~Enndless

Enndless
Sem fim.
Nome: Yanna
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 12 de Abril
Idade: 18
Cadastro:

Talvez um desabafo.


Postado

Talvez um desabafo.

Não sei exatamente o que é isso. Na verdade, sei. Eu realmente gosto do Levi. Tudo bem, ele foi meu primeiro namorado, só durou uns sete meses, mas... Ele era meu melhor amigo. Ele me entendia, ele me aceitou, entre tantos, foi ele quem não me julgou por todos os erros que cometi.
Eu sinto falta dele. Eu me pago de fodona, de controladora de emoções, mas quando eu tô perto dele, tudo caí. Parece que só existe eu e ele ali, e minha vontade de abraçar ele de novo, e dizer tudo que tá engasgado, de novo, aumenta sempre que vejo ele.
Eu sei que ele também gosta de mim, sei que ele sente minha falta. Vejo como ele me olha. Isso dói no peito. E só por saber que ele acredita que é tudo culpa minha, dói mais ainda.
Eu tenho meus olhos abertos, tenho plena consciência de que ele não é pra mim e que meus pais estão certos em tudo que dizem sobre ele. Eu sei disso!
Eu sei que tudo isso vai passar, afinal, eu só tenho 16 anos. Vou conhecer outras pessoas, vou cursar o terceiro ano, mas... Poxa... Não entra na minha cabeça tentar em esquecer o Levi. Entre todas as emoções, essa é a única que não consigo conter.
Ele tá presente em tudo. Tudo! Tenho dormido mais do que o normal, apenas para ver se paro de pensar nele. Começo a achar que tô ficando paranóica com tudo isso.
Minha raiva da Shantal, poxa, nem faz sentido. Ela é apenas uma criança de 12 anos, que nem sabe o que faz. Eu tô cansada de dizer pra todo mundo que apesar de ver, não dói. Que apesar de me importar, não dói.
Claro que dói! Dói tudo. E eu sou tão idiota que não paro de olhar o instagram dele, o facebook, o status do wpp, procuro ele na rua. Isso não te ajuda, Yanna!!!
Mas é involuntário. É como se eu necessitasse lembrar dele. É como se eu precisasse que ele se lembrasse de mim, recordasse de nós dois. Poxa, apesar de ter sido tão pouco tempo, foi tão intenso. éramos mais amigos do que namorados, e isso foi tão bom...
Eu sinto muito falta dele... Muita. Apesar de sair e fazer pose de quem já superou um término, eu ainda abraço a blusa que você me deu e choro. Porque... no fundo, eu sou apenas mais uma garota sensível que sente falta do namorado. Como todas as outras. Eu não sou de ferro, apesar de muitos dizerem isso. Nem sou controladora e forte.
Eu apenas... sou humana, e tenho sentimentos. E, apesar de conseguir controlar eles muito bem... quando se trata de você... Tudo desmorona.
...
Não foi minha culpa...

Escutando: 22 minutos - Disfarce e Péricles - Final de tarde

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...