~Demon-chan

Demon-chan
Garota solitária
Nome: Ninguém que importe
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 25 de Maio
Idade: 16
Cadastro:

Ficha - Estações - Interativa


Postado

~ ❅☼ F I C H A ❁✿ ~

❅ Nome ;;

Zenon Cooper
(Nome de origem espanhola significa “O que da vida” ou “O que vive”)


☼ Idade ;;

15 anos

❁ Data de aniversário ;;

7 de agosto, sendo do signo leão

❅ Personalidade ;;

Ele tem uma personalidade neutra, indiferente, dificilmente e irritado, mantendo suas feições faciais em qualquer momento igual, não consegue se saber se está assustado, irritado ou feliz, só quem o conhece bem sabe muito bem como ele se sente sem precisar olhar para o rosto dele

Ao ficar feliz ele sempre da um sorriso discreto, um agradecimento a pessoa, em casos de extrema felicidade ele sorri, casos como esse são estranhos, já que como sua personalidade mostra, ele e indiferente nesse tipo de situação, ver isso se torna um acontecimento histórico

Quando quer chorar ou fica triste ele esconde seus olhos na franja do cabelo, dando um desculpa acreditável e aceitável e vai para um local calmo (de preferência local cheio de flores, jardins, estufas, entre outros) abraça seus joelhos e esconde seu rosto neles, chorando em silêncio para não ser descoberto

Envergonhado pode se ver um leve rubor nas bochechas, porém, além disso, não chega, virando o rosto para esconder ele, após a cor vermelha sumir de seu rosto encara a pessoa por um longo tempo antes de sair do local

Suas respostas são um pouco sem emoção, não sabendo ao certo se e afirmativa ou negativa, alegre ou triste, respondendo nada além do preciso, evitando entrar em um debate, todo calculadamente, nunca gostou de brigar por coisas desnecessárias ou sem sentido, prefere levar o ritmo da sua vida sem complicações

Já futuramente irá descobrindo novas facetas suas que desconhecia, como uma faceta de vergonha totalmente oculta em sua mente, assim como uma levemente pervertida


✿ Aparência;;







Ele possui cabelos curtos até a nuca de coloração morena, com sua franja cobrindo a parte de seu olho esquerdo, a coloração de seu olho visível e de cor azul, sobrancelha bem arrumada e cílios do tamanho certo, seu rosto não tão fino, nem tem traços exagerados, sua boca e do tamanho certo para sua face, dando um ar belo, seus lábios finos, rosados e macios, tendo uma pele alva sem marcas, macia por assim dizer e bem cuidada, seu corpo e bem formado, não tem tanquinho, porém as marcas dele e seu desenvolvimento aparece, aparentando ter uma força adequada a sua massa corporal, medindo 1,65 e pesando 67 kg

☼ Nome da personagem e de onde tirou ela;;

Tatsuya Himuro, do anime Kuroko no basket

❅ Passado ;;

Ele foi deixado ao cuidado de um amigo de infância de Saya (a mãe dele) antes de ter tido sua morte, desconhecendo o motivo seu amigo cuidou de Zenon o acolhendo junto a sua noiva, que atualmente e a mãe adotiva dele, eles o criaram, escondendo ao máximo a existência de Saya, ou foi assim que acreditaram

Quando ele tinha consciência do que acontecia ao seu redor e como toda criança curiosa ele começou a basculhar as coisas de Nikolas (sim, e com “K” mesmo) achando assim uma foto da mãe biológica dele junto com uma certa pulseira de ouro, tinha alguma coisa escrita nela, mas a sua idade ele não conseguia ler então não lhe deu muita importância ao objeto, basculhando mais nas coisas de Nikolas acabou achando mais fotos de Saya, porém desta vez eram com ele junto, sorrindo e fazendo caretas, rindo das fotos acabou sendo descoberto por Hina (a noiva de Nikolas) e levando bronca, nunca mais voltou a mexer ou ver aquelas fotos

