~WeeklyB

WeeklyB
WeeklyB
Nome: B
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 16 de Dezembro
Idade: 20
Cadastro:

22/01/2015


Postado

Frase do dia: "Cause when you're fifteen
And somebody tells you they love you
You're gonna believe them"

Depois de muito tempo sem postar nenhum jornal, eu voltei! Hoje eu assisti um filme que me deixou muito inspirada em escrever um jornal. O filme é G.B.F. E assim, não sei o que eu vou escrever tem a ver com o filme, eu acho que não na verdade, mas me veio isso na cabeça. E o assunto de hoje é COLEGIAL. Colegial. A melhor e a pior parte da sua vida. Vou explicar isso melhor. Tipo assim, hoje em dia eu acho que não mais, eu acompanho a minha prima que tem 12 anos e vejo que não é mais do jeito que era. Tá, eu não sou tão velha, mas até a minha geração pelo menos a gente só foi arranjar namorado no colegial. Demos o nosso primeiro beijo no colegial. Tivémos nosso primeiro amor correspondido no colegial. Você sabe: antes era só paixonite de sentar ao lado na classe e fazer dupla no laboratória. Mas nunca tinha rolado nenhum beijo, nenhuma coisa de verdade. E aí você chega no colegial e você sente o lábio de outra pessoa no seu. Você beija alguém é o seu primeiro amor. Depois que a magia acaba, você entra em depressão, acha que nunca mais vai se apaixonar, e é isso que acontece com o primeiro amor. Até que você conhece outra pessoa e sabe, a partir daquele momento, que s enão der certo, vai ter outro alguém, mas você realmente não quer que isso aconteça. E é também uma fase de muitas festas, e risadas com os amigos, quando você continua fazendo idiotices, mas na verdade você cresceu. É uma fase bem confusa. E você também fala um monte de besteiras com seus amigos e é quando também você começa a ter amigos do sexo oposto, porque pelo menos na minha época era assim: até o ensino fundamental, meninos mal se falavam com meninas. Era tipo: Nossa, que horror! Meninos arrotam! São nojentos! Ugh! E no colegial você realmente precisa de alguém do sexo oposto do seu lado. Então é uma fase muito boa. Mas é horrível também porque você tá na adolescência, uma fase completamente confusa e que tem toda a pressão do vestibular, muitas provas pra fazer e que está em jogo a sua vida inteira e o amor dos seus pais. Vai por mim. É uma fase foda. E todo mundo tem que ser o primeiro, o pioneiro em tudo, como diz nesse filme que eu assisti. Tem as meninas que querem ser as primeiras a lançarem uma moda na escola, seja lá o que for. Tinham algumas meninas da minha série que apareceram com MEIAS NA CABEÇA, achando que iriam lançar moda. Tipo: Oi? Você tá mesmo fazendo isso achando que vai dar certo? E tem as que querem ser as queridinhas do professor pra conseguirem carta de recomendação pra estudarem no exterior sem fazer porra nenhuma. Tem aquelas que querem ser as primeiras a apareceram com o novo iPhone. Ou até mesmo ser a primeira a comprar ingresso pro show do ídolo. E tem aquelas também que querem ser as primeiras a perder a virgindade ou seja lá o que for! E também é uma fase de crescimento. Você cresce muito nessa época, tipo, emocionalmente. No primeiro ano você ainda faz qualquer coisa pra ficar/namorar aquele menino do time de futebol. No segundo é uma fase que você não liga qual menino for, você pega qualquer um. E no terceiro, você tá tipo: foda-se os meninos, preciso me concentrar no vestibular. É uma fase simplesmente inexplicável. Eu simplesmente amo o colegial. Ou não.

Escutando: Sugar
Lendo: Elefantes Não Esquecem
Assistindo: G.B.F.
Bebendo: Coca-Cola

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...