~MiniLua

MiniLua
Itachi s2
Nome: Jennifer
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Contagem, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 7 de Setembro
Idade: 20
Cadastro:

Adeus Escrava da Carne - Romantizar Estupro não é COOL


Postado

Adeus Escrava da Carne - Romantizar Estupro não é COOL

Bem, depois de tanto tempo sem nem logar no SocialSpirit e Nyah! Eu resolvi que deveria vir aqui e colocar um fim nisso.

Como vocês sabem essa fanfic é escrita há anos, desde que eu estudava no primeiro ano do ensino médio... Hoje eu curso o 4º período da faculdade. E é normal as pessoas mudarem bastante de opinião, principalmente na adolecencia em transição para a fase adulta.

Quando eu tive a ideia de Escrava da Carne meu desejo mais intimo era que no fim tudo entre nossos protagonistas se acertassem e vivessem felizes. Mas eu era uma criança e hoje tenho em mente que isso é doentio.

Não quero e nem vou dar continuidade a uma história onde todo o relacionamento deles fora constuido a base de estupro, agressão verbal e física, carcére privado; onde uma adolescente tenha passado por toda essas merdas e ainda no final perdoar e estar de bem com a sua consciencia de que ao lado dela dorme um psicopata.

Contudo, vocês podem dizer: Mas Jennifer, isso é só uma fanfic.

Não, minhas queridas e queridos, isso não é SÓ uma fanfic. Essa é a realidade de muitas jovens no mundo. Mulheres adultas, adolescentes e crianças, que tem suas vidas destruidas por uma pessoa que se acha no direito de decidir o destino de todas elas. Apesar de toda a fantasia de cara milionário japones, que de repente se apaixona pela mocinha que ele maltratou por meses... O Itachi de Escrava da Carne tem uma doença mental que não deve ser levada como algo banal. É algo que mesmo com tratamento sempre fará parte da cabeça dele.

Entretanto, vocês também podem falar: Mas Jennifer, a fanfic pode acabar com a Sakura indo embora.

Porém, eu me sentiria enganada. Vocês não? Eu me sentiria enganada pois com a doença do Itachi o único fim que vejo para ela é a morte. Porque, homens ricos compram a policia, homens multimilionários compram o mundo. Ele não a deixaria ir por livre e espontânea vontade. Poderia dar corda, mas uma hora ou outra ele iria puxá-la de volta. Eu me sentiria enganada porque eu tinha um ideal para essa história, um ideal que hoje eu sinto nojo ao pensar em como eu queria que terminasse.

Enfim, ao ler tudo que eu escrevi percebi que muitos e muitas de vocês podem estar simplesmente me odiando. E eu ESTOU de bem com isso.

Entretanto, eu também espero de coração que muitas de vocês abram suas mentes e vejam o quanto isso é errado. Porque eu sei que todas já passaram por alguma situação em que sua integridade foi posta em perigo, ou que provavelmente algumas já passaram por situações piores. Se é algo ruim no mundo real, é algo ruim no mundo ficcional. Eu demorei muito tempo para perceber isso.







Romantizar estupro não é uma coisa legal. Porque enquanto vocês apenas vivem na ficção quando lêem uma história, a cada onze minutos uma mulher é estuprada no Brasil... Imaginem no mundo?

Então Não pensem: "nossa, queria estar no lugar dela." "Com um homem desses eu não reclamaria". Não leiam esse tipo de ficção como se fosse algo normal, legal e/ou fofo. Porque não é. Não queiram estar no lugar dela. Porque essa situação é real. E o sofrimento também.

Se você ainda não entendeu tudo isso, é simples: Não haverá mais Escrava da Carne. Porque para que isso pare, precisa começar por alguém: por mim, por você, até chegar em grandes editoras que distribuem livros como "50 tons de cinza". E se você for consciente de tudo isso que eu disse acima, vai parar também de compartilhar essa coisa problemática.

Fica aqui o meu adeus não só a Escrava da Carne, mas ao site de fanfic’s.

E se você quer ler uma história linda ItaSaku onde as coisas são uma ficção saudável e que realmente da vontade de querer tomar o lugar da Sakura; leiam:

https://spiritfanfics.com/fanfics/historia/fanfiction-naruto-a-garota-dos-fones-de-ouvido-624435

Violência contra mulher: Ligue 180
Violência contra criança e adolescente: Ligue 100



Escutando: Nada
Lendo: Nada
Assistindo: Nada
Jogando: Nada
Comendo: Nada
Bebendo: Nada

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...