~I-Volunteer

I-Volunteer
Clato
Nome: Bia Odair
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 13 de Janeiro
Idade: 15
Cadastro:

Serena Grace Ficha


Postado

✖Modelo de ficha ✖

╋ Nome Completo: Serena Grace

╋ Significado dos nomes:

Serena- Tranquila

Grace- Graça

╋ Apelido(s): Grace

╋ Nacionalidade: Norte Americana

╋ Idade: 20

╋ Sexo: Feminino

╋ Sexualidade: Bissexual

╋ Dia do nascimento: 18 de março do ano 2001.

╋ Signo: Peixes

╋ Aparência: Possui cabelo avermelhados, sobrancelhas bem feitas, nariz arrebitadinho, lábios rosados e cheios naturalmente, bochechas coradinhas e os olhos são castanhos esverdeados dependendo do dia estão mais pra verde do que para castanho. Sua pele é delicada sem imperfeições, seu corpo é pequeno, não muito alta, 1,71. em curvas que combinam perfeitamente. Cintura fina, seios e bumbum medianos.


















































https://www.youtube.com/watch?v=HftYxYc6auU

https://www.youtube.com/watch?v=Ds0uHCGDqE4

https://www.youtube.com/watch?v=HcApGoCQKos


╋ Personalidade: Ela sempre foi uma garota meio esquisita para sua família, mas sempre teve uma personalidade difícil. Sempre foi dura consigo mesmo na escola. Desde pequena sempre quis se sair melhor que as outras crianças mesmo que se fosse em pintura a dedo. Ela é competitiva, é algo que faz por diversão. Competir. Ela tinha um coração de ouro. Sempre queria ajudar as pessoas de alguma maneira. Então acabava por ser uma garotal manipulável ao extremo. Ela nunca chegou a conhecer o amor. Pois viveu parte da vida presa sem contato com ninguém. Acreditavam que ela podia ver mortos então a achavam esquisita e ignoravam ela na escola. As poucas amizades que fez foram boas porém não duradouras. Foi sempre uma garota fora da linha da normalidade, ela olhava para um ponto e começava a falar com o nada e a rir. Ela era a anormal.

╋ História: Serena nasceu em Nova Orleães, Luisiana no dia 18 de março do ano 2001. Ela não chegou a nascer em um hospital, a mãe deu a luz a ela em uma banheira de casa. O parto não ouve complicações, fora feito pela parteira da rua, mas dera tudo certo, ela tinha nascido saudável e bem. Mas seu primeiro choro fora torturante a todos que estivessem presentes. Era agonizante ouvir a menina chorar. A partir do primeiro choro os pais faziam de tudo para que sua filha não chorasse. Eles a batizaram de Serena por ser tão tranquila e nunca chorar, mesmo com os esforços deles para ela não chorar.

Serena apresentou problemas mentais mais do que cedo, aos 3 anos ela jurava ver sua avó sempre andando pela casa, sempre falando vovó para cantos da casa. A empregada que tinha suas crenças acreditava de pé juntos que a criança via espíritos.

Como nunca chorava ou gritava os pais acreditavam estar fazendo um maravilhoso trabalho com sua filha, mesmo supostamente tendo uma criança que visse espíritos em sua casa. Então resolveram ter mais uma criança, porém ao em vez de uma veio duas, gêmeas. Anne Marie e a outra Marie- Jeane. As duas irmãzinhas nunca foram próximas de sua irmã mais velha já quando Serena tinha por volta de seus seis anos.

Aos seus sete anos ela abriu a boca para chorar e gritar pela primeira vez. Ao olhar para o gato da família a menina chorou e gritou. A mãe logo foi a seu socorro e a pegou no colo.

O curioso para a família de Serena foi a morte do gato no dia seguinte, parecia que a criança tinha previsto antes mesmo do acontecimento.

Os anos se passaram e as condições de Serena foram piorando. Como uma menina de 11 anos ainda tinha amigos imaginários? Os pais ficavam preocupados. A filha falava com seus amigos o tempo todo. Colocava a mesa para mais que cinco pessoas, sempre dizendo que tal amigo passaria lá para jantar mais tarde.

Isso levou os pais a consultarem uma psiquiatra por medo. A menina foi dada como louca após um tempo. Levaram á para uma casa especial e a deixaram por lá. Como era muito longe de Nova Orleães, os pais visitavam a somente em dias importantes. Como seu aniversário ou outras festas, como Ação de Graças e Natal.

Serena não melhorava nada presa lá. Sua situação só piorava.

Uma noite, Serena sonhou com um espírito a guiando por uma floresta até um pedestal. Ela se deitou e este espírito a amarrou. E então com uma adaga em suas mãos o espírito sussurrou em seu ouvido, a palavra grite. E então ele se preparou para mata-lá.

