~_Mermaid_

_Mermaid_
Rydel's tea
Nome: Te Interessa O Meu Nome? Então vem perguntar pra mim
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 16 de Junho
Idade: 16
Cadastro:

Minha outra face- interativa (ficha)


Postado

Minha outra face- interativa (ficha)

"Nunca serei uma garota normal"
► Nome completo: Stephanie Edwards
► Apelido: Steph
► Idade e data de nascimento: (de 18 a 24 anos) 23- 05/11
► Sexualidade: Heterossexual
► Photoplayer: (quem representa?) Jerrika Hinton
https://goo.gl/images/w5dxY4
https://goo.gl/images/1Sfg9B
► Aparência: (descrição e uma foto de rosto) Sua pele negra era linda. Seus olhos, escuros, hipnotizavam mais do que olhos azuis como a água. Ela era a mais bonita aonde moravam,
►Família: (nome, parentesco, relação, trabalho e aparência) Ela é filha única, de mãe solteira. Seu pai as abandonou quando ela tinha 6 anos. Sua mãe, Érika Edwards, sabe o motivo de sua partida, mas nunca faria contado para a filha. Érika é médica, e sua melhor amiga. As duas quando vistas juntas, são confundidas com irmãs.
► Personalidade: (detalhada) Steph é uma pessoa forte, que não se deixa levar por um simples amor. Ela é feminista até o final, acha que uma mulher consegue sobreviver muito bem sem um homem.
► Gostos / Desgostos: Ela ama ouvir. Nem que seja um mera história infantil, ela ama. Ela odeia se incomodada quando faz algo importante.
►Qualidades e Defeitos: Ela adora, e é ótima em escutar as pessoas, seus problemas e suas desilusões. Seu defeito é simplesmente se irritar muito facilmente.
► Manias: ela rói as unhas quando nervosa.
► História: (detalhada) Depois de serem abandonadas pelo pai, Steph queria homenagear a mãe, já que era a pessoa mais importante na sua vida, ela se tornara médica. E isso era uma das coisas que mais amava na vida. A neuro era sua paixão! Ela achava que nunca conseguiria sobreviver sem a neurologia. Até que fora demitida do hospital em que trabalhava. É foi nessa época em que sua mãe, a inscreveu na seleção. Já que não recebia nenhuma proposta de emprego. E ela não aguentava mas ver a filha em casa, deprimida, sem um rumo.
►Medos / Fobias / Trauma: ser abandonada por alguém que ama, novamente.
► O que faz da vida? (trabalho, estuda, etc...) Ela é neurocirurgiã, agora desempregada.
► O que pensa sobre a Seleção? Ela nunca tinha pensado em o que pensar de uma seleção. Nunca tinha pensado que iria ser inscrita em uma. Nem pensou que seria uma das garotas de lá.
► O que pensa sobre os Príncipes? Ela praticamente cresceu vendo os dois pela televisão. É nunca havia visto nenhuma mal em nenhum dos dois.
► Como reagiria a um ataque rebelde? Ela provavelmente se esconderia, mas quando tudo acabasse, ela ajudaria com todo o prazer a cuidar dos feridos.
►Esta por um dos Príncipes ou pela coroa? Se for pelo Príncipe, cite qual. Ela está só pela falta de esperança de ganhar um novo emprego, então, só está lá pra não ter nada o que fazer, segundo sua mãe. Mas a garota achava Emmet um amor.
► Trairia o Príncipe escolhido? Se sim, com quem? Não.
► Se ela se tornasse uma das rainhas, que benéficos / mudança faria para o país? Ela com certeza traria mais hospitais para lugares carentes e a conscientização para que a violência pare.
► Como se relaciona com:
– Selecionas: Ela se sente próxima de algumas delas. Ela sente que elas são suas irmãs, de uma grande família, que nunca pode ter.
– Seu Príncipe: Ela o trata com respeito, qualquer um dos dois, já que não tem um preferido.
– Família real: Com um grande respeito.
► Como agiria nos encontros? (detalhadamente) Ela nunca agiria como outra pessoa para impressionar alguém. Ela sempre é ela mesma.
► Como seria o encontro ideal? (narre detalhadamente) Ela amaria um passeio pelo hospital do palácio, com os aparelhos mais modernos.
► Local preferido do castelo? A biblioteca e o hospital.
► Sabe que pode ser eliminada? Sim
► Como sua personagem lidara com isso? (detalhadamente) Normalmente, levará isso como uma lição de vida.
► Porque deveria ser a escolhida? (detalhadamente) Por que ela seria leal a quem a escolhesse, e ela é simplesmente uma pessoa fascinante.
► Sabe que, a partir do momento em que seu personagem for aceito, ele me pertencerá e eu poderei fazer o que quiser com ele? Sim.
► Palavra-chave: Seu anjo está no céu.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...