~Sccar

Sccar
-kitten;
Nome: Ankhy ღ
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Curitiba, Paraná, Brasil
Aniversário: 7 de Março
Idade: 17
Cadastro:

Ficha de Personagem — Amor Sobre Escamas


Postado

Ficha de Personagem — Amor Sobre Escamas

Nome Completo:
— Pandora Dampier Bogaerd

Apelido(s):
— Dampier

Razão do Apelido:
— Apelido dado por seu pai e referente a seu sobrenome, todos a conhecem por esse apelido.

Data de nascimento:
— 07/03

Idade:
— 18 anos

Signo:
— Peixes

Gênero:
— Feminino

Orientação Sexual:
— Bissexual

Personalidade:
— Pandora pode ser vista como uma garota jovem e ingênua mas sua aparência delicada esconde muito mais do que apenas uma alma aventureira. Considera-se uma pessoa de bem a vida mesmo sendo um pouco instável e emotiva. Dificilmente fica nervosa ou de mau-humor. É uma pura pisciana, se distrai facilmente e é extremamente criativa. Empática, Dampier sempre fica tocada quando vê alguém numa situação difícil, consegue colocar-se no lugar de outras pessoas. É romântica, mesmo que nunca tenha se apaixonado antes, sonha em conhecer alguém especial e que possa amá-la. Tem um alto senso intuitivo, obedece a sua intuição e consegue perceber facilmente quando algo está errado. Pacífica e calma, ela detesta brigas e discussões mas quando é envolvida em uma, sempre tenta mostrar que está certa.
Com um sorriso no rosto, Pandora consegue cativar a todos com sua alegria, vê sempre o lado positivo das pessoas. É verdadeira e sincera, um livro aberto, odeia segredos e não costuma guardar sua opiniões para si mesma. É curiosa, um ponto que sempre deu trabalho para Henry pois sempre tinha que tirar a filha de enrascadas por conta da alma hiperativa da mesma. Tem um espírito de criança, meiga e sonhadora, à procura de aventuras e enigmas a serem desvendados. Faz amizades facilmente.
Apesar de alegre, é instável, qualquer coisa consegue tirá-la do sério e magoa-se facilmente. Quando não gosta de alguém, fica emburrada perto da pessoa e muitas vezes a responde grosseiramente. Ela sabe se virar sozinha, não depende de ninguém para defender-se e não liga pra opiniões alheias. Faz somente o que lhe faz feliz. É carinhosa e amorosa com quem gosta, adora abraçar e demonstra de todas as formas possíveis o quanto gosta da pessoa, a enchendo de mimos e carinhos.

Qualidades:
— Ser calma e calculista é uma de suas melhores qualidades, Pandora não é de ficar facilmente nervosa e sempre tenta analisar a situação antes de agir;
Carinhosa e uma ótima amiga, ela tem muita facilidade em fazer amizades novas e tem um carisma natural que sempre aproxima as pessoas de si;
Dampier é uma pessoa de bem com a vida, dificilmente a encontrará triste ou de mau humor pois gosta de ver as coisas pelo lado bom;
É empática, gosta de ajudar pessoas e ouvir seus problemas mesmo não sabendo que conselho dar à elas. Se tiver um problema, Pandora sempre estará lá para ser um ombro amigo.
Determinada, ela não desiste de seus objetivos, dá o melhor de si até o final e costuma dizer que não arreda o pé enquanto não conquistar o que quer.

Defeitos:
— Pandora é instável, podendo mudar de humor várias vezes ao dia;
Sente-se sozinha e magoa-se com facilidade mas tenta não demonstrar pois odeia responder perguntas sobre si mesma;
É extremamente emotiva, costuma tomar decisões com o coração e deixa a razão muita vezes de lado;
Orgulho é o que pode defini-la, tenta sempre mostrar que está certa e não aceita perder uma discussão.


Maior força em tempos difíceis:
— Dampier sempre tenta colocar as melhores coisas da vida à frente dos problemas, como ver o sorriso amarelo do pai, observar as ondas do mar e encontrar seus amigos novamente. Seu ponto forte em situações difíceis é sua calma e pensar com o coração, muitas vezes deixa a si mesma de lado para fazer os outros felizes ou agradá-los. Não se deixa abater por besteiras e pensa que toda situação tem seu lado bom ou uma solução.

Maior fraqueza em tempos difíceis:
— Em seus piores dias, Pandora pode fraquejar e chorar copiosamente diante de situações difíceis por ser emotiva demais.