Então ela acordou bruscamente e gritou, gritou o mais alto que podia. As janelas quebraram e o lugar inteiro estremeceu. Os enfermeiros vieram a seu socorro, porém ela os desintegrou com sua voz. O grito tinha uma frequência tão alta que fez com seus cérebros explodissem, sua pele queimasse e logo depois se dissipassem e sobrasse somente pó.

Após o grito ela deixou os enfermeiros em pó e então ela fugiu. E levada por sua loucura e medo foi atrás dos seus pais.

Mas ao chegar até eles foi recebida por sua mãe. Ela abraçou a mãe e começou a chorar. Ela dizia não entender o que tinha acontecido, que não era culpa dela e nunca tivera a intenção de machucar ninguém.

Ao encontrar seu pai ele a olhou triste com sua espingarda na mão. Ela chorou ao ver seus pais juntos. Ela sabia o que viria a seguir. Então ela gritou.

Com sua voz seus pais foram totalmente desintegrados. Ela não procurou as irmãs por medo de machucar elas.
Serena subiu as escadas de casa e foi para o seu quarto com medo do que poderia acontecer agora.

E ficou por lá até o seu controle ser perdido.

✖ Família ✖

▶ Nome:

Mãe- Kimmy Grace

Pai- Leonard Grace

Irmãs- Anne Marie e Marie Jeane Grace

▶ Idade:

Mãe idade- 43 anos

Pai idade- 45 anos

Irmãs- 14 anos

▶ Relacionamento com o personagem:

Mãe- Elas sempre foram próximas, a mãe sempre teve um pouco mais de cuidado com ela. Tinha aquela quantidade de preocupação materna. Elas tinham um vinculo forte e por isso foi difícil Serena mata-lá.

Pai- Ele era médico, então tinha uma dificuldade maior para ela ter contato com ele. Mas apesar eles se davam muito bem. Faziam passeios juntos e tudo.

Irmãs- Logo que elas nasceram os pais já estavam de olho em Serena e não deixavam a filha se aproximar fácil. Então ela nunca teve muita oportunidade de estabelecer um relacionamento apropriado com as irmãs.


▶ Aparência:

Mãe-







Pai-



Irmãs-



▶ Vivo ou morto:

Pais- Mortos. Ela os matou por medo de ser morta. Ela gritou até desintegrar os pais.

Irmãs- Elas estão vivas morando com a vó na casa dos pais.

2° Ficha – Vilão

╋ Identidade falsa: Siren ( por causa de seus gritos )

╋ Aparência de vilão: Tá igualzinha

╋ Habilidades: As habilidades de Siren incluem lutas corpo a corpo e ginástica. Ela é muito flexível e luta muito bem. Jiu Jitsu, Karate, Judo. Explicarei como ela aprendeu na história de vilã.







╋ Poderes: Ela pode se transformar em fumaça, e se teletransportar para os lugares. Seu grito dependendo de sua frequência pode causar danos graves principalmente a morte. O menos pior seria a surdes temporária e perda de conciencia. Pode prever mortes. Caso ela chore em sua frente é porque sabe que você vai morrer. Costuma não contar sobre esse poder para os outros. Consegue ver gente morta e conseguir informações.

╋ Como conseguiu os poderes: Ela nasceu com alguns poderes. Como o grito e o choro da morte. Mas adquiriu os outros ao entrar em contato com sua parte antiga dentro dela.

╋ História de vilão: Após seis anos escondida do mundo real, tendo só contato com o lado de fora quase que duas vezes por semana, ela teve o sonho que provocou o verdadeiro inicio de sua loucura interna. Após matar todos os enfermeiros de seu andar, e fugir pela porta da frente, ela seguiu de volta para Nova Orleães, onde encontraria sua família novamente.

Ela perdeu a consciência durante um ano e dois meses antes de retornar para a casa. Foi quando seu outro lado assumiu, o seu outro lado se nomeava Mads, e ela se virou para viver uma vida. Mads controlava tudo em sua vida, as pessoas a sua volta, suas notas, seu físico, tudo basicamente . Mads passou a fingir uma vida normal enquanto na verdade estava envolvida em mais de 23 assassinatos cometidos todos de formas diferentes.

Serena tomou a retomar o controle ao seus 18 anos. Ela despertou quando estava em uma casa como se estivesse arrumada para uma festa. Em volta dela havia sangue e pessoas mortas. Será que tinha sido ela?

Elas sempre entram em conflito entre elas para ver quem fica no controle. Quando Serena voltou ela foi recebida por sua mãe e seu pai mas sabia que teria que matá-los. Nunca quis rever suas irmãs pela grande quantidade de culpa em cima dela por acabar com a família deles.

Ela se escondeu em sua casa até decidir seguir sua vida naturalmente.

