~Hiatus-- - Clan Fantasy

Hiatus--
Oppai Dragon
Nome: Dīva
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 28 de Abril
Idade: 18
Cadastro:

Ficha


Postado

Fanfic - Snowy Dragon
https://spiritfanfics.com/fanfics/historia/fanfiction-originais-snowy-dragon--interativa-6197153


❃ Ficha ❃

❃ Nome:
Snow Lee
Ninfas são famosas por criar nomes e dar aos mesmos significados aos seus filhos e filhas para saberem diferenciar. Geralmente estes são nomes de Deuses gregos ou são inventados por suas mães com um significado doce e meigo; elas acreditam que o significado de seus nomes influenciarão o futuro dos filhos, bem, este não é o caso de Snow.

Snow significa “neve” que é um tempo difícil para as ninfas o que resultaria em “tristeza” “angústias”. Isso se dá ao fato de ser uma filha tanto odiada por sua mãe como para o resto de sua raça.



❃ Idade:
Snow não conhece sua idade, a de distinguir que ela seja uma ninfa bem nova com cerca de Cinquenta ou Setenta anos de idade segundo Alois.
aparenta ser uma garotinha de quatorze anos de idade.

❃ Signo
Capricórnio

❃ Raça
Metade Ninfa e Metade Demônio

❃ Sexualidade
Assexual

❃ Filiação
Illene Lee -

Sua mãe. Uma mulher rudimentar que nunca quis sua filha. No tempo em que passou com a filha, Illene sempre demonstrou muito desprezo pela garota mesmo que Snow tentasse por tudo agradar a mãe e conquistar seu amor. Após a fulga da filha ela nem deu muita importância, se casou e teve outros filhos necessários para esquecer que tem uma filha odiada vagando pelo mundo.

Incubus -

Seu pai, que se assemelha muito a aparência da filha. Incubus é um tipo demônio a qual estuprou Illene gerando o nascimento de Snow, e é por isso que Illene a odiava tanto.
O Demônio não se importa com o bem estar de sua filha porém sabe de sua existência.

Alois Theodore Lioncourt -

Alois foi como irmão mais velho de Snow no tempo em que viveram juntos. Alois é como um Deus para Snow, sempre o agradou muito e era responsável por deixa-lo sempre contente com sua companhia.
Alois foi o único que demonstrou carinho por Snow, pois ela lembrava muito sobre o convívio que gostaria de ter tido com sua irmã recém nascida na época em que ainda era humano. Chegou até mesmo a adotar seu sobrenome a Híbrida.
Atualmente ela sente saudades.

❃ Aparência





Snow possui uma aparência fantasmagórica e assustadora. Tendo uma fina camada de pele suave macia extremamente pálida, o que a faz ser quase considerada albina pelos que a descrevem. O Que impede a palidez da menina é o leve rosado que tem nos finos e delicados lábios macios e um tom de leve corado no rosto. A Sua face é perfeitamente alinhada, tem uma forma um pouco triangular e bela, tendo traços perfeitamente divinos e alinhados. As vezes quando está distraída como algo ou alguém, ela tende a ficar imóvel, fazendo com que as pessoas achem até que a mesma é uma boneca. O Rosto dela é semelhante a uma fina porcelana, um simples toque, e aparenta que aquele perfeito rosto irá se quebrar em pedaços.

O Que mais chama atenção em Snow são os seus olhos, eles são opacos e praticamente “inimigos para a luz e o brilho”. Duas lagoas de sangue. Olhos demoníacos em cor escarlate. Donos de camadas de pálpebras finas os deixando perfeitamente belos. Ela também possui cílios volumosos, não que seja vaidosa, mas gosta de sentir-se bem consigo mesma tendo uma aparência tão diferente. A Característica mais marcante na sua aparência, sem esses dois olhos, não poderia dar outra aparência para Snow se não fosse seus olhos.

