Por Trás das Cenas - Os Garotos 2


Postado

Totalmente esqueci de postar o especial de hoje, sinto muito pela demora >.>

Para compensar, o especial dos garotos 2 tem várias origens curiosas e alguns detalhes que ninguém nunca soube <3

------------------------------------------------------------
Por trás das cenas – Os Garotos 2

Nome: Jean Pierre Russell
Significado:
Jean = “Deus é gracioso”.
Pierre = “pedra”.
Russell = baseado no apelido pejorativo “vermelhinho” ou “ruivinho” que surgiu na Inglaterra para denotar franceses.

Quem inventou o nome foi a minha mãe. Eu perguntei a ela que nome ela pensava quando pensava em um francês; a resposta foi, na hora, “Jean Pierre”. O sobrenome veio do filme que minha mãe estava assistindo na hora: esperamos passarem os créditos e procuramos sobrenomes que parecessem franceses, daí o Russell (o Dale do William surgiu na mesma hora pelo mesmo motivo).
Não fazia a menor ideia de que o sobrenome Russell pudesse ter um significado tão profundo, envolvendo apelidos dados por ingleses a franceses e relacionando tão bem com o amor de Jean pela Inglaterra. Uau. Pena que ele não é ruivo...

-------------------------------------

Localidade: Paris, França.

Quando eu estava começando a escrever, eu pedi para meu melhor amigo me dizer três nacionalidades de que ele gostava para criar personagens. Ele me disse: “Inglês, francês e... Canadense! Não, espera. Americano”. Dessas três nacionalidades, surgiram, respectivamente, o William, o Jean Pierre e o John (não foi dessa vez, Canadá...).

-------------------------------------
-------------------------------------

Nome: John Thomas
Significado:
John = “Deus é gracioso”.
Thomas = “gêmeos”.

Eu achei tão bonito e sonoro o nome do John... Até que, quando escrevia o capítulo do primeiro mistério, descobri que “John Thomas” era uma gíria britânica para “pênis”. Pobre John.
Por causa do sobrenome, decidi que John teria um irmão gêmeo, mas este nunca veio para a Academia: ele não possuía a mesma excentricidade do irmão...

-------------------------------------

Excentricidade: por enquanto, mistério...

... mas a dele é bem fácil. É só pensar bem na personalidade dele.

-------------------------------------

Localidade: Hartford, Connecticut, Estados Unidos da América.

Escolhi Hartford, a capital de Connecticut, porque conheci dois garotos que moram lá (se lembra daquele grupo de pessoas do mundo todo? Pois então): o Matthew (General Tommy) e o Jaymar (kazuma). É mais uma pequena homenagem a eles.

-------------------------------------

Melhores amigos: William.

Eu decidi que John e William seriam grandes amigos porque todo gênio precisa de um idiota: é o balanço da vida.
Sério, só por isso.

-------------------------------------
-------------------------------------

Nome: Júlio Santos
Significado:
Júlio = “cheio de juventude”.
Santos = autoexplicativo.

Escolhi Júlio porque é um nome comum, e não queria colocar João porque chega de João nessa história!
E lembra que eu falei do meu melhor amigo? O sobrenome materno dele é Santos. Claro que depois agradeci mentalmente pela escolha do sobrenome: encaixou muito bem com a excentricidade dele!

-------------------------------------

Excentricidade: mediunidade (psicofonia).

A excentricidade de Júlio foi uma homenagem a Chico Xavier, famoso médium brasileiro (mas este era psicógrafo!) que veio lá da Região Norte, assim como Júlio.

-------------------------------------

Localidade: Cruzeiro do Sul, Acre, Brasil.

Júlio vem do Acre porque eu queria zoar o Acre. Como mencionei na própria história, todo brasileiro diz que o Acre não existe só para encher o saco mesmo, já que quase nunca se ouve falar do Acre...
Cruzeiro do Sul era a única cidade que conhecia além da capital Rio Branco (agora conheço Brasileia!).

-------------------------------------

Melhores amigos: Brasil.

O Júlio estava muito empolgado tentando ser irmão do Brasil... Até que eu me esqueci do coitado. Mas ele continua em sua jornada! Um dia eles serão irmãos? Só esperando para saber!

-------------------------------------
-------------------------------------

Nome: Kensuke Honda
Significado:
Kensuke = 健介, significa algo como “através da saúde/força”.
Honda = 本田, significa mais ou menos “este campo de arroz”. Surgiu no Japão para indicar as famílias que possuíam muitos campos de arroz.

Eu não queria colocar o mesmo sobrenome do Japão, mas na época não conseguia pensar em nenhum sobrenome melhor. Já os ideogramas de Kensuke são bem alternativos: eu gostei do significado deles, ficou eles mesmo.

-------------------------------------

Excentricidade: mediunidade (visão).

Embora o título da excentricidade seja o mesmo da do Júlio, eles fazem coisas diferentes: Kensuke é capaz de enxergar e conversar com espíritos, mas Júlio só consegue transmitir aos vivos as mensagens dos mortos (ainda que ele o faça conscientemente).

-------------------------------------

Localidade: Japão.

Ainda não defini de que lugar do Japão ele vem...

-------------------------------------

Melhores amigos: Pyotr.

Como explicado no decorrer da história, Kensuke precisa de um valentão em quem se apoiar, e Pyotr foi o valentão que criei. Eles foram feitos para serem amigos, mas quem sabe Kensuke não larga essas amizades ruins?

-------------------------------------
-------------------------------------

Nome: Pyotr Ivanovich Bogomolov
Significado:
Pyotr = Пëтр, “pedra”.
Ivanovich = Иванович, significa “filho de Ivan”, e Ivan significa “Deus é gracioso”.
Bogomolov = Богомолов, significa “filho de Bogomol”, e bogomol significa “Deus” ou “implorar, rezar”.

Criei Pyotr como irmão mais velho do Vladimir porque queria colocar irmãos na história, mas não queria gêmeos (não ainda). Então surgiu a ideia de Pyotr ser um valentão, porque, afinal de contas, ele teria de ser um repetente. Eu não podia ter um personagem em ano diferente de todos os outros!
A escolha do nome de Pyotr veio de Pyotr Rasputin, o Colosso da Marvel (da saga dos X-Men). Escolhi Bogomolov pela sonoridade, mesmo.
Ivanovich surgiu quando inventei um nome do meio para Elisa. Como é costume russo, as crianças levam como nome do meio o nome do pai, acrescido de “filho de”, ou da mão, acrescido de “filha de”. Ou seja, o pai dos irmãos Pyotr e Vladimir se chama Ivan. Mas isso não significa que eles sejam filhos do Rússia, foi uma coincidência não intencional...
Mas quem diria: mais um João nessa história!

-------------------------------------

Localidade: Rússia.

É, também não defini de que lugar da Rússia ele vem.

-------------------------------------

Melhores amigos: Kensuke

Como eu disse, esses dois foram criados para serem unha e carne. Mas como ficará a amizade deles daqui para a frente é um mistério...


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...