~KpopperBaixinha

KpopperBaixinha
Yaoi shipper~
Nome: <3
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Luis, Maranhão, Brasil
Aniversário: 23 de Março
Idade: 17
Cadastro:

Fanfic Party On - Ficha


Postado

Fanfic Party On - Ficha


Ficha:

Nome Completo:
Charlotte Miranda Da Vinci

Apelido:
Ruivinha

Idade:
18

Sexualidade:
Bissexual, mesmo que ela prefira homens, de acordo com ela dá mais prazer. Em nenhum dos dois lados ela é submissa, ela gosta de ter o controle.

Personalidade:
Uma garota de mente aberta e talentos escondidos, sempre foi alguém criativo, inteligente e confiante, tudo dentro de si é pura divergência, tem gostos extremamente diferentes e sempre surpreende a todos, pois a mesma é complicada e misteriosa, ou seja, um enorme e complicado enigma. Ela é observadora e atenta a tudo e a todos os detalhes, sempre esta atenta, e nunca, eu repito, NUNCA, baixa a guarda, seus olhos exalam uma força de vontade e confiança as vezes inabalável, mas ela é uma menina estranha que tem vontade de gritar ao mundo ''FODASE ESSA MERDA!" e viver por aí sozinha, sobrevivendo até onde dá, por que outro ponto crucial dela, ela odeia com todas suas forças( que não são poucas) receber ordens de quem quer que seja, pouco importa quem seja, ela não obedece fulano nenhum que ouse mandar nela, claro as vezes abre exceções, quando é um amigo querido, ou alguém que ela julgue ser confiável , não aceita de bom grado, fica emburrada e mandando fuderem ele até o talo, mas faz. É extremamente teimosa e absurdamente orgulhosa e nunca dá o braço a torcer, gosta de sentir a adrenalina a flor da pele, gosta de se arrepiar em uma situação de perigo, gosta de sentir emoções fortes e que façam seu coração disparar e sua mente gritar em pane, sempre está a buscar novas maneiras de se aventurar, corajosa e justa, sempre busca uma maneira de resolver os problemas de maneira justa, gosta de noites de lua cheia e dias chuvosos e nublados, não gosta muito de silencio e coisas monótonas, por isso sempre busca novas maneiras de mudar e inovar seu dia, o tornando único e inesquecível, ao seu jeito claro.
Tem um amor-próprio muito forte, e é honesta e sincera demais, consigo mesma e com aqueles ao seu redor, gosta de ter amigos verdadeiros( quem não gosta?) e sinceros com ela, tem um amor estranho por cristais quebrados e seu próprio sangue. Tem um tara absurdo por homens que fazem striptease, principalmente os negões e gosta de ficar olhando para a bunda dos homens com aquela carinha, e gosta de mulheres peitudas, mas não aqueles peitos falso, tem que ser OS peitos, mas se não for, tanto faz, transa não se recusa. Tem um amor por fotografia e publicidade muito grande e no futuro pretende juntar os dois em seu trabalho e se tornar a melhor no ramo, gosta de tocar piano em dias chuvosos, ou em qualquer momento, é extremamente desbocada e irônica. Possessiva? Nem tanto, não faz questão de muita coisa, ciumenta também não. Outra coisa, ela não é cu doce, ela ODEIA cu doce, serio! Ela é bem esportiva, e seu favorito é Basquete, e ela prefere ter amigos homens, ela não sabe explicar direito, ela só se sente bem com a sinceridade absurda deles e seus jeitos, ela não dispensa amizades femininas, mesmo preferindo as lésbicas, mas seu melhores amigos sempre são homens. Tem um amor tão grande por fotografia que sempre, repito, SEMPRE esta com uma câmera em seu pescoço, ela gosta de registrar momentos em que esta junto da família e amigos, para poder olhar para essas fotos e rir muito. Tem um trabalho de fotografa pornô também, mas é segredo, Mas apesar de tudo isso, é uma pessoa digamos assim... Interessante aos olhos de muita gente.


Aparência:
(As tattos dela)






