~Kushiide

Kushiide
Youkai
Nome: Gabriela
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 25 de Fevereiro
Idade: 14
Cadastro:

❃Ficha para a Fanfic ๑Vingança๑ ❃


Postado

❃Ficha para a Fanfic ๑Vingança๑ ❃

~Don’t stop us now, the moment of truth
We were born to make history!
We'll make it happen, we'll turn it around
Yes, we were born to make history!~

-Dean Fujioka; History Maker


Nome:
Lavinia Dason N’Evarett ‘Akaihiro Nobuchi’

Apelido:
๑Akaihiro-san/Akai-san - Bem comum, ouve de quase todos os membros.
๑ Lavin/Lavin-san – Já não é tão comum, apenas quem sabe seu verdadeiro nome.
๑Davinia – Raramente alguém lhe chama assim, se for o caso, a pessoa tem extrema intimidade com ela – Normalmente os seus irmãos.

Idade:
21

Aniversário:
17 de Setembro, logo seu signo é Virgem.

Nacionalidade:
Inglesa.

Personalidade:
Quieta na maior parte do tempo, já que não gosta de se meter onde não é chamada. Prefere ouvir e observar tudo ao seu redor, reparando em mínimos detalhes que talvez ninguém tenha visto, além de ter uma memória excelente. Por mais que se pareça bem sossegada, quando está no meio de uma conversa é outra pessoa. Lavinia expressa sua opinião sem ter medo do que vier, seja uma resposta desfavorável ou até um ato agressivo. Realmente não se importa com o futuro, apenas quer deixar sua marca registrada aos demais e não há ninguém que consiga mudar seu ponto de vista. É extremamente pontual com horários, normalmente chegando antes de todo mundo/ no horário exatamente marcado.

Quando precisa de alguma informação, ou simplesmente quer que alguém faça um favor à ela, consegue ser insistente de uma maneira que faz a pessoa dizer ‘sim’, cedo ou tarde. Além disso é uma garota manipuladora, na qual tem fácil capacidade de fazer as pessoas irem para o seu lado, e não tem medo de ser intimidante. Fora isso, é bastante simpática e gosta de conversar de vários assuntos, até porque é antenada em qualquer coisa que estiver ao seu alcance. Preza muito a amizade, por isso analisa o porte dos companheiros, afim de saber se ele realmente é um amigo fiel ou não.

Também é bem crítica com as estratégias feitas pelos companheiros, apontando pontos positivos e negativos quando necessitarem da opinião alheia. Gosta de analisar cada situação com cautela, para ter certeza que não ocorrerá nenhuma falha. Tem total e completo gosto refinado com roupas, tanto é que consegue montar um conjunto de roupas apenas reparando na personalidade e nos gostos da pessoa – e na grande maioria delas ficaram satisfeitas com o resultado.


Aparência:





Lavinia é uma moça portadora de extensos e volumosos cabelos castanho arroxeados, muito confundidos com um roxo escuro pela maioria de quem a vê, na qual fazem ondulações por todo o comprimento e finalizando no início da cintura. A franja é repicada e bem distribuída, com parte dela sendo jogada à direita. Os olhos possuem uma cor azulada e bem reluzente, sendo destacados pelo formato dos seus olhos, grandes e levemente puxados. Os cílios são alongados e ajudam ainda mais a ampliar o tamanho dos olhos. Tem a sobrancelha bem fina naturalmente, quase sempre escondida pela franja.

Sua pele apresenta uma cor bem próximo ao pálido devido a região onde nasceu, além de um quase impercebível rubor nas bochechas e a cor rosada nos lábios. O corpo de Lavinia também não tem nada fora do padrão, nem a mais nem a menos. Mede exatos 1.71cm, que fazem uma combinação com seu peso de 61kg.

Cidade natal:
Nasceu nas classes altas da Inglaterra, em Norwich.

