~GuardAngel

GuardAngel
To loka
Nome: Catarina
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

A Plataforma 9 3I4 - A Nova Geração


Postado

A Plataforma 9 3I4 - A Nova Geração

Nome:
Lyra Cecily Blumstein

Apelido:
Ly - mas só os amigos a chamam assim

Idade:
16

Casa:
Grifinória

Sangue:
Mestiça

Aparência: Bella Hadid
Lyra tem pele clara e incríveis olhos azuis esverdeados. Ela é considera alta, tendo 1,73, e tem um corpo cheio de curvas, com seios médios, cintura fina e coxas grossas. Seu rosto tem traços bem marcados, com as maçãs salientes e o nariz fino. O cabelo de Lyra é castanho escuro, cortado pouco abaixo dos ombros.









Personalidade:
Lyra é uma garota espontânea e impulsiva, muito falante e curiosa. Ela diz o que pensa e sua personalidade aventureira passa imagem que a garota não tem medo de nada. Mas isso também se deve pois Lyra é totalmente imprevisível e, para muitos, imprudente, fazendo o que der na telha e sem receio das consequências. Também é dito que Lyra é muito dramática, além de ser um pouco explosiva e sua curiosidade por aparentemente qualquer coisa, esporadicamente, também lhe concede o título de enxerida.
Lyra é risonha, sarcástica e irônica, fazendo cometários sobre tudo, e deixando bem claras suas opiniões sobre os mais diversos assuntos. Ela também é uma garota muito companheira, além de ser, por incrível que pareça, simpática e amigável. Ela é uma ótima amiga, sempre perocupada e protetora e inabalavelmente leal.
Quando comentam sobre sua imprudência, Lyra sempre rebate dizendo que as pessoas são tediosas e que ela não vai fingir ser algo que não é, não vai passar a vida toda fazendo apenas o que os outros esperam que ela faça. Ela também é uma garota muito corajosa, assim como sua casa, reiterando sempre que é necessário enfrentar seus medos e as adversidades.
Apesar de tudo, Lyra é na realidade bem inteligente, mantendo notas muito boas, para o incomodo de alguns professores e colegas. Ela se dedica principalmente nas matérias que mais gosta, como duelos, transfiguração, dcat, astronomia e trato das criaturas mágicas, se destacando. Lyra é uma das melhores duelistas da escola, adorando o professor, que também é o diretor de sua casa. A garota também tem uma grande paixão por quadribol, torcendo pelas Harpias de Holyhead e jogando no time de quadribol da grifinória desde o 2° ano.

Por baixo de toda sua imagem de garota forte, Lyra é muito insegura. O abandono da mãe, mesmo que tenha tido todo o amor do resto da família, deixou ferida e traumas na garota. Ela tem medo que as pessoas a deixem da mesma forma que sua mãe a deixou e também criou uma certa desconfiança de Lyra no que envolve mães e qualquer figura maternal. Ela também mostra dificuldade em realmente se abrir, falar sobre seus sentimentos e se tornou o tipo de pessoa que guarda todas suas alições e receios para si.

História:
Os pais de Lyra se conheceram adolescentes e depois de um relacionamento apaixanado e comum, a mãe engravidou. Eles eram bem jovens e Teresa, a mãe da garota, uma bruxa mestiça e orfã de 19 anos, não ficou feliz com a notícia. Enquanto isso, o pai, Nathaniel, e sua família de bruxos sangue puro estavam surpreendentemente animados com a vinda de um bebê. O relacionamento do casal começou a se deteriorar e uma semana depois do nascimento de Lyra, Teresa foi embora e desapareceu. Nathaniel ficou devastado mas se manteve forte pela filha, que mesmo sem mãe, cresceu muito amada pelos Blumstein. No entanto, é claro que nada era tão simples. A história foi abafada e para todos fora da família, Lyra era fruto de um caso entre Nathaniel e uma nascida trouxa que morreu durante o parto. O assunto se tornou um tabu até dentro de casa, com Nathaniel se recusando a falar sobre o tema e Lyra magoada com toda a situação. Ela nunca conheceu ou sabe nada sobre sua mãe além de que seu nome era Teresa McGarden e que ela era loira e de olhos castanhos. Não parecer com a mãe sempre lhe pareceu um alívio, menos uma lembrança da existência da mulher que a abandonou. A garota tem vergonha do que aconteceu a ela e teme que seus colegas descubram a verdade. Além disso, Lyra acabou adquirindo um trauma em relação a figuras maternas e sempre diz, orgulhosa, que nunca precisou de uma mãe. Ela acabou crescendo muito próxima do avô, Benedict, geralmente um homem sério, que impõe respeito em meio a sociedade bruxa, mas que se derrete pela querida neta. Lyra conheceu Julian Chadwick na primeira vez que pegou o trem para Hogwarts e vive em pé de guerra com ele desde então. Entrar na girfinória é um orgulho para a garota, que queria entrar para casa dos corajosos pois seu pai e avô eram de lá.

