~Giih_Castro

Nome: Giovanna Fernandes
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:
Sou ♑,amo séries com todo meu coração e essas são as q eu vejo:
Shadowhunters➰
The Originals🔱
The Vampire Diarie's🍷
Teen Wolf🐺
Grimm🗡
Grey's Anatomy💉
Supergirl🛡
The Flash⚡
Reven8e⚰
The Secret Circle🔮
The Blacklist📝
H2O:Meninas Sereias🌊
Shippo:
Malec,Sizzy e Clace
Haylijah,Marbekah,Kolvina e Klaroline
Delena,Bonenzo,Beremy,Steferine e Mabekah
Stydia,Maleo,Alissaac Stillissa e Scalisson
Adalick e Monse
Merek,Jolex,Benley e Owelia
Monkara e Catlord
Snowberry e Patinadora Vibro
Daiam e Jaye
Fora as séries tem Sagas de Livros:
A Seleção
Os Instrumentos Mortais
Crepúsculo
E tbm amo Fics<3

Grace Westmoreland McClay, Silver Crown.

Postado

◣Quem será capaz de aguentar o peso da coroa de prata?◥







➤ Nome Completo:
Grace Westmoreland McClay



É a variante inglesa de Graça, nome de origem religiosa proveniente do substantivo inglês grace, a partir do latim gratia, que quer dizer “graça”, com o significado de “dom divino”, “ajuda espiritual”, “mercê”, “benevolência divina”.

➤ Apelidos:
Gray » É como seus colegas e vizinhos lhe chamam, ela gosta do apelido.
Campeã » Apenas seu pai e avô lhe chamam por este e a garota ama ser chamada assim.

➤ Idade:
Grace tem tem dezoito (18) anos, nascida dia vinte e dois de maio, (22/05).
Seu signo é Gêmeos, com ascendência em Libra e lua em Escorpião.

➤ Província:
Whites

➤ Aparência:
Taylor Hill



Grace possui uma beleza simples mas ao mesmo tempo com um quê a mais. Por mais que não goste de ser o centro das atenções, por sua timidez, ela nem sempre consegue.

Com seus cabelos castanhos ondulados ,como se constantemente estivesse acabado de sair do cabeleireiro, suas feições de menina que mais pareiam ter sido talhadas em madeira, polidas e por fim tingidas em um tom claro, com um leve rubor permanente nas maçãs do rosto.

Quando ela abre seus lindos olhos verdes parece instantânea a reação dos que estão ao seu redor, corações amolecidos, olhares de inveja e o mais incrível a admiração sempre presente, hora em uma senhora enrugadinha, hora em uma criança pura e travessa.

E todas essas reações são causadas puramente por seu rosto e expressões, como um sorriso que deixa suas covinhas e dentes brancos à mostra. E quando falamos de seu corpo é um deleite, suas curvas não muito extensas, porém marcantes. Seu corpo definido, busto e outros não tão avantajados mas o suficiente pra causar olhares de cobiça e inveja.

Como diria o poeta "Dentro dá simplicidade de seu sorriso, há um mundo à se descobrir"



Cintura fina, barriga definida e negativa, medindo seus 1,77m, a garota é um anjo-querubim.

Feições que intercalam leveza e ferocidade, suas expressões demonstram sempre esperança e determinação; com um rosto incomum, possui feições que lembram uma boneca de porcelana. Dona de lábios robustos e rosados, que formam um perfeito coração quando ela manda um beijo discreto para um admirador.

Suas maçãs do rosto são bem definidas, levemente elevadas ,marcando exatamente onde começam e onde terminam, sempre coradas, assim como seus lábios, que são a pura definição de cobiça.



➤ Personalidade:



Grace é uma garota com história e personalidade levemente peculiares. Tem aversão e desprezo pela monarquia, além de não concordar com muitas das atitudes da Rainha.

Regras para ela são totalmente flexíveis, como tudo na sua vida. Afinal a vida dela fugiu totalmente a regra, e ela está viva. Não está?

Jamais desiste de seus sonhos e ficaria feliz em viver os sonhos de um outro alguém também. Sempre foi uma excelente ouvinte e conselheira. Às vezes ela até gosta de ouvir os outros pois acaba esquecendo por um mísero instante de suas preocupações.

Grace sabe muito bem esconder suas emoções quando necessário, mas quem a conhece bem sabe de sinais claros de seu mini-teatro - Suas mãos inquietas, o sorriso que não mostra os dentes e não transpassa sentimento algum e por fim mas não menos importante ,seus olhos que ficam com um brilho diferente, não de vitalidade e esperança, mas como o de uma criança que só quer chorar.