História:
Lavinia nasceu num dia comum, sem nada de espetacular. Era a terceira filha na família, ficando atrás dos seus dois irmãos mais velhos nos quais já beiravam 1 e 3 anos de idade. Depois de mais dois anos, surgiu-se a quarta e última criança, sendo então a irmã caçula. Apesar de tudo, não nasceram de qualquer casal, mas sim de uma Empreendedora e de um Assessor Jurídico, ambos com os nomes mais prestigiados da Inglaterra, onde moravam na época. Todos os quatro filhos seriam disciplinados da maneira mais rígida, afinal, eles queriam ótimos sucessores de suas empresas. Apesar de viver em uma família com dinheiro vazando dos bolsos e ter um status altíssimo de inteligência e popularidade na escola, Lavinia realmente não se importava com nada disso – apenas queria viver como uma pessoa comum de classe média. No entanto, foi obrigada e conviver com isso por vários anos, tanto que adquiriu alguns gostos que até um tempo não tinha, tudo graças ao empenho orgulhoso dos N’Evarett.

Alguns anos mais tarde, quando já dominava seus dezenove anos, a família inteira decidiu mudar-se do país devido a expansão do trabalho da mãe, que agora construíra mais de suas empresas no Japão – país cuja tem extrema aliança em relações corporativas. Deixou os melhores dirigentes no comando dos estabelecimentos da Inglaterra, assim todos puderam partir sem problema nenhum. No entanto, eles estacionaram-se numa cidade onde muitos líderes de máfia rodeavam o local por completo, e a chegada da família N’Evarett foi grande motivo para iniciar inúmeras invasões, até conflitos entre as máfias. Porém, um dia Lavinia fora raptada por um grupo desconhecido, sendo obrigada a invadir uma das empresas da mãe para roubar uma quantia enorme de dinheiro que situava-se lá, caso contrário tanto ela quanto os outros seriam executados.

Elaborou inúmeras estratégias para adentrar no local e furtar o seu objetivo, e conseguiu sem soar um alarme ou despertar a atenção das câmeras. Seria um crime perfeito se não deixasse passar um mísero detalhe no cenário, o suficiente para que a empresa evocasse a Agência de Detetives Armados no dia seguinte. Como esperado, Edogawa ficou encarregado de deduzir o culpado, e certamente a culpa foi jogada para a moça. Ela tentou se explicar, porém os pais estavam tão atordoados com aquilo que não queriam mais nada além de ver a filha longe deles. Lavinia passou quase um mês aprisionada, com a humilhação lhe afogando e o ódio daquele detetive remexendo sua cabeça, entretanto seu irmão mais velho pagou a fiança para liberá-la, mas aquilo não era motivo para ser livre e feliz outra vez.

Algumas semanas mais tarde, finalmente descobriram os verdadeiros responsáveis, mas antes mesmo de serem apreendidos, todo o grupo mafioso foi morto por desconhecidos – provavelmente alguém da Máfia do Porto. A família da moça se restaurou novamente, vendo a imprudência que haviam feito com ela. Todavia, ainda sente ódio total por Edogawa, pois sua ficha agora estava suja, mesmo assim era reconhecida como criminosa por alguns japoneses. Por conta disso, decidiu aplicar um nome falso, para que não tivesse mais problemas, sendo então chamada de Akaihiro Nobuchi.


Por que odeia a Agência?
Pelo simples motivo de ter acusado-a sem ao menos aprofundar no crime que não foi cometido por ela, apenas acreditando em uma única dedução. Ainda é difamada por alguns habitantes, seu reconhecimento puro foi por água abaixo, tanto é que teve que aplicar um pseudônimo afim de evitar mais problemas.

