~ChickenPoop

ChickenPoop
Rainha da camuflagem
Nome: Gabriela
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 26 de Fevereiro
Idade: 12
Cadastro:

Eleanor e Kaleb Burbank - Marionetes


Postado


Ficha:


• Nome/Apelido:
Eleanor “Lenny” “Elly” Burbank

• Idade:
19

• Aparência:
▪ Loira, altura certa para sua idade, nem muito alta nem muito baixa, olhos verdes que muitas vezes são confundidos com azuis, pele branquinha, lábios rosados, físico quase perfeito, 55 quilos bem distribuídos por seu corpo, cílios longos mas nem tanto. Quando nasceu seus olhos eram azuis.
▪ A aparência de Chloë Grace Moretz.





• Personalidade:
Ela sempre foi realista quanto ao seu futuro, nunca ousou sonhar com um mundo diferente, sempre soube como seria o seu futuro e nunca lutou contra ele, sabendo que teria sérias consequências. Quieta, sempre fez todas as suas tarefas diárias em silêncio, tentando fazer com que aquilo acabasse mais rápido, o único momento em que falava era com seu irmão, a única pessoa que ela considerava sociável em Washington.
Direta e impaciente, não gosta de enrolação, se tem que falar ou fazer que faça direito e rapidamente, direto ao ponto da questão. Inflexível, difícil mudar sua opinião, o que as vezes pode ser bom, mas também pode ser muito ruim. Astuta, ou seja, sabe agir de maneira a angariar para si vantagens e a não se deixar enganar. Esperta, aprendeu dês de cedo a observar pessoas e entender seu comportamento e sua expressão.
Sempre teve a língua afiada, com uma resposta para qualquer insulto que viessem a fazer com ela. Por isso sempre ficava calada, porque algo ruim aconteceria. Esconde um coração caloroso debaixo de um exterior desagradável, mas geralmente só se abre para pessoas em quem confie e estime profundamente. A única pessoa que conseguiria se encaixar perfeitamente nessa frase seria seu irmão, Kaleb, que seria a única pessoa que a garota não conseguiria deixar para trás naquele lugar.
O ímpeto humorístico, muitas vezes seco e sarcástico. Poucas vezes, Lenny pode ter um sorriso verdadeiro nos lábios, que na maioria das vezes mostra um sorriso amarelo. Ao colocar seus argumentos, pode ser bastante irônica e astuta.
Geralmente é sincera em suas opiniões e raramente deixa dúvida quanto ao seu posicionamento sobre algum assunto. No entanto, geralmente impressiona os outros mais pela sua reserva e habilidade em apresentar observações concisas e precisas. Corre o risco de ser brusca e ácida demais em suas observações.

• História:
Ela veio a vida sete anos depois de seu irmão, o que deixou seus pais, Nora e Daniel assustados, já que era bem anormal na cidade em que sua família vivia uma diferença tão grande de idade entre irmãos, então desde sua infância recebia olhares estranhos ao passar pela rua junto de seu irmão sete anos mais velho que ela. Quando pequena via sua mãe e seu pai levarem choques leves a cada vez que não conseguiam organizar seus horários. A partir dos seus dez anos começou a ter atividades mais difíceis que dormir, acordar, higiene, comida, escola, dever, jantar, dormir. Agora ela já tinha que fazer mais atividades, e quando se atrasou para uma dessas, levou seu primeiro choque, e mesmo que fosse fraco, comparado ao de seu irmão, ela desejou nunca mais sentir aquilo.
Depois desse dia ela seguia as regras com total esforço, nunca deixando nada de lado, mesmo quando tinha que correr de um lado para o outro da cidade fazendo coisas que pareciam sem importância para ela. Mas aos seus dezoito, até pensou em morrer eletrocutada em quanto fugia do casamento arranjado, mas resolveu mostrar para o monstro que controlava sua vida que era forte e que não tinha medo do que aconteceria com ela.
O único problema era que Sebastian Chase não facilitou para ela. Fez dela uma dona de casa que servia como objeto sexual para o marido. Pelo menos uma vez por semana sua tarefa era satisfazer seu marido, e o resto era arrumar a casa, fazer as compras... e outras coisas que estavam enchendo a paciência da garota. Então já via seu cabelo caindo ao perceber que em algumas semanas seu “marido” teria que fazer sexo com a própria até seus óvulos estarem dentro da própria. Pensou que era melhor morrer ao deixar que mais uma criança entre naquele mundo horrendo.
Mas, pelo que pareceu ser um milagre, a “Hora Vaga” aconteceu, a liberando desse destino horrível. No mesmo momento, saiu da cama em silêncio para não acordar o outro que dormia ao seu lado, foi para a casa de seu irmão que morava a alguns quarteirões, mesmo que de pijama. E ao chegar lá, viu seu irmão pronto para sair também, e pela primeira vez em anos. Os dois mostraram um sorriso verdadeiro.