Seus cabelos são escuros, alinhados em um corte perfeitamente reto sendo longos até a chegada dos final de suas costas. Eles são macios e sedosos possuidores de uma franja que cobre sua testa escondendo as suas finas e alinhadas sobrancelhas curvadas para cima. Além disso, eles são lisos, não possuindo um encaracolado sequer o que o deixa um pouco “sem graça” mas combina bem com ela.

Seu corpo é magro e infantil. Mede cerca de 1.53 de altura pesa 41 kg. Membros delicados, suas mãos são pequenas e seus pés finos e pálidos. Seu corpo realmente não chama atenção.

❃ Personalidade
Snow possui uma personalidade muito calma, morta, fria, triste e solitária no início, dizendo as pessoas que acaba de conhecer para ficar longe dela, mas com o passar do tempo, ela se acostuma a sua presença e não parece se importar de tê-la por perto. Snow
Snow é extremamente inteligente, tanto como em artefatos matemáticos como na esperteza, estratégia e na sabedoria. Sendo uma pessoa muito calada, as vezes usando gestos com a cabeça para responder algo cuja a resposta denomina-se em um “Sim” ou um “Não”. Pode não ser forte na física, mas tem a competência, de manipular os outros usando inteligência. Conseguindo arrancar quaisquer informações das pessoas utilizando uma habilidade própria de tortura psicológica usando sentimentos negativos de seu alvo já sabidos como a culpa por exemplo e também a inveja; geralmente denomina-se nos sete pecados capitais .Ela se mostra ser uma garota bastante disciplinada e independente, sendo também irritantemente educada e comportada, pode até não ser a garota mais rica desse mundo mas tem uma educação de primeira, sendo muito fina e comportada. Snow é uma menina bastante quieta e silenciosa, o que faça com que as pessoas as vezes nem percebam a sua presença num local. Sendo uma pessoa muito irritante para algumas pessoas e fascinante para outras. Essa personalidade até mesmo vareia com que os outros achem que ela é um fantasma.

Snow também apresenta uma personalidade num tanto infantil e melancólica. As vezes até brincando com um cata-vento e se assustando com algumas coisas como insetos, claro, ela não faz um escândalo mas fica um pouco agonizante. Pela aparência num tanto diferente ela pode até ser referida como a “Another”, apresenta ser uma garota meio sem emoção, mesmo quando está triste; lágrimas podem escorrer dos seus olhos mas o seu rosto sempre continuará com uma expressão séria. É estranhamente silenciosa e grave. Ela parece só conversar quando surge a necessidade, raramente falando apenas para o bem dela. No caso em que fala de circunstâncias comuns, trata-se de algo em que ela acredita que é necessário para que alguém sabe, ou para corrigir alguém, quando necessário. A principal razão para sua personalidade introvertida é suspeito de ser um resultado de ela ter se acostumado ao silêncio. Interações de lado dela são um pouco mais variadas, e menos sombrias.

❃ História
Para contar-se a história de Snow deve-se saber o passado dela antes mesmo de nascer.

Illene é sua mãe. Na época era uma ninfa jovem, sonhadora e pura, extremamente gentil e otimista. Ela vivia em um bosque com ninfas escondidas, não poderia pedir vida melhor.
Um dia a mesma banhava-se em um lago, obviamente, estava despida o que chamou a atenção de um Incubus.
Incubus é um tipo de demônio que costuma a estuprar mulheres durante seu sono através dos sonhos, mas abusou de Illene quando a mesma estava bem acordada, dando assim a sua gravidez e um extremo traumatismo.
Illene se torou uma mulher triste e desesperada, mesmo com todo o apoio de suas irmãs ninfas ela sentia que nunca iria se recuperar e jogou sua mágoa na filha de nome Snow, o fruto do seu estupro.
Snow sofria muitos preconceitos no bosque onde vivia. Constantemente apanhava das outras crianças ninfas por pura maldade e por ser metade demônio também trouxe problemas para a sua mãe que a tratava com frieza. Não eram poucas as vezes que Snow era apedrejada por outras crianças na frente da própria mãe que não impedia a violência da filha. Mesmo assim Snow insistia em trazer felicidade a sua mãe mesmo sem obtiver sucesso.

