~ChickenPoop

ChickenPoop
Rainha da camuflagem
Nome: Gabriela
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 26 de Fevereiro
Idade: 12
Cadastro:

Campbell School


Postado

Campbell School

VERMELHO

| Nome completo |
Regina “Reggie” “Gina” Maddox

| Idade |
16

| Aparência |
• Reggie tem um rosto fino e oval. Pele clara, nariz pouco grande. Um sorriso largo, poucas vezes a mostra, e lábios carnudos. Bochechas um pouco grandes, olhos castanhos claros, sempre cobertos por ousadia •
• Taissa Farmiga •





| Personalidade |
Esconde um coração caloroso debaixo de um exterior desagradável, mas geralmente só se abre para pessoas em quem confie e estime profundamente. Mesmo assim, pode ter dificuldade de se abrir plenamente, principalmente porque é extremamente realista e as ironias da vida são visíveis demais para ela.
Pode correr risco quando sua natureza inquieta a põe em conflito com as autoridades. Têm uma maneira de pensar própria e não tolera que os outros, principalmente alguém que não a conhece, digam o que deve fazer.
Ao colocar seus argumentos, pode ser bastante irônica, astuta e extremamente engraçada. No entanto, seu humor não se destina a todos, pois é excêntrico, sarcástico e até macabro.
Geralmente é sincera em suas opiniões e raramente deixa dúvida quanto ao seu posicionamento sobre algum assunto. No entanto, geralmente impressiona os outros mais pela sua reserva e habilidade em apresentar observações concisas e precisas. Corre o risco de ser brusca e ácida demais em suas observações. Por isso, pode despertar antagonismo entre aqueles que não a conhece bem e entendem suas palavras literal ou pessoalmente demais. Muitas vezes, Reggie não percebe bem como seus comentários podem ser devastadores para pessoas sensíveis ou suscetíveis. Às vezes, pode ser acusada de ser bastante cruel tanto em palavras quanto em ações.
Poucas vezes, Gina pode ter um sorriso nos lábios. Nada lhe agrada mais do que divertir-se e ser divertida, mesmo assim, é difícil fazer a garota soltar uma risada. O ímpeto humorístico, muitas vezes seco e sarcástico, é evidente e é mais provável que os outros sejam o alvo de suas brincadeiras em vez de ela mesma ser. De fato, Reggie é bastante suscetível quando os outros riem dele e, em relação ao humor, demonstra ter um padrão duplo de comportamento.
A extrema sensibilidade de Regina, muitas vezes, mascarada ou protegida tanto por um exterior ameaçador. O disfarce pode esconder a sua verdadeira natureza, já que é hábil em usar a perspicácia, o distanciamento ou a agressividade para desviar a atenção do seu verdadeiro eu. Só as pessoas muito íntimas talvez possam ver sua vulnerabilidade emocional.

| História |
Reggie sempre teve a certeza de que nasceu na família errada, se não fossem os traços que herdou de seu pai e de sua mãe a mesma já teria pedido um teste de DNA. Pra ela sempre foi como se fosse a única vestindo preto no meio de uma multidão vestida de branco, mas ela aprecia isso, de certa forma. Dês de pequena ela já tinha uma relação tumultuosa com seus pais, sua mãe ficava com raiva de seu comportamento e seu pai ficava bravo com as advertências da escola, mas fora isso eles tinham momentos bons juntos, muitos ao verem ela podem dizer que ela é aquela garota típica que não ganha atenção dos pais, mas na verdade é ela que, de certa forma, não dá atenção a eles.
Não tem muito o que falar sobre a vida dela, ela foi normal. Teve vários namorados, mas sempre terminando depois que ele dizia as três importantes palavras, ela tem um certo medo de relacionamentos por isso sempre preferiu ficar a qualquer coisa além disso.
Ela passou vivendo na mesma casa, na mesma cidade e com as mesmas pessoas por dezesseis anos, ela já não aguentava mais a mesma rotina de sempre (e seu pai tinha confiscado seus cigarros então ela não tinha muito o que fazer) então resolveu se inscrever na Campbell School.

