma família engraçada da casta três, o pai um cineasta e a mãe veterinária. Os irmãos mais velhos desde sempre brincavam com a irmãzinha que nunca haviam tido antes. Os seus primeiros anos de vida foram calmos, até seus quatro anos. A mãe estava grávida novamente. Porém após sete meses de gestação perdeu o bebê.
O choque, principalmente na mãe, foi grande e a família ficou devastada. Já Olímpia, com seus cinco anos, não entendeu o que tinha acontecido, e vivia perguntando quando seu irmãozinho iria nascer. Foi quando a sua avó materna explicou para ela, literalmente desenhando, o que havia acontecido. “Nós nunca o conhecemos Olímpia, mas aposto que ele seria um grande irmão. E que agora está nos cuidando no céu.”, foi o que sua avó disse. Como os pais ainda estavam distantes ela ficou um ano morando com sua avó, que lhe ensinou muitas coisas, como, por exemplo, escrever, ou até mesmo desenhar e dançar, mesmo não sendo isso o ramo da casta três.

Após esse um ano ela voltou para casa, agora com seus seis anos, e vivia dizendo que queria ser dançarina. E quando seus pais disseram à ela que não podia ser dançarina ela ficou devastada. Foi quando ela começou a escrever livrinhos, com erros ortográficos, personagens fortes e uma dedicação enorme. Então decidiu que seria escritora.
Alguns meses depois de ter decidido ser escritora sua mãe veio a engravidar novamente, mas a gravidez era de risco. A mãe morreu quando dava à luz para Atena. Agora a devastação sobre a família foi pior e quem mais sofreu foi Olímpia que culpava a irmãzinha. O pai era o único que tentava ao máximo continuar a viver, cuidando dos filhos com o mesmo carinho que sua mulher dava para eles. Olímpia viu Atena crescer e acabou percebendo que estava errada, e que aquela criança não tinha culpa de nada.

Depois disso ao completar quinze anos suas constantes viagens começaram, o que pode ser considerado um vício, mas ela sempre diz que é para ter mais experiências na vida e conhecer lugares e culturas novas. As viagens são muitas vezes em conjunto com sua avó.
Já com seus vinte e três anos, após fazer mais uma viagem para o Japão, o pai foi fazer um filme longe de casa e os filhos decidiram morar um tempo em Elafonisi, uma ilha na Grécia. Lá é onde a maioria das ideias de Olly permanece.
Na data em que anunciaram A Seleção ela viu uma oportunidade de um livro. Isso mesmo, um livro. A qual ela chamaria de “A Selecionada”. E mesmo não tendo muitas chances de ser aceita se inscreveu para A Seleção, com o objetivo de escrever uma obra de arte.

Por que se inscreveu na Seleção?
Porque ela quer escrever um livro sobre A Seleção. Quer dizer o real motivo disso tudo, quer mostrar a verdade sobre A Seleção, desmascará-la. Também é um pouco de curiosidade para saber se os príncipes realmente vão se apaixonar.

Família
||Pai||Arnold Franciosi||50 anos||Casta Três||Cineasta||

{Nathan Fillion}
Relação: Os dois vivem grudados, são praticamente melhores amigos. Confiam muito um no outro e sempre contam seus segredos. Com o humor engraçado do pai e da filha sempre tem momentos engraçados entre os dois..

||Mãe||Calesty Herod Franciosi||38 anos||Casta Três||Veterinária||

{Rebecca Mader}
Relação: Sua mãe sábia e carinhosa era o reconforto de Olly. A mãe vivia contando histórias para ela antes de dormir sobre a mitologia grega, ao qual a mãe sempre amou. O carinho era constante e a companhia de sua mãe sempre fazia Olímpia sorrir.

||Irmã||Atena Herod Franciosi||10 anos||Casta Três||Estudante||

{Ellie Darcey-Alden}
Relação: No começo Olímpia não gostava muito da irmã, ela a culpava por sua mãe ter morrido. Mas depois de certo tempo começou se apaixonar pela mesma, e foi quando seu intuito de proteger as pessoas começou. A irmã é quem ela mais quer ver segura no mundo.