A garota é sincera, leal a seus sentimentos, é dona de uma personalidade forte, extremamente desafiadora, teimosa e intensa com tudo que almeja. Apesar de toda essa parte forte de sua personalidade ela é assim dá porta de seu quarto pra fora, quando ela chega em seu apelidado "porto seguro" desmorona como uma menina cheia de inseguranças, medos e aflições. Ela só deixa entrar no seu quarto quem ela realmente confia.

É uma garota extremamente talentosa, perseverante e compreensiva. Uma amiga extremamente leal e protetora.
Ela é daquelas que pra proteger um amigo é capaz de passar por cima até de seus próprios princípios. E se preciso, daria a vida por aqueles que ama. Tem muito medo de se envolver emocionalmente com alguém pois sabe que quando se trata de amor, seu coração e mente passam a desconhecer limites.

Como diz seu nome ela é graciosa ao extremo em tudo que faz, seja cantar, dançar, tocar ou sua paixão: Cavalgar.

Ela ama fazer coisas escondida só pelo gosto da adrenalina, não tem medo de quase nada e ama se sentir livre. Nunca teve contato algum com os prazeres que um homem pode proporcionar, só o toque de quem ela deseja em sua pele já vão conceder sensações novas e indescritíveis a ela.



Quer um amor que seja uma paixão constante onde nunca pare de sentir um friozinho no estômago antes de vê-lo, um amor que com uma simples troca de olhares um possa caminhar livremente pela alma do outro e saber de todos os seus segredos. Não suporta a idéia de casar com um homem que não a ama e sente ciúmes de ver que ele pode não estar com ela em uma outra noite.

Ela é discreta, não gosta de chamar atenção. Com exceção de seus momentos feitos para brilhar, como quando está correndo em cima de sua égua, deslizando os dedos pelas teclas de seu piano, ou quando está dançando pelo salão.

Grace é tímida, mas não deixa de ser um potinho de alegria, amor, sonhos e travessuras. Ela não sabe ser sexy, pois nunca tentou. Mas mesmo sem saber seu olhar parece um convite só de ida para todos os pecados capitais.

Ela não tem interesse algum em conquistar alguém, no jogo do amor ela prefere ser a caça. Uma bela presa esperando pelo predador perfeito.

Ela tem um gosto musical variado, é eclética, tanto nas músicas quanto nas opiniões.

Segue três princípios que considera essenciais:
1°- Sua Palavra é única.
2°- Sempre irá proteger os que ama.
3°- Jamais abandonará seus sonhos.

Ela não tem muitos amigos, mas ainda assim sonhe ingênua - não confia completamente em todos assim tão fácil, ela sabe muito bem que existem pessoas cruéis.

Quase nunca perde a pose, pode estar devastada ou revirada por dentro, mas nunca vai perder a linha.

Ela não consegue ver alguém passando fome ou frio na rua e não ajudar - e isso já lhe rendeu muitos problemas.

Mente aberta, sabe falar muito bem, mas sabe ouvir também. Não é influenciável, mas gosta e respeita a opinião dos outros, desde que seja recíproco.

Odeia que lhe subestimem, mas ama um desafio, ainda mais se for daqueles que ninguém faria, pois acredite, ela faz. Ela nunca sonhou em ter um companheiro rico e bonito, mas sempre teve o sonho de se casar com o seu eterno confidente.

Nunca chorou/chora em público.
Odeia pessoas que ficam berrando o tempo todo.

É ótima com nomes e datas. Seu pai até desconfia que ela tenha a chamada "memória fotográfica".

Gosta de ser graciosa quando preciso é intensa em todos os outros aspectos, ela é intensa no amor, no jogo, ama do fundo de sua alma atividades ligadas a natureza e ela ficaria dias olhando para uma árvore pensando em tudo o que essa já viu, faria de tudo para olhar as estrelas a noite toda e de dia apreciar o Sol, sentindo ele penetrar em sua pele levemente corada. Tenta ser racional e falha, seu coração parece querer mais atenção do que todo seu cérebro.

É sonhadora - mas não trouxa -, sabe muito bem o que tem que fazer para conseguir o que ela quer, sua mente é um catálogo. E lá estão todos os seus planos, sejam eles bons ou ruins.



Não é muito chegada a escrita, mas sempre que não tem com quem desabafar, ela jorra palavras em seu diário, que fica escondido dentro de um fundo falso de uma Enciclopédia.