História:
Nasceu e cresceu em uma família de cientistas, desde pequena os diziam que ela seria o futuro da família e que seria uma grande cientista e tal, tinha até feito amizade com os filhos dos amigos dos pais, conheceu um garoto chamado Maxwell, que virou seu grande amigo desde então, vivendo aventuras com direito a historia... Aos 10 anos enquanto brincava na casa de Maxwell , conheceu Melissa, uma empregada da casa apaixonada por musica, ela estava tocando no piano De algum escritório da casa , nunca tinha visto aquele instrumentos fazer som, sempre quis tocar nele, mas nunca teve a oportunidade, ficou maravilhada com aquilo, ao ver Melissa ali, cantando e tocando aquele instrumento empoeirado com tanto sentimento e tanto amor a cativou, ela queria aquilo, queria tocar aquele instrumento tão bem quanto ela, chegou de fininho e tocou 3 teclas juntas, primeiramente Melissa se assustou, mas ao ver que era a pequena aprendiz, parou na hora, Charlotte implorou para que continuasse e ali nasceu uma amizade, pediu que melissa a ensina-se a tocar o piano, que concordou hesitante, mas ensinou, passado os anos Charlotte perdeu completamente o interesse por ciência, ganhou uma irmã, a Luna e começou a compor musicas, aprendeu a tocar outros instrumentos e fazia shows pequenos por aí, em um desses shows, conheceu Louis, um rapaz aspirando fama que cativou a menina, e depois de alguns meses ficando, começaram a namorar. Mas depois do começo de namoro, Charlotte viu que ele era de verdade, um rapaz ganancioso, ciumento, possessivo e autoritário, ele queria mandar nela, agora, como sabemos, ela não é de ser mandada, então esse namoro não chegou a durar sequer 1ano, seu pai vivia brigando com ela pra que parasse com tudo aquilo, pois não tinha futuro, mas ela continuava. Até que um dia o pai resolveu tirar tudo dela, tudo, seus cadernos de musica, instrumentos, tudo. Ela ficou arrasada, ficou meses sem ter um objetivo na vida, quando Maxwell a chamou para um passeio em um parque perto de lá, era uma tarde nublada, lá Charlotte encontrou um homem sentado em um banco segurando uma câmera fotográfica, ficou curiosa a respeito de o que ele estaria fazendo ali olhando para o nada, mas não foi para perto dele e continuou com o amigo. No dia seguinte ela foi aquele mesmo parque, encontrando novamente o mesmo homem no mesmo lugar, e ficou lá a tarde toda o observando, esse processo seguiu por 3 dias e no 4º resolveu falar com ele. (Vou fazer um dialogo aqui, por que essa parte é muito importante.)
-Finalmente resolveu vir falar comigo né ruivinha? - Disse o homem.
-Poise, mas espera, você sabia que eu te observava?
- O tempo todo.
- Hum... E o que faz aqui? Digo, o que faz, para repetir todos os dias esse mesmo processo?
-Sou fotografo paisagista, e no momento estou esperando ele aparecer,
- Ele? - Perguntou ela, o vendo pegar sua câmera e ir para a grama, e enfim o sol sair de trás do nublado do céu, era uma visão comum, mas vendo do ângulo dela, daria uma ótima foto. Ele se levantou e pediu que ela continuasse ali sentada olhando para o céu, e aquela foi uma tarde ótima para ela, servindo de modelo para aquele desconhecido. No fim da tarde viu que o cara era bom, e ali percebeu uma nova chance para ela, e pediu que ele a ensinasse tudo que sabia, ele concordou.
-Mas me diga ruivinha, qual seu nome?
- Charlotte. E você moreno?
- Davi.
Depois daquele dia coisas mudaram na vida de Charlotte, seu quarto e sua vida deram uma grande repaginada, onde antes havia música, haviam imagens e desenhos espalhado por seu quarto, varias câmeras fotográficas e lentes, seu estilo mudou com o tempo, fez tatuagens e colocou piercings. Tinha como principal objetivo se tornar uma grande fotografa publicitária e paisagista, era centrada e sempre ouvia as dicas de Davi, Maxwell já havia chamado várias vezes para fazer as fotos de aniversários de amigos seus, e sempre havia o mesmo resultado, um trabalho bem feito e uma fotografa muito profissional naquilo que fazia, ela se tornou principal referencia de ''fotografia'' para o amigo, pois segundo ele, ele é a melhor. Mas ela ainda sente que falta muito a aprender e se esforça ao máximo para evoluir (POKÉMON!... ta parei!). Em relação a seus pais, eles viram que a filha não era para ser uma cientista, no inicio não aceitaram, mas uma noite o pai entrou no quarto da filha e viu o grande mural de fotos em sua parede, e bem no meio de tudo, uma foto de sua mãe, irmã e ele, o mesmo ficou emocionado e surpreso com o talento da filha e resolveu ceder enfim e apoia-la naquilo que ela queria, a mesma ficou muito feliz com o pai, ela até perguntou se poderia fazer uma sessão de fotos da família, que aceitaram de bom grado. Depois disso os pai a mandou para vários cursinhos e tal, mas sabe, tudo isso que ela tem hoje, ela diz que foi graças a seu amigo Maxwell, pois graças a ele ela encontrou um rumo para a vida, e o perdeu. E novamente graças a ele, ela encontro a luz no fim do túnel, por isso as vezes em momentos de silencio entre eles ela fala ''Obrigada loirinho''. Sobre Melissa, nunca mais a viu e Maxwell diz que ela se despediu e foi tomar o ramo da música, inspirada por Charlotte, e Davi, bem ainda mantém contato e as vezes vai no estúdio dele para uma sessão de fotos surpresa, o moreno não se importa, já que são como pai e filha, ah só para constar ele tem 30anos.


Gosta:
noites de lua cheia
gatos
aventuras
cheiro de livro novo(é pior que maconha sá porra!!)
adrenalina
emoções fortes
café
dias frios e chuvosos
arvores
carne
a sensação do vento batendo em seu rosto
armas brancas
conversar
dormir.
fumar
beber
tocar piano
fotografia.


