~_Gabe_

_Gabe_
Coyote
Nome: Gabriella Moreira Delfini
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Piracicaba, São Paulo, Brasil
Aniversário: 3 de Fevereiro
Idade: 15
Cadastro:

De qualquer forma, me perdoe.


Postado

De qualquer forma, me perdoe.

Sabe, eu me sinto péssima quando eu vou postar qualquer coisa, um capítulo, um desenho, qualquer arte em que eu posso me expressar, toda vez que olho para o botão de enviar, um medo e uma tristeza sobre no meu corpo, meu olhos ardem até. É como se eu fosse culpada de alguma coisa, como se eu tivesse tendo uma divida enorme com cada leitor que eu tenho, com cada admirador que tenho (ou que eu tinha), me sinto como se todo mundo tivesse ficado zangado comigo, como se eu tivesse errado muito com todo mundo.
E com todos os problemas que eu tenho, escola, trabalho, casa, escrever não se tornou mais uma alegria e uma foma de me livrar do mundo, e sim, uma insegurança sufocante, escrever oque me da na cabeça com certeza me relaxa, mas com os meus erros, me preocupar se o capítulo está comprido ou não, se está sem sal ou não.
Já tentei pensar que só estou cobrando de mais de mim mesma, mas essa frase não me relaxa.

Não estou exigindo mais atenção, na verdade, esse jornal é mais um pedido de desculpas, não por quê a minha vida pessoal ficou muito agitada dês de que eu comecei a escrever o My Self Righteous Suicide, mas sim, se caso eu estiver certa, estiver perdendo a minha essência, piorando dês do começo até agora. Eu tenho essa impressão toda vez que tendo decidir oque vou escrever nos capítulos, eu fico nervosa, eu fico triste, eu choro de desespero, e no fim, o máximo que escrevi são seis palavras. Quero que me perdoem por isso, por ter piorado, não é frescura, você, leitor, já tive muitos que falaram que ela era perfeita com milhões de erros e capítulos completamente confusos e curtos, mas se não fossem por eles, sem o encorajamento, não escreveria até aqui, não chegaria a me importar tanto só com um saco de palavras sobre suicídio, dor, sangue e perversão.

Em fim, resumindo tudo isso, eu estou me cobrando por quê não me vi melhorando, por mais que eu me esforçasse, eu vejo que vocês não andam tão contentes, não sei se é por falta de resposta de vocês, ou se é o meu próprio medo me assombrando, mas por favor, me perdoem por tudo.

Se vocês encontrarem a página do My Self Righteous Suicide dizendo que a fanfic foi excluída, saiba que foi para dar um ponto final em algo que não estava dando resultado, nem agradando vocês.
Vou evitar, fazer de tudo para que o meu projeto favorito não vá ao lixo, mas saiba que se isso acontecer, vou me gravar pulando de um prédio com um bilhete para postarem isso na internet.

De qualquer forma, me perdoem pelos erros, pelos capítulos sem sentido, ou curtos de mais, o tempo todo, eu só quero agradar, surpreender, tirar o folego de quem esteve lendo a minha fanfic dês do começo dela, foi plenamente feliz ao ler o carinho que recebi o tempo todo, e não é pela falta de comentário que estou exigindo de vocês, a única pessoa da qual eu estou exigindo, é a mim mesma, me perdoem se fracassei, me perdoem se piorei, me perdoem de qualquer forma.
Só Deus/Buda/Cosmos/O caralho a 4 sabe o quanto eu sou grata por todo carinho que recebo, recebi e ainda vou receber.

Kisses


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...