||Irmão||Theo Herod Franciosi||29 anos||Casta Três||Professor de Matemática||

{Kit Harington}
Relação: Os dois sempre se deram muito bem, mesmo que Theo seja o mais quieto da família e o mais sério Olly sempre conseguia arrancar sorrisos dele e fazê-lo conversar mais. Como ele sempre foi bem em matemática, e agora dá aulas para a ilha de Elanfosi, ele sempre ajuda os irmãos na matéria, com uma paciência incrível que Olímpia sempre admirou.

||Irmão||Jean Herod Franciosi||25 anos||Casta Três||Médico||

{Simon Woods}
Relação: O que os dois tem muito em comum é um instinto de proteção. Então Jean sempre quer proteger Olly, que não gosta que ele a trate desse jeito. Sempre que ela vai viajar, ou inventa de fazer alguma aventura, ele começa dar os motivos do por que é uma péssima ideia e os perigos que ela corre se fazer tal ato. Olímpia sempre retruca com "se não nós arriscarmos nem saímos de casa".

||Avó materna||Milena Herod||80 anos||Casta Três||Escritora||

{Betty White}
Relação: As duas são muito unidas. A avó com seu bom humor sempre faz Olly sorrir quando está triste ou não. A influência de Milena em Olímpia é notável, o bom humor, a tendência por aventuras e viagens, a escritura… Tudo na vida de Olímpia tem a influência de sua avó.

Manias/ Fobias/ Medos/ Traumas
||Manias||Batucar as unhas em alguma superfície||Revirar os olhos||
||Fobias||Aicmofobia {medo de agulhas}||

||Medos||Não conseguir proteger quem ama||Perder||Se sentir imponente||
||Traumas||Ter perdido sua mãe||

Qualidades e Defeitos
||Qualidades||Corajosa||Divertida/engraçada||Criativa||Protetora||Aventureira||

||Defeitos||Teimosa||Perfeccionista||Não leva desaforo pra casa||Ciumenta||Vingativa||

Gostos e Desgostos
||Gostos||Animais||Doce de abóbora||Vinho||Escrever||Andar de Skate||Praia||Dançar||Ler||

||Desgostos||Cerveja||Pudim||Frescura {pessoas com nojinhos e tals}||

Hobbies
||Andar de Skate||Caminha pela praia||Nadar||Escrever||Cozinhar cookies||


Talento
Cozinhar {principalmente cookies}


Skate {manobras}


Escrever


Karatê


Dançar


Príncipe, coroa ou outro?
Escrever um livro (risos). O livro se chamaria “A Selecionada”.

Príncipe escolhido
Richard Andersen
{Breve narração da sua decisão:
Atena estava ansiosa sentada no chão olhando para o copo com as moedas. Aquele era o último dia das inscrições de modo que Olly nem se deu a escrever o nome dos príncipes em uma papel.
— Ok. Moeda de 50 centavos, Tomás. Moeda de 10 centavos, Christopher. Moeda de 25 centavos, Richard. — Explicou novamente para Atena.
— Que você pegue a de 50, Tomás é o melhor príncipe. — Atena disse enquanto vendava os olhos da irmã mais velha que sorria, estava um pouco empolgada.
A irmã mais nova se sentou e pegou o copo com as três moedas dentro e fechou os olhos para não tirar a surpresa de quem seria o escolhido. Olímpia colocou a mão dentro do copo ainda com um sorriso bobo e pegou uma das moedas, e tirando a venda disse:
— Príncipe Richard Andersen, aí vou eu.}

Relação com
∴ Reis
Os trata com respeito acima de tudo e sempre é educada com os mesmos na medida do possível. Mas quando vê que estão fazendo algo que acha errado sua emoção e coragem vão falar mais alto, chegando às vezes até gritar com os mesmos. Mas sempre tenta evitar chegar a esse ponto, quando vê que pode fazer isso ela se retira do local para não fazer algo pior.

∴ Rainhas
Educada, sorridente e graciosa com elas. As acha muito sábias, mas a mesma coisa se repete dos reis. Quando acha que elas estão erradas pode jogar na cara se não sair do local.

