FAQ


Postado

Há uns bons dias fui desafiado a escrever um jornal sobre ''perguntas'' aleatórias, mas como eu sou teimoso resolvi inovar. Por isso, espero que este jornal (FAQ) sirva de muita utilidade para vocês. Explicado isso, vamos lá ao que interessa:

1. Qual seu nome verdadeiro? Por que eu deveria aceitar como meu nome aquele que meus pais escolheram, sem sequer eu ter idade para ser consultado a respeito? Acho meio injusto, afinal, nós somos quem temos que lidar com o nome para resto da vida. Por isso escolhi o meu nome "Henti", e gostaria que vocês respeitassem isso (além de me associar ao romancista G. A. Henty).

2. Qual sua altura/cor dos olhos/cor dos cabelos/(insira aqui atributo físico qualquer)? Em um mundo em que informações são profanas (no sentido de que é pública, qualquer pessoa tem acesso a qualquer informação que antes poderia ser mais sigilosa), estamos em um plano da superficialidade. Adquirimos informação mas não conhecemos de fato. Dessa forma as informações se tornam tanto perigosas quanto sem valor algum. Eu prefiro que, ao invés de obter informações sobre mim (ou meu corpo), você me conheça da forma que considero mais eficaz: ideias, pensamentos, crenças, objetivos, ambições, sonhos e ideologias.

3. Então quais são suas ideias, pensamentos, crenças, objetivos, ambições, sonhos e ideologias? Prefiro que você os perceba de forma indireta, ao invés de perguntar isso diretamente. Não porque eu goste de dificultar, mas porque dessa forma é mais funcional. Se eu responder essa pergunta objetivamente, não terá nem um pouco o mesmo impacto de você conhecer isso em mim através de diálogos mais subjetivos. E quem pode responder essas coisas em um jornal, sem ser superficial e esquecer coisas importantes?

4. O que gosta de ler? Romance, drama, distopias, terror, ficção científica, ecchi e yuri (sendo os dois últimos se for de bom gosto e bem escrito. Até porque, enredo de filme pornô barato ninguém merece).

5. Sobre o que você escreve? Gosto de escrever sobre o sofrimento e não sofrimento, de diferentes formas e abordagens. Mas também escrevo sobre o amor e pelas próprias contradições do ser.

6. Por que decidiu escrever? Porque em algum momento da pré-adolescência achei que eu poderia ser bom nisso, e algum professor me deu um 10 em redação.

7. Mas por que continuar escrevendo? Bem, acho que a linguagem tem um poder transformador, ainda que tão poucos queiram ser transformados, ao passo que precisamos muito disso. Então eu tento.

8. Hétero ou homo ou bi? Me apaixono por garotas. Por mais que eu me orgulhe de conseguir um relativo domínio da minha mente sobre tais sentimentos, ainda não sou o deus da racionalidade. Sou hétero.

9. Tem algum sonho? Sim. Escrever um livro é um sonho de pré-adolescência. Na época, eu nem me importava com o tipo de livro, só pensava em “escrever um livro” - porque meus heróis sempre foram os escritores, os criadores de ficção.

10. Pratica alguma atividade, física ou mental? Gosto de jogar Magic The Gathering com meus amigos, e meu deck é preto/vermelho, cheio de criaturas Goblins. Simplesmente amo os goblins. Possuem as habilidades mais suicidas e divertidas, além de frases hilariantes. E, a raça de goblins que mais gosto são os Akkis, goblins que aparecem na época de Kamigawa.

E é isso. Apenas deixo aqui os meus sinceros agradecimentos a quem teve a paciência de ler esse tanto de informação que acabei de escrever.

Aquele OI merecedor para a @_Rina e para a @SnrtMargarete por estarem aqui!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...