~Hazye

Hazye
I really hate being safe
Nome: ❥ Nicole
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 7 de Abril
Idade: 66
Cadastro:

♔ ▶ Hearts Collide | Ficha | Louise Renesmeé Clement ◀ ♔


Postado



N O M E × C O M P L E T O:

Louise Renesmeé Clement
↝ {× Louise ×} Significa "combatente gloriosa", "guerreira famosa" ou ainda,"famosa na guerra".
↝ {× Renesmeé ×} É a junção dos nomes franceses Renée e Esme,que significam “renascida” e “amada” respectivamente.

AP E L I D O:

Uns a chamam de Louie,outros de Isie,e em raras ocasiões denominam-a como Nessie.
Sua irmã costumava lhe chamar de Dolly quando não estavam próximas de adultos,apenas para mexer com os nervos da mais nova.Após a morte de Alana,nunca mais teve que aguentar o apelido,porém preferiria mil vezes aturar isso do que perder alguém próximo.

↝ A provocação surgiu através de algo que a mais velha sempre dizia."Você obedece tanto os outros que daqui a pouco irá se transformar em uma boneca."

Idade:

Possui 16 anos de idade.
↝ Nasceu bem no início da Primavera,ou seja,em 1 de Fevereiro.
↝ É aquariana.

Príncipe Escolhido:

▶ ♡ Príncipe Adrian ♡ ◀
↝ Sua escolha nunca foi ele,sim o membro mais novo,Nathaniel,pois ele sempre lhe pareceu o mais fácil de lidar e também pelo pouco que podia ver de sua personalidade no Jornal Oficial.Nada de paixão platônica,só curiosidade,até porque não era de acompanhar muito a família real.
↝Acabou que no dia da inscrição,ficou tão nervosa que candidatou-se para tentar ganhar o coração do filho do meio.Só no caminho de casa percebeu o erro.

» Conquistar o príncipe.Foi isso que mandaram-na fazer.Mas,como ? «

Desde o princípio,quando anunciaram a Seleção,

Onde nasceu:

A origem de sua família é francesa,porém nasceu em Irlanda,Galway.

Casta & Profissão:

Pertence a Casta 2.É uma modelo com grande potencial,mas ainda não é muito conhecida por estar no começo de sua carreira.Em nenhum momento quis começar a desfilar pelas passarelas,mas teve que deixar seus desejos de lado.

Aparência:









Não é à toa que Louise está sendo bastante disputada pelas agências de modelo,sua aparência chama a atenção de vários empresários que procuram algo doce e delicado.
Possui cabelos médios e loiros que ora estão completamente lisos,ora estão com leves ondulações; tudo depende da sua disposição para penteá-los.Gosta de fazer diversos penteados,mas costumeiramente,os deixa preso.
Tem olhos azuis,considerados grandes e encantadores pelo brilho que transmitem.São neles que você pode descobrir seus sentimentos,como bolas de cristal,eles revelam tudo que você quer saber.
Seu rosto oval é complementado por lábios rosados e pequenos,especialistas em se meter em confusão pelas palavras que soltam sem querer.
Suas sobrancelhas são castanhas,fazendo os outros duvidarem da verdadeira cor de seus fios,mas várias fotos de quando era bebê podem confirmar seu loiro natural.
Nem tudo em sua aparência é perfeito,um exemplo são seus dentes.Eles brilham como estrelas,mas os da frente,na parte superior,são um pouco maiores e tortos,mas quase ninguém parece notar isso.
De pele clara e lisa,ela é magra e alta,tendo pouquíssimas curvas.
De longe,os seus traços leves e sua cara de criança são os elementos que fazem ela se destacar das moças que sempre querem parecer mais velhas,fazendo caras e bocas,enquanto ela permanece com um sorriso genuíno.


Photoplayer:

Elle Fanning

Personalidade:







“Hold those blind shutted eyes
Dip them in rising the lights
Forget my name at midnight
It's ok, I'm a mime







“Stay up late with broken miles
No text from you, but I'll be fine
I fall asleep with ocean eyes
I say no words at midnight mime”