∴ Príncipe escolhido
̶{̶A̶ ̶p̶r̶i̶m̶e̶i̶r̶a̶ ̶c̶o̶i̶s̶a̶ ̶q̶u̶e̶ ̶O̶l̶í̶m̶p̶i̶a̶ ̶d̶i̶s̶s̶e̶ ̶a̶o̶ ̶t̶e̶r̶ ̶s̶e̶u̶ ̶p̶r̶i̶m̶e̶i̶r̶o̶ ̶e̶n̶c̶o̶n̶t̶r̶o̶ ̶c̶o̶m̶ ̶o̶ ̶p̶r̶í̶n̶c̶i̶p̶e̶ ̶f̶o̶i̶:̶ ̶V̶a̶m̶o̶s̶ ̶c̶o̶r̶t̶a̶r̶ ̶e̶s̶s̶e̶ ̶c̶l̶i̶m̶a̶ ̶e̶s̶t̶r̶a̶n̶h̶o̶?̶ ̶S̶a̶b̶e̶ ̶e̶s̶s̶e̶ ̶c̶l̶i̶m̶a̶ ̶d̶e̶ ̶t̶i̶m̶i̶d̶e̶z̶…̶ ̶o̶d̶e̶i̶o̶ ̶i̶s̶s̶o̶.̶}̶
Olly não quer ganhar, ela quer aproveitar a experiência de estar no palácio. Rick não queria que a Seleção começa-se. Por isso eles vão se identificar bastante. E ali vai nascer uma amizade entre eles, um laço que vai ser indestrutível. Ela vai ser honesta do por que ter se inscrevido, o livro e de que queria uma nova experiência. E ele vai compreender. Mas essa amizade vai se tornar algo a mais.
̶{̶V̶a̶m̶o̶s̶ ̶v̶e̶r̶ ̶a̶t̶é̶ ̶o̶n̶d̶e̶ ̶v̶a̶i̶ ̶s̶u̶a̶ ̶e̶x̶p̶e̶r̶i̶ê̶n̶c̶i̶a̶ ̶F̶ê̶n̶i̶x̶}̶

O Richard, por ser calmo, é meio que o ponto seguro de Olímpia. Por ela nunca parar num lugar só e sempre estar interagindo, Rick é a calma dela. A calma que ela nunca teve. Já ela é a teimosa que o encanta. Os dois desde que se conheceram não se desgrudam, e não passam um dia sem não conseguirem se ver e conversar. Digamos que eles são um vício um do outro, querem ter a companhia do outro por, pelo menos, todos os dias, que podem ser resumidos por toda a vida.

As opiniões fortes e o jeito engraçado de Olímpia encantou o príncipe na primeira conversa. O jeito dela se posicionar sobre os diversos assuntos, ter viajado muito e as fontes de inspirações de Olly. Que mesmo ela estando na presença de algum príncipe ou rei não cala sua opinião sobre o assunto que estão discutindo. Tem a coragem para enfrentar, ás vezes, o próprio rei pelas suas atitudes e escolhas.
̶E̶ ̶q̶u̶e̶m̶ ̶m̶e̶l̶h̶o̶r̶ ̶d̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶e̶s̶s̶a̶ ̶p̶e̶r̶s̶o̶n̶a̶l̶i̶d̶a̶d̶e̶ ̶p̶a̶r̶a̶ ̶g̶o̶v̶e̶r̶n̶a̶r̶ ̶a̶o̶ ̶s̶e̶u̶ ̶l̶a̶d̶o̶?̶

A amizade era tanta que podiam acabar dormir um na cama do outro sem nenhuma malícia. Apenas se divertindo e aproveitando a companhia um do outro. Mas o que era uma amizade acabou se tornando algo mais a cada dia que passavam juntos. Os risos, os poemas, as viagens, as opiniões completavam um ao outro. Tudo que o outro queria encontrava apenas conversando com o outro. Quem olha pensa que já estão casados.
Quando um não consegue dormir vão escondidos até o quintal, jogam uma pedrinha na janela do outro e depois o outro pula da sacada para o quintal, apenas para passar mais tempo com a companhia da outra pessoa, sentir o cheiro dela e conversar.
̶"̶A̶s̶ ̶p̶e̶s̶s̶o̶a̶s̶ ̶s̶e̶ ̶a̶p̶a̶i̶x̶o̶n̶a̶m̶ ̶d̶e̶ ̶m̶a̶n̶e̶i̶r̶a̶s̶ ̶m̶i̶s̶t̶e̶r̶i̶o̶s̶a̶s̶.̶"̶