Ao assistir a escola por primeira vez não foi uma das melhores experiências que viveu, os garotos de sua turma o deixavam de lado ou ignoravam, já que para eles, ele não se encaixava em nenhum “grupo” social deles, não era para lá de nerd, fazia esporte, porém não tinha interesse em entrar em algum treino, sua personalidade alegre e sorridente foi deixada de lado, trazendo uma faceta introvertida e solitária, poucos se aproximavam a ele por isso, ele só teve um amigo que mais na frente virou mais que isso

Tendo 10 anos de ignorar passou a agredir, o chamando de “Emo” ou “invade túmulos” pelo jeito que tinha o cabelo, ou, por sempre que o encontravam fora de casa estava vestido com roupas de cores mortas, frias e obscuras, mas desta vez ele ignorava os insultos e agressões, odiava brigar, para ele e desnecessário, porém seu atualmente namorado e melhor amigo Jeal o protegia deles, ainda lembrando-se do dia que contou a seus pais adotivos, que o viram como um amor inocente

No mesmo ano novamente veio a sua mente depois de anos a imagem de Saya, se perguntando por que seu pai teria a foto daquela mulher desconhecida por ele e por que Hina não gostava que se tocasse no assunto, disposto a ter mais informação foi atrás novamente das fotos e pulseira sem dono, procurando novamente a caixa onde tinham guardado, ou melhor, escondido àquelas fotografias, após achar elas começou a basculhas novamente elas, ao ver a pulseira pela segunda vez lembrou que tinha uma escritura nela, lendo “Salve ele”, no momento que estava prestes a guardar a caixa Nikolas aparece, se surpreendendo por ele ter encontrado a caixa, com um longo suspiro começou a contar quem era a mulher da foto, e por que ele o criou, isso aclarou algumas duvidas que tenha, já que ele não tinha nada de parecido aos seus pais, também que achou estranho seus pais serem ingleses e ele japonês, como muitas duvidas surgiram, era ela mesmo sua mãe? Onde seu pai biológico se encontra? E varias outras, porém Nikolas o cortou com um “Aos seus 15 anos explico”

Passando o tempo, chegou finalmente seus 15 anos, ele estava ansioso mesmo não mostrando, ele tinha contado ao Jael, que o apoiou em tudo, como o prometido Nikolas junto com Hina contaram cada detalhe que conheciam, desde que Saya foi a mansão Sakamaki até a ultima vez que a viram com vida, quando ela entregou o Zenon ao casal jovem, também ele explicou onde e a moradia que sua mãe se encontrava antes, dando assim a direção da mansão, ele sem hesitar arrumou todo o preciso para partir em menos de uma semana aquela mansão, o que não sabia e que o casal só fez isso por que era para Nikolas, doloroso viver com o filho de seu primeiro amor e ele ter uma semelhança na aparência a ela, tirando aqueles olhos azuis, assim indo a mansão Sakamaki por respostas a suas duvidas


☼ Apresente os personagens do seu passado ;;

Nikolas Cooper – pai adotivo, atualmente vivo.



Ele tem cabelos verdes longos até abaixo da nuca, seus olhos são de cor vermelha sangue, pele pálida e tem um corpo varonil, ele e amável e protetor, raramente pode-se ver ele serio ou zangado, atualmente sua idade e de 35 anos

Hina Cooper – mãe adotiva, atualmente viva



Ela possui olhos e cabelos de cor escarlate, sua pele e pálida e macia, não tem muito corpo e sua estrutura e quase infantil, ela e seria e madura, a cabeça da família Cooper , porém tem seu lado materno que sempre usou para criar o Zenon, idade de 32 anos

Jeal Forest - Namorado, atualmente vivo



Ele possui cabelos da cor azul, eles são até seus ombros, olhos de coloração cinza, aparentando ser mais velho que o Zenon sendo que sua diferença e de apenas 4 meses, ele e ciumento e protetor com seu namorado, e muito infantil, ele tem 16 anos atualmente