• O que fazia antes da explosão da "hora vaga"?
Era dona de casa, não trabalhava e nem estudava.

• Família:


▪ Nome:
Daniel Burbank
▪ Parentesco:
Pai
▪ Idade:
54
▪ Relação:
Como já foi dito (ou escrito, sei lá), ela só tinha confiança em Kaleb, seu irmão. Ela nunca teve motivos para não ser próxima do pai, ela só não conseguia confiar nele. Talvez por causa do olhar perdido e das olheiras grandes em baixo dos olhos que a assustavam tanto dês de pequena, mas pode ter muitos outros motivos.


▪ Nome:
Nora Burbank
▪ Parentesco:
Mãe
▪ Idade:
50
▪ Relação:
Sua mãe sempre foi uma mulher forte e positiva. Ela e a filha já foram próximas, até a hora em que a mãe não aguentou mais ser positiva e caiu na rotina. Era algo triste de se ver.


▪ Nome:
Kaleb Burbank
▪ Parentesco:
Irmão
▪ Idade:
26
▪ Relação:
Mesmo que muitas vezes pareça que são completos opostos, eles têm uma grande confiança um no outro, que nunca será abalada. É como se tivessem telepatia, os dois sempre sabem no que o outro está pensando.

•••
Questões:
•••

→ Se estivesse diante de Sebastian Chase, líder e criador do Chip, o que faria?
Lenny acabaria quebrando o punho ao libertar 19 anos de raiva comprimida no criador. Ela não conseguiria mãos se segurar.

→ Se alguém lhe desse a oportunidade de retirar o Chip, qual seria sua reação?
Ela a aceitaria, a não ser que envolvesse seu irmão, ele é a única coisa realmente importante para ela.

→ Abandonaria seus familiares para ser livre?
Seus pais ela abandonaria na hora, com certeza, já seu irmão é outro caso, ela preferiria ficar presa se fosse para salvar se irmão.

→ Se Sebastian te oferecesse um lugar ao lado dos líderes, diria a localização dos outros imunes?
Não, mesmo que sempre pense ao seu favor, sabe que o homem que a está oferecendo isso é o mesmo que a controlou pela vida inteira, a privando do que poderia ser uma vida totalmente diferente.

→ Abandonaria pessoas que ama/gosta/conhece para se proteger?
Sim

→ Qual foi a sua reação ao descobrir sobre a "hora vaga"?
Deu um sorriso de verdade ao ver que não tinha levado um choque né quase saiu pulando pelo quarto, mas se controlou.

→ O que estava fazendo quando encontrou outro imune?
Na verdade ela estava na casa de seu irmão, de pijamas, comemorando com o próprio que é outro imune.

•••
•••

• Gostos:
Dias frios sempre foram seu fraco, os adora e sempre acorda um pouco menos revoltada do que o normal. Adora desafios, nunca viu alguém tão determinada quanto ela. Adora sentir o vento contra o rosto, outro motivo para gostar de dias frios.

• Desgostos:
Não gosta de pessoas muito animadas ou otimistas, acaba sempre se afastando quando alguém assim chega e começa a falar. O Chip que está sobre a sua pele, sem se esquecer da agenda.

• Manias:
Passar a mão nos cabelos quando nervosa. Morder a pele dos lábios quando está com tédio, as vezes os deixando em carne viva.
Vícios:
Nenhum
Medos:
Acabar como seus pais, vazios e sem rumo.
Fobias:
Nenhuma
Traumas:
O primeiro choque que tomou, ainda consegue sentir a sensação .


• Seu maior sonho e maior pesadelo:
Ela tenta ao máximo não sonhar, não ter expectativas por saber como isso pode acabar com alguém, mas sempre sonhou em ser médica, sempre pensou como seria, e claro se libertar da agenda e do Chip. Seu maior pesadelo é acabar vazia e perdida no mundo igual seu pai e sua mãe.

• Pior maneira de morrer:
Queimada viva

• Uma palavra que descreve seu personagem:
Anti-herói
• Três habilidades físicas do seu personagem:
Mira – Ela tem uma ótima mira sempre acertando com facilidade algum alvo.
Veloz – Quando quer, ela pode ser bem rápida.
Ágil – Ela tem uma grande agilidade, mas sabe que não serve de nada quando o governo tem armas de porte grande.

• Armas de fogo ou brancas?


Um revólver de cano longo e base de madeira.