Um dia Illene chamou por sua filha e a convidou para colher flores fora do bosque das ninfas. Snow não poderia estar mais feliz, pela primeira vez teria um pouco do afeto de sua mãe. Enquanto as duas colhiam flores no bosque Illene arrumava pretextos para ficar mais distante da sua filha.
Um tempo depois Snow se deu conta que sua mãe havia desaparecido e percebeu que estava perdida. Procurou por sua mãe desesperadamente, várias vezes passou-lhe pela cabeça que Illene havia abandonado a garota mas ela se recusava a pensar que a mulher teria tamanha maldade.
Mas não foi somente o abandono que Illene fez com Snow e sim uma tragédia. Sabia que a Santa Sé passaria pelo bosque aquele dia, era temporada de Caça ás Bruxas naquela época. Seu objetivo era levar a filha para fora do bosque da Ninfas, que era bloqueado para a visão de qualquer outra criatura, para que ela pudesse ser capturada pela Santa Sé já que sua aparência enigmática e áurea sombria lhe entregaria de cara. Pensado, realizado e feito. A Santa Sé capturou Snow prontos para tortura-la por não ser de Deus.

Snow gritava, berrava, chorava mas nada adiantava para aqueles malditos homens sem coração que se diziam seguidores de Deus. Mas no caminho para o Palácio da Santa Sé os homens da mesma organização se depararam com ele, Alois Theodore Lioncourt.
Alois, como dito, tem uma fúria pela Ordem da Santa Sé e perde a calma com esses monstros que se diziam Anjos. Matou todos eles diante os olhos de Snow que o viu como um salvador e se pôs a segui-lo.
Alois dizia para que aquela criança se distanciasse dele mas a menina era teimosa e insistiu, que ele não matou aqueles monstros para salvá-la e sim por odiá-los. O Vampiro pôs-se a ignora-la e fingir que ela não existia e que era apenas um fardo.

Entretanto no caminho para seu lar Alois se deparou com demônios, criaturas que para um vampiro eram perigosíssimas. Alois lutou contra todos enquanto Snow se escondia atrás de uma árvore entretanto a quantidade era muito alta para que pudesse derrota-los fora o cansaço que tinha por enfrentar a Santa Sé anteriormente. Ao perceber as dificuldades de Alois, Snow se intrometeu na luta, sua presença causou pânico nos demônios que fugiram ao vê-la. Ao perceber este ato curioso, o vampiro permitiu que a garota ficasse consigo. A Híbrida contou toda sua biografia para o homem que achou que ela poderia ser útil e resolveu adotá-la como sua irmã.
A Vida de Snow começou a melhor dali para frente. Alois lhe ensinava sobre seus poderes e ao mesmo tempo lhe dava conforto e apego. A Garota era rica e tinha muitos privilégios e viveu durante décadas de felicidade com Alois mas isso acabou... Diferente de Alois que é quase imune a referência religiosas Snow é totalmente vulnerável a isso. Certa vez em que Alois havia viajado para outra cidade para atender a um paciente a garotinha ficou sozinha com a companhia dos empregados.
Entretanto, dentre esses empregados, havia uma mulher chamada Eva a quem denunciou Snow e Alois a Santa Sé, não que fossem por serem criaturas, mas sim por possuírem uma relação incestuosa, uma clara mentira. Esse ato é contra as leis de Deus e novamente a garotinha foi capturada pela Santa Sé.
Alois não sofreria consequências por ser um homem, mas como garota ela pagaria já que nessa época medieval a mulher sempre fora culpada de tudo. Foi dopada com veneno por Eva e quando acordou estava sendo levada em uma carroça para um lugar muito distante. Por sorte conseguiu escapar ilesa entretanto não tinha mais nada ou ninguém e teve que começar a viver usando seus poderes de manipulação para sobreviver e ao mesmo tempo procurar por seu “irmão.”

