~Yuro_

Yuro_
Aspirante a escritora
Nome: Caty
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 24 de Agosto
Idade: 15
Cadastro:

Ficha A vida na meia noite


Postado

https://spiritfanfics.com/historia/a-vida-na-meia-noite-interativa-6348371

Nome: Sophie Gregor Malavais

Codinome de batalha: Bruxa (odeia esse codinome)

Idade: 18

Aparência:


Ela não se impressiona que os outros a chamem de bruxa. Seus traços são belos, mas as cores que a formam, seus cabelos, olhos, lábios e pele dão a ela uma aparência amedrontadora, como se fosse um dos cadáveres podres que controla. Que doce descrição não? Seus cabelos um dia foram de um loiro vivaz, mas agora caem numa pálida e morta cor, se assemelhando ao amarelado meio esverdeado do pus de infecções. A alquimista/necromante possui apenas uma parte ainda muito vivaz em seu rosto, seus olhos, as duas grandes íris de um azul intenso, que parece brilhar no escuro, dois globos de gelo espreitando das sombras. Seu nariz é delicado e belo, assim como a bela boca carnuda, que atrairia o olhar de muitos amantes, se não fosse sua cor esverdeada de aparência doente. O formato de seu rosto é estranhamente delicado e harmonioso.
Sua pele é o que mais a assemelha a um cadáver de um doente, pálida, nenhum sangue parece fluir por dentro dela. Como a maioria das coisas nela, é levemente esverdeada. Se deitasse e fechasse os olhos, sem dúvida as pessoas teriam que tocar em seu pulso ou pescoço para ter certeza que ela está realmente está viva. Seu corpo é belo e de curvas voluptuosas, mas é coberto, em sua maioria, pela cicatrizes de queimaduras, tornando a pele áspera ao toque. Essas cicatrizes que ela carrega vêm do tempo que acharam que ela era uma bruxa e tentaram queimá-la numa fogueira. O fato que sobreviveu é obvio. Mas com apenas parte do rosto e das mãos intactas.
Isso nos leva para outra peculiaridade dela, o grande capacete de ossos que ela usa sempre. Ela mesma o arrancou da criatura que o pertencia e o poliu, prendendo em seu entorno um pedaço de tecido, que usa para esconder a parte superior esquerda do rosto, onde o fogo beijou-lhe e arrancou-lhe um olho. Nele também costuma prender muitos frascos de poções, venenos e antídotos, que vivem a tilintar quando ela move a cabeça.
Ela tem essa aparência devido a seu uso da necromancia e seu constante contato com substâncias tóxicas.

Personalidade: Contrariando completamente sua aparência mórbida, poucas personalidades poderiam ser tão vivazes quanto a de Sophie.

Curiosa: Uma coisa pode descrever boa parte do que se resume a personalidade de Sophie, quase todo o resto orbita em torno desse grande Sol. Essa seria: curiosidade, sede insaciável por conhecimento. Extremamente curiosa, continuamente explora todas as possibilidades, principalmente se relacionadas a problemas complexos. Essa curiosidade é inspiradora e contagiante, que admira e encanta muitos por essa busca interminável por conhecimento dela.

Originalidade, gosto pela quebra de padrões e alta auto-confiança: Não gosta de fazer as coisas de uma maneira pré-estabelecida simplesmente por que foi daquela maneira que as coisas sempre foram feitas. Gosta de quebrar padrões com sua originalidade, inventividade e geniosidade, improvisando e criando soluções até para as mais complexas situações e problemas, seja eles sociais, matemáticos ou econômicos. Confia enormemente no valor de sua opinião e apresenta uma encantadora capacidade de ignorar o padrão, o tradicional e o autoritário.

Desejo por sempre melhorar e busca por novidades: Exibe um grande talento para conseguir atender as exigências até nas situações mais impossíveis. Uma característica sua é sempre estar atenta a melhorias, em busca de novos projetos, novas atividades e novos procedimentos. Obstáculos para ela é igual a desafios e oportunidades. Sempre trás coisas novas à sua vida e às dos outros ao seu redor.

Analítica e teimosa: Excelente em analisar tudo, desde a sociedade a um problema de matemática. Sua mente analítica e cientifica possui a capacidade de refletir bastante sobre algo até chegar a uma conclusão precisa. Embora tenha uma boa concentração e memória, tem horas que está completamente distraída. É teimosa e determinada e sempre que alguém lhe diz algo como "Isso é impossível de ser feito", ela tem uma reação instintiva de "Eu consigo fazer isso". Como a boa teimosa que é, tem certa resistência a aceitar ideias que não gosta ou que não concorda completamente. É uma idealista, defendendo seus ideais ferozmente. Por não aceitar ter esses ideais questionados ou confrontados, pode virar um pouco rebelde.