Sabe que é bonita e tira proveito disso sempre que necessário, não sabe mentir para outras pessoas, mas sabe muito bem esconder coisas, entre elas emoções. Vai negar até o último segundo estar amando, mas quando finalmente aceitar vai fazer de tudo para ter esse alguém.

Ela não sabe ser perigosa, mas vai por mim essa garota aprende rápido. Odeia ter mais de uma opção favorável pois é muito indecisa, quando escolhe é uma vez só.

Ela ama se sentir no limite, pois nesse ponto ela libera o seu lado mais autêntico e reprimido. Não tem a mínima paciência para gente mimada, mesquinha e que se acha superior. Nunca se envolveu em brigas, mas seu avô sempre a ensinou a se defender usando a força do adversário contra ele, seja física ou emocionalmente.

Ela se faz de forte o tempo todo, desde pequena teve que ser assim. Após a morte de sua mãe ela teve que virar mulher, sabe de suas limitações mas nem sempre as respeita. Ama receber carinho, cafunés são sempre bem-vindos, mas odeia que mexam em suas costas, principalmente seu ombro direito, por conta de uma cicatriz que ela esconde.

Ela não sabe expressar seus sentimentos e muitas vezes - na grande maioria - se enrola e fala muito, não dizendo absolutamente nada com sentido.

Gray é intensa e quando sentir uma brecha vai tentar jogar todas as cartas na mesa, com ela é assim. Odeia guardar coisas além do necessário consigo.

Ela te encanta todos os dias de uma forma diferente, sempre terá, com ela, a certeza de se apaixonar dia após dia sem nunca deixar de ser ela mesma.
Ela é o tipo de garota que te encanta por todos os motivos possíveis.
Ela tem defeitos, como todo mundo, defeitos estes que são muito difíceis de lidar, mas eu garanto:
Suas qualidades fazem valer a pena.



➤ História:
A vida de Grace sempre foi a melhor possível. Ela nasceu em uma pequena fazenda no interior de Whites, seu pai sempre foi um homem de negócios. Cuidava da contabilidade e dos investimentos da fazenda, mas isso nunca lhe fez ser um homem frio, muito pelo contrário, sorria sempre que podia, ele amava sua esposa Clarice com todo o seu coração, era lindo de se ver.

A fazenda em si não era do casal, era do pai de Clarice, o Sr. Westmoreland, ou Charles para os íntimos. Charles nunca foi um pai, nem avô muito presente, mas sempre fez de tudo por Clarice e sua família.



Clarice e Robert se conhecem desde jovens, são o primeiro e verdadeiro amor um do outro. Quando Grace nasceu foi uma alegria imensa, Clarice sempre foi uma mulher que sonhou em ter filhos, ela era a mãe mais carinhosa e atenciosa que uma garota poderia querer. Clarice sempre amou cavalgar e estar perto da natureza, nunca pensou em ser profissional nisso mais, mas tinha potencial para tal.

Com o nascimento de Grace, Clarice realizou seu grande sonho de ser mãe, ela fazia tudo com sua filha, desde limpar a Casa Principal, até cavalgar em sua Égua, a famosa Lua.

Quando Grace tinha 4 anos, Lua deu a luz a uma égua, a pequena Grace assistiu a mãe, que era a veterinária dá fazenda, fazendo o parto e quando a égua nasceu Clarice pediu a Grace que escolhesse o nome. Por a égua ser castanha mas entre os olhos ter uma mancha branca do tamanho de um Losango , ela pôs o nome de Cristal.

Grace e Cristal com o tempo criaram uma conexão, Grace amava cavalgar ao lado de sua mãe, a vida da família era corrida, mas todos são muito felizes e unidos. Robert era louco pela esposa e pela filha, faria de tudo por elas e elas por ele.

Um certo dia quando Grace tinha seus doze (12) anos, sua mãe descobriu estar grávida de um menino e a casa se encheu de alegria, mas com um corte feito nas verbas públicas de Whites os negócios da família estavam em decadência. Os pais de Grace brigavam quase todo dia por motivos financeiros, com o passar dos meses as coisas só foram piorando, escolas, segurança e até a saúde foram prejudicados. Os moradores do interior eram os mais afetados, era uma noite chuvosa de setembro quando Clarice sentiu as primeiras contrações, Robert ia deixar Grace em casa mas a menina insistiu para ir pro hospital e assim foi feito.