Família:

๑ Nome:
Benjamin Dason N’Evarett

๑ Idade:
48 anos

๑ Parentesco:
Pai

๑ Relação com a família:
Nunca foi um pai de caráter amoroso com os filhos, na verdade nem com a própria esposa. Ele não os via como crianças que deixariam sua vida mais alegre, porém os enxergava como objetos para herdar o seu trabalho. O único dos quatro que possuía mais apego era com Tessa, na qual era mimada tanto pelo pai quanto pela mãe. Seu vínculo com Lavinia era tão monótomo e anormal que muitas vezes não se chamavam pelo parentesco, mas sim pelo nome. Por mais que não expresse, se sente culpado por ter deixado-a na prisão sem hesitar.

๑ Emprego:
Assessor Jurídico

๑ Aparência:



๑๑๑๑๑

๑ Nome:
Naomi Kareeth N’Evarett

๑ Idade:
47

๑ Parentesco:
Mãe

๑ Relação com a família:
Como mãe, ela teria o direito de dar todo o carinho do mundo igualmente à suas crianças, porém não foi assim que aconteceu. Por incrível que pareça, não tem tanta afeição com Andrew, o filho mais velho, apenas o valoriza devido a sua grande vocação com Direito. Com Lavinia não foi diferente, também era esquecida por Naomi, ainda mais quando soube que não queria herdar as grandes empresas. Contudo, ela deve receber a maior responsabilidade de ter levado a filha na cadeia, pois a mesma teve a ideia primeiro que todos.

๑ Emprego:
Empreendedora

๑ Aparência:



๑๑๑๑๑

๑ Nome:
Tessa Kareeth N’Evarett

๑ Idade:
19

๑ Parentesco:
Irmã mais Nova

๑ Relação com a família:
Com certeza é a mais mimada dos irmãos N’Evarett. Apesar de já ter uma idade de dependência, até hoje recebe agrados dos pais, inclusive a destaca fortemente como sucessora. Tem grande antipatia pela irmã mais velha, já que gostaria de ter nascido como única mulher, afim de obter mais atenção do que já ganhava. Por conta disso, acabou adquirindo o caráter metido e orgulhoso, algo que, talvez, fosse o objetivo do casal. Confessa que ficou feliz de ver a própria irmã aprisionada, assim a casa poderia pertencê-la apenas à ela.

๑ Emprego:
Universitária de Economista Empreendedora

๑ Aparência:



๑๑๑๑๑

๑ Nome:
Hayden Kareeth N’Evarett

๑ Idade:
22

๑ Parentesco:
Irmão do Meio

๑ Relação com a família:
Sua inteligência é fortemente empatada com a de Andrew, já que conseguiu mostrar à todos métodos de melhora no financiamento das empresas, logo sendo aplicadas e muito bem ocorridas. Apesar disso, ainda prefere seguir a carreira de Administração, que para o pai é um orgulho imenso. Gosta muito de Lavinia, tem um complexo de irmandade enorme com ela, mesmo fazendo brincadeiras de mau gosto que todo irmão faria. Ficou extremamente assustado quando soube da notícia do roubo, mas não acreditou com todas as suas forças, e no fim estava certo. Ás vezes pode ser mais intimidador do que a irmã, coisa o qual o deixa mais medonho e ambisioso.

๑ Emprego:
Universitário de Administração

๑ Aparência:



๑๑๑๑๑

๑ Nome:
Andrew Dason N’Evarett

๑ Idade:
24

๑ Parentesco:
Irmão mais Velho

๑ Relação com a família:
Por ser o mais velho, acabou criando independência rapidamente, ainda mais quando seus pais decidiram rejeitá-lo de vez. Realmente não se importa com esse destino, afinal, nunca precisou da ajuda deles de verdade. Gosta muito de ser reconhecido, mesmo não parecendo pois geralmente nunca expressa isso a ninguém. Também é bem próximo de Lavinia, já ajudou-a quando mais precisava enquanto o casal não fazia nada a respeito. Sabia que ela não era realmente uma criminosa, pois a conhece mais do que ninguém – inclusive dos próprios pais. Sua relação com Hayden ainda é bem equívoco, se são realmente grandes aliados ou não.