Gosta:
céu noturno
cheiro de tinta
chuva
sapos de chocolate
astronomia
duelos
filmes trouxas (principalmente Star Wars e Senhor dos Aneis)
quadribol
defesa contra arte das trevas
trato das criaturas mágicas
a sala comunal da grifinória
suco de melancia
bolo de caldeirão
bombas de caramelo
varinhas de alcaçuz
pizza (ela gosta muito de qualquer coisa com queijo)
comida apimentada
cerveja amanteigada
sorrisos
abraços
festas


Não gosta:
laranjas
abacaxis
injustiças
ficar sozinha
choros e lágrimas
delícias gasosas
pessoas que não dão valor a família
regras
acidinhas
advinhação
preconceituosos


Segredo:
Todos acham que a mãe de Lyra morreu quando a mesma era pequena e Lyra tenta a todo custo esconder a verdade, pois sente vergonha.

Medos:
Que a abandonem; aracnofobia; decepcionar as pessoas

Varinha:
Feita de madeira de cerejeira, 32 cm, cerne de pena de grifo


Coruja/Sapo/Gato?
Gato persa - macho - nome: Church

Quadribol/Posição:
Artilheira

Aula preferida:
Transfiguração

Patrono:
Leopardo

Par?
Julian Chadwick - se puder claro

Como age com o par:
Eles na verdade não estão juntos. Lyra e Julian brigam e trocam farpas desde o dia em que se viram no Expresso Hogwarts, quando tinham 11 anos, mas todo mundo sabe que eles se gostam. Na realidade, existe uma conhecida aposta (desconhecida para eles) sobre quando os dois vão deixar de orgulho e ficar juntos. Ela sabe que está apaixonada por ele desde os 13 anos e morre de medo que ele descubra isso. Ela sempre reclama do jeito perfeitinho dele e de como ele age como um cafajeste com garotas, constantemente dizendo que ele é um "energúmeno engomadinho hipocrita". Ela se sente arrasada toda vez que o vê com uma garota, mas obviamente finge que pouco se importa. Lyra se importa bastante com ele e se odeia por amar alguém que nunca nem pensaria em ficar com ela (tolinha). Namorando, eles continuariam brigando, óbvio que bem menos e eles definitivamente seriam um casal que poderiam fazer qualquer coisa juntos, mesmo sem ser grudentos, e se entenderiam completamente. Lyra teria medo de magoá-lo e de contar a verdade sobre sua mãe mas Jules também seria sua porto seguro. Ela constantemente o daria abraços e faria fofocas para ele, que não daria a minima mas escutaria para agradá-la, com uma cara irônica. A garota também 'marcaria território' sempre que pudesse, cheia de ciumes de outras meninas.

Amigos:
Eu prefiro deixar que vocês decidam que serão os amigos de Lyra entre os personagens aceitos na fic.
Se puder eu gostaria que ela fosse amiga do Devan. Eles seriam bem próximos e companheiros, mas obviamente se veriam apenas como amigos, estariam sempre rindo e Devan tentaria manter a amiga longe de Julian.


Como age com os amigos:
Ela é muito sincera e brincalhona com eles, sempre sarcástica e tentando arrastá-los para suas ideias malucas. Lyra é uma amiga ciumenta também e muito protetora, defendendo-os e pensando neles antes de em si mesma. Ela está sempre tentando fazê-los rir e se divertir e sentirem bem, e constantemente diz para eles para serem verdadeiros e reais consigo mesmos. Lyra é acima de tudo uma amiga leal, que nunca os trairia ou deixaria e faria de tudo para o bem deles, mesmo que os amigos não aprovassem.

