~CatyNews

CatyNews
¢ Little BabyGirl ¢
Nome: Gabriela // Caty // Baymax // Marshmallow // Moranguinho // Pooh // Carinho // Mione // Baloo
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Bernardo do Campo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 21 de Setembro
Idade: 15
Cadastro:

Overcome - Interativa {FICHA}


Postado

Overcome - Interativa {FICHA}

I was born to survive

º Nome completo º
Seok Sooyun (OBS: Os nomes orientais são escritos de trás para frente, ou seja, seu nome corresponde a "Sooyun", e seu sobrenome a "Seok", sendo a grafia correta como demonstrei).


º Apelido º
D: Refere-se à inicial de "Danger", um apelido julgado coerente para si ao mesmo tempo em que o contradiz com uma pitada de ironia.


º Idade º
22 anos.


º Orientação Sexual º
Homossexual.



º Descrição da aparência + Imagens º
D possui uma aparência resumidamente definida como fofa. A começar por sua tez lisa e sem qualquer saliência ou imperfeição aparentes que apresenta um tom quase albino, chegando ao extremo da palidez. Seu rosto é ovalado com maxilares bem moldados e contornos esculpidos. As bochechas salientes na medida certa comprimem os olhinhos rasgados que abrigam orbes negros como a escuridão de cem valas, encobertos por pálpebras de cílios pequenos, de forma que ao sorrir seus olhos se tornem praticamente dois riscos num adorável Eyesmile exposto à poucos. O nariz rechonchudo e levemente arrebitado na ponta se mostra proporcional ao seu rosto, assim como os lábios pequenos e cheios, convidativos, sem dúvidas, sendo eles bem desenhados de forma que o superior seja um pouco mais grossos que o inferior; seu sorriso gengival mostra dentes bem alinhados brilhantes.
Suas madeixas naturalmente negras, entretanto, são atualmente descoloridas num tom loiro quase branco que orna majestosamente com a pele alva. As mesmas se mostram normalmente despojadas sobre a sua testa, já que o mesmo as bagunça sem pudor, embora tal somente o deixe mais charmoso.
Seu físico não é definido, realmente. Sooyun possui um corpo magro, porém não esquelético, com músculos suficientes para marcarem suas curvas sinuosas e peito largo e imponente.
Um par de óculos pretos de armação quadrada fazem parte de si quase o tempo todo. São raros os momentos em que não os utiliza, mesmo tendo uma vista satisfatória sem eles. Acostumou-se com o acessório mesmo não sendo estritamente necessário.
Photoplayer: Min Yoongi - Suga do BTS.




























