~Flaraposa

Flaraposa
Do not forget, do not cry
Nome: Flavia
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Solanea, Paraíba, Brasil
Aniversário: 7 de Fevereiro
Idade: 11
Cadastro:

Eduard - E.T


Postado

Nome : Eduard Irving Campell

Idade : 20 anos

Data/Signo : 11/02/1996 / Aquário

Orientação sexual : Bissexual (Com preferencia em mulheres)

Sexo : Sim

Filho de :

Mãe:

Nome: Katarine Irving Campell
Idade: 45 anos
Emprego: Trabalha em uma cafeteria
Está viva



Pai:

Nome: Ruspetine Irving Campell
Idade: 48 anos
Emprego: Trabalhava na marinha
Está morto



Personalidade : Quando Eduard diz que vai fazer alguma coisa, ele assim o faz, cumprindo suas obrigações a qualquer custo, e fica perplexa com pessoas que não cumprem suas palavras com o mesmo respeito. Combinar preguiça com desonestidade é a maneira mais rápida de brigar com Eduard. Consequentemente, Eduard normalmente prefere trabalhar sozinho, ou pelo menos ter a autoridade estabelecida claramente pela hierarquia, onde pode estabelecer e conquistar seus objetivos sem debates ou preocupações com a confiabilidade dos outros.

Eduard tem uma mente afiada, baseada em fatos, e prefere autonomia e autossuficiência ao invés de ter que contar com alguém ou algo. A dependência nos outros é frequentemente vista como fraqueza, e a sua paixão pelo trabalho, confiança e integridade pessoal impecável o proíbe de cair nessa armadilha.

Esse sentimento de integridade pessoal é essencial para Eduard, e vai além das sua própria mente – Eduard adere a regras estabelecidas e orientações apesar do seu custo, relatando seus próprios erros e falando a verdade mesmo quando as consequências disso podem ser desastrosas. Para ele, a honestidade é muito mais importante do que considerações emocionais, e sua abordagem honesta deixa os outros com uma falsa impressão de que eles são frios, ou até mesmo robóticos. Ele pode ter que lutar para expressar emoção ou afeição, mas a sugestão de que eles não sentem, ou não possuem personalidade, os machuca muito.

Historia :
Antes: Eduard sempre ajudava a mãe na cafeteria, muitas vezes as pessoas colocavam a culpa nele pelos pedidos mal-feitos, como consequência era tirado da cafeteria, sua casa, muito pequena, era o segundo andar de um apartamento pequeno, perto de ratos e etc. Seu pai sempre estava longe, navegando, e quando voltava sua mãe fazia uma verdadeira festa, um dia a festa estava preparada e quando Eduard abriu a porta o oficial Oliver, um velho amigo de seu pai deu a noticia, o abalou muito, principalmente em seu enterro, que foi justamente no dia de seu aniversario, de 18 anos. Ele se alistou para o exercito Inglês, e lá passou 1 ano e meio, depois voltou para casa. Quando completou 20 anos tudo aconteceu

Depois: Eduard se assustou, não sabia o que fazer, estava em panico como todos a seu redor, sua mãe se perdeu em meio a a multidão, e ele ficou lá como um bobo, parado no beco de sua rua, tempos depois se escondeu nos escombros de um lixão, Oficial Oliver o achou e ajudou ele, até agora Eduard só confia em Oliver.

Aparencia :
























Aparencia Descritiva : Seus olhos verdes se iluminam em qualquer lugar que esteja, são como olhos azuis só que verde, uma coisa que incomoda ele ao cumulo são suas orelhas, ele se juga um coelho com elas, mas... Todos temos uma coisa em nós que não gostamos não é mesmo? Tem uma pele clara e sim, tem barba. Seu corpo não é nem um pouco chamativo, um pouco fraco de relance mas... As aparências enganam.

Roupas :










Hobbies :
* Tocar violão
* Ler
* Ouvir musica
* Observar o céu

Habilidade corporais : Corre muito bem, tem ótimos reflexos, é forte, e tem habilidades militares.

Habilidades Mentais : Sabe ver displicências entre palavras, sabendo assim se uma pessoa está mentindo; Consegue ver além dos outros numa distancia bem maior; Sentimentos são muitos bem guardados em sua mente.

Desgosto :
* Frio
* Pessoas egoístas
* Mar

Gosto :
* Luz
* Arvores
* Ficção Cientifica

Relação :
- Governo : Eduard não gosta muito do governo, mas tenta se manter respeitável perto deles.

- Familia : Ama sua mãe, e amava seu pai, a trata com muito carinho

- E.T’s : Acha eles estranhos, mais super interessantes, e engraçados

- Par : Se torna mais carinhosos, e muito mais muito brincalhão, as vezes o par pode até ficar chateada, por ele agir assim.

Impulsivo ou raciona : Racional

Capaz de matar alguém da própria espécie : Sim, mais ele não mata inocentes.

Medo/Trauma : altura e mar.

Perdeu quantas pessoas pela invasão : Sua mãe.

Ajudaria o Governo : Sim

Ajudaria os E.T’s : Depende

Armas :








Par : Sim

Algo valioso que guarda :

Um colar do seu pai



Algo mais? Não


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...