Grace sempre foi extremamente ligada a sua mãe, e não suportava a idéia de perder-la. Quando chegaram no hospital, pelo corte de verbas do governo, o atendimento estava horrível e o hospital estava superlotado. Finalmente o médico chegou e sua mãe estava quase coroando a criança, mas na sala de parto houveram complicações, o menino nasceu saudável, porém Clarice teve uma hemorragia grave e teve que ser levada para o centro cirúrgico às pressas, daí pra frente foram 4 horas de surgimento de novos quadros e complicações. Até que foi anunciada a morte de Clarice.

No dia seguinte em sua casa Grace viu o Jornal Oficial de Illéa, era especial a rainha estava dando uma grande festa no palácio. Os gastos com toda certeza ultrapassam e muito a falta de verba em Whites.

A partir desse dia a vida de Grace nunca mais foi a mesma, ela passou a odiar a rainha com todas as suas forças, ela pegou uma carta que sua mãe escreveu por conta de um pesadelo na semana anterior e nela dizia:

"Meu Anjo, caso algo aconteça comigo e eu não possa falar, espero que saiba que eu te amo mais que tudo. Confio em você nos treinos e também como irmã. Sei que você será a melhor. Cuide de seu pai e seu irmão. Sei que seu pai não aprova, mas tente por o nome de meu pai em seu irmão, esse era um desejo de minha mãe e eu quero cumprir. Você será uma grande corredora e uma mulher feliz e graciosa, pois talentosa você sempre foi. Sonhe, sonhe muito. Eu nunca parei de sonhar e acho que esta é a chave da felicidade.
Poucas palavras mas com muito amor, Mamãe".

Após ler toda a carta Grace tirou forças de onde não havia e decidiu que faria todos os últimos desejos de sua mãe. Charlie, seu irmão era um bebê lindo. Ela decidiu que o amaria e cuidaria dele com todo amor, Grace já estudava em casa mesmo, mas o primeiro ano foi o mais difícil. Após a morte de sua mãe, Robert se consentiu exclusivamente no trabalho. Passava o dia todo trabalhando e à noite se trancava no escritório para beber. A menina não sabia o por quê, mas seu pai decidiu bloquear a família, vive como um robô, trabalha, bebe e dorme.

Anos mais tarde com seus 16 anos, a vida de Grace ficou um pouco mais fácil, seu irmão não a tomava todo o tempo ,ela com o tempo conseguiu voltar a estudar, compensando o tempo perdido.

Um novo veterinário foi contratado, Dylan na época tinha vinte anos, é um rapaz bonito, acabou virando o único amigo de Grace. Ele sempre que tinha tempo ficava com Charlie para Grace poder fazer o que mais ama, correr com Cristal. Tudo de ruim ia embora quando ela corria, era lindo para os que olhavam e naquele momento ela esquecia o peso sobre seus ombros e a dor oculta em seu coração.

Seu pai conseguiu fazer a fazenda render altos lucros, mas estava bebendo mais que nunca. Diferente dos outros Robert conseguia trabalhar e beber em intervalos curtos de tempo. Mas teve um dia que ele estava muito bêbado, por algum motivo ele abriu a porta do escritório, Grace estava arrumando o jantar de Charlie enquanto o mesmo via TV, quando como um raio Robert pega o menino de 4 anos e o agarra pelo braço apertando o braço dá criança com muita força. Disse as maiores barbaridades para o menino e o culpou pela morte de sua esposa. Naquele momento Grace conseguiu desvencilhar o braço do garoto e mandou ele se trancar no quarto, a menina que nunca havia levado um tapa na vida, tomou uma surra enorme com chutes, socos e tapas. Seu pai em algum momento pegou uma garrafa de alguma bebida alcoólica e quebrou no ombro direito de Grace. A menina desmaiou, mais cedo no outro dia ela acordou com Dylan fazendo a limpeza e pontos dos machucados, a mulher que cuidava dos bichos estava cuidando de Charlie que estava assustado pedindo por Grace, ela pediu para que o amigo guardasse esse segredo.
Robert passou duas semanas desaparecido, quando voltou parou de beber, mas continuava distante de seus filhos. Charles Senior quando soube do suposto "acidente" de Grace foi para a fazenda, avô e netos se aproximaram. Com o passar do tempo Charles foi morar na fazenda, Grace ficou com uma cicatriz horrível do topo do ombro até o meio das costas, ela convenceu a todos - incluindo Charlie - de que foi somente um acidente. Robert passou a se relacionar como pai com Charlie, mas desde o ocorrido não olhava mais nos olhos de Grace, por vergonha de tudo o que fez.