✿ Par/seu pai ;;



Sakamaki Shuu

❁ Relação com o par ;;

Ele por não ter muitas expressões e difícil de conviver, já que ao sádico loiro (como aos outros) gosta de ver o rosto dele banhado em dor e medo, reclamações e discussões sem sentido e curtas são o começo de tudo, ele se nega a dar seu sangue para o loiro e ainda ser assediado pelo mesmo, raramente se dirigindo amavelmente (do seu modo) ao vampiro, reclamações sobre a preguiça dele e o pouco interesse com o mundo – não e como se ele também se interessasse – reclamando por ele dormir em qualquer canto, já que o mesmo pisou e tropeçou com ele no meio do caminho

Após eles se conhecerem melhor, não e como se muito fosse mudar, algumas coisas básicas, tipo ele já não ligar quando o vampiro bebe seu sangue, ou ignorar os comentários com duplo sentido dele, como também às vezes tocar piano para ele, já que e uma troca, o loiro toca violino e o moreno piano, dando uma bela sintonia, elogiando o mesmo já parecendo um elogio de verdade quando toca ou acidentalmente ouve ele cantando, como também as novas expressões do menor são vistas, seu rosto levemente corado, sua faceta irritada e triste, as brigas continuam, porém não como antes, agora são por motivos importantes e chegam a ser mais longas – sendo que o menor odeia brigas – e seus sentimentos já podem ser vistos facilmente, o loiro já consegue descobrir o que o moreno sente sem ele precisar mostras expressões, e o moreno começa a entender mais ele


❅ Relação com outros vampiros;;

Sakamaki Reiji

Sabendo que os irmãos não se dão bem, ele se mantem afastado, não querendo entrar em uma discussão com o loiro, sempre sendo educado e frio com suas palavras dirigidas ao moreno de óculos, só iniciando uma conversa para pedir algum livro ou informação, além disso não e dirigido nada ao moreno de óculos, e nem ele começa com uma conversa

Sakamaki Ayato

Ele não tem uma boa afinidade com ele, já que pessoas com complexo de superioridade não são as que o agradam, evitando ficar a sós com ele e ao máximo falar com ele, achando algo curioso as vestimentas totalmente fora do lugar do ruivo, a única coisa que consegue chamar a atenção do menor, também seu estranho gosto pelos takoyaki e sua mania de chamar as garotas de tabua

Sakamaki Kanato

Um dos que tem mais afinidade, a aparência do vampiro ajudou nisso, já que para ele uma pessoa fofa e macabra a vez e uma mistura realmente agradável, também acha fofo seu gosto a doces – sendo que para ele são um pouco fora do seu gosto – mesmo achando o Teddy algo sinistro e mais macabro que o Kanato, compartilha seus doces com ele e além de o tratar amigavelmente e medir sempre suas palavras

Sakamaki Laito

Ele e muito irritável com ele, odiando os apelidos “carinhosos” que o vampiro de chapéu da para ele como para os outros, e assim dizer, nunca se deu bem com pervertidos, odiando até as falas deste, evita falar com ele ou o ignora, quando dirige a palavra a ele e para pedir alguma informação ou simplesmente pedir educadamente para parar de o chamar assim, mais alguma fala além disso ele evita

Sakamaki Subaru

Ele e outro que tem mais afinidade, já que ele ama ir para o jardim, tendo assim encontros com o albino, falando um pouco sobre as rosas e o quanto são belas, não ligando para a bipolaridade do vampiro, e outro fator que o faz mais próximo por assim dizer do albino, já que o menor e acostumado a lidar com pessoas assim –tanto mãe e ex-namorado eram tsunderes – então consegue conviver melhor com ele do que com os outros – tirando o par/pai – e claro, as vezes achando que o mais velho o venha a confundir com uma parede, tirando isso a relação deles e a mais normal