Não gosta:
silencio
ficar parada
se sentir observada
treinar agachamentos
receber ordens
discordarem dela
Cu doce
coisas românticas ou melosas demais
putianes da vida
perder
e uns milhões de caralhos aí, é muita coisa então, só os principales.



Vai cursar o que na faculdade?
Publicidade e Fotografia

Bebe? Fuma?
Ela fuma, meio que não é exatamente um vicio, ela faz isso no tédio ou quando esta muito ansiosa, por isso que o quarto dela sempre tem uma grande janela que dá pra uma varanda, ela gosta de fumar lá de noite, mesmo recebendo broncas de Maxwell, mas nem é tanto, no máximo por semana ela fuma umas 10 vezes, teve uma vez que ela parou de fumar por bastante tempo, que foi quando ela se apaixonou, mas... fazer o que ,neah! Ela bebe também, mas ela é daquelas que bebe, bebe mermo, faz competição e no final ta lá, dopadinha, sendo carregada pelos amigos, nessas horas ela não se responsabiliza pelo que faz, beija mermo, transa mermo e fodase o mundo, me julgue, vo tacar o fodasse pra ti, e não se arrepende, qualquer coisa toma pílula do dia seguinte. heawheawheaw(risada escrota)

Caso queira, quem é seu par?
Queria dar uma de loka e botar Maxwell, mas não sei ainda, vou dar uma olhada na ficha dos migos e ver se acho alguem, mas... Já sabes meu interesse. (Direta? Não, imagina. Nem um pouco!)

Relação com o par:
Bem... é carinhosa e adora brincar com ele, as vezes pede ajuda a ele na hora de compor ou ajudar com algum problema, confia nele plenamente e raramente sente ciúmes, só quando aparece uma putiane querendo entra em território proibido, adora receber caricias e carinhos dele e muitas vezes ela acaba dormindo no colo dele, é um relacionamento que tem seus altos e baixos porem se amam, ela não sabe muito bem ser romântica, mas tenta, dá beijos surpresa, sem motivo nenhum, é seu confidente em horas difíceis e seu guia nos dias cansativos e sem motivação, gosta de brincar com o perigo de provoca-lo e o levar a loucura, vai deixar marcas nele, pra dizer pro mundo inteiro que aquele ali TEM DONA!! E AI de quem se aproximar! Mas é cuidadosa e carinhosa a sua maneira, as vezes ela até fica manhosa quando ele não dá muito carinho pra ela.

Relação com os amigos:
Se solta completamente, ela mostra sua personalidade do jeito que é, gosta de brincar com eles, e tirar fotos deles nos piores momentos possíveis, sempre que algo errado acontece, ela é uma das primeiras a suspeitarem. Outra coisa, se sumir comida na geladeira, foi ela! Tenha certeza que foi! Se for Nutella, sorvete e bolo, nem pergunte, foi ela! , é sincera ao extremo com eles, e não tem medo de mostrar sua outra personalidade á eles, pois sabe que não faria mal nenhum a eles, então eles já se acostumaram, ela é uma péssima conselheira, mas as vezes invoca uma força do mal nela, que as palavras que saem da boca dela são tão profundas e fortes, que acham que ela esta doente, ela também cria apelidos ''carinhosos'', gosta de conseguir favores com eles, ameaçando cantar, pode parecer normal, mas se falando de Charlotte, não é! Por que ela afina a voz a um nível tão absurdo que pouca gente aguenta, e gosta de arrumar brigas com eles, assim só pra nada, sempre esta sorrindo e fazendo brincadeiras, sendo ela mesma. Resumindo ela taca o FODASE, se gosta de mim, parabéns. Se não gosta, vai se fuder, vai entrar o me Death Note! FELA DA PUTA!

Relação com Max(Meu personagem):
ZUEIRA A TODA HORA!! Se eles estão juntos é sinônimo de que ''alguém vai se fuder hoje''. Vivem fazendo brincadeiras com os migo tudo, ja roubaram carro de policia, assaltaram loja de doces, fizeram mó CAÔ! As vezes brigam por motivos FÚTEIS tipo, o fato dele ter esse tara por peitos, e ele fica olhando pros peitos das mina que ela quer pegar, ou o fato dele se achar o centro do universo, quem come o último Doritos do saco, ou qual serie vão botar na netfix, ou ''onde tá o meu celular desgraça???'' (Adoro essa.), ou quem escolhe o pornô(não é pornô, é arte. é a frase deles, caso queiram os julgar). E ficam se chamando de apelidos carinhosos como ''arrombado'', ''puta'', ''desgraça'', ''fela da puta'', e ''loirinho'' esse aqui ele fica puto quando ela chama ele, mas ela acha engraçado e etc... São mais que confidentes, e ela pelo menos confiaria um segredo profundo a ele.

Algo mais:
Não moço! Tem mais nada não moço!



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...