~boytoy

boytoy
Neutre
Nome: Lune ⊹
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

"t.k.d.w.c.h" and more


Postado


김청하→ Annamarie Roden

You're my super- h e r o☼

Nome Completo;
Annamarie Roden

Annamarie é um nome vinda da junção de ana com maria. O nome Ana vem do original em hebraico Hannah, mais tarde do latim Anna, que quer dizer "graciosa, cheia de graça". Já o nome Maria vem de origem incerta, que provavelmente se originou a partir do hebraico Myriam, que significa “senhora soberana" ou "a vidente”. Entretanto, seu sobrenome, vem da matriarca de sua família, que possuía ele como nome principal e era uma das pessoas mais gentis que conheceu.

Apesar de possuir descendência sul-coreana, por parte de mãe, seus pais optaram por não colocar um nome vindo do país de origem de sua progenitora.

É comum atender somente por Annie ou Marie. Mas, o apelido mais especial, era extremamente designado para p o u c a s pessoas; étoile, na lingua francesa, tem como significado "estrela". E, apenas algumas pessoas a enxergavam assim, como uma verdadeira estrela.

Idade;
dezesseis primaveras; três de março de dois mil e um; cobra; peixes.
Foi numa noite estrelada e limpa de primavera que Annamarie nasceu. Dezesseis sempre foi seu número favorito, acreditando que após fazer dezesseis anos, as coisas melhorariam ainda mais. Além, do principal fato, primavera sempre foi sua estação favorita.

Personalidade;
Annamarie Roden, apesar de nascer, nunca de fato possuiu a personalidade de uma criança que nasceu em ”berço de ouro”.
Na verdade, seu verdadeiro eu é completamente contrário, e talvez até um pouco frio na mente de algumas pessoas. Que, em sua percepção, deveria ser a de menina mimada, e indefesa. Afinal, ela mesma havia nascido nesse mundo.
O que muitos não se dão nem ao menos o trabalho de saber, é que desde pequena ela nunca fora educada assim. Sua educação veio do fato de estudar na melhor, entre as melhores, escola londrina. A qual ensinava para seus alunos que, sua classe social não definia quem eles realmente eram, o que poderiam fazer, e que também batalhavam para conseguir o que queriam. Que apesar de serem meninas, elas nunca deveriam se rebaixar para homem nenhum, e mostrar sua verdadeira força e determinação, mas, sem esquecer que haveriam pessoas que tentariam pô-las para baixo só por serem mulheres. E Anne levou isso para o resto de sua vida.
O humor irônico, e a personalidade forte, são algumas de suas principais características. Ela não é que nem uma “princesa” que só sabe ser educada e submissa a sociedade. É claro que não eram todos que viam essa sua “segunda’’ face, apenas os que a desagravam, e insultavam. Esse é o lado do seu humor que está mais em evidência; era uma verdadeira “rota escapatória” para fugir dos males do mundo real. Muitos se impressionavam com o nível de piadas sarcásticas, que algumas vezes machucavam, e respostas na ponta da língua, como se estivesse sempre preparada para o que falassem. Mas, não se engane, Annamarie é uma perfeita atriz. Suas respostas atravessadas e sarcasmo não significavam que ela tinha uma paciência perfeita. Por que, essa era a segunda coisa que lhe faltava.
P a c i ê n c i a, desde pequena nunca soube bem como tê-la, ou controla-la. Muitas vezes brincava que nunca nascera com ela, e que, por ventura, puxou isso de seu pai.
Annamarie Roden era como um espelho; possuía seu lado bom, e seu lado ruim. E, o único que a sociedade via era seu pior lado, mas claro, ela não fazia questão de esconde-lo.
Todavia, apesar dos apesares, Annamarie possuía uma vergonha extrema. Que, talvez, trouxesse algumas confusões internas para si mesma. Como quando pensava “Será que eu sou tão feia assim?” ou “Por que eles me olham desse jeito?”. O coração da nossa pequena étoile é repleto de compaixão, muitas vezes tomando as dores e problemas dos melhores amigos. Anne é muito esperta, ficando por diversas vezes em primeiro lugar no top cinco da escola.
É um verdadeiro turbilhão de sentimentos, que muitas vezes faziam se questionar sobre si mesma. Sempre possuindo um pouco de imaginação em seus atos, tornando-a uma “garota sonhadora”.
Aparência;
김청하→Kim Chungha;