Olímpia não vai saber diferenciar quando vai estar completamente amando-o, mas quando souber, ela fará o gesto mais simples para contar à ele. Mandando uma carta, com um poema. E ele quando ler vai saber o que significa. Os dois parecem estar conectados de alguma forma, e largariam tudo um pelo outro.
̶"̶P̶o̶n̶h̶a̶ ̶o̶s̶ ̶l̶á̶b̶i̶o̶s̶ ̶a̶b̶e̶r̶t̶o̶s̶ ̶s̶o̶b̶r̶e̶ ̶o̶s̶ ̶m̶e̶u̶s̶ ̶e̶ ̶f̶e̶c̶h̶e̶-̶o̶s̶ ̶d̶e̶v̶a̶g̶a̶r̶,̶ ̶e̶l̶e̶s̶ ̶f̶o̶r̶a̶m̶ ̶f̶e̶i̶t̶o̶s̶ ̶p̶a̶r̶a̶ ̶e̶s̶t̶a̶r̶ ̶j̶u̶n̶t̶o̶s̶.̶ ̶C̶o̶m̶ ̶o̶ ̶s̶e̶u̶ ̶c̶o̶r̶p̶o̶ ̶n̶o̶ ̶m̶e̶u̶,̶ ̶n̶o̶s̶s̶o̶s̶ ̶c̶o̶r̶a̶ç̶õ̶e̶s̶ ̶b̶a̶t̶e̶r̶ã̶o̶ ̶c̶o̶m̶o̶ ̶u̶m̶.̶ ̶E̶s̶t̶a̶m̶o̶s̶ ̶i̶l̶u̶m̶i̶n̶a̶d̶o̶s̶,̶ ̶s̶o̶m̶o̶s̶ ̶u̶m̶ ̶a̶m̶o̶r̶ ̶e̶m̶ ̶c̶h̶a̶m̶a̶s̶.̶"̶

Uma coisa que eles tem só deles, e pode até ser considerado uma mania, é que sempre quando um vai contar um segredo ao outro prometem de dedinho que não vão contar a ninguém. Isso começou com Olímpia, quando ela contou sobre que tinha se inscrevido para escrever um livro e ter mais uma experiência na vida.

Ela vai querer mostrar para ele o mundo, mesmo que ele já tenha ido para lá. E ele vai querer ver o sorriso dela e mostrar tudo o que ela não conhece. A paixão entre eles é intensa e profunda. Os demais vão poder sentir a paixão deles no ar, vão perceber como é profundo os sentimentos deles um pelo outro.

∴ Outros príncipes

Noah Heckmann
Não conversa muito com o mesmo, mas quando a conversa é necessária conversa com ele normalmente como faz com todos, sempre mantendo seu bom humor.


Bernard Seydoux
Ele já a mandou uma carta elogiando pelo seu livro “A Vida do Mar”, e por isso são bem amigos. Mesmo que quando a mídia soube disso começou a especulação de que eles estavam namorando, mas deixaram bem claro que não, apenas tem ideias iguais e o amor pelos animais.


Markus Santini
Olly não é nada boba. Percebe que ele esconde sua personalidade de “safado” por baixo de sua máscara de calmo e educado. Quando tem que socializar com ele as palavras são secas, diretas e educadas no máximo possível. Olímpia também é bastante sarcástica com ele.


Tomás Castellanos
Tomás é um dos únicos que ela mais se da bem. O primeiro assunto que surgiu entre eles era da sua irmã, Atena, que o acha muito bonito e educado. E pelos dois terem esse bom humor suas cenas são sempre protagonizadas por momentos divertidos.