Algo a mais:
Lyra adora pintar desde pequena. Se tornou um hábito e ela as vezes aparece suja de tinta pelos corredores de Hogwarts. Ela costuma pintar o céu e sorrisos e desenha muito bem.
Por incrível que pareça, Lyra gosta de ler e vai com certa frequência até a biblioteca para encontrar livros interessantes.




Nome:
Julian Gabriel Chadwick

Apelido:
Jules - mas só os amigos o chamam assim

Idade:
16

Casa:
Corvinal

Sangue:
Puro

Aparência: Daniel Sharman
Julian é um garoto bonito e bem alto, com quase 1,90. Ele tem pele clara e profundos olhos azuis. Seu rosto de traços fortes e desenhados, com mandibula bem definada, sempre ostenta um sorriso. Ele tem cabelos castanhos claros encaracolados curtos, e um corpo magro mas definido, com ombros largos e musculos aparentes.







Personalidade:
Julian é o tipo de cara 'perfeito': bonito, rico, inteligente, simpático e gentil. Ele é um garoto calmo na verdade, que não é de brigar, ficar irritado ou perder a cabeça. Mas isso muda em relação a sua companheira de ano, Lyra Blumstein, sua "dor de cabeça". Ele é um garota bem observador e analista, pensando muito antes de fazer algo. Ele é bastante amigável e tranquilo, além de ter um sorriso encantador, e é 'querido' por todos os professores. Além disso, ele não coleciona inimigos, sendo cordial com todos os colegas.
Ele é muito dedicado aos estudos e mantém notas excelentes em todas as matérias. Jules adora ler e vai bastante a biblioteca, se interessando por qualquer tipo de livro. Não que ele seja um nerd que passa todo tempo estudando. Julian na verdade passa grande parte do seu tempo com os amigos e gosta de divertir. O único problema de Julian é a bebida que ele usa como forma de afogar as mágoas e as vezes acaba dizendo mais do que deveria quando bebe demais, não que isso seja de conhecimento geral. Ele é viciado em quadribol, torcendo pelos Chudley Cannons e jogando no time de quadribol da Corvinal desde o 2º ano.
Apesar de ser um garoto tão legal, ele também tem algumas falhas, como por exemplo sua relação com garotas. Julian é um dos 'garanhões' de Hogwarts e, cordialmente, da em cima de todas as meninas da escola, que se encantam pelo jeitão principe dele. Ele nunca se apaixona ou assume compromissos, sendo sempre criticado por isso por sua melhor amiga, Louise, e por Lyra, que nem imagina ser a unica garota que ele sente algo real.
Ele é muito leal e um ótimo amigo, que sempre sabe o que dizer. Julian é um garoto prático e sagaz, muito esperto, que resolve quase tudo na lógica. Além disso, é pé no chão, não é pessimista, e sim muito realista, sempre dizendo que não adianta nada viver no "mundo da fantasia". Ele não consegue entender pessoas que fazem as coisa sem pensar nas consequências, agindo com imprudência. Não que ele seja um covarde, mas acredita que existam coisas que simplesmente, não precisam ser feitas. Inclusive, quando questionado sobre o irmão mais velha, ele desconversa e apenas diz, com amargura, que ele se foi por ser tão imprudente.


História:
Julian nasceu em uma família perfeita: sangue puros respeitados e com dinheiros, amorosos, companheiros e tolerantes. Os pais de Jules, Emma e Andrew, sempre foram presentes e compreensíveis, mas querendo e esperando o melhor dos filhos.
O garoto levou uma vida feliz e sem preocupações, juntos dos pais, da irmã mais nova por 3 anos, Livia, e o irmão 6 anos mais velho, Mark. Nas férias entre seu 1º e 2º ano, tudo mudou. Mark, recem formado, já tinha apresentado um certo problema com bebida. Ele se sentia cada vez mais pressionado pelos pais, pelos amigos, pelos professores. Devia ser o melhor, seguir uma carreira fantástica. Com os pais preocupados, o adolescente decidiu sair escondido uma noite. Julian encontrou com o irmão prestes a fugir pela janela, que com um sorriso sacana, afirmou que veria o garotinho de manhã, que questionou o que o irmão estava fazendo. "Estou vivendo Jules. Seja você mesmo sim? Não o que as esperam que você seja". Julian não contou aos pais que Mark saiu e o arrependimento veio mais tarde. O mais velho bebeu e encontrou com alguns amigos trouxas. No carro de um deles, com todos bebados, um horrivel acidente aconteceu e nem mesmo a medicina bruxa foi capaz de salvar Mark, que ainda passou pouco menos de uma semana em coma.
Jules nunca contou a ninguém que encontrou com o irmão naquela noite e se culpa por não ter contado aos pais, acreditando que assim podia ter salvo o irmão. O assunto "Mark" se tornou tabu mas Julian pareceu lidar com isso melhor do que ninguém, com seriedade e maturidade demais para um garoto de 12 anos. Ele não chorou na frente de ninguém e se manteve forte, apesar de estar destruido por dentro e chorar sempre que estivesse sozinho. Ele jurou que se manteria forte pelo irmão, mas nunca se abriu sobre seus sentimentos sobre o tema, que ainda é uma dor para o garoto.
Julian continuou sendo o garoto perfeito, inteligente e simpático, além de bonito, com notas altas e querido por todos. A verdade é que ele se esforçou para suprir todas as funções e pressões que Mark deixou para trás.