A felicidade sempre a pertenceu,mesmo que,durante determinados períodos de sua vida,ela ter tido que ser segurada com força para que não saísse do seu peito.Para Louise,a alegria está em pequenas coisas,o riso está em quaisquer bobeiras,o amor está em todos os cantos.Algo muito nítido em si é o espírito otimista,positivo,que a faz ver bondade em toda as pessoas,enxergar saídas fantasiosas para situações difíceis,além de fazê-la ser alguém difícil de se abalar por problemas cotidianos,pois tem a plena certeza de que eles logo desaparecerão,mesmo sendo diários,pois se tivessem mesmo soluções,nem existiriam mais.Sonha e imagina mais do que deveria,vai além dos limites às vezes,podendo passar horas sentada em um só lugar,se divertindo sozinha com os personagens criados pela sua mente fértil.Isto nos leva a dizer sobre o seu grande carinho pelos livros,pelas histórias que sempre a levam para um mundo distante,que ela diz existir,porém em outro plano vital.Sim,é muito sonhadora e ingênua,em todos os aspectos,para falar a verdade,até em alguns imagináveis de haver tanta puerilidade.Chamá-la de boba seria um mero elogio,não que se incomode com isso,muito pelo contrário,gosta de pertencer ao grupo dos tolos idealistas.
Herdou o dom da sua irmã de ser uma ótima observadora,atenta aos pequenos detalhes que costumam passar despercebidos aos olhos dos outros,mas o que as difere nesse quesito é que este atributo somente estimula mais ainda a extrema curiosidade que ela tem com tudo e com todos.Pergunta qualquer questão que lhe vier à cabeça,sem dar importância ao quanto a resposta pode ser óbvia,estar debaixo do próprio nariz.Corre atrás do que quer saber,ultrapassando até o que alguns costumam intitular como bom senso.Ela apenas é uma menina que se interessa até por insignificâncias.Ah,nunca diga que algo é insignificante,pelo menos não perto da loira.Acredita que tudo tem um motivo de existir.Carrega uma extrema timidez,que costuma aparecer mais no momento em que tem que chegar em alguém.Apesar da proporção,ela logo desaparece,não por completo,mas em uma boa porcentagem.Mesmo assim,a vergonha lhe atrapalha de várias maneiras,porque dificulta a criação de novos laços,em novos ambientes,então não ficaria surpresa se passasse toda a Seleção sem verdadeiras amigas,também não se importaria muito.Embora ainda doa,acostumou-se a não ter companhia,acabando por se fechar um pouco.É leal,o bastante para que você possa confiar um segredo de estado a ela,não contará para ninguém,nem com as maiores das pressões sobre si,consegue lidar com elas.O termo corajosa não se encaixa na personalidade de Louie,está bem longe disso na verdade,o medo a dominou desde o trauma causado pelos rebeldes.A partir desse dia,ela se tornou medrosa,talvez amedrontada pela própria sombra seja os dizeres certos.Aparições repentinas assustam-a de forma anormal,como se já não fosse difícil ter que disfarçar os tremores comuns em seu corpo,sempre presentes ali para recordar-lhe o quão apertado era aquele cativeiro.De vez em quando tem pesadelos,atordoantes,e acorda desesperada,chorando como uma bebê que acabara de nascer.
Recebeu uma rígida e refinada educação,é perceptível só pelo modo que se locomove com elegância,e pela leveza em cada movimento.Foi criada como uma dama,para justamente ser uma,porém deu – e ainda dá – trabalho pras tutoras,por ser preenchida de entusiasmo,que no fim atrapalha.Se comporta e obedece professores e autoridades em grande parte do tempo,sendo raro ter alguma queixa sobre ela,pelo menos nesse tópico,menos se tratar-se de algo que ela realmente tenha que se opôr.Quando se sente confortável e segura,deixa a formalidade de lado,e o seu lado mais calado também,tagarelando até não encontrar mais a sua voz no meio de tantas palavras.
Seus sentimentos são extremos,imponentes.Ou ela está transbordando de alegria,ou está afogada na tristeza.Está boiando sobre a calmaria,ou borbulhando de raiva.Não existe um meio termo para que ela possa se esconder,ainda mais com a facilidade de perceber o seu estado atual,somente pelo seu olhar.O mais raro de se ver é um fulminante,ameaçador,este de quando ela sente-se furiosa,por ser sempre calma e paciente demais,as pessoas mal sabem o tornado que se forma quando lida com uma enorme frustração.De garoa vai à tempestade.Tem um coração muito bondoso para conseguir simplesmente ignorar a infelicidade alheia,pois possui o mau costume de absorver as dores dos outros,infelizmente não pode resolver todos os problemas do universo,se pudesse,o faria.Se estiver ao seu alcance,tenha certeza de que tentará solucionar o infortúnio.Tenta ser compreensiva,embora julgue demais atitudes egoístas,por colocar quem gosta acima de tudo,então acha que todos devem pensar desta forma.Precisa ter meia hora de descanso para não se sobrecarregar,o que é fácil de acontecer.Não é exatamente um desgaste físico,mais mental do que corporal,por excesso de estresse e agitação.Gosta de manter as coisas na mais perfeita ordem,a boa e velha organização é a sua melhor amiga,tanto que os olhos doem só de avistar sinal de bagunça,e as mãos até tremem pela vontade de arrumar,não só locais,mas também a aparência das pessoas,independente de quem seja.É naturalmente sincera,diz exatamente o que pensa,mas sem deixar a educação de lado,nem a sensibilidade,principalmente.Acontece o mesmo com o que sente,não gosta de deixar nada escondido,preso na garganta,então bota pra fora o que é necessário.Demonstra carinho,por achar importante,também porque é carente,precisa de atenção,muita,e espera que os outros retribuam.Em brigas,costuma irritar o “adversário”,diferente da maioria,ela continua com a mesma postura e calma na voz durante a discussão.A morte da irmã desencadeou uma linha de pensamento confusos,em constante conflitos,assim como também causou mudanças,tais como a quebra da autoestima e o aumento da insegurança.Foi algo difícil de se lidar,um dos tempos que teve que se esforçar para continuar estável.Pode ser difícil de acreditar,mas ela não chorou,mesmo sendo quase que uma bebê chorona.