Aparência:
— Pandora tem uma beleza delicada e discreta; sofre para domar seus cabelos rebeldes e volumosos que somente lhe dão um charme a mais e, consequentemente, um grande trabalho. Seus olhos são azuis, não claros e cristalinos como lagos calmos, mas sim profundos e levemente esverdeados, como um oceano tortuoso em plena tempestade. Sua mandíbula é reta, bem desenhada e que realça seus lábios rosados e delicados. A pele branca e pálida sofre por conta do sol forte, por isso opta sempre por proteger-se com chapéus.









Altura:
— 1,60

O que a personagem pensa de si mesma?
— Pandora gosta de seu próprio corpo, não é de ficar olhando-se no espelho o dia todo ou preocupar-se demasiadamente com a aparência, não é vaidosa mas também não é relaxada. Somente roupas de seu agrado e um bom chapéu na cabeça já são o suficiente para que ela se considere bonita e satisfeita consigo mesma.
Ela odeia ser tão emotiva, por isso nunca demonstra quando está desapontada pois na maioria das vezes são coisas bobas.

Vícios: Tabaco
Fobias: Insetos, principalmente aranhas.
Medos: Medo de espaços pequenos, baleias e de ser enterrada viva.
Tem algum trauma? -
Tem algum transtorno psicológico? O que o causou? -

História:
— Uma determinada e talentosa exploradora, a doce e atrevida Pandora Dampier é neta do bravo pirata William Dampier. Tendo o sangue de um pirata pulsando nas veias, Pandora seguiu os mesmos passos do avô, sendo guiada pelo pai, Henry, segurou uma espada pela primeira vez aos 7 anos de idade. Nunca conheceu a mãe, seu pai lhe contava que a mesma o abandonou duas semanas após seu nascimento pois não via futuro com um mero dono de um boteco velho. Ensinada para ser uma pirata habilidosa, a pequena Dampier mantém sua feminilidade mesmo em meio aos amigos bêbados e fétidos de seu pai que frequentam o pequeno boteco no centro da cidade, uma herança de família que já está caindo aos pedaços, mesmo assim, mantém sua popularidade intacta. Pandora sempre fora uma garota livre, a própria liberdade em pessoa, nem mesmo Henry conseguia segurar a filha em casa sem que ela saísse todas as noites em busca de uma nova aventura e descobertas. William Dampier era um grande avô e amigo para ela, lhe mostrando o quanto a vida de um pirata podia ser perigosa e emocionante. Com a morte do grande pirata durante um ataque contra seu próprio navio, Pandora sofreu por noites, sentia falta da presença amigável do avô que se mostrava um carrasco em frente aos outros marujos, mas ao lado da neta era um bom companheiro. Henry continuou cuidando do boteco e com a ajuda da filha conseguiu botar os negócios de volta nos trilhos. Com o sobrenome do avô na ponta da língua do pessoal da cidade, Pandora ficou conhecida por seu carisma e alegria, sempre correndo pelas vielas e ruas esbanjando felicidade. Mesmo depois de anos depois da morte de William, ela não desanimou e decidiu perpetuar o sobrenome da família Dampier, sendo uma brava pirata e navegando pelos sete mares.

Posicionamento na sociedade:
— Terceiro Estado

Bens econômicos:
— Abastada

Breve descrição dos pais ou dos responsáveis pela personagem:
• William Dampier: Mesmo com uma aparência de dar medo, o pirata era o melhor amigo da neta, lhe contava histórias de suas aventuras sempre que podia. Não era muito presente, como um bom pirata vivia navegando à procura de novos marujos mas costumava arrumar um tempo para passar com a neta e com o filho Henry. Amigo: era essa a palavra que Pandora usava para defini-lo;um ótimo ouvinte e contador de histórias. Um grande avô e um memorável pirata.
• Henry Dampier: Henry nunca foi um exemplo de homem, sempre bêbado e jogado pelos cantos. Mas com o nascimento da filha, seu comportamento mudou completamente, principalmente depois que a esposa o abandonou com um bebê recém-nascido nos braços. Henry ensinou Pandora a duelar com espadas, a segurar uma arma e até mesmo lhe deu seu primeiro gole de rum aos 16 anos de idade. Costuma dizer que Pandora foi sua salvação, que sem ela com certeza estaria deprimido e não seria tão feliz quanto é hoje. Com um vocabulário chulo, Henry é o dono do boteco Port Royal, um lugar simples mas que serve de refúgio pirata para os capitães e seus marujos que passam por ali. Sempre sorridente, Henry cativa a todos com seu senso de humor e carisma.