☼ Relação com outros oc's ;;

Depende da personalidade do ser, se elas/eles não se meterem nos seus assuntos por ele não a problema dos tratar bem do seu jeito, protetor com as garotas – não pelo fato de elas serem garotas – e um pouco serio com os garotos, mas sempre falando de algumas coisas – se tiver – em comum

✿ Algum objeto de extrema importância? ;;

As únicas duas fotos que consegui pegar de sua mãe – isso quando a mãe biológica dele era criança e a outra era antes de ela ir a mansão Sakamaki – que tinha o Nikolas



a primeira quando ela era criança



A segunda em um dia da época escolar de Saya, foto tirada por Nikolas

Também possui a pulseira que achou junto as fotos




Pulseira que Saya deixou para ele, com as palavras escritas “Salve ele”

❁ Curiosidades ;;

Ele cobre seu olho esquerdo como uma forma de criar uma mascara, já que ele acha que assim seus sentimentos que não deseja mostrar a ninguém estarão seguros

❅ Gosta de... ;;

- Livro de historia medieval, ama os jeitos de tortura que encontra nos livros
- Frutas cítricas, especialmente limão e laranja
- Felinos e répteis, trigues, onças, cobras, cobras pode se colocar como as favoritas dele
- Clima frio, ama ficar nas cobertas nas manhãs frias e as bebidas quentes, como achocolatado
- Rosas, ele gosta de todo tipo de rosas, como flores
- Musica com letras românticas e trágicas, o som de piano e violino como os outros instrumentos de orquestra o fazem relaxar
- Pequenos detalhes, isso faz ele gostar da pessoa, são os pequenos detalhes que o fazem se apaixonar
- Locais com campo verde, a natureza e o melhor local onde pode se pensar melhor
- Escrever, ama escrever sobre o que aprende, sempre tem sua livreta por perto
- Cozinhar, e um dos seus passatempos


☼ Não gosta de... ;;

- Desgosta de pessoas com complexo de superioridade, não fazem seu tipo
- Pessoas pervertidas, desde pequeno sempre sofreu nas mãos deles, tentando fazer ações de segunda intenção, por isso não às suporta
- Climas cálidos, o calor irrita a pele dele e além que sempre tem cheiro de suor e não pode beber bebidas quentes
- Maltrato aos animais, não gosta disso
- Ser julgado facilmente, sempre o chamou de “Emmo.” ou “rouba túmulos” pelo cabelo dele e seu jeito meio sombrio



✿ Passa-tempos ;;

- Cozinhar, ele ama cozinhar, sempre experimentar novos pratos e ver as pessoas felizes com sua comida
- Desenhar, ama desenhar animais, sempre observam eles e os desenha
- Tocar piano, o acalma, a musica liberta sua dor


❁ Manias ;;

- Tem a mania de morder os lábios quando pensa todos ao seu redor acham a imagem “erótica”
- Brincar com seus dedos quando não tem a resposta correta
- Girar o lápis enquanto desenha


❅ Medos ;;

Ele tem medo de ficar sozinho, mesmo não aparentando o mostrando, ele ama a companhia dos outros, tem medo de ficar sozinho

☼ Algum trauma? Se sim,qual e como o teve? ;;

Claustrofobia – ele teve esse trauma quando tinha 4 anos, estava com o Nikolas e Hina em um parque de diversões, ele tentou ir a um brinquedo sozinho, porém foi parado por garotos mais velhos, o trancaram em um banheiro publico e começaram a balançar ele, ele gritou por ajuda, já que tinha só quatro anos ele se assustou muito, foi achado por um guarda chorando e chamando a Hina, desde então ele tem trauma de locais fechados, sente falta de ar e pânico

✿ Alguma fobia? Se sim,qual? ;;

Não, ele não possui

❁ Hentai/lemon? Se sim,quer que ele seja como? (Selvagem,fofo etc.. ) ;;

