Ficha 1 - Descendentes - Happy End? (Interativa)


Postado

"O fim é apenas o ínicio"

~ Nome Completo -> Valentine Annie Breslin

~ Significado do Nome ->* Valente, forte, guerreira, corajosa

~ Apelido ->* Val ou Tine

~ Idade -> 17 anos

~ Data de Aniversário e Signo -> 14 de abril; Aries

~ Dom ou Poder - Descreva ->* A bondade e coragem é o que mais a caracteriza, ela é tão forte e ao mesmo tempo doce e sensível. Tem o dom de pensar sempre nos outros antes dela mesma, sempre lutar pelo que acredita e nunca deixar alguém para trás. Ela corre qualquer risco para salvar a quem ela ama. Ela tem o dom de persuadir as pessoas para a melhor decisão, ela consegue fazer com que as pessoas enxerguem a solução com seus próprios olhos. Valentine enxerga a bondade e o melhor até nas pessoas mais sombrias e frias, como um psicopata. Ela tem o dom de nunca parar. E ela tem um poder diferente de qualquer outro, ela tem o poder de curar feridas, mas não apenas as feridas carnais com apenas o seu toque, mas também as feridas do coração, pois ela consegue transmitir a sua energia positiva e valente para qualquer um através pelo dom com as palavras. Apenas com suas lágrimas ela transmite força e cura para alguém, chorar sobre uma ferida reconstitui a carne e chorar sobre alguém que está passando por um momento de dificuldade, lhe transmite segurança, sabedoria e coragem.

~ Descendente de... -> Rapunzel e Flynn (José).

~ Aparência ->

Cabelos longos, levemente ondulados, pintado loiros da raiz as pontas (naturalmente castanhos escuros) e sedosos. Olhos penetrantes e atraentes em um tom de azul profundo e cintilante. Pele branca e hidratada. Nariz levemente arrebitado e lábios médios e que formam um sorriso sincero, estonteante e delicado. Dentes brancos e brilhantes. Altura 1.55. Peso 55 Kg. Corpo violão, quadril médio, barriga lisa, coxas grossas, seios e bumbum médios e encorpados. Calça aproximadamente 35 ou 36. Não tem tatuagens. Marca de nascença atrás do pescoço que lembra uma flor semelhante a que salvou sua mãe da morte e lhe deu poderes (Rapunzel) por isso ela nunca esquece o quanto sua mãe lhe ensinou a ser forte e bondosa.























~ Famoso que representa -> Abigail Breslin (Diva do meu <3)

~ Tatuagens ou piercings - Descreva ->* Não tem.

~ Personalidade -> Legal, inteligente, sincera, ingênua, divertida, engraçada, fofa, meiga, bondosa, corajosa, falante, doce, brincalhona, envergonhada, curiosa... Valentine sempre está disposta a ajudar a todos.É uma doce garota que ama o mundo e as pessoas, sempre está com um sorriso no rosto, dessa forma costuma se apegar bastante e confiar em todos assim tento ciúmes e quebrando a cara algumas vezes, não liga para a opinião dos outros, positiva, amante do mundo, dos animais, da natureza, gosta das coisas certas e tenta muitas vezes melhorar o lugar onde vive e proteger os animais, o meio ambiente e as pessoas, especialmente as que ama, sempre vê as coisas pelo lado bom, sincera até demais, tenta ajudar sempre a quem precisar e se alguém se sente sozinho tenta enturmá-lo ou se alguém é muito mal tenta ajudá-lo a mudar, ás vezes evita falar muitas coisas para não magoar o sentimento da pessoas, as vezes desastrada, apaixonada por ler e seu quarto é repleto de livros, sensível, é extremamente sociável e aberta com as pessoas, tem sempre um ombro para quem quiser chorar e é a conselheira ideal, ama usar a imaginação e a criatividade, ama conhecer novas pessoas e fazer amizades, aceita as pessoas como elas são e trata os problemas de seus amigos como se fosse dela, ela é determinada e apaixonada por tudo, esperta, ingênua, generosa, carinhosa, caridosa e valente, cooperativa, meiga, fofa, leal e tem um grande senso de família. Faz de tudo para seguir seus instintos e tenta ao máximo descobrir quando desconfia de algum problema. Leva sua intuição a sério. Luta pelo que acredita e nunca desiste de seus sonhos. Não desiste e entrega o jogo fácil. Nunca para. Ela é uma garota realmente focada e determinada. As vezes bastante correta. Tem um certo senso de liderança. Muitas vezes ingênua e inocente por não ter vivido tanto e nunca ter se envolvido com alguém do sexo oposto e, também, não conhecer o mundo lá fora e muito protegida pelos pais desde pequena.

