~ChickenPoop

ChickenPoop
Rainha da camuflagem
Nome: Gabriela
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 26 de Fevereiro
Idade: 12
Cadastro:

The Children of Fairy Tales


Postado



Sleep now, the sun is out
Sleep now, the sun is out
I'll meet you in the evening
Meet you in the evening
We'll do it all again
Sleep now, don't mind the birds
Sleep now, don't mind the birds
I'll meet you when it's dark out
Meet you when it's dark out
We'll do it all again


Nome
Blake Christopher Pitchiner

Apelido
Kit | B | Chris

Significado do Nome
Blake – significa preto, escuro; pálido.
Christopher – Significa "o que traz Cristo consigo", "o portador de Cristo" ou "o que carrega Cristo".

Idade
18

Série
4º ano (único personagem que eu fiz que está no ano certo)

Veterano ou novato?
Veterano

Sexo
Masculino

Orientação Sexual
Bissexual

Pais

Nome: Emily Jane Pitchiner (Mãe Natureza)
Relação: Sempre foram muito próximos, mesmo com ela as vezes pressionando Blake a ter uma boa relação com seu avô. Ele viveu a vida inteira no Império da Mãe Natureza, por isso tentava não irritar muito a mãe, já que o clima mudo segundo as emoções de sua mãe.


Nome: Sanderson Mansnoozie (Sandman)
Relação: Seus pais não se falam muito, pelo fato da guerra entre Breo, o avô de Blake, e os guardiões. Sandman está sempre muito ocupado, mas Blake já viajou muito para a Ilha de Areia do Sono, já conhecendo bem o local. E Sandman, mesmo sabendo que ele foi criado por Emily, que sempre foi neutra durante a guerra, muitas vezes enxerga um pouco de Breo em Blake, por isso não tem muita confiança no garoto.


Nome: Pitch (Breo) Black (O Bicho Papão)
Relação: Breo sempre tentou se aproximar do garoto, afinal, ele ama e sua filha... e não sabe que ele é filho de Sandman. Sempre foi um segredo bem escondido, e Blake sempre fez de tudo para esconder, não sabendo o que ele faria com sua mãe. Blake as vezes se sente mal por soltar risadas junto de seu avô, que nem sempre é um monstro, ou pelo menos tenta não ser perto de sua filha e neto.

Aparência
• Blake é alto, 1,90 de altura, e tem uma aura um tanto sombria, mas sempre que tem um sorriso no rosto nunca se viu algo mais alegre. Tem olhos verdes, não sabe muito bem a quem puxou, mas sua mãe sempre disse que quando pequena seus olhos tinham o mesmo tom de verde, mesmo que agora fossem escuros. Tem a pele pálida, como de todos os seus parentes da parte de sua mãe, e cabelos castanho escuros, curtos e na maioria das vezes um pouco arrumado. •
• Joe Collier •




História
Sandman e Emily eram próximos desde quando Sandman trabalhava realizando desejos das estrelas cadentes, era algo fadado a acontecer, eles se apaixonaram, mesmo que momentaneamente, e tiveram Blake. No início eles não sabiam o que fazer, Sandman acalmava a criança com a areia do sono, o cobrindo de luz e bons sonhos, enquanto tentava acalmar o temperamento imprevisível da Mãe Natureza, que com o tempo aprendeu a cuidar do garoto sem casar um tsunami no Japão.
Depois de um tempo Sandman foi ficando cada vez mais ocupado com a guerra interminável entre Breo e os guardiões indo ajuda-la de vês em quando com a criança. E foi aí que a relação tão boa entre eles acabou se quebrando, afinal, até Breo aparecia mais vezes do que Sandman. Então ao redor dos anos, sempre que Sandman vinha visitar seu filho ou o levar para uma noite de trabalho na terra, a mesma saía e a única pessoa que Sandman via ao buscar seu filho era Katherine, que depois de ter sido salva por Emily virou uma grande amiga da mesma.
Blake teve uma vida normal, quer dizer, para os padrões de guardiões, ele foi criado em um império feito completamente de árvores encontradas em todo o mundo. Teve educação em casa, e sempre que Katherine vinha, lia os registros dos guardiões que ela trazia consigo. E quando tinha quinze foi mandado para o internato The Royals, meio que contra sua vontade, mas ao redor dos anos foi se encaixando no meio deles, mesmo que as vezes olhassem de forma estranha para ele por sua pele pálida, que lembra a todos de quem é o avô dele.