• Deseja par?
Sim

• Sabe que seu personagem será eliminado caso você desapareça sem dar explicações?
Sim

• Algo mais?
Não





• Nome/Apelido:
Kaleb Burbank

• Idade:
26

• Aparência: (Aparência reais, por favor
Cabelos curtos e castanhos que podem ficar bem claros no sol, seu porte físico é ótimo, tem seus músculos, embora não grandes são fortes e resistentes, olhos de um verde claro, cor de pele comum, nada a mais e nem a menos, é alto com 1,87.







• Personalidade:
Ao contrário da irmã, ele sempre foi otimista, sempre pensou que chegaria um momento em que ele descobriria um jeito de escapar junto de sua irmã para um lugar longe, talvez não salvar só sua irmã como também toda a sua família, salvar a todos. Ele é alguém brincalhão, talvez tenha sido o equilíbrio da vida da irmã, tem sempre uma piada ou um comentário para quebrar o gelo nos piores momentos.
Sempre foi inteligente, na escola, no trabalho ou na vida. Ele não se comparava a irmã por saber que mesmo mais nova que ele, era bem mais adulta e de uma sabedoria extraordinária. Ele sempre arranjava um jeito novo de tentar tirar o Chip ou a agenda, mesmo que levasse um choque cada vez pior, ele sempre tentava, nunca perdendo a fé ou o senso de humor.
Determinado, quando começa algo tende a terminar, nunca deixando nada de lado e fazendo uma coisa de cada vez. Valente, quando precisa defender um amigo ou alguém inocente ele não pensa duas vezes mesmo que algo ruim aconteça com ele. Pode parecer tranquilo e sem muitas pretensões. Mas isto não significa que seja preguiçoso ou careça de motivação.
O desejo de ser honesto domina todos os aspectos de sua personalidade e o anima a encarar e explorar situações que os outros prefeririam evitar. Graças à sua audácia, sua clareza mental e seu pragmatismo, possui o dom de fazer com que as tarefas mais complexas pareçam fáceis.
Gosta de trabalhar no seu ritmo e confiando em seu juízo impecável. Quando confia nas opiniões e nos esforços alheios costuma se sentir insatisfeito e se entendia facilmente. Pode-se dizer que é o melhor juiz quando se trata de determinar o que funciona e o que não funciona.
Como sua irmã, é inflexível, difícil de mudar sua opinião sobre qualquer assunto. Ele é orgulhoso, sabe que consegue fazer melhor do que qualquer um, não gosta de ser contrariado. Um bom mentiroso, consegue fazer com que as pessoas acreditem nas mais doidas histórias. Leal, se é confiado um segredo a ele, o mesmo não vai contar.

• História:
Kaleb aprendeu a ser otimista com sua mãe, Nora era otimista e acreditava que todos poderiam ter um futuro melhor, e que um dia todos estariam a salvo dos Chip’s e das agendas. Antes de Elly, ele era bem próximo de sua mãe. Quando se tratava de seu pai, ele não saberia falar nem em que Daniel trabalha, sempre pareceu obrigado a estar ali no meio de Nora e Kaleb. Com aquele olhar perdido na comida e a cara de enterro que sempre assustou Kaleb.
E nada pareceu diferente quando, com sete anos, Kaleb descobriu que Eleanor estava chegando. Claro, sua mãe ficou surpresa quando descobriu que teria mais uma filha, mas Kaleb ainda não entendia muito bem todo aquele negocio de Chip, agenda e Sebastian Chase. Ao longo do crescimento de sua irmã ele foi tentando de tudo para quebrar a agenda ou retirar o Chip, muitas vezes batia o braço contra a parede e só parava quando sua irmã chegava no quarto e perguntava o que estava acontecendo.
Aos dezoito anos se casou com Marjorie, e começou a trabalhar. Eles até que tinham uma relação boa, não que fosse algo como amor, estava mais para uma amizade, tanto que só tinham contato sexualidade quando a agenda mandava. Ele ainda tentava se livrar daquelas coisas nos poucos minutos que tinha ao chegar em casa do trabalho até o jantar, mas que não serviam de nada.
Então quando do nada acordou no meio da noite e olhou para sua agenda ele não êxito antes de abrir um sorriso e se levantar. Resolveu trocar de roupa antes de ligar para sua irmã (na verdade não sabia se era possível, nunca esteve acordado a tal hora) mas não foi preciso, ela chegou em sua casa de pijamas com um sorriso nunca visto pelo irmão no rosto de Lenny. Ele emprestou uma roupa de sua esposa para a mesma e os dois saíram juntos para algum lugar.

• O que fazia antes da explosão da "hora vaga"? (Estudava, trabalhava...)
Era bancário.

• Família:

▪ Nome:
Daniel Burbank
▪ Parentesco:
Pai
▪ Idade:
54
▪ Relação:
Ele tinha um certo medo do pai, que parecia estar morto por dentro, fazendo as coisas no automático. Nunca foram próximos e tenho certeza que o mesmo não fez muita diferença na vida de Kaleb.