Após um tempo já aos 19 anos ela já conhecia bem suas habilidades ela resolveu recuperar uma parte de sua vida. Mas não seria algo tão fácil assim.

Ela então se mudou para Nova York e se ajeitou com secretária de uma grande Empresa. Seu chefe não fazia muitas perguntas só falava para ela fazer as coisas para ele. Sempre o Básico.

Porém, ela estava incomodada com Mads sussurrando e uma vez que fez um acordo com Mads, dizendo que ela teria controle de seu corpo por tal quantidade de tempo, ela se encontrou presa dentro dela mesma logo depois.

Mads dessa vez tinha aprontado feio e fora pega. Mads tinha matado quase todos da empresa.

Com o treino físico que Mads fazia na prisão os músculos guardaram a rotina, e então Serena automaticamente sabia o que fazia sem saber o que fazer ao lutar com os guardas da Prisão.

Então quando finalmente cansaram de tantos mortos eles a sedaram e colocaram nela uma focinheira para ela não gritar sem se ferir.

Com sua transformação em vilã, ela adquiriu conhecimento e sabedoria antiga. Então ela consegue controlar seus dois lados com dificuldade, mas consegue.


╋ Personalidade de Vilão: A personalidade dela pode ser sempre muito variada, é claro. Pois tem seus dois lados. O lado antigo pode ser um pouco mais assassino, mimado, mais humorado, fazendo piadinhas e dando um jeito dos até mais emburrados rirem, ela também tem aquela sede de sangue de um jeito com humor, ela vive a maior parte do tempo com o controle do corpo. Podem até achar que o lado que Siren vê tão mal é o seu melhor lado. Ela não gosta que as coisas deem errado para ela. Costuma ficar com muito ódio e faz de tudo para provar seu nível de raiva e como que se meter com ela não é uma boa ideia. Mas o lado Siren é mais frio e controlado. Com um humor mais reservado e fechado. Ela lida bem com seus lados. Mas como acha que não foi por acaso que nasceu com isso dentro dela ela consegue não se importar por onde se mete. Pois se ela estiver viva está tudo bem. As duas costumam usar a sensualidade como arma também, falando macio e enganando as pessoas a sua volta para conseguirem o que querem, mas é claro que ninguém nunca as tem pois elas nunca concordam no que querem realmente. Pois são vozes uma na cabeça da outra.


╋ Roupa de vilão: Apesar de parecer uma roupa desconfortável ela é pratica para lutas e muito confortável. Ela foi feita por Siren para que ela não ficasse nua em casos que precisasse se transformar em fumaça.




╋ Armas: o
Informações

╋ Gostos: Mads gosta de explodir coisas com sua voz e rir da desgraça alheia. Pode se dizer que Mads é uma criança mimada que gosta de matar acho. Siren gosta de passar seu tempo sem matar ninguém em seu sofá. Curte dormir e conversas intelectuais e não muito pessoais.

╋ Desgostos: Mads Siren, Siren Mads. Elas se odeiam mas trabalham bem.

╋ Manias:

Mads -Lixar as unhas para matar o seu tédio, ficar dando estrelinha, estralar as juntas.

Siren- Cochilos acidentais, olhar para um ponto fixo enquanto pensa.

╋ Medos: Seu maior medo é que Mads domine seu corpo por inteiro. O medo da Mads é dentistas.

╋ Objeto valioso

A mãe deu para ela prometendo sua proteção ao internar ela pela primeira vez nem Mads tira o colar.




╋ Extras da aparência: Sua pele é lisa não tem perfurações.

╋ Alguma meta de vida: O sonho das duas é conseguirem se ver livres uma da outra e seguir o caminho delas é claro.

╋ Par: O par ideal para elas seria alguém que fizesse as duas personalidades aceitarem suas diferenças e se resolverem finalmente. Eles seriam intocáveis juntos. Enfrentariam suas dificuldades e apoiariam um ao outro. Claro que as duas são bem diferentes então podem acabar se relacionando com pessoas diferentes.

( ) Escolherei eu mesmo
( ) Criarei o par do meu personagem (Lembrando que nem todos os personagens podem passar, a menos que sejam muito bons)
(x) Quero que a autora escolha por mim


╋ Música do personagem: Grace - You Don't Own Me ft. G-Eazy

╋ Frase que seu personagem sempre diz ou interpreta em sua vida:

Isso esta tão ruim... Vamos piorar!

╋ Algo a mais: ela consegue transformar somente algumas partes do corpo em fumaça caso queira, por exemplo o ombro caso for levar um tiro no mesmo. Ela tem uma fraqueza que pode ser usada contra ela caso ela esteja em seu modo fumaça. Ela pode ser presa em objetos e ser contida lá por anos e anos.


╋ Sabe que posso matar seu personagem se preciso, não sabe: Sim

╋ Seu personagem será de minha autoria a partir dai, tem noção disso: Sim


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...