๑ Emprego:
Universitário de Direito

๑ Aparência:





๑๑๑๑๑


O que gosta:
๑ Fazer críticas/ Apontar positividade e negatividade em algo;
๑ Observar e escutar o que estiver ao seu alcance;
๑ Abacaxi e doces feitos com a fruta;
๑ Fidelidade na amizade;
๑ Cruzadinha e jogos de raciocínio;
๑ Roupas de vários tipos;
๑ Assuntos polêmicos;
๑ Conversar com seus companheiros;
๑ Fazer anotações e/ou relatórios;

Não gosta:
๑ Pessoas que não cumprem horários;
๑ Falsidade;
๑ Respostas evasivas e sem nexo;
๑ Quando tentam fazê-la mudar de opinião;
๑ Ambientes desorganizados;
๑ Muito barulho/ Muita bagunça;
๑ Julgar a primeira vista;

Hábitos, costumes, manias:
๑ Apoiar o indicador na boca quando está pensando/ fazendo uma proposta;
๑ Enrolar e girar a ponta do laço nos dedos, um hábito para passar o tédio;

Hobbies:
Quando chega primeiro que todos, gosta de deixar o ambiente bem arrumado e organizado, afim de recebê-los melhor. É algo que carrega desde muito tempo.

Medos;
Lugares abafados e/ ou com muita aglomeração. Isto a deixa suando frio com a visão distorcida, tonturas e a respiração irregular.

Segredos:
Não pode ouvir de jeito nenhum o barulho alto das sirenes das viaturas. Isto a lembra do passado doloroso que tivera, e tem impressão que eles vão prendê-la outra vez. – Isto também se encaixa com Trauma.

Lema:
“Mesmo que seu destino tenha lhe deixado horrível, aceite-o de qualquer maneira. O destino tem um fundamento, ele acontece pois algo muito bom no futuro está por vir à você’’

Favoritos:
๑ Cor: Roxo Escuro
๑ Número: 7
๑ Bebida: Cappuccino
๑ Comida: Strogonoff e Katsudon
๑ Filme: Ghost
๑ Música: A Demon’s Fate – Within Temptation
๑ Série: Arrow
๑ Livro: A Cabana

Vício:
-x-

Toca algum instrumento:
-x-

Pratica algum esporte:
De segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira, frequenta uma academia de Artes Marciais, onde está aprendendo Aikido. Faz sete meses que já está por lá, afim de aprender a usar defesa pessoal, algo que não tinha na época que foi raptada.

Amigos:
๑Ichiyou Higuchi – Conheceu-a inusitadamente em uma batalha contra a Agência, quando passava por um beco depois de uma discussão com Benjamin, seu pai. Ela viu a cena da mulher caída ao chão prestes a ser atacada pelo Trigomen, e não hesitou em usar seu poder para deter a ação. Conseguiu fazê-lo paralisar antes de fincar as garras nela, assim pôde levá-la para um lugar seguro. Depois do ocorrido, as duas tiveram um vínculo de amizade muito grande, e Lavinia percebeu que Higuchi é totalmente fiel com seus companheiros, até daria a sua vida à eles. É uma das poucas pessoas que realmente pode ter confiança.

Inimizades:
๑Edogawa Ranpo – Depois de acusá-la como criminosa naquele dia, apenas enxergava-o como um inimigo. Por causa de apenas uma dedução, na qual todos confiavam de primeira, a vida da moça se distorceu a ponto de ter que usar um nome falso. Não pode vê-lo perto de si, pois tem imensa vontade de ofender, contudo ainda sim segura seus ânimos.

Par:
-x-

Roupas:

๑Casual:


๑Formal:


๑Informal:


๑Luta:


๑Pijama:


๑Festa:


๑Sair:


๑Gala:



Como entrou para a Serpente?
Ficou sabendo graças a Higuchi, colega cuja possui aliança. Ela sabia das capacidades da moça, então decidiu convidá-la para participar da Serpente, lhe dando todas as informações. É claro que aquilo chamou atenção de Lavinia, que não hesitou em entrar na nova formação.

