~safetymellet

safetymellet
MAKE AMERICA GAY AGAIN
Nome: Eleven
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 26 de Março
Idade: 18
Cadastro:

XXVII


Postado

Alfie Fitzgerald


•Nome/Idade do personagem: Alfred "Alfie" Fitzgerald, 19 anos;

•Aparência do Personagem: Pele pálida, cabelos castanho claro levemente cacheados, grandes olhos azuis.

Troye Sivan.

•Personalidade: Alfie é consideravelmente inquieto. Mesmo que os medicamentos mais avançados tivessem praticamente curado a sua crise de ansiedade e TDAH, ainda sobraram alguns vestígios do seu deficit de atenção e hiperatividade. Apesar de ser agitado, não é de falar muito, e gosta de ficar sozinho. É um garoto extremamente sarcástico, além de persuasivo e persistente, sempre foi muito teimoso, e nunca desiste até conseguir o que quer. Uma coisa que o deixa muito irritado é que o contrariem. Não é nem um pouco difícil irritar Alfie, o contrariar, falar demais ou até mesmo ficar muito perto dele já é um motivo para que o garoto se altere e fique consideravelmente agressivo.

•História: Alfie sempre se achou uma aberração. O garoto sabia que era diferente de todos ao seu redor por ter o chip modificado, mas com o tempo foi descobrindo que não era a única coisa que o diferenciava dos outros. Ele não sabia se era o chip ou a quantidade excessiva de remédios que tomava, mas os seus pensamentos começaram a agir sem serem solicitados, e ficavam fazendo uma tortura mental em Alfie. "Você sabe que esse chip não é a única anormalidade em você, Alfred" vozes diziam em sua cabeça "Você realmente é uma aberração". Com o tempo, essas vozes foram ficando mais fortes, tornando o garoto mais agressivo, e consideravelmente sombrio. Ele fazia de tudo, mas as vozes não paravam de o atormentar, a morte lhe parecia tão atraente... "Pare de tentar nos calar por lhe dizer a verdade" uma das vozes disse quando o garoto estava prestes a tomar uma grande dose de remédios para esquizofrenia "Você sabe que você é gay". Alfie nunca soube o porque, mas depois daquele dia, as vozes se calaram. Consequentemente, a sua tortura psicológica deveria ter acabado, mas não foi o que aconteceu. Alfie pensava no que as vozes disseram ao longo dos dois longos anos, e levou um pouco de tempo, mas ele finalmente havia aceitado o que as vozes o disseram por tanto tempo. Ele finalmente aceitou o fato de ser gay. Ele deveria se sentir ótimo, e ele realmente estava, não haviam mais demônios na sua cabeça o atormentando, e pela primeira vez em muito tempo, ele se sentia bem com ele mesmo, mas também, estava mais sozinho do que nunca.

•O que gosta de fazer:
Fazer caminhadas;
Ir ao cinema (se isso ainda existir);
Comer Fast Food.

•O que lhe irrita:
Quando o contrariam;
Pessoas que falam demais;
Quando ficam muito perto dele;
Insetos;
Lugares com muito barulho.

•Como age com os outros: Alfie sempre foi um garoto muito fechado, e não é acostumado em ter companhia, então não sabe ao certo como agir perto de outras pessoas. Não fala muito, e não vai trocar sequer uma palavra se a outra pessoa não puxar assunto. É algo comum de vez em quando o garoto ficar encarando alguma pessoa que esteja no mesmo ambiente que ele e de vez em quando pode gaguejar no meio de uma conversa.

•Armamento: Algo fácil de manusear, que não exija tanta habilidade e/ou muita experiência. De preferência algo como algum tipo de revolver da época.

•Aceita par? Sim

•O que me permite fazer:
(x) relação com vários personagens.
(x) romance.
(x) ferir o personagem.
( ) matar o personagem.

•Musica que combine com o personagem: Jet Black Heart-5sos.

•Como seu personagem se veste? Na maioria das vezes, sua roupa é inteiramente preta. Gosta de usar jeans, moletons e tênis, também usa bastante bonés (Não de aba reta, nem aba para trás).

•Coisas que deseja que seu personagem faça? Sei lá, ele podia tentar cometer suicídio e o par impede ou alguma coisa assim, você que sabe.

•Mais alguma coisa: Ele tem uma cicatriz no abdômen dois uma estaca de ferro praticamente atravessou o seu torso em uma explosão de um prédio (Os pais dele morreram nessa explosão.)

•Posso reclamar se algo tiver errado? Claro.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...