Os anos passaram e Grace voltou a correr mas agora de forma profissional, mas por Hipismo não ser um esporte famoso em Whites ela disputava pouco, mesmo tendo muito talento.

O convite para Seleção veio, ela nem cogitou aceitar,mas Marie uma senhora que a ajudava nos afazeres domésticos a convenceu a participar por conta do reconhecimento, uma vez Selecionada ela ganharia todo o patrocínio de que precisa para ser a melhor em Hipismo de toda Illéa.

Mesmo com toda repulsa pela rainha ela se inscreveu, nunca se apaixonou, mas está decidida a ser a melhor. Porém não quer a Coroa.



➤ Família:
Pai
Robert McClay, vivo, 44 anos, é um empresário importante no ramo de fazendas em Whites.



Robert Downey Jr

Apesar da má convivência com sua filha,Robert ama Grace mais tudo no mundo, e isso é mútuo.
A relação dos dois ficou muito pior após o "acidente", mas mesmo assim Grace faria de tudo por seu pai, eles não confiam um no outro para muitas coisas, mas Robert sabe que Grace pode viver sem ele.
Por sua filha ter herdado muitos traços da mãe - em personalidade e física - ele não gosta da idéia de ver Grace ir embora.

Mãe
Clarice Westmoreland, morta, 32 anos - quando faleceu -, costumava ser veterinária.



Mila Kunis

Clarice e Grace eram muito parecidas tanto no aspecto físico quanto nos gostos. Ambas se conheciam de cabo a rabo e sempre saberiam reconhecer quando a outra estava mal.
Graciosa, Tímida e Feroz, Grace herdou partes da personalidade de sua mãe e luta pelos mesmos valores defendidos por ela. Quase nunca divergiam de opinião, o respeito sempre foi maior entre ambas, companheirismo é verdade também.
Gray sente muita saudades da mãe e a amava incondicionalmente, via nela seu exemplo e tenta basear todas suas decisões em o que conhecia de sua mãe.

Avô
Charles Westmoreland Sênior, vivo, 62 anos, costumava ser empresário - hoje é aposentado.



Muse Watson

Charles sempre foi um homem inteligente, não queria interferir na vida de sua filha. Após sua morte ele ficou sem chão, precisou viver o luto antes de voltar para a vida de seus netos. Quando o fez a vida de sua neta mais velha estava revirada de cabeça pra baixo.
Ele se encarregou de viver os sonhos de Grace junto com ela,a apoia em tudo que pode e guarda uma alta poupança para elaboração futuro.

Irmão
Charles Westmoreland Júnior - Charlie -, vivo, 7 anos.



Jack Fulton

Tem uma relação muito próxima com sua irmã, a considera sua mãe. Grace mataria e morreria por Charlie, ela nunca se importou em cuidar dele e lhe ensina os valores que sua mãe a ensinou.

Amiga
Marie Snow, viva, 68 anos, é uma dona de casa.



CCH Ponder

Marie entrou na vida de Grace há dois anos, Gray estava na capital no momento em que Marie foi posta para fora de casa por um pivete. A menina com sua vontade de ajudar trouxe Marie para sua casa e hoje. Ela é sua maior conselheira

Amigo
Dylan Somewood, vivo, 23 anos, é veterinário.



Max Thieriot

Melhor amigo de Grace, Dylan sempre a ajudou, seja como veterinário ou amigo. Os dois são confidentes, ele nunca sentiu atração por ela e nem ela por ele. São como irmãos.

➤ Gostos/Desgostos:
Gostos:
Dançar.
Cavalgar.
Pequenos gestos com grande significado.
Frio.
Privacidade, Intensidade.
Pessoas em que confia.
Sorrisos.
Treinar.
Ajudar os que necessitam.
Cozinhar.
Motos.
Cantar, tocar e ouvir música.
Animais em geral.
Festas.
Doces.
Filmes.
Ser provocada.
Desenhar.
Gray ama se desafiar e experimentar coisas novas.

Desgostos:
Ordens.
Brigas.
Lavanda.
Agulhas.
Pessoas metidas.
Drogas.
Suar.
Detesta quando lhe tratam como uma garota indefesa, que não sabe sobre a vida.
Não suporta gente falsa e intrometida.
Quando lhe impedem de fazer algo.
Mentira.
Traição.
Desrespeito.
Injustiça.
Bullying.
Odeia ser julgada ou subestimada.
Não gosta de se expor.