Lemon ~ Selvagem ¬u¬

❅ Ciente que esta fic é um grande saco de machismo e que sua personagem pode ser maltratada/torturada/estuprada pelos demais,também que ela pode ser traída/sofrer um acidente/trair/etc? ;;

Muito ciente e acieto os termos do contarto ~

☼ Quais são os tipos de personalidade que se encaxam na personalidade de sua personagem? ( para ajudar na relação dela com os outros ) ;;

Personalidades bipolares, ele e acostumado a lidar com eles, também pessoas agitadas, os contrários se dão bem

❁ Como era a mãe da personagem? ;;

Saya Falilv – mãe biológica, atualmente morta



Ela possui olhos e cabelos de coloração negra, seus olhos são cobertos por óculos, ela tinha uma pele clara e alva, seu corpo tinha uma bela estrutura, seios, cintura e coxas do tamanho certo, nada exagerado, ela era gentil e energética, sempre carinhosa e perdoava facilmente, a idade que faleceu foi aos 19 anos

~~ ✿ Reações/Ações caso... ✿ ~~

❁ Descobrisse que tal vampiro é seu pai? ;;

Supressa, essa seria a reação que mais se encaixa ao momento, o evitar até conseguir processar a informação que foi dada, não conseguiria falar com ele até se acostumar com a ideia de que ele e seu pai

❅ Saber de todo o passado de seu pai ;;

Triste e compressão, entendo por que ele e fechado ao mundo, por que ele ser assim, sente tristeza ao saber que seu único amigo morreu, e que o irmão o odeia, quer mostrar que entende a situação

☼ Descobrir que seu pai matou sua mãe e que queria matar você também ;;

Raiva, na hora era raiva, saber que a mulher que o deu a luz e amou aquele vampiro foi morta por ele o fez sentir raiva do loiro, e isso piorou ao saber que ele pretendia o matar, isso o fez sentir menos por ele, uma vontade de matar o loiro e bater nele até se sentir satisfeito

✿ Descobrisse que iria morar no mesmo lugar que seu pai/no mesmo lugar que vampiros? ;;

Surpresa, nunca imaginou que sua mãe biológica veio morar em um local como esse, e também por que seu pai adotivo o mandou para aquela mansão, um pouco de medo, já que Hina contava historias sobre vampiros e lobisomens para assustar ele

❁ Descobrir que está apaixonada pelo seu próprio pai ;;

Estranho, nunca achou que depois do Jeal fosse se apaixonar, menos por seu pai, raiva de si mesmo, já que depois de saber o que ele fez e pretendia fazer com sua mãe e ele ainda assim conseguiu se apaixonar dele, tenta esconder ao máximo esse sentimento, já que para ele e errado, muito errado, porém não consegue reprimir o que sente pelo vampiro loiro e preguiçoso

❅ Descobrir que seu pai ama você ;;

Felicidade, uma estranha sensação de felicidade ao saber que era correspondido, também algo de medo, já que era mesmo estranho, um pai amar seu filho, com um amor que ultrapassa o amor fraternal, porém ele se sente feliz e levemente confuso, já que o mesmo acha que ninguém seria capaz de gostar dele além do seu antigo namorado

☼ O pegasse com outra garota ( coloque o quando ela estivesse lhe namorando ou não ) ;;

Ante de começarem a namorar, ele ficaria simplesmente incomodo, não entendendo por que se sente assim, sentindo um incomodo no peito e decidir ignorar, já que não tinha o direito a reclamar, não eram nada além de pressa e caçador, filho e pai

Após namorarem, sentiria raiva e tristeza, raiva de saber que era só um brinquedo, um objeto para se divertir no momento, tristeza de ainda assim amar ele, o ignoraria e trataria friamente, e caso o vampiro pedisse alguma coisa ele ia mandar ir com a garota


✿ Algo a mais? ( sem bichos de estimação ) ;

a voz dele e assim:



voz do cantante – Matsushita Yuya


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...