~LiaHyuuga

LiaHyuuga
Little Fickle Girl
Nome: ...
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 6 de Setembro
Idade: 16
Cadastro:

Prova de Existência


Postado

Prova de Existência

Correr em busca da felicidade é, para muitas pessoas, nada mais do que esperá-la bater em nossa porta. Aquela esperança que temos de repente e que nos faz parar de chorar só nos ajuda a continuarmos seguindo em frente e não desistirmos dessa espera.

Se você pensa no suicídio, é porque tem consciência de ser um mero humano no meio de todas essas outras pessoas, porque você sabe que nada mudaria para elas se você partisse. Porque sabe que não faria diferença para o resto do mundo se não existisse.

Não faria diferença para o mundo, mas faria diferença para quem te ama.

É completamente difícil erguer a cabeça e sorrir para um mundo hostil como esse em que vivemos, é duro se sentir obstinado e continuar seguindo em frente. Mas apenas vivemos em busca de obtermos a felicidade e fazermos algo que prove nossa existência.

Precisamos acreditar em algo. Precisamos venerar alguém. Isso comprova que somos quem somos e que existimos.

É da natureza humana se preocupar em ser lembrado. Podemos ser lembrados pelas outras pessoas, mas a Terra continuará girando e, infelizmente, chegará um dia em que não terá ninguém para se lembrar de nós.

Por que o pavor de ser esquecido? Por que o pavor da morte? Ela só faz sua tarefa. Somos meros humanos e fazemos parte da natureza. Se devemos viver, viveremos. Se devemos morrer, morreremos. Se seremos lembrados, não faz diferença. Ao menos para o restante do mundo.

Acontece que o que mais nos interessa é deixar nossa marca para as pessoas ao nosso redor, ou pelo menos para alguém. Para que assim possamos continuar vivendo sem nos sentirmos esquecidos e rejeitados. Então, que aceitemos nossa existência, e que nos façamos ser lembrados.

Reclamação? Não. Crítica? De modo nenhum. Somente mais uma reflexão sobre nós e sobre nossa tarefa aqui na Terra.

"[...] - Mas a vida é triste e solene. Somos deixados num mundo maravilhoso, encontramo-nos aqui com outras pessoas, somos apresentados uns aos outros e caminhamos juntos durante algum tempo. Depois nos separamos e desaparecemos tão rápida e inexplicavelmente quanto surgimos. [...]"
(O Mundo de Sofia)


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...