➤ Medos/Traumas/Fobias:
Grace tem medo de injeção, não sabe ao certo o por que, mas tem.
Também nutre um medo constante de não ser a melhor em tudo que se dispõe a fazer.
Todas as noites desde a morte de sua mãe Grace acorda no meio dá noite com o coração doendo ao lembrar de seu velório. Certas noites quando está com medo ou insegura os pesadelos aumentam com sua mãe a reprovando é retornado a noite do surto de seu pai. Normalmente nessas noites ela acorda gritando e com o nariz sangrando, ela não sabe o motivo é nenhum médico consegue explicar.
Ela tem pânico de que alguém veja sua cicatriz,ela tenta esconder a qualquer custo.



➤ Vícios ou manias:
Seu maior vício é a balas,as de menta, hortelã e canela são as favoritas, ela sempre tem uma no bolso. Outro vício que possui é chocolate e energético.

Manias:
• Arquear as sobrancelhas.
• Morder os lábios.
• Revirar os olhos.
• Batucar os dedos.
• Sorrir de canto.
• Cantarolar sem motivo.
• Bufar.
• Quando ela fica muito triste, entra em um modo de autopreservação irritante.



➤ Alguma doença? Se sim, qual?
Sim. Ela sangra pelo nariz, um médico já elaborou a hipótese de que quando suas emoções de alteram demais ou quando ela está prestes a ficar doente. Como um alerta natural do organismo.



➤ Hábitos e/ou hobbies:
Ler.
Cavalgar.
Escrever em seu diário.
Desenhar.
Dançar.
Tocar piano.
Cantar (Fazer música).
Ouvir os problemas do próximo.


➤ Qualidades/Defeitos:
Muitas características de Grace, para alguns podem ser consideradas boas, e para outros ruins.
Ela sabe mascarar suas emoções com facilidade, odeia qualquer tipo de preconceito e luta contra isso.
Não perdoa traições, não se permite sentir com tanta facilidade.
Ama a natureza e os bichos, não suporta injustiça de forma alguma e é extremamente Leal e Sincera ,para quem quer.
Odeia política, mas está sempre por dentro do assunto. Não se permite ser ignorante.



➤ Habilidades:
A garota nasceu com um dom para Música, mesmo não o explorando tanto, pois lembra muito de sua mãe nesses momentos. Tem outras vocações como administradora, veterinária - aprendeu muito com sua Mãe e Dylan - além de seu maior e mais explícito dom, o Hipismo. Ela ama cavalgar, tudo o que ela planta dá frutos, ainda que se tornasse rainha, não deixaria essas suas essências de lado.
Gray sabe falar fluentemente espanhol e francês, além de sua língua nativa.
Além de tudo, sabe cozinhar de tudo um pouco, aprendeu com Marie, já que a mulher tinha trabalhado em uma casa de grandes cozinheiros.
Mesmo sendo uma moça fina e com a etiqueta perfeita, ela é uma amante da adrenalina, de certa forma dependente, sempre que pode ela vai até a cachoeira nas próximidades. Não para se banhar, mas sim para pular do topo dá enorme cachoeira.
Outra paixão sua é a medicina veterinária, se não conseguir ser alguém no hipismo, ela ficaria feliz em ser veterinária.



➤ Relação com:
— Eleanore:
Grace vê em Eleanore uma pessoa firme e calculista, tem uma relação de mutuo respeito e indiferença . Apesar do ódio nutrido há anos pela Rainha, Grace consegue entender que ela é uma autoridade e que para o seu bem precisa "engolir ela". Será fácil ver Grace discordando das ações dá Rainha e achando maneiras de expor sua opinião, nunca chamando atenção e sempre com um jogo de palavras invejável.
Ainda que ambas venham a concordar, Grace não esquece que a Rainha não é sua amiga e poderá ser sua aliada.

— Austin:
Grace nunca se apaixonou por alguém, sempre viu a seleção como um modo de arranjar patrocinadores para seguir sua vocação. Tinha uma resistência com Austin por achar que o mesmo era tão frio quanto sua mãe, mas com o passar do tempo os dois vão ter uma relação diferente de tudo que ela já viu, pois podia confiar a ele todos os seus segredos e com o tempo se pergunta. Será que ele vale o peso da Coroa?

— Oscar:
A garota viu em Oscar uma espécie de Dylan do palácio, os gostos de ambos era parecido e seu afastamento dos holofotes também. Em momentos isolados ela verá em Oscar um verdadeiro amigo. Os dois gostam de se zombar e rir por coisas bobas e aleatórias.