Gosta:
pastelão de rins
varinhas de alcaçuz
tortinhas de abobora
fios dentais de menta
dias quentes
comida apimentada
livros
filmes trouxas
história da magia
advinhação
defesa contra arte das trevas
quadribol
jogos de estratégia
luagres muito abafados ou pequenos
whisky de fogo
jogos de cartas
animais no geral


Não gosta:
bombas de caramelo
maçãs
dias nublados
pessoas idealistas demais
pessoas que não se preocupam com as consequências
intolerância
injustiças
perconceito
acidinhas
bacon
pessoas atrapalhando as aulas
falsidade

Segredo:
Ele encontrou com o irmão na noite em que ele sofreu o acidente que o levou a morte. Ele se culpa por não ter contado a ninguém que Mark tinha saido, já que acredita que assim poderia ter salvo a vida do irmão.

Medos:
Que descubram que ele não é tão perfeito assim; decepcionar as pessoas; coulrofobia

Varinha:
Feita de ameixeira, 32 cm, cerne de escama de serpente marinha


Coruja/Sapo/Gato?
Coruja das torres - macho - nome: Magni

Quadribol/Posição:
Batedor

Aula preferida:
Feitiços

Patrono:
Lobo

Par?
Lyra Blumstein - se puder claro

Como age com o par:
Eles na verdade não estão juntos. Lyra e Julian brigam e trocam farpas desde o dia em que se viram no Expresso Hogwarts, quando tinham 11 anos, mas todo mundo sabe que eles se gostam. Na realidade, existe uma conhecida aposta (desconhecida para eles) sobre quando os dois vão deixar de orgulho e ficar juntos. Ele diz que a acha descuidada demais e que sua imprevisibilidade o irrita, além de fazer questão de irritá-la toda vez que a vê, e a chama de 'docinho' para a horror de Lyra. Nas suas brigas ele diz que ela é louca. Na verdade, Julian se preocupa demais com Lyra ( mas esconde bem) e morre de ciumes dela. Apesar do que fala, ele a acha totalmente bonita e fica nervoso toda vez que mencionam o nome dela perto dele. Ela é provavelmente a única garota que o enloquece e que ele realmente se importa, mesmo não admitindo. Namorando, eles continuariam brigando, óbvio que bem menos e ele se tornaria ainda mais protetor da garota, além de ficar com um sorriso bobo toda vez que a visse ou que falassem dela. Eles definitivamente seriam um casal que poderiam fazer qualquer coisa juntos, mesmo sem ser grudentos, e se entenderiam completamente. Ele se sentiria totalmente a vontade perto de Lyra e faria de tudo para fazê-la feliz.

Amigos:
Acho melhor deixar isso com vocês. Acredito que vocês saberão julgar melhor quem deve ser amigo dele.
Mas se puder, queria que ele fosse amigo da Louise. Ela seria uma de suas únicas amigas do sexo feminino que ele não daria em cima. Julian a veria como uma irmã mais nova e provavelmente contaria quase tudo a ela. Louise o provocaria em relação a Lyra, deixando irritado.


Como age com os amigos:
Julian está sempre rindo com os amigos.

Algo a mais:
Lyra faz Julian se lembrar do irmão, que acabou morrendo por causa de sua imprudência. Esse é o maior motivo dos sentimentos confusos em relação a garota e ele tem medo de perdê-la da mesma forma que perdeu o irmão.


9¾ Always ϟ

Escutando: Flashlight

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...