| Gosta |
Ela gosta de ler, principalmente antes de dormir, adora livros de aventura e de terror. Uma fanática por filmes, de todos os tipos, menos romance e tudo que envolva ele, acha tão irreal. Adora ir ao cinema, se sente bem quando está coberta pelo escuro das salas do cinema. Ouvir música enquanto faz algo. Ficar com os pés para cima. Sentar no chão já é um hábito para ela. Cigarros caem bem a qualquer hora, pelo menos para ela.

| Desgosta |
Não gosta que a façam esperar, ela só tem paciência para certas coisas. Não gosta quando não a levam com seriedade por causa de sua altura. Não gosta de falar no telefone. Não gosta de esportes em geral. Não gosta de se arrumar, prefere muito mais se enrolar em seu onesie de stormtrooper a sair arrumada. Praia, sol e verão são as três palavras que ela mais odeia no mundo inteiro.

| Hobbies |
• Assistir a filmes antigos, ela vai a locadora uma vez por semana e passa o sábado inteiro assistindo a filmes antigos.
• Ler, livros e contos de terror.
• Desenhar, principalmente prédios e fachadas inteiras, ela não sabe como acontece mas sempre saem desenhos cada vez mais originais.

| Traumas |
Nada muito fora do comum já aconteceu com ela, um dos piores dias, para ela, foi quando descobriu que era infértil.

| Manias |
Batucar os dedos em suas coxas é algo natural, ela nem percebe quando começa a faze-lo. Estrala os dedos quando está nervosa.

| Medos |
Ela pode ter medo de relacionamentos, mas tem mais medo ainda de acabar sozinha.

| Fobias |
Não tem Fobias.

| Família |

¤ Nome: Kara Maddox
¤ Idade: 42
¤ Trabalho: Jornalista
¤ Relação: Elas se dão bem, pelo menos o suficiente para não brigarem a cada minuto do dia, tem desentendimentos, e Kara as vezes gostaria que sua filha fosse um pouco mais feminina. Mas fora isso elas estão bem.


¤ Nome: Daniel Maddox
¤ Idade: 43
¤ Trabalho: Advogado
¤ Relação: Seu pai é mais carinhoso comparado a Kara, mas ainda é o que mais se preocupa. Ele entende ela de certo modo, eles têm uma dinâmica engraçada, eles insultam um ao outro até Kara dizer que chega, mesmo sabendo que os dois estavam apenas brincando. Ele adora expulsar ex-namorados pegajosos do seu quintal e Reggie adora ver ele chutando as bundas de seus ex.

| Sexualidade |
Heterossexual

| Par? |
Sim

| Habilidades |
Esportes não são o grande dom dela, ela odeia esportes. Mas é rápida, e corre até perder o ar dos pulmões quando está irritada.

| Nacionalidade |
Londres, Inglaterra, Reino Unido

| Talentos |
Em um tempo muito, muito distante ela já fez aulas de ballet, e ela era realmente boa. Também é boa escrevendo e desenhando.

| Por que está em Campbell School? |
Precisava ficar longe de sua casa por um tempo

| Relação com |
• Outros alunos – ela não é muito extrovertida, não tem muito contato com os seus colegas. Os trata com indiferença.
• Amigos – os trata bem, mesmo que de forma ácida. Não tem muitos amigos porque poucos conseguem aturar a sinceridade dela.
• Par – ela vai ser desapegada, difícil causar ciúmes nela, o que pode fazer com que seu namorado não se sinta muito especial. Ela sempre se esquece de datas especiais e acaba destruindo qualquer chance de um relacionamento.
• Professores e demais funcionários – os respeita, mas quando estiver com sono é inevitável que ela não os xingue após acorda-la de uma de suas sonecas no meio da aula.

| Sabes que teu personagem está em minhas mão a partir de agora? |
Yep

| Algo a mais? |
• Ela é infértil, ou seja, não pode ter filhos. Esse é um dos motivos para não gostar de relacionamentos duradouros, por saber que ela não poderá dar um futuro, uma família para quem ela ama.
• Quer ser arquiteta
• Ela tem aquele sotaque fofo britânico por ter vivido a vida inteira na Inglaterra



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...