Personalidade
Pode ser considerado bastante estranho, mas seus pensamentos e objetivos fantásticos raramente deixam de atingir o alvo. Sua ligação com o subconsciente é muito forte. Portanto, têm a capacidade de compreender as muitas voltas e reviravoltas perversas que a mente humana pode dar. Pouco do que é bizarro ou incomum consegue surpreendê-lo, porque já conheceu a maior parte em si mesmo.
Para ele, o que os demais chamam de estranho talvez possua um interesse saudável e valha a pena ser examinado. Tem um comentário imediato a oferecer em praticamente qualquer assunto.
Quando necessário, é mestre em enganar, capaz de disseminar informações falsas tão despreocupadamente quanto o faz com a verdade. Também pode fingir ser um tolo, sem ambição ou menos ameaçador, quando necessário. Na verdade, Blake orgulha-se de saber fingir. Às vezes, entretanto, quem deve ser enganado é suficientemente esperto para ver além da fumaça e dos espelhos. Nesse caso, ele pode colocar-se em situações que envolvem vários graus de perigo.
Quando comete um erro, reconhece-o rapidamente e, embora não se apresse para pedir desculpas quando é injusto ou descortês com alguém, procura melhorar sua atitude no futuro. Mesmo que tente, ele não consegue fugir de complicações por muito tempo. De algum modo, uma tempestade normalmente está se formando à volta dele, muitas vezes com tonalidades tragicômicas.
Em determinada ocasião pode apresentar comportamento agressivo, e, em outra, não mostrar disposição para enfrentar os problemas e, então, adiá-los. A repressão, a sua faceta mais agressiva, pode levar a rompantes imprevisíveis e explosivos, normalmente nos piores momentos.

Gosta
Gosta do pequeno bosque de macieiras que se encontra no centro do império de sua mãe, para ele aquele é o lugar mais mágico do mundo. Gosta de dias ensolarados. Gosta de música, principalmente de músicas do Kodaline e Coldplay. Gosta de pisar descalço na grama, é a coisa mais convidativa de todas.

Não gosta
Odeia quando os outros reclamam de que esta escutando música muito alto, tudo que ele faz é aumenta-la. Pode gostar de dias quentes mas não gosta de praia, nem um pouco. Não gosta de dias de neve, mesmo que Jack Frost seja um grande amigo, não só de seu pai, mas também do próprio, o inverno é algo de que ele não gosta, mas adora quando sente seu nariz congelar no inverno, sabendo que Jack estava dando o seu típico ‘oi’.

Hobbies
Carpintaria, mesmo que sua mãe seja contra.
Toca violão, ele gosta é algo que o acalma.
Nunca gostou muito de TV, mas tem que admitir que quando o Netflix chegou ele faz maratonas imensas de todo o tipo de série.

Medos ou Fobias
Sucumbir a areia negra, não quer ser como seu avô.

Segredos
Já faz algum tempo que está acontecendo, não contou a ninguém com medo do que fariam, quando praticava sua areia de sonho viu ela escurecer, no momento achou que tinha imaginado coisas mas então isso aconteceu de novo um tempo depois só que por mais tempo. Com medo de sua mãe descobrir ele parou de praticar. Então quando ela estava cuidando de assuntos fora do império ele a usou novamente.
O que aconteceu logo depois o surpreendeu, ele sem mesmo pensar criou um dos pesadelos (os cavalinhos do mal do Breo), assustado ele caiu para traz e depois de um tempo viu manchas douradas por todo o corpo do cavalo. Ele então levantou e se aproximou do cavalo, logo viu que ele não era ‘mal’. Vendo que poderia entrar em encrenca se qualquer um descobrisse sobre isso, mandou o cavalo se esconder longe do Império, e toda vez que quer sair de casa ele chama seu cavalo, que ele deu nome de Mix.


Manias
Roer as unhas, eu sei, nojento, mas é algo que virou normal para ele quando está nervoso. Bagunça os cabelos quando está com raiva, como se aquilo fosse ajudar a acalma-lo.

Habilidades
Astuto
Bom mentiroso
Tem um porte atlético por causa do time de lacrosse.
É rápido
Bom no arco e flecha, como seu avô.
Consegue reconhecer quando alguém está mentindo.

Relação com o par
Ele não sabe se expressar muito bem, nunca teve um(a) namorado(a) então não sabe como fazer para não estranhar a cada vez que for abraçado ou não recolher a mão quando for trazida para perto de outra pessoa. Vai fazer de tudo para puxar seu par para as atividades mais estranhas, mas lindas do ponto de vista de Blake.

Qual seria o par perfeito para o seu personagem?
Ele não sabe, não gostaria de escolher um tipo, parece algo idiota.

Tem um animal de estimação?
O Mix, seu cavalo feito com areia de sonho, pouca gente sabe dele. Sempre que o chama ele aparece.
• Eu não botei foto porque meio que eu invente ele, então não tem como achar uma foto dele. •

Tem algum tipo de magia?
- Como sua mãe, só que com uma força bem menor, consegue controlar a natureza, as vezes consegue criar neve, ventos fracos ou até um raio, mas sempre se esgota depois de o faze-lo;
- Quando alguém está dormindo próximo a ele, consegue escutar seus sonhos, como seu pai, ou até consegue fazer com que tenham sonhos bons. As vezes consegue fazer com que pessoas adormeçam, mas não por muito tempo.
- Não é tão afetado pela gravidade como seu pai, então, com muita dificuldade, consegue voar, mas por um curto espaço de tempo.
- Não consegue controlar muito bem sua areia de sonho, pelo fato de ser uma mistura de areia negra e a areia de seu pai.
- Breo já tentou o ensinar a atravessar pelas sombras, mas ele não conseguiu, talvez por ser muito novo na época.

Vai fazer parte da equipe de torcida?
Nope

Se o seu personagem for homem, vai fazer parte do time de lacrosse?
Por que não? Meus personagens são muito reclusos. Sim, ele está no time.

Está ciente que o seu personagem pode ser a(o) Fairy?
Yep

Algo mais?
Nope


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...