É quase inegável dizer que Annamarie puxou mais a descendência sul-coreana de sua mãe, do que a londrina de seu pai. Só uma rápida olhada em seu rosto e corpo, deixa claro que sua beleza é um dos seus pontos fortes; ela não é como a maioria das asiáticas, que possuem traços angelicais, carinha de bebe, e que poderiam ter facilmente o primeiro lugar na lista dos “100 rostos mais bonitos do mundo”. A jovem possui traços fortes, marcantes, e talvez um pouco extravagantes. Qualquer um que cruza seu caminho, se impressiona com seus olhos escuros, parecidos com o de um felino, com as bochechas levemente saltadas, que possuíam tonalidade rosadas, e os lábios naturalmente rosados e traçados. Seus longos, e bem cuidados, fios já possuíram diversas cores, mas sempre se mantendo nas cores naturais.
Não era tão baixa, e nem tão alta, tendo em vista que media um metro e sessenta e um centímetros [1,61 cm]. Seu peso variava dentro da casa dos quarente quilogramas, mas atualmente, Annamarie pesa quarenta e quatro quilogramas [44 kg]. É dona de um corpo curvilíneo, nada muito exagerado, mas que ainda sim chamava a atenção. Possuía seios e bumbum medianos, um tanto avantajado, um pouco maior do que o “estipulado” para os padrões asiáticos. Com a barriga trabalhada, por influência de sua avó, que sempre a lembrava ”Uma moça bonita, é uma moça bem cuidada!”.

G I F S

H E A D E R S


História;
Era uma vez, a muito tempo atrás, um homem e uma mulher que possuíam o mais puro, e belo, amor. E, deixaram tudo, e todos, comandarem seu relacionamento. Entretanto, o amor não dura para sempre, ele enfraquece, ele desparece, e só a dor e perda prevalece.
A família Roden era conhecida em Londres, por serem donos da maior rede de fazendas de toda a Europa, e com algumas sedes na Ásia e África. Uma família boa que gostava de fazer loucuras! De correr pelo gramado com os pés descalços, ou sorrir para fotos, como se fossem bichos tortos! Era uma boa família para se ver, havia o pai, a mãe, e a pequena bebê.
Mas bebês crescem, pessoas envelhecem, e outras enriquecem. E, às vezes, o dinheiro pode subir à cabeça, fazendo-o esquecer sua verdadeira nascença. Ninguém de sabia fato como começou, mas só queriam que ver o sol se pôr, para então, toda dor acabar, e finalmente, a luz da lua contemplar.
O rei, que todos conheciam como Patrick Roden, era o mais famoso — e também, um pouco teimoso. Possuía traços marcantes, e talvez hipnotizantes. Um homem conhecido por muitos como um “bom pai, e inovador”, mas, que para poucos estava mais como um “monstro e ditador”. A jovem só queria dançar, e que mal isso teria? É a mais bela forma de seus sentimentos, mas que para seu progenitor, era uma completa perda de tempo. Tempo que, era preenchido por encontros e mais encontros, com mulheres com que não deveria se relacionar. Mas, o que importaria para ele? O amor já havia acabado, e sua diversão apenas começado. O vento sopra entre os cinco continentes, e em cada um existia uma mulher diferente. E, para a pobre mulher que só queria o amor de quem era perdidamente apaixonada, a dor fora a última coisa que ganhará, antes de terminar o ciclo que temia a chegada.
Havia também a pequena princesa, que já não possuía a mesma alegria que quando nascerá. Ela só queria se divertir e brincar, aproveitando o melhor do que o mundo poderia lhe dar. Mas, para seu pai, as coisas não funcionavam assim: ela tinha regras a seguir. Colocar o terno, e partir em direção a empresa, sempre sentando na mesma mesa. E, com o mesmo sorriso, seu dia seguiria, sempre tentando ser a boa filha. Mas, ela não queria ser a herdeira, não queria apenas possuir uma vida corriqueira! Ela queria dançar, se divertir, mas para seu pai, seu lugar era ali.
A jovem só queria dançar, mas seu pai insistia em lhe atrapalhar. Poderia dançar, e dançar, até a luz do dia acabar. Então, teve a brilhante ideia. De seu pai fugiria, e seu sonho se realizaria. Arrumou as malas e partiu para Georgia, aonde sua vida teve uma verdadeira vitoria. Era diferente de tudo o que conhecia, afinal, nunca passará da grande cozinha. Mas agora ela estava ali, sozinha em meio a tanta correria. E não se importava, por que se pudesse apenas dançar, aquele seria seu verdadeiro lugar.
Era uma vez, a não muito tempo atrás, um rei e uma princesa, que não eram totalmente da realiza. Mas possuíam sangue azul, de norte a sul. Estava não é uma história de contos de fadas, aonde o príncipe salvou sua amada, é a realidade, aonde um pai e uma filha não se amavam de verdade. Era apenas uma fachada barata, a qual apenas um lado a alimentava.

