~HappyLys

HappyLys
Louca, retardada e feliz XD
Nome: HappyLys
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 13 de Dezembro
Idade: 16
Cadastro:

Resenha - Em Algum Lugar nas Estrelas


Postado

Tudo que leio, leio pensando no que escrever quando acabar. Admito que, durante todo esse livro, esperava apenas escrever um resumo da história e um elogio à criatividade da autora. Eu estava muito enganada.

Clare Vanderpool, uma autora que, agora, entrou para a minha lista de favoritos junto com Daniel Handler. O que importa se só li um trabalho dela? Já é suficiente. Seu livro, Em Algum Lugar nas Estrelas, conta uma história inesperada e completamente revolucionária, algo que eu nunca esperava ler.

O livro se passa durante a Segunda Guerra Mundial e um dos personagens principais é Jack, um garoto que perdeu a mãe e cujo pai serve ao exército, acaba indo parar em um colégio interno no Maine. Quando chega, está completamente perdido em todos os sentidos que se possam imaginar. Após um tempo, conhece um garoto chamado Early Auden, que, ao contrário dele, tem muito certeza de onde está e do que está fazendo. Ele é considerado o garoto mais estranho da escola, vive numa oficina velha, tem o costume de organizar balas de goma por ordem de cor e ouve um tipo de música em cada dia da semana: Mozart aos domingos e...

“- Louis Armstrong às segundas, Frank Sinatra às quartas. E Glenn Miller às sextas, a não ser que esteja chovendo. Se chove, é sempre Billie Holiday.”


Early consegue ver cores, formas, texturas nos números e, inacreditavelmente, consegue ler uma história nos algarismos do Pi. As coisas começam a ficar interessantes quando um famoso matemático cria uma teoria de que os algarismos do Pi estão desaparecendo aos poucos e que uma hora o número irá acabar. Early enlouquece e decide empreender uma cruzada: achará Pi e provará a todos que ele não estava morto, apenas perdido. Jack, que se sentiu estranhamente preso e atraído por Early desde o começo (pelo menos, foi isso o que percebi), decide segui-lo. Assim, os garotos começam uma aventura pela Trilha Apalache e a floresta do Maine, procurando Pi e sempre de olho na Ursa Maior, a estrela que guia Pi e eles próprios.

Até ai a história já seguia um rumo fantástico e extremamente criativo, mas fiquei realmente surpresa com o que começou a acontecer após esse começo. Conforme os garotos avançam, a história de Pi e a deles começa a se fundir. As barreiras entre o mundo da ficção e o mundo real começam a ficar cada vez mais finas e Jack, que sempre foi muito cético, começa a duvidar do que vê e das coisas que acontecem, tentando achar uma explicação para tudo o que estão vivendo. É dessa forma que os garotos se veem obrigados a enfrentar piratas, são salvos por uma baleia enorme e ficam presos dentro de um terrível labirinto. Entre muitas outras coisas.

Como eu disse antes, conforme lia o livro, não esperava grandes emoções, embora a história incrível compensasse isso. Estava enganada, no entanto. As últimas vinte páginas foram repletas de emoções tão puras e simples, que vinham com apenas uma frase, uma palavra. Aquele tipo de emoção que faz os olhos de qualquer um se encherem de lágrimas. Foram nessas últimas páginas que percebi como eu havia interpretado tudo errado, que não só Jack estava perdido. Todos estavam, todos lutavam para se encontrar. Isso veio com tanta força e tão repentinamente que doeu não ter percebido isso antes. Clare soube exatamente quando e onde colocar os pontos nos is para fazer os leitores se emocionarem.

Como sempre faço, deixo aqui uma das minhas passagens favoritas do livro. Aquela que mais me tocou.

“Quando o oceano molhou meus pés, percebi que Early Auden, o mais estranho dos garotos, tinha me salvado de ser levado embora. Ele me salvou quando me ensinou a reconstruir um barco, que os números contam histórias e que, quando chove, é sempre Billie Holiday.”


O livro é incrível, de verdade. Incrível e inusitado. E ninguém vai se arrepender de ler.

P.S.: Vale lembrar que o livro é da DarkSide e todos nós sabemos que os livros da DarkSide são lindos...

Lendo: Terminei Em Algum Lugar nas Estrelas *0*

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...