º Personalidade º
D é uma pessoa que, acima de tudo, passa primeiras impressões falsas em vários sentidos...
Sua aparência fofa não é completamente condizente com a sua personalidade, apenas parcialmente, embora isso não tenha muito valor. Normalmente as pessoas têm uma má primeira impressão dele pelo simples fato de ser direto e meio arrogante na maioria das vezes. Tal fator é algo que caracteriza seu jeito de ser, Sooyun não o faz de propósito com a intenção de ofender ou afastar as pessoas de si, porém são poucos aqueles que vêem isso e conseguem se acostumar com esse seu trejeito, o que não faz de si alguém muito sociável.
Seok é impaciente, e isso não ajuda muito a fazer amigos. Situações e pessoas são coisas que sugam sua energia de modo impressionante, o que o leva a ser um tanto quanto preguiçoso também. O caso é que não gosta de perder o seu tempo, portanto logo desiste do que não dá indícios de funcionar.
Tem uma capacidade quase letal de acidez e língua afiada, novamente não proposital. D é extremamente sincero, o que leva muitos a pedirem conselhos a si, já que se mostra um ser racional que pensa com a mente e o coração ao mesmo tempo, além de não ter medo de jogar a verdade na cara de ninguém, nem mesmo no presidente se for necessário! Fala o que pensa sem papas na língua ou medo de ser julgado, muito menos confrontado. Respeita as pessoas em todos os sentidos - principalmente suas opiniões -, mas sabe argumentar muito bem quando necessário, e isso faria de si um manipulador de primeira se houvesse maldade em seu coração.
Inteligente e obcecado por internet, Sooyun apresenta um Q.I invejável e uma mente capaz de bolar estratégias cômicas de tão absurdas que parecem ser, porém no fim apresentam uma desenvoltura e precisão impressionantes. Criativo e alternativo, gosta de pensar muito além do que as pessoas normalmente pensam, tornando-o sonhador e otimista, embora o realismo mantenha seus pés no chão sempre, mas isso não o impede de sonhar.
Corajoso e amante do perigo... Não é uma combinação muito adorável, mas lhe cai bem.
D adora sentir a adrenalina lhe percorrendo as veias e a tensão enrijecendo seus músculos, é algo que o faz sorrir e rir como um sadista doente, mas trata-se apenas de uma questão de prazer inocente. Sooyun nunca nega uma aventura ou algo mais arriscado, aceita prontamente além de enfrentar tudo que lhe vier pela frente sem contestar. Sabe de sua capacidade, portanto apenas relaxa e faz o seu melhor sabendo que será suficiente. Porém, sabe dosar as coisas. Gosta do perigo, mas não é suicida! Está ciente dos limites o tempo todo e se preocupa em monitorar a situação para que não saia do controle e ninguém se machuque.
Dono de um humor sarcástico e não maldoso, D sabe fazer a piada certa no momento certo de descontração, assim como ri das piadas certas também. Sua risada rouca e em tom baixo contagia a maior parte daqueles que são receptivos ao bom gosto.
Focado e dedicado, é muito difícil atrair sua atenção quando está se esforçando em algo, por mais insignificante que seja. Possui certo perfeccionismo e um grau mediano de TOC, o que o leva a querer o melhor de si sempre, e fica frustrado quando não consegue.
Falando nisso, vê-lo frustrado é raro...
Seok apresenta-se calmo, apesar de impaciente. Não altera o tom de voz com facilidade e muito menos arruma confusão por pouca coisa, embora não recue quando o chamam para um confronto. Fica "na dele" sem qualquer intenção de gerar tumulto, achando tal atitude infantil e muito desnecessária. Brigas orais para si são muito melhores, pois ninguém precisa abaixar seu nível, além de que os argumentos são seu ponto forte...
Mas todos tem um ponto fraco.
Sooyun não é diferente. O rapaz torna-se alguém agressivo e metido a "macho Alfa" quando se depara com alguma injustiça grave ou quando mexem com seus amigos. Ambos os fatores são completamente intoleráveis para si, o resto pode ser muito bem domado por patadas estrategicamente montadas e muito bem estruturadas.
Apesar de toda a carranca, todo o jeito rabugento e a áurea prepotente, D é um coração de manteiga... Pelo menos em partes.
É muito raro ele simpatizar com alguém ao ponto de lhe dar intimidade o bastante para chamar de amigo - já que, como dito anteriormente, ele não é muito sociável -, então com os conhecidos ele apenas preza o respeito e a humanidade que teria com qualquer um.
Somente aqueles que ele considera como seus amigos o conhecem por inteiro!
Seok é alguém que se importa com os amigos. Está sempre ali ao lado deles, nunca recusando dar um conselho, uma opinião, ajuda ou orientação: tudo que puder fazer para ajudá-los, ele fará.
Sempre franco e verdadeiro, não é de iludir as pessoas, mostra a elas a realidade, mas consegue, ao mesmo tempo, expor o lado bom de tudo, o lado que lhes desperta a esperança e a força que precisam no momento em questão. Sabe interpretar sinais e comportamentos por ser um ótimo observador, de forma que conheça todos os amigos psicologicamente de forma profunda.
Super protetor com eles, mantém-se atento a qualquer ameaça que deles se aproxime, fazendo tudo que estiver ao seu alcance para evitá-las.
Não dá muitas demonstrações de carinho, como abraços e afagos, mas também não os recusa, pelo contrário: retribui a cada um com sua carranca usual na face, embora um sorriso de canto mínimo lhe adorne o canto dos lábios.
Não possui um espírito de líder, mas sabe se impor e impor a ordem quando julga necessário. Nesses momentos é que eleva o tom que se transforma em algo semelhante a um rugido, capaz de amedrontar qualquer um que não o conheça o bastante para saber que nunca faria mal a uma mosca por mera diversão.
Justiça é algo que preza. Odeia quando desigualdades são cultivadas por rótulos ou pensamentos imorais, isso o revolta de maneira tão bruta que pode se transformar em outra pessoa! Não descansa até que o certo se imponha como existente e estabilizado.
Tem um jeito próprio de lidar com seus problemas: possui uma alma independente e livre, de forma que não costuma repartir seus medos, problemas e aflições. Guarda tudo para si e lida com as coisas sozinho, conseguindo contornar a situação na maior parte das vezes. Mas todos precisamos de ajuda de vez em quando, e mesmo não sendo orgulhoso, D apresenta algum "bloqueio" com relação ao desabafo. Só busca ajuda em casos extremos, caso contrário esconde seus conflitos internos em sua carranca.