Christopher Samiotou
Mais um para a lista dos quais ela não se da bem. Podemos repetir aqui o caso do Markus. Quando Olly fala com ele suas palavras são secas, diretas, no máximo possível educadas e muito sarcásticas.


∴ Guardas
“Me ajudou? Recebe um obrigada.”
É basicamente essa sua relação com eles, digamos meio seca. Mas sempre que um deles puxar papo ela vai ser muito amigável.

∴ Outras candidatas
̶S̶e̶ ̶m̶e̶ ̶a̶t̶a̶c̶a̶r̶,̶ ̶e̶u̶ ̶v̶o̶u̶ ̶a̶t̶a̶c̶a̶r̶
Ela é uma das que mais puxa papo e conversa com todas as selecionadas. É amigável com elas e tenta sempre divertir elas e acalmar quando alguma briga acontece.
Mas se uma delas se meter com ela se prepare para vingança de Olly.

∴ Jornalistas
Acostumada com os jornalistas, então diverte e faz graça com eles. Sempre mantendo a compostura quando é algo sério, e fazendo graça quando os assuntos não são tão sérios. Resumidamente ela se da bem com os jornalistas, mas pode se cansar dos mesmo uma hora.

Criadas
||Nieta Frasson||81 anos||Cuida do visual {roupas, cabelo...}||

{Helen Mirren}
Relação: Olímpia lembra muito de sua avó quando está na companhia de Nieta, por isso sempre esta a tratando com respeito. E por sentir que ela é sua avó faria de tudo para que Nieta estivesse segura a maioria do tempo, principalmente quando há ataque rebelde no castelo. Olímpia se sente à vontade quando está perto dela, e poderia muito bem contar o seu (segredo) motivo de estar participando da Seleção.

Personalidade: Sempre dando conselhos sábios e sendo divertida com todos, fazendo piadas e contando histórias sobre mitos do castelo. Ela pode ser doce, como também pode ser amarga quando a magoam.

||Blanca Frasson||37 anos||Cuida dos horários & limpeza do quarto||

{Kate Hudson}
Relação: Suas conversas são rápidas e diretas, ás vezes fazendo piadas, ás vezes sendo grossa. Mas sua relação com Olímpia é boa, digna de uma amizade verdadeira. E mesmo sentindo ciumes da maioria das participantes, Olímpia é uma exceção, ela acaba torcendo para ela na verdade.

Personalidade: Puxou da mãe (Nieta Frasson) o bom humor, e junto de sua mãe está sempre sorrindo e fazendo graça. Uma das pessoas mais esfomeadas que você pode conhecer, por esse motivo sempre que tem uma comida nova Olly leva para ela. Mas também é muito fácil irritá-la, e Blanca também sente muito ciúmes das participantes da Seleção.

O que acha da Seleção?
"Um showzinho que serve para acalmar o povo, ou para os príncipes se apaixonarem realmente?
Afinal qual o intuito da Seleção? Porque depois de tantos ano sem nem menciona-la vir novamente em ação? Podem casar os príncipes com alguma princesa, mas não, a Seleção está de volta."
O pensamento de Olímpia é exatamente esse, ela não sabe o que pensar da Seleção. Está indo para lá exatamente para descobrir o que pensar.

Como reagiria a um ataque rebelde?
Correria o máximo que pudesse, se encontrasse um rebelde no caminho o derrubaria com suas habilidades excelentes de karatê, que aprendeu na sua viagem para o Japão, e ajudaria quem conseguisse. Já quando estivesse segura ficaria um pouco nervosa mais não transpareceria. Ficaria num canto pensativa enquanto observava se todos estavam seguros.

Prejudicaria alguma outra selecionada para seu benefício?
Ela se vingaria caso alguém a prejudicasse, mas não séria dela surgir algo para qualquer uma das seleciondas. É aquele ditado, se me atacar eu vou atacar.

Sua personagem já namorou antes? É virgem?
Nunca teve algum relacionamento sério, apenas breves romances que nem se tornaram namoros.
Não, perdeu a virgindade em uma de suas viagens para o exterior.