Qual era a relação da personagem com aqueles que a criaram?
— Pandora sempre foi uma filha e neta exemplar, nunca deu trabalho ou preocupações para William e Henry. A relação entre os três sempre foi de muita amizade e cumplicidade, uma família unida.

Tem irmãos(ãs)?
— Não

Tem ou teve amigos importantes na sua vida?
— Pandora tem uma amizade forte com Oliver, um garoto franzino e medroso que conheceu na escola.

Se sim: Qual era a relação da personagem com eles?
— Oliver é totalmente o contrário de Pandora, mesmo assim, não resistia aos pedidos da garota e acabava indo com ela em suas aventuras noturnas. São grandes amigos e raramente brigam, e se isso acontece na maioria das vezes é porque Oliver é medroso e hesita em ajudar Dampier em suas aventuras.

Teve algum animal de estimação?
— Dampier tem um pequeno cãozinho de pelagem marrom, vira-lata e que se chama Bart, nome em homenagem a um grande amigo falecido de seu pai, Jean Bart.

Qual a sua relação com os animais?
— Pandora sempre amou animais, gostava de todos e toda vez que via um cão abandonado em algum lugar implorava ao pai para que lhe deixasse levá-lo para casa. É amorosa e atenciosa, não deixando que nada lhes falte.

Filosofia de vida:
— Ela acredita que não se vive uma vida com emoção sem aventuras ou desafios.

Crenças pessoais:
— Acredita fielmente que não exista apenas um deus, mas sim muitos deuses.

Tem alguma religião?
— Agnosticismo

Caso não tenha ou esta não esteja na base do cristianismo, a personagem esconde a sua posição religiosa das outras pessoas? Tem medo de expor e sofrer as consequências que podem advir daí?
— Não, Pandora sempre é verdadeira quando lhe perguntam sobre sua religião e não tem medo de represálias.

Costuma ser preconceituosa no geral?
— Não, sempre procura respeitar as demais opiniões mesmo que sejam contrárias às suas.

Do que a personagem gosta?
— Pandora é uma grande admiradora da arte Barroca. O sentimento nas obras, a beleza, eram características que chamavam sua atenção.

E o que ela menos gosta?
— Ela não gosta de livros de terror, sempre ouvia as histórias de William sobre assombrações e demônios e ficava com medo.

Gosta de ler?
— Ama ler, seus gêneros preferidos são romance e drama.

Gosta de música?
— Sim, música clássica e músicas animadas, de preferência as que lhe permitam dançar.

Tem algum passatempo?
— Pandora costuma procurar conchas e colecioná-las quando está entediada, apostar corrida com Oliver e jogar buraco com Henry e com os fregueses do boteco. Gosta de ler e principalmente de observar o mar.

Estudou?
— Sim

Trabalhou?
— Somente como garçonete no boteco de Henry

Favoritos
• Cor: Preto e roxo
• Animal: Cachorros, gatos e cavalos
• Estação do ano: Outono
• Comida: Camarão
• Sabor: Salgado
• Aroma: Cítrico
• Outros:

Desgostos
• Cor: Branco, cinza
• Animal: Insetos
• Estação do ano: Verão
• Comida: Carne de porco
• Sabor: Doce
• Aroma: Doce
• Outros:

A personagem é virgem?
— Sim

Se sim: Quais são as suas expectativas?
— Pandora nunca parou para pensar em sexo ou alguma outra relação que ultrapassasse as barreiras da amizade. Não é ingênua, muito menos inocente, sabe que uma hora ou outra uma pessoa especial aparecerá em sua vida. Prefere não se precipitar e respeitar seu próprio tempo, desejando que sua primeira vez seja com alguém que ela realmente confie.

Já teve o seu primeiro beijo?
— Sim, aos 9 anos de idade, na escola, quando um garoto lhe roubou um beijo de surpresa e que depois levou um soco em cheio no nariz vindo da garota por tanta ousadia.

O que a atrai numa pessoa?
— Dampier sempre considera a autoconfiança uma grande qualidade em si mesma e gosta de ver quando outra pessoa também é autoconfiante. Compaixão e benevolência também é algo que admira em outras pessoas. Tem um fraco por homens altos e com barba.

O que não gosta numa pessoa?
— Insegurança, submissão, mau humor. Não gosta de pessoas exibidas ou que imploram por atenção.