❃ Aonde vive
Pode-se dizer que Snow não tem a sensação de pertencer a algum lugar. De onde ela vinha? Do bosque das ninfas? Do inferno? Do leito de Alois? Nunca se sabe.
Atualmente ela vive de cidade em cidade, hospedada em pousadas usando seus poderes para não pagar nada em uma busca sem fim por Alois.

❃ Par
Indisponível

❃ Gostos
Snow tem gostos bastante peculiares. Gosta muito de ler e as vezes escrever poemas e fazer bonecas de porcelanas; que ficam como enfeite em sua parte do quarto e alguns cataventos. Ela é vegetariana e tem uma boa alimentação preferindo frutas e verduras e na maioria das vezes algumas cerejas. Ela também gosta muito de doces e de tocar violino, ela apresenta-se como uma garota bastante clássica, gosta de vestir-se de maneira mais simples. E gosta um pouco de doces leves que costuma a comer quando está num tanto estressada para aliviar tensão. Ela gosta bastante de perfumes, não tão fortes, mas independente do cheiro pode-a deixar agradável e confortável.

❃ Desgosto
Odeia de coração religião tomando uma agonia imensa e com que as vezes faça até que ela perda a calma. Não gosta de carne ou coisas muito apimentadas ou salgadas e gordurosas. Não gosta que as pessoas fiquem lhe tocando a todo tempo e nem de muito barulho, assim, não gostando muito do ritmo musical rock. Não gosta de insetos e de se sentir insegura. Também não gosta que a desafiem a algo ou a provoquem, ela sempre manterá a calma, mas mesmo assim nunca se garante que o outro sujeito não possa enlouquecer com sua personalidade irritantemente calma. Odeia ser interrogada e frescura.

❃ Medo/Fobia
Objetos e referências religiosas

❃ Sonhos
Encontrar Alois

❃ Classe social
Não pode-se distinguir. Snow tem o costume de se vestir bem como uma princesa entretanto vive de cidade em cidade e sem pagar geralmente nada.

❃ Armas
Um boneco de palha. Com apenas um fio de cabelo do seu oponente enrolado a este boneco negro, Snow pode realizar a pior dor psicológica sentida por uma pessoa. Fazendo-a lembra das coisas que fez e que não fez durante sua vida.

❃ Trajes:

→Casual:



→Formal:


→Festa:


→Caça:


→Normal:


→Curiosidades

Alois procurou por Snow por um longo tempo mas desistiu pensando que estaria morta assim como sua família.

❃ Poder
Como metade ninfa, Snow tem um forte poder de cura. Podendo regenerar os próprios ferimentos e os ferimentos de outras pessoas rapidamente, o mesmo vale para doenças, sendo elas raras ou comuns.

Como demônio ela tem um forte poder de manipulação. Podendo controlar pessoas para fazerem tudo a sua mercê. Esse poder funciona apenas com humanos e demônios.
Outra curiosidade é que a maioria dos demônios (fracos geralmente) tende a se render diante delas por ser fruto de um forte demônio.

❃ Se sacrificaria por seu amigo(a)
Provavelmente apenas por Alois

❃ Se você morrer não me mata, tudo bem?
Tenho preferência que ela morra de qualquer maneira

❃ O que acha sobre as outras criaturas?
Assim como Alois não guarda ressentimento de nenhum mas odeia humanos.

❃ Sua espécie não gosta de qual criatura?
Ninfas de fato odeiam demônios, mas sendo uma hibrida, não há do que a sua espécie odiar

❃ Se o seu personagem morrer, ele morre feliz ou triste com o que aconteceu com ele?
De preferência feliz por finalmente encontrar Alois. Mas espero uma morte bem trágica e triste em relação aos sentimentos de meu segundo personagem.

❃Como gostaria que fosse a primeira aparição de seu personagem?
É de se esperar que ela apareça manipulando alguém ou perguntando sobre Alois. Ou quem sabe salvando alguém de um ataque de demônios.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...