Bebe coisas alcoólicas? Se sim, apenas socialmente? Ao ponto de ficar bêbada?
Bebe qualquer bebida alcoólica, a não ser cerveja, que ela odeia. E nem precisa estar em algum evento para beber, ela pode muitas vezes beber vinho sozinha. Uma coisa de família materna é que ela não consegue ficar bêbada.

Duas músicas que definem a relação com o par [Pode colocar mais, se quiser]
1. Lorde - 400 LUX


2. Ben Howard - Promise


3. Martin Garrix & Bebe Rexha - In The Name of Love


4. Ben Howard - Only Love


5. Kodaline - The One


6. Kodaline - Love Like This


7. Anavitória - Singular


8. Anavitória - Tua


9. Anavitória - Nos


10. Jason Mraz - Love Someone


11. Ed Sheeran - Photograph


12. The XX - Angels


13. Of Monsters And Men - Love Love Love


14. Of Monsters And Men - King And Lionheart


Objeto especial?
Sua caneta de pena rosa. Era da sua mãe e passava de geração em geração.


Roupas
{Mídia diz: O estilo de Olímpia é simples, porém elegante. Sempre conhecida por saber se vestir e usar roupas que são simples, mas que deixam aquele ar de classe ar.}
A mídia pode estar certa, ela realmente passa esse ar de classe em suas roupas, mas depende o lugar em que ela está. Na maioria das vezes usa o que acha fácil de vestir e é confortável. Em casa ela prefere usar moletom, quando vai à algum evento usa de calças à vestidos chiques. No castelo pode ter certeza que ela usará vestidos de cores claras para o dia a dia, e fortes para bailes. Suas roupas mesmo simples chamam a atenção.
̶A̶b̶a̶i̶x̶o̶ ̶r̶e̶p̶r̶e̶s̶e̶n̶t̶a̶ç̶ã̶o̶ ̶d̶e̶ ̶r̶o̶u̶p̶a̶s̶ ̶d̶o̶ ̶s̶e̶u̶ ̶d̶i̶a̶ ̶a̶ ̶d̶i̶a̶


̶A̶l̶g̶o̶ ̶a̶ ̶m̶a̶i̶s̶?̶ Seus livros já publicados
A Vida do Mar O livro fala sobre uma sereia que vive num mar cheio de poluição, e que vê todo seu povo, tanto animais aquáticos a as próprias sereias e tritões morrerem devagar por causa da poluição que os humanos causam. A sereia, Serena, acaba conhecendo um humano, ao qual ela tenta matar depois de ver tudo que os humanos são capazes de fazer para o seu habitat e seu povo. Porém quando ele está desacordado na sua frente e o que resta é matá-lo, Serena falha, e acaba se intrigando o por que de não ter o matado. O livro se forma a partir dessa ideia da poluição que o homem causa no ambiente, o que resulta em mortes de vários animais, que no caso do livro, são animais aquáticos.
A Lua & o Sol O livro de poemas de Olímpia tem o seu principal poema breve, chamado A Lua & o Sol. Os poemas românticos foram muito bem recebidos pelo público juvenil, principalmente garotas.

A Lua & o Sol

O dia começa cedo.
E você está lá todo brilhante e amarelo,
iluminando tudo e todos.

Eu te desejo.
Mas e você?
Me deseja?
Me amas?

Nossos encontros são dois a cada ano.
Eu fico ansiosa esperando.
Mas e você?

E no eclipse do amor,
quando as estrelas enfeitam o céu,
eu te beijo.
Mas você retribui?

Quando eu for em bora,
não sinta falta.
Você pediu.


Tons de Rosa O livro romântico fala sobre Helen, uma garota misteriosa de cabelos rosa que roda a vida de Dean, um futuro médico que é voluntário no hospital da cidadezinha StarLey. Os dois acabam se envolvendo romanticamente, mas quando Dean a pede em namoro ela foge na chuva. Dean a segue com o guarda-chuva amarelo, ela para de correr e ele a alcança. E então ela revela que possui câncer, e morrerá logo. Dean fica com duas escolhas em sua mão, enfrenta a doença mortal por seu amor à Helen, ou a deixa para não ferir seu coração.

[/centro]


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...