Sexualidade e curiosidades;


→ Aos seus quatorze anos, Annamarie se assumiu bissexual; tendo em vista que em toda a sua vida ficou apenas com quatro meninas e três meninos;
→ Desde pequena ela pratica dança, o sonho de sua falecida mãe, que gostaria que sua filha se tornasse uma grande, e conhecida, dançarina. Acabou que, a jovem amou dançar, levando essa pratica para o topo da lista de prioridades em sua vida.
→ Apesar de parecer apenas coreana, Anne é inglesa, com dupla nacionalidade coreana.
→ É poliglota, sabendo falar inglês, coreano, e cantonês fluentemente. Apenas tendo o francês no nível intermediário.
→ Seu primeiro, e único amor, era uma menina chamada Kang Seulgi [강슬기]. As duas se conheceram em um intercâmbio que fez para Seoul, quando completou quinze anos. O namoro das duas durou apenas oito meses, mas, infelizmente, a mesma morreu após um acidente trágico. E, depois disso, Annamarie nunca mais teve um relacionamento de mesma intensidade com NINGUÉM.
→ É uma apreciadora nata em quesito música, então, sempre que pode está cantando pelos quatro cantos; mostrando ao mundo sua bela voz;
→ Tem um grande amor por séries, filmes, e doramas; chegando a fazer maratonas que começavam nas sextas a noite, e geralmente, terminavam as terças a tarde.
→ Ainda no intercâmbio para a Coreia, experimentou pela primeira vez a bebida alcoólica e o cigarro; mesmo não admitindo para as outras pessoas, mas eles são seu “botão de escape” quando seu pai inventa algo relacionado a si, que não a agrada.
→ Ela está sempre maquiada, entretanto, seus únicos companheiros são o lápis de olho, o batom rosado, e a uma sombra com um pouco de glitter.
→ Por último, é uma grande apreciadora de esportes radicais [apesar de nunca ter feito um] e vídeo games [de qualquer tipo].



김기범 → Choi Hope

Nome Completo;
Choi Hope


Idade;
dezessete ; vinte de junho de dois mil; dragão; gêmeo.


Personalidade;


Aparência;
김기범 →Kim Kibum;


G I F S

H E A D E R S



História;

Sexualidade e curiosidades;














Breaking Rules


강예빈→Zhang Rena

Nome completo + Apelido;

Idade;

Curso;

Aparência + Gifs;

Photoplayer ;

Nacionalidade;

História;

Personalidade;

Orientação sexual;

Medos e manias;

O que acha da universidade Sorority Wars;

Qualidades e defeitos;

Deseja par? Se sim, sua relação com o mesmo [Não coloque como se conheceram, apenas como irá agir com o futuro par;

Qual republica irá pertence e como entrou para a mesma;

Sua relação com as pessoas da sua república;

Sua relação com as outras repúblicas;

Fatos e curiosidades;

Ciente que seu personagem me pertence a partir de agora;

Algo a mais;



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...