— Ariana:
Grace admira a irmã Schreave, vê nela tudo o que ela queria ser. Quando ambas se conhecem acabam não se dando muito bem por conta de muitas semelhanças, mas com o passar da seleção ambas acabam se admirando por suas histórias e o peso sobre elas.

— Victoire e Lílian:
Tem uma opinião formada em relação as gêmeas, por mais que todos as chamam de a gêmea boa e a má, Grace sempre achou ambas muito diferente de si.
Victoire era uma boa garota e com o coração bom, isso era a característica favorita da gêmea, mas por sua semelhança com a Rainha ambas não conseguem ter uma relação tão positiva.
Já Lílian era uma garota impertinente e arrogante, Grace se segura muitas vezes para não dar uma voadora nela por sua opinião em relação a população menos rica de Illéa. Ela nunca iria conseguir ter uma relação além do respeito com essa gêmea.

— Outras selecionadas:
Não tentará se enturmar com as selecionadas e verá nelas só garotas extremamente diferentes. Evitará conflitos e aborrecimentos desnecessários. Uma selecionada que irá virar uma amiga inesperada será a Misteriosa e Atraente Ravenna.

— Inimigos:
Ela não é de ter muitos inimigos,as os que tiver fará questão de se manter o mais longe possível. Mas se a provocar ela vira o pior pesadelo de qualquer um.


➤ O que acha da Família Real?

Não tem nada contra a monarquia, nem contra a Família em si. Porém odeia a Rainha por a sentir como a vilã de seu conto de fadas. Grace tem pouco interesse em se tornar Rainha, se isso acontecer será pelo Princípe e não pela Coroa.


➤ É a favor da monarquia?
Não, considera tudo isso uma coisa extremamente arcaica.



➤ Por que se inscreveu na Seleção?
Se inscreveu para ganhar fama e com isso conseguir mostrar seu talento com os cavalos conseguindo assim patrocínio e reconhecimento.



➤ Hamartia:
Querendo ou não, a personalidade de Grace é bem forte e peculiar, – a garota é munida de argumentos para todos os assuntos, além de muito sedutora e pura, ainda mais que não teve qualquer relação amorosa – o que pode e vai desagradar muitas pessoas. Sua companhia pode ser bem ardilosa se ela quiser que seja, pois como todos sabem até a mais doce das maçãs, tem caroço.

O incidente com seu pai é um fato que pode um dia levá-la a desgraça.
O que a sociedade pensaria se um dia soubesse que seu pai lhe agrediu?
Seria uma tremenda desonra para a família Westmoreland, que ficaria muito mal falada. Ela teme que se um dia o príncipe descubra, venha a rejeitá-la e até a desclassificar, além de envergonhar toda a família e suas próximas gerações.



➤ Estilo:
Grace tem um estilo único e bem variado, é eclética, apesar de tudo. Usa de vestido a calça. Salto 15 cm a rasteirinha básica. É completamente apaixonada por botas de todos os estilos e vestidos de baile, mas não abre mão de um short jeans básico – ainda que curto – e uma camiseta mais leve.
Cores claras e combinações ecléticas são suas favoritas, ama inovar e fazer diferente. Porém também sabe ser discreta e harmoniosa.
Saltos tem um lugar guardado no seu coração, seja ele meia pata, anabella, plataforma ou agulha. Ela tem postura e porte o suficiente para ficar graciosa em cima de um 12, 15 ou 17 cm. Sandálias rasteiras são itens que não saem nunca de seu guarda-roupa, um acessório rústico, ainda que de grande beleza e delicadeza.
Suas roupas são diversificadas, ela ama mostrar suas curvas de modo discreto e elegante. Ama regatas, mas nunca as usa pois toda roupa que mostre sua cicatriz é instantâneamente reprovada. Decotes V, saias sonhas com fendas qua vão até a coxa, blusas que deixem um ombro nu e outro coberto, suas roupas com essas minúcias são consideradas sexys, porém sem serem vulgares.
Ama acessórios do Rústico ao mais moderno, ela ama se enfeitar sem exagero.















➤ Sexualidade:
Heterossexual.



