~hiII

hiII
? ? ? ? ?
Nome: 浳–浤–搰 { lia } –浤–搰–煤
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Teens


Postado

*:̤̤* morremos jovens, mas morremos sorrindo *:̤̤*




Nome:


Diana Steuben



Idade:

17 anos



Personalidade:

Diana não é o tipo de pessoa que passa despercebida; dá um jeito de que todos saibam seu nome e seus interesses. Gosta de confusão, por isso diz tudo o que pensa, especialmente se isso for causar algum tipo de intriga. Tem uma língua afiada e está sempre pronta para proferir palavras venenosas sobre tudo e todos, não importa o momento. Sempre que surge a oportunidade de contrariar alguém, ela o faz. Ama causar discórdia, sendo seu passatempo preferido deixar tudo ao seu redor um verdadeiro caos. Não é muito simpática com pessoas novas, mas por incrível que pareça, tem bastante amigos. Gosta de qualidade e dinheiro, mas não faz muito o tipo patricinha. Pode ser a pior cobra do colégio, mas não costuma usar poder financeiro como motivo para humilhar os outros. Não é obcecada por atenção, mas sempre dá um jeito de ser ouvida; ser ignorada é algo que ela não suporta. Normalmente, mostra-se insensível e cínica, como se não pudesse ser machucada por ninguém. Ninguém nunca viu Diana chorar ou sofrer por alguém. No entanto, é capaz de criar as vinganças mais criativas caso alguém ouse faze-la de boba. Tem em mente que todos ao seu redor se interessam por seus problemas e adorariam trabalhar para resolvê-los, e age assim com tanta convicção que alguns acabam sendo convencidos disso. Embora critique as festas dadas por anfitriões de baixa classe social, Diana não as perde por nada. Não aceita ficar de fora de nada, e é por isso que todos a conhecem- a garota está por toda parte, afinal. Não é romântica e descarta as pessoas que não lhe são mais uteis sem remorsos. Seleciona bem os (vários) caras com quem vai sair, mas não costuma passar do primeiro encontro.



História:

A família do pai de Diana é composta por grandes empresários vindos da Alemanha. Albert conheceu a mãe da garota no país atual e após um ano de casamento veio a primeira filha. Alguns meses depois, a mulher faleceu vítima de uma infecção adquirida por complicações no parto. E é aí que entra o fatídico caso do pai que guarda rancor da filha por ter levado a vida da mulher que ele amava. É claro que Albert jamais disse isso, mas é o que sente até hoje. Ele sabe que sente.
Como filha de um CEO, Diana teve tudo o que pode querer de bens materiais ao longo de sua vida, bem como todas as babás do mundo para brincarem com ela. Tem poucas recordações de ter passado tempo junto com o pai, que em parte vivia ocupado, em parte se sentia mal ao ficar perto da garota. Cresceu mantendo uma relação tão distante com seu pai que por vezes até esquecia que viviam na mesma casa. Diana começou a buscar atenção entre os colegas já cedo por este motivo.



Aparência:

georgina moffat
É alta e magra, mas ainda sim possuí algumas curvas modestas. A pele extremamente clara e os olhos azuis denunciam sua ascendência. Os cabelos loiros são longos e ondulados, sempre bem cuidados. Detesta seu nariz e por isso sempre procura disfarçá-lo com maquiagem. Possuí lábios grossos e dentes da frente um pouco grandes.



Gostos:

Roupas novas
Festas
Intrigas e confusão
Fofocas
Champanhe
Cheiro de flores
Homens mais velhos
Se dar bem
Ouvir as pessoas falando sobre ela
Lingerie da Victoria's Secrets
Coca Diet
Vinho
Coisas limpas
Viajar
Fazer os outros de bobo
Morder a ponta do canudo quando está bebendo algo
Cruzeiros




Desgostos:

Garotos imaturos
Suor
Animais
Perfume barato
Ficar por fora de alguma coisa
Carne vermelha
Ser feita de idiota
Demonstrar fraqueza
Acordar cedo
Areia
Latidos
Repetir roupas
Meias grossas
Ter crises de enxaqueca




Alguma meta que guarda apenas para si mesmo?

Sempre se prometeu que, quando fizesse dezoito anos, viajaria por toda a Europa e arranjaria um namorado de cada país.



Opção sexual?

Heterossexual



Par?

Disponível



Quer fazer parte de algum grupo da escola?

Líder de Torcida é uma boa, mas se não der, não me incomoda.



Você está pronto para Independence School?

Com certeza!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...