▪ Nome:
Nora Burbank
▪ Parentesco:
Mãe
▪ Idade:
50
▪ Relação:
Já tiveram uma boa relação, já foram confidente um do outro, mas alguns anos depois do nascimento de Lenny, ela pareceu perder a esperança de que um dia conseguiria ter uma vida boa e desistiu da vida entrando no modo automático, igual a Daniel.


▪ Nome:
Eleanor Burbank
▪ Parentesco:
Irmã
▪ Idade:
19
▪ Relação:
Como já falado milhões e milhões de vezes, eles têm uma relação ótima. São verdadeiros companheiros e dividem tudo.

•••
Questões:
•••

→ Se estivesse diante de Sebastian Chase, líder e criador do Chip, o que faria?
Ele já tinha muitos planos do que ele faria, tem certeza de que jogaria várias verdades na cara dele e toda essa merda, mas a verdade é que ele não saberia o que fazer, talvez ficaria sem fala com os olhos arregalados.

→ Se alguém lhe desse a oportunidade de retirar o Chip, qual seria sua reação?
Abraçaria o ser humano que deu essa oportunidade para ele e aceitaria na hora. Se esquecendo de todos a sua volta.

→ Abandonaria seus familiares para ser livre?
Não, ele não abandonaria ninguém. Não deixaria ninguém na mão para se ver livre. Seria injusto.

→ Se Sebastian te oferecesse um lugar ao lado dos líderes, diria a localização dos outros imunes?
Não.

→ Abandonaria pessoas que ama/gosta/conhece para se proteger?
Não, ele preferiria correr o risco a fazer isso.

→ Qual foi a sua reação ao descobrir sobre a "hora vaga"?
Ele demorou um pouco para se dar conta, achou até que fosse um sonho. Mas no final arregalou os olhos e correu pelo quarto.

→ O que estava fazendo quando encontrou outro imune?
Estava trocando de roupa quando sua irmã, outra imune, chegou na sua casa.

•••
•••

• Gostos:
Dias frios, adora o vento, o faz se sentir vivo. Bebidas quentes como café. Pode parecer meio sem sentido colocar isso aqui, mas ele adora música, diria que de qualquer tipo, especialmente alguma que o fizesse dançar. Animais, adora animais de todos os tipos. Filmes de comédia ou suspense.

•Desgostos:
Odeia dias quentes, o deixa irritado. Não gosta muito do humor da irmã. Não gosta de pessoas negativas é horrível para ele, é como um peso a mais.


• Manias:
Morder os lábios ao pensar. Rolar os olhos é algo que vai velo fazer muito, principalmente ao ouvir algo que não faz sentido para ele.
Vícios:
Nenhum, é meio difícil ter um vício considerando o lugar em que vive e que ele tem uma AGENDA colada ao seu braço.
Medos:
Que acabe a vida que nem seus pais, vazios e sem ter feito nada para mudar a situação.
Fobias:
Nenhum
Traumas:
Nenhum

• Seu maior sonho e maior pesadelo:
Poder criar uma família com alguém que ele ama de verdade e salvar a todos das garras de Sebastian Chase. Seu maior pesadelo é morrer e não ter feito nada para as pessoas ao seu redor.

• Pior maneira de morrer:
Se afogar, provavelmente vai ser em uma água fria, como no mar. Com a água fria, seus batimentos cardíacos caem e suas veias vão se contrair para levar o oxigênio ao cérebro e órgãos vitais, ao invés dos seus membros. Com pouco mais de 90 segundos segurando o ar, seu cérebro começa a enviar a mensagem de que existe mais dióxido de carbono do que oxigênio no sangue, suplicando para ele exalar e respirar novamente.
Sua laringe deve começar a sofrer espasmos. Em poucos segundos, ele vai perder a consciência. Cerca de 4 minutos depois, com batimentos já fracos, os pulmões tentam em um último esforço jogar oxigênio para o cérebro. Em poucos minutos, sem oxigênio no seu cérebro, as chances de ser salvo são minúsculas, principalmente em água fria. O corpo afunda, mas depois volta a flutuar quando se enche de gases. Nesse momento, seu cérebro já parou de funcionar.

• Uma palavra que descreve seu personagem:
Amigo

• Três habilidades físicas do seu personagem:
Pode ser considerado forte.
É rápido.
Tem bons reflexos.

• Armas de fogo ou brancas?
Uma faca com cabo preto, como as que você encontra na cozinha.




• Deseja par?
Sim

• Sabe que seu personagem será eliminado caso você desapareça sem dar explicações?
Sim

• Algo mais?
Não

Boa Sorte!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...