➤ Psicológico:
Tocar no assunto “ Clarice ” é delicado e até destrutivo para Grace. A determinação de sua mãe lhe motiva, mas falar nela, dependendo para quem ainda é doloroso. Para ela também é difícil falar sobre seu pai, pois por mais que tente lembrar das coisas boas, no fim sua cicatriz volta a doer.
Grace é sagaz, tem raciocínio rápido. Na certa, em situações de risco ou desespero a garota se manteria calma e tentaria, primeiramente, acalmar e cuidar de todos que estivessem com ela; procuraria por uma maneira de resolver a situação da forma mais rápida possível.
Apesar de ter um raciocínio rápido e se sair bem em situações complicadas, a garota tem um ponto fraco, sua família.
Quando alguém lhe julga por ter criado seu irmão, ou faz comentário do tipo, ela não suporta e parte para violência.



➤ Príncipe ou coroa?
Príncipe.



➤ Seria capaz de trair o príncipe com alguém? Se sim, com quem?

Não. Grace não suportaria o peso de trair tanto a confiança, quanto o amor do princípe. Porém se a vida de alguém estivesse correndo perigo, ela trairia sua confiança pelo que acha correto.



➤ É virgem ou boca virgem?
É virgem, e nunca deu nem um selinho.



➤ Como seria o encontro e presentes perfeitos?
Para Grace, ambos – encontro e presentes – não precisariam ser exagerados, sequer grandiosos. Pequenos e carinhosos gestos a conquistam.

Esperaria de um encontro algo sempre conectado à natureza. De dia , gostaria de cavalgar, andar pelo jardim e ser levada para os locais mais verdes possíveis do castelo. Já à noite ela gostaria de uma conversa em algum lugar onde ela pudesse ver as estrelas e talvez tocar para o príncipe.



Gostaria de conversar sobre tudo com o príncipe e o ouviria sobre qualquer coisa, independente de seu relacionamento ela seria sua confidente.
Sobre os presentes, Gray não se sente confortável em receber presentes materiais. Ela acha que mais vale uma carta feita em um guardanapo,com amor. Do que a mais rara das jóias. Então quanto mais simples e caseiro for o presente ela ficará mais feliz. Outra coisa que ela se encanta é ajudar o próximo, se pudesse fazer isso, seria um ótimo presente.



➤ Como sua personagem reagiria ao ser eliminada?
Grace ficaria surpresa, gostaria de ter uma última conversa com o príncipe, saber seus motivos e garantir que não perderia ao menos sua amizade. Ficaria com o coração levemente danificado, mas levaria junto com si o valor dessa fase de sua vida.



➤ Por que ela merece ganhar?
Grace é muito devota a todos que ama, e por mais que não queira ser Rainha. Ela faria de tudo para ser a melhor esposa e companheira para Austin. Além do quê, por um amor verdadeiro ela viveria o sonho do parceiro sem pensar duas vezes.



➤ Música tema:
Austin & Grace: http://www.youtube.com/playlist?list=PLQMzLdGkaXysf9hnOOYYGrAHjBhn0B9hO



➤ Algo que queira acrescentar?
Sua única relíquia é um anel de ouro branco que era de sua avó e passou para sua mãe e hoje é dela. Ela o uso no indicador esquerdo como um sinal de amor e respeito a sua família.


Permalink Comentários (0)

Atualizações do Usuário

Usuário: ~Giih_Castro
Favoritei a história
História: Crazy Exchange (interativa)
História: Crazy Exchange (interativa)
Fazer um intercâmbio para Los Angeles sempre foi o sonho de Amanda Agora que ela conseguiu, o que poderia acontecer? Morar com uma família desconhecida por ela? Fazer novas am..
Usuário: ~Giih_Castro
Favoritei a história
História: Troubled Girl
História: Troubled Girl
Laurence Allen a típica garota problema, a ovelha negra da família Allen. Justin Bieber o típico garoto certinho, o orgulho da família Bieber. Dois adolescentes completamente dif..
Usuário: ~Giih_Castro
Favoritei a história
História: The Selection - Interativa
História: The Selection - Interativa
---------- VAGAS ENCERRADAS ---------- Após a morte da atual princesa e esposa de Jensen, o rei resolve que o filho depois de meses em fará terá que passar por sua seleção, cois..
Usuário: ~Giih_Castro
Favoritei a história
História: A Aposta II
História: A Aposta II
Justin Bieber empresario sucedido, famoso e muito desejado. Frio com as mulheres ao seu redor, Mas com as mulheres da sua vida é Mais doce que Açúcar. Quatro anos após o ocorrid..
Usuário: ~Giih_Castro
Favoritei a história
História: A Aposta II
História: A Aposta II
Justin Bieber empresario sucedido, famoso e muito desejado. Frio com as mulheres ao seu redor, Mas com as mulheres da sua vida é Mais doce que Açúcar. Quatro anos após o ocorrid..