História:


Nascida em família renomada e de grande influência,não lhe faltou nada material durante todos os anos de sua vida.Não foi planejada,diferente da irmã,veio de surpresa ao mundo,dinheiro não era o que faltava aos pais,e sim o fato de Alana ser a grande aposta deles,uma nova bebê só iria atrapalhar.Sendo assim,a ausência da mãe e do pai afetou bastante o seu desenvolvimento como pessoa,e Charlotte e Beaulah,as empregadas que cuidavam das pequenas senhoritas Clement quando Annelise e Edward iam trabalhar ou sair,acabaram por ser um tipo de figura materna pra Louie.[i]

✖ ⚜ Dia do sequestro ⚜ ✖

Lembra como se fosse hoje,todos os detalhes permanecem salvos em sua memória.O horário,clima,a roupa que vestia,o motivo de não ter escrito a carta para o seu amigo naqueles últimos dias.Resumindo: se recorda de qualquer coisa daquele dia.
As aulas particulares haviam terminado,e durante uma explicação,convenceu a irmã de ir brincar perto das roseiras.O grande problema é que era proibido,porque as rosas ficavam no lado externo da mansão.O seu plano era só sair das muralhas,ver como as ruas eram.A irmã mais velha relutou,nos primeiros momentos,mas logo as duas iam pro lado de fora,através de um buraco que a filha mais nova tinha feito algumas semanas antes,este que era tampado com a grama alta do jardim de trás.Quem diria que uma menininha de 6 anos poderia ser tão esperta ?
Não tinha tanta coragem ao ponto de sair de perto da casa,então ficou encostada no muro da residência,analisando com um sorriso encantador os poucos carros passarem.Alana cutucava sua irmã,perguntando-lhe do que iriam brincar,enquanto Louise apenas olhava curiosa ao redor.Um garoto de casaco preto,junto de outros dois bem mais velhos,se aproximou das duas garotinhas.Se elas soubessem o que iria acontecer,teriam corrido no mesmo momento.

Família:



A[i]nnelise Clement
| 32 anos de idade | Atriz





Edward Clement | 36 anos de idade | Empresário





Alana Clement (atualmente morta) | Tinha seus 19 anos de idade | Modelo



Hobbies:





Gostos e Desgostos:

✘ Gostos:

Flores,de todos os tipos e todas as cores.
Borboletas.
Brincar de pique-esconde.
Desenhar.
Inventar histórias.
Ler livros,independente de qual assunto se tratar,ela irá adorar.
Dançar,apesar de ser muito mais do que um gosto.
Canetas coloridas.
Organização.

✘ Desgostos:

Competições
Falar em público.
Que fiquem cutucando-a.

Manias e Medos:

✘ Manias:



Roer as unhas quando está tímida ou ansiosa com algo.



✘ Medos:



Encontro Perfeito:



Presente Perfeito:



Motivo pelo qual está participando da Seleção:



Favoritou a fanfic?

Sim.

Palavra-chave:

Coroa.

Algo mais?



Quando sente-se triste,acuada,ou simplesmente quer ficar sozinha,se enfia no meio das flores e da grama do jardim do palácio,quase ficando invisível.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...