Quanto ao amor, a personagem já se apaixonou? Ela acredita no amor?
— Nunca teve a oportunidade de apaixonar-se, acredita no amor.

Acredita em amor à primeira vista e em destino?
— Sim.

Como seria o parceiro(a) ideal?
— Alguém que goste dela do que jeito que ela é, alguém que a ame e a apoie nos piores momentos. Quer alguém que mesmo com os vai e vens de seu humor procure amá-la com a mesma reciprocidade que ela ama.

Paquera:
• Nome: Castiel
• Apelido dado: Capitão (usado quando quer provocá-lo), Cassy ou Rubro.
• O que a personagem gosta no(a) paquera? O senso de humor ácido de Castiel sempre irritou e encantou Pandora. Seu jeito imponente e arrogante pode ser incômodo para alguns mas despertou a curiosidade de Dampier que sempre quis descobrir um pouco mais sobre o capitão. Pandora também adora os cabelos rubros de Castiel, seus lábios bem desenhados e seus olhos profundamente acinzentados.
• O que não gosta? A teimosia, quando Castiel a subestima, de quando ele não a escuta e de quando Castiel tenta protegê-la somente por ela ser mulher.
• Como é a relação entre eles? Pandora e Castiel sempre foram como água e vinho, totalmente opostos um do outro mas isso somente os aproximou mais. Pandora considera Castiel como um porto-seguro, a única pessoa que consegue entendê-la verdadeiramente. Pandora sempre acaba agindo diferente perto de Castiel, não gosta de parecer fraca diante dele.
• Quais foram as primeiras impressões? De início, Pandora se irritou pelo jeito arrogante e grosseiro de Castiel, achou que o mesmo fosse somente mais um pirata bêbado e fedido que se achava.
• Os pontos em comum: Senso se humor, curiosidade por novas aventuras, amor por cachorros, coragem e determinação.
• As divergências: Sensibilidade, enquanto Castiel prefere tomar decisões pela razão, Dampier prefere tomá-las com o coração. Calma; Pandora prefere analisar a situação antes de tomar alguma decisão, já Castiel é mais impulsivo e cabeça quente.

Como a personagem reage a desconhecidos?
— Pandora sempre tenta parecer simpática e não julga pela aparência, parte do pensamento que não se deve julgar sem conhecer.

Já sofreu assédio? Como reage a tal?
— Nunca sofreu assédio, mas se sofresse não pouparia esforços para defender-se contra o agressor.

Acredita em criaturas mitológicas?
— Pandora é meio cética, mas com as todas histórias contadas por seu avô sobre criaturas marinhas, sempre acabava criando uma curiosidade sobre essas criaturas.

Como reagiria caso encontrasse uma?
— Com certeza ela choraria e lembraria de seu avô, saber que William falava a verdade enquanto vivo sobre criaturas tão fantásticas e ainda poder ver uma, seria uma conquista enorme para ela.

Quais são as suas motivações?
— Sua principal motivação para entrar no navio Treasure é ser uma grande pirata assim como William, mesmo tendo um certo receio sobre a vida perigosa de maruja, ela acredita que pode levar lições importantes e novas amizades nessa grande aventura.

Por que quer descoficar a mensagem? Quer encontrar o tesouro? Por quê?
— Dampier sempre teve o sonho de ser uma grande pirata assim como o avô. Ela considera esse tesouro uma chance de mostrar a todos que tem tanta força e determinação quanto um homem. Quer encontrar o tesouro pois deseja dar uma vida melhor ao pai e perpetuar o nome da família Dampier, sendo a maior família pirata da história.

Por que está disposta(o) a entrar num navio pirata ou num navio real?
— Ela sempre teve curiosidade de ver como é ser um pirata, navegar pelos mares ao lado de estranhos lhe parece uma boa chance de conhecer novos lugares e sentir a mesma sensação que William sentia quando navegava.

Como uma tripulante, sendo mulher, iria mascarar-se? Ou assumiria o seu gênero sabendo da futura discriminação?
— Não, Pandora nunca esconderia quem realmente é, extremamente orgulhosa e segura de si, ela credita que se gostarem dela será por ela ser ela mesma, e não fingindo ser alguém que ela não é. Aguentaria a discriminação e até responderia à algumas, confiante.

Você quer cenas de sexo explícitas?
— Sim
Tem noção que pode haver cenas de hentai/lemon/orange explícitas com outros personagens?
— Sim


Daddy

Assistindo: Harry Potter e o Cálice de Fogo
Jogando: Dota
Bebendo: Nescau

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...