Impulsiva e desleixada: Não costuma fazer um plano meticuloso, só "se vira" com o que- ou quem - estiver a sua mão, contando com sua capacidade de resolver problemas conforme eles surgem. Por esse excesso de confiança em sua intuição e inventividade, pode acabar fracassando por não ter uma preparação mais completa.

Simpática, falante e mente aberta: É uma pessoa fácil de se lidar, raramente crítica, não que não forme uma opinião, só tem o hábito de mantê-la para si ao invés de compartilhar com todos, nem é ranzinza. Assim como sua curiosidade, seu bom humor é contagiante e se espalha entre seu circulo de amigos. Gosta de viver cercada de pessoas, sorri fácil e com frequência, tem a mente totalmente aberta, embora muitos a considerem uma excêntrica. Tende a tratar da mesma forma qualquer pessoa em qualquer posição hierárquica. A amizade é sua grande força matriz, a impulsionando sempre a seguir em frente.

Boa em argumentar: É uma conversadora fascinante, capaz de articular suas próprias ideias complexas com clareza, assim como entender as dos outros. Não o faz com frequência, mas é capaz de manipular pessoas, usando táticas no meio do debate para por seu adversário em desvantagem. Versátil e de mente ágil, reage com rapidez a modificações nos argumentos das outras pessoas. Geralmente, está vários passos a frente.

Suas atitudes e gestos: É um tanto ansiosa e hiperativa. Eventualmente, pode faltar certo tato e diplomacia em suas relações com as pessoas a sua volta. Busca partilhar seu conhecimento com as pessoas, sentindo que ajuda a si mesma quando as ajuda. Quer usar seu conhecimento e ideias para melhorar a vida de todos. Costuma ficar mais preocupada com a proteção do bem comum a proteção de um individuo especifico. Não gosta de brigas e discussões, ao menos que seja para defender uma pessoa com quem se importa, um ideal ou um princípio. Já que é muito mente aberta, é impaciente e grossa com os de mente fechada.

Família:
Se lembra vagamente da família, depois que a acusaram de bruxaria eles a entregaram sem nem sequer hesitar. Não se lembra de seus rostos, mas sabe que tem dois irmãos, uma menina mais nova e um menino mais velho. De seus rostos só se lembra que não choravam, não faziam nada, enquanto ela era tomada pelas labaredas.

Pai- Robert Gregor Malavais
Ela apenas recorda-se que ele era um homem grande, perto dos 2m de altura e provavelmente era um ferreiro. Tinha olhos negros e cabelo castanho.

Mãe- Maria Gregor Malavais
Era uma mulher baixinha e de aparência atrofiada, de longos cabelos loiros como palha e olhos azuis.

Irmã mais nova - Era uma menina de 9 anos, com os olhos da mãe e os cabelos do pai.

Irmão mais velho - Era um rapazote magro e desajeitado, com o começo de uma barba sobre o queixo, mas quase não aparecendo pelo cabelo ser loiro, esse foi o contrário da caçula, cabelos da mãe e olhos do pai.

Medos:
Fogo

Gosta:
De poções
De venenos
De livros antigos
De ficar em seu laboratório de alquimia
Testar sua poções e venenos
De ficar movendo a cabeça lentamente, apenas para ouvir o tinir dos frascos presos a seu estranho elmo

Não gosta:
Quando a chamam de "Bruxa"
Quando está perto de fogo
Quando a subestimam
Quando torcem o nariz pela sua aparência

Quer Hot?: Nada contra

Se quiser, é virgem ou não?: Virgem

Relação Com:
• Amigos:
Os trata com muita simpatia e bom humor, esbanjando seu carisma e sorrisos animados. Sua maior prova de amizade e afeto é dar um perfume criado por ela mesma ou um chá. Uma excentricidade que se permite ter.

• Inimigos: Não queira ser seu inimigo. Ela não perderá uma chance para envenenar aqueles que desgosta, então é melhor que fiquem de olho em sua comida e bebida. Não vê qualquer problema em fazer corpos caindo ao pedaços perseguirem a pessoas em questão até o fim do mundo. É vingativa e não perdoa fácil.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...