º Qualidades º
§ Inteligente
§ Sincero
§ Leal
§ Justo


º Defeitos º
§ Rabugento
§ Perfeccionista
§ Língua afiada
§ Arrogante


º História º
Seok Sooyun é nativo da Coreia do Sul, mais especificamente de Seoul, capital. Desde criança sempre teve uma vida comum, tendo sido criado pelo pai - Seok Kwan - e pela avó materna - Kim Sung. Sua mãe - Kim Jisoo - morreu durante o parto devido a uma infecção generalizada. Mesmo sem a figura da mãe, D permanecia firme e forte, nunca entristecendo-se por isso. Seu pai e sua avó sempre lhe contavam histórias de vida da sua mãe, assim como deixavam várias fotos da mulher espalhadas pela casa, fazendo com que sua imagem e áurea permanecessem vivos dentro de cada um.
Amante da computação, quando completou 18 anos quis investir num curso de TI e conseguir trabalho no exterior. Sendo assim, mudou-se para Nova York mesmo sob os protestos tristes de Kim Sung - que no final acabou por apoiá-lo de qualquer forma. Demorou um pouco para habituar-se à nova sociedade e à nova língua, mas logo tornou-se fluente, afinal sua inteligência sempre o ajudou a absorver as coisas rapidamente.
Assim que terminou o curso e conseguiu um bom emprego com um salário mais do que satisfatório, passou a enviar um quantia mensal ao pai e a avó, conseguindo visitá-los pelo menos uma vez a cada mês em Seoul.
Mesmo longe da família, alguns de seus costumes nunca foram deixados para trás, como:
§ Chamar os homens mais velhos que si de Hyung.
§ Chamar as mulheres mais velhas que si de Noona.
§ Chamar aqueles que são mais novos que si de Dongsaeng.
§ Exclamar um Aigoo! quando está envergonhado, impaciente, frustrado ou muito feliz.
§ Soltar um áspero Aish! quando está zangado ou insatisfeito.


º Família º
Kim Jisoo: Mãe - Falecida.

Seok Kwan: Pai - Não se sabe se está vivo ou morto.
Relação: Seu pai sempre o apoiou em todos os quesitos possíveis. Mesmo não aceitando sua sexualidade num primeiro momento, buscou entender seus pontos, afinal na Coreia o homossexualismo ou qualquer orientação que não seja o hétero é visto como errado e sujo. Preocupou-se, assim, com o preconceito e os ataques que Sooyun provavelmente receberia por conta disso, que para a sua surpresa não foram muitos, nada de extremamente grave.
Dedicado ao filho, procurou dar-lhe toda atenção que podia e mimá-lo na medida certa, sem exageros. Carinhoso e atencioso, gostava das raras vezes em o filho se abria para si, mesmo sabendo que ele nunca colocava exatamente tudo para fora.



Kim Sung: Avó - Não se sabe se está viva ou morta.
Relação: Sung e Sooyun costumavam cozinhar muito juntos, mesmo Seok mais observando do que ajudando, já que culinária não era e nem nunca será o maior de seus dotes. Gostava de papear com a avó, pois a mesma sempre foi muito sábia e apresentava uma resposta no mínimo plausível para qualquer coisa existente e inexistente.




º O que fazia antes do Apocalipse Zumbi? º
Preparava-se para uma nova visita ao pai e à avó.


º Habilidades º
§ Acrobacias
§ Flexibilidade
§ Agilidade
§ Mira


º Medos e traumas º
§ Medos:
- Hospital;
- Altura.
- Astrofobia;
- Hidrofobia.

§ Traumas:
- Escadas;
- Lagos;
- Escuro.


º Como age com o par º
Confia no parceiro, não apresenta um grau de ciúmes doentio, mas preza pelo que lhe pertence. Não gosta de altas melosidades, o que não o faz tomar iniciativa para carícias, mas não as recusa e sempre retribui à altura. Andar de mãos dadas e se abraçarem um público são coisas as quais não se importa e executa normalmente, mas gosta de manter a intimidade no sigilo. Mesmo rabugento é muito atencioso e gosta de conversar com o amante, ouvi-lo narrar qualquer coisa que seja. O ajuda em tudo que pode e mantém-se atento a qualquer ameaça. Submisso quando se trata de iniciativas, é o perfeito Uke.


º Como age com Steven Moore? Seria capaz de traí-lo? Ou de mata-lo? º
O respeita e nutre uma bela simpatia por ele, apoiando-o em seus ideais. Nunca o trairia ou o mataria, não vê motivos para isso, além de achar a ideia absurda, pois mesmo que tivesse razões estas não lhe dariam esse direito.


º Música º








º Racional ou Irracional? º
Racional.


º Está ciente que caso seja aceita, seu personagem estará nas minhas mãos e corre o risco de morrer? º
Certamente.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...