Como age quando está na Serpente:
Como havia citado anteriormente, Akaihiro gosta muito de trocar ideias e conversar com todos, isto apenas quando a chamam. Não gosta de conflitos desnecessários entre os membros, e faria alguma maneira de acabar com aquilo sem usar brutalidade.

Como age quando está á trabalho:
Não costuma dizer muita coisa, porém quando finalmente pronuncia algo costuma ficar advertindo e fazendo comentários do oponente, em tom de insulto. ‘Vocês não estão em sincronia... Caos total, eu diria’. Todavia, prefere apenas cumprir seu objetivo sem causar demais.

Poder:
‘Regressão, Alteração e Conclusão’
Seu poder tem objetivo de alterar o ritmo da circulação sanguínea. Pode ordenar em fazer o caminho inverso, deixá-lo mais lento ou mais rápido ou até parar completamente. A pessoa controlada pode ter espasmos, hemorragia, paralisia e até a morte.

Entretanto, não pode usá-lo por muito tempo ou por muitas vezes, caso aconteça os efeitos colaterais são trágicos. Eles variam de fortes dores de cabeça até uma hemorragia nasal e oral. Nunca passou de três usos por dia, mas garante que se ultrapassar disso, as consequências podem vir à tona.

Arma:
-x-

Como age quando é desafiado:
Depende muito do que for o desafio. Se a pessoa lhe propor vagamente, ou seja, sem dar explicação alguma, Akaihiro irá simplesmente recusar e em casos mais raros irá cobrar informações. Caso contrário, aceitaria sem hesitar, abrindo um largo sorriso provocativo.

Como age quando se depara com um membro da Agência:
Mesmo os odiando profundamente, Edogawa Ranpo em especial, não vê necessidade de atacar quando não é preciso, afinal, seu poder precisa ser utilizado em situações extremas, não por birra ou provocação.

Sua relação com Rima:
Tem uma grande simpatia por ela, afinal são parecidas em vários pontos e isto as deixa ainda mais unidas. Tem extrema preocupação com Rima em relação ao uso de sua habilidade, pois quer que ela fique bem o quanto possível, e se sentiria horrível em deixá-la naquele estado paralítico sem poder defendê-la de qualquer oponente.

O que acha do relacionamento desta com Ranpo:
Realmente não se importa com o relacionamento de ambos, até porque não tem motivo algum de ficar se enxerindo no meio, porém quer distância de Ranpo de si. Não consegue ficar perto dele por muito tempo, isto vem da enorme mágoa que guardara desde aquele ocorrido do seu passado.

Qual tipo de missão aceita:
Não se importa tanto com o tipo de missão que é lhe ofertada, porém se sente muito mais à vontade de cumpri-la quando é dado o máximo de informações possível, desde os métodos de entrada até planos secundários caso o principal der errado. Odeia acima de tudo trabalhos enviados de forma evasiva e sem explicação, ‘Nós vamos atacar a Agência de Detetives Armados’, por exemplo.

Como trabalha:
Prefere trabalhar junto com alguém, especialmente com Rima Akutagawa, assim pode protegê-la e ajudar a combater seus adversários sem que ela se esforce demais. Mesmo que o poder de Akaihiro necessite muito de energia, ainda tem a opção de usar as técnicas do Aikido.

Daria sua vida pela Serpente?
Não

Como agiria se Rima morresse ou estivesse a beira da morte?
Com certeza ficaria emotiva e nervosa, mas faria o maior esforço para se controlar. Neste caso, duvidaria até do seu próprio lema, e buscaria uma maneira de como aquilo poderia lhe trazer um futuro bom.

Algo mais?
Nooowwp~

Aquiii~! Espero que tenha gostado da minha ficha!
(Me desculpe se ficou MUITO grande ;-;)



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...