~ História -> Tudo começa no dia em que Valentine nasce, durante toda a gestação ela foi repleta de amor pelos pais, os avós e todo o reino, como mais uma herdeira. No dia em que a menina nasceu, sua mãe a presenteou com um prendedor em seu cabelo, ao qual ela nunca vivia sem, e junto de seu pai soltou lanternas no céu como quando era o aniversário de Rapunzel para passar a tradição a diante e, desde então comemoravam dessa forma os seus aniversários. Ela aprendeu a andar com apenas 10 meses e a falar com 1 ano e 2 meses, era precoce e brincalhona. Quando descobriu o que era leitura, aos três e meio anos, não saia mais da biblioteca do castelo sem levar um livro contigo, embora entendesse pelas figuras, sua mãe tratou de logo ensiná-la a ler e, assim aos cinco anos, os livros se tornaram inseparáveis para ela. Quando a menina completou seus 7 anos de idade, depois de algumas aulas de etiqueta, ela saiu do castelo sem que seus pais soubessem e fora se aventurar pelo reino seguindo algumas garotinhas de aproximadamente a sua idade, mas camponesas. Nesse dia a garota descobriu o que era a magia e o quão perigosa ela poderia ser, ela viu um homem usando de mágica para destruir o trabalho árduo de uma família camponesa, na época a pequena não entendia o porque daquilo, porém o homem estava cobrando uma dívida com a família e como elas não tinham o que pagar ele estava usando da sua força mágica para puni-las. A menina ficara assustada e se escondera atrás de alguns barris e féis para não ser vista. Até que uma mulher com uma capa impedindo que a notassem apareceu. A mulher sabia muito bem manusear uma espada e conseguiu pegar o homem mágico de surpresa e salvar toda a família de uma forma, que aos olhos de Tine, era maravilhosa. Seus olhinhos brilharam e depois, quando estava a caminho do castelo não parava de pensar mais no que vira. Assim que voltou para os braços de sua mãe, ela não parava de contar o que havia acontecido e desde aquele dia quis ser treinada para ser uma heroína como aquela mulher, que tornou sua admiração. Hoje, Valentine sabe muito bem usar desse seu talento e sempre fazendo o melhor a todos e com consciência. Ela não tinha muitos amigos, mas um enorme amor para dar. Seus pais eram bastante protetores quando se tratava dela, porque tinham medo que algo semelhante a história de sua mãe voltasse a aparecer, especialmente aos 8 anos, quando pela primeira vez a menina usou magia. Ela estava no jardim brincando com seu pai de bola e rindo para valer, tinha perdido dois dentinhos no dia anterior e sorria banguela e inocente. De repente, sem querer, a menina isolou a bola para fora dos muros e ela ficou presa sobre o telhado do aposento do jardineiro. Seu pai pegou uma escada e resolveu ir buscá-la, porém assim que a apanhou ele escorregou e caiu sobre um vaso quebrando-o e cortando sua perna, a menina assustou-se e arregalou os olhos, então saiu correndo em disparada para ajudá-lo. Ele mandou-a sair dali para não ver o sangue, no entanto ela começou a chorar e a lutar contra ele para poder ficar ao seu lado e, assim que ela enrolou a barra de seu vestido em sua ferida e deixou cair algumas lágrima implorando em sua mente a Deus que ele ficasse bem, uma energia diferente e pura ultrapassou o seu corpo e atingiu a pele de Flynn fazendo com que o sangue parasse e apenas uma leve cicatriz ficasse sobre o local. Valentine não fazia ideia de como conseguiu fazer aquilo, mas sua mãe acreditara que ela herdara o seu poder vindo da última espécie da flor mágica que salvou sua vida. Depois daquele dia eles esconderam o seu segredo e ensinaram a menina a usar apenas em ocasiões especiais e disfarçar de todos. Aos nove anos seu pai lhe presenteou com uma égua por vê-la amar tanto cavalgar, ela a apelidou de Maxine, a égua tinha os pelos creme com algumas manchas marrons e olhos azuis profundos e delicados (lembra a égua do filme Whitney Brown). A menina passou a escová-la todos os dias e sempre estavam juntas. Aos 11 anos Tine cavalgava a passeio com sua mãe e elas acabaram encontrando um menino (Andrew Alsharafi) mancando, ele havia torcido o pé e quando Rapunzel fora buscar água para os cavalos, eles ficaram conversando e se conhecendo melhor. Ele disse ser um camponês e contou que estava com raiva de seu pai o obrigar a ajudar a cuidar dos animais e ela disse que amava essas criaturinhas. Depois, ela pôs por perceber que ele parecia com dor, então, pediu para deixasse ajudá-lo, quando ele o fez Val colocou as duas mãos ao redor de seu tornozelo e apertou bem fechando os olhos em seguida, ele gemeu por um segundo e depois a dor e o desconforto sumiram instantaneamente. Ele ficara encantado com o dom da menina e começou a lhe fazer perguntas sobre aquilo, ele nunca tinha visto uma magia em alguém tão inocente antes. Depois daquele dia eles se tornaram verdadeiros amigos, inseparáveis e se encontravam sempre. Aos 13 anos o pai dele começou a desconfiar da menina e começou a ficar atrás dela e a prestar atenção nela sempre que estavam próximos, porém só fora descobrir aos 14 anos, porque por mais que o amigo guardasse segredo, ele acabou escutando uma conversa e vendo com seus próprios olhos, a menina salvar um coelhinho que se machucou. Dean Alsharafi começou, daquele dia em diante, a perseguir a menina e uma vez planejou sequestrá-la, porém o seu plano deu errado e ela acabou de volta com seus pais. Depois ficou difícil sair de casa se um maníaco queria vendê-la por ser poderosa, e ela passou a ver pouco o seu amigo. Somente aos 15 anos, é que o menino descobriu outro plano de seu pai e fugiu com ela, a noite, para uma caverna, onde passaram a noite. Eles olharam as estrelas e conversaram um pouco. O menino confessou que a protegeria, porém que fora interrompido por Dean, que adentrou a caverna e fora em cima deles. Ele quis que a garota viesse com ele, só que depois de ela recusar de todas as formas ele apontou uma arma para ela e disse que atiraria. Todavia, Valentine não acreditou que ele faria algo tão ruim se precisava dela, por isso continuou recuando e ameaçou sair correndo com Andrew, porém assim que se virou e o puxou para correrem seu pai apertou o gatilho em sua direção e o garoto a empurrou para o chão e foi atingido em seu lugar. Ela quis salvá-lo. Ela poderia tê-lo salvado. Ela não sabia se ele iria morrer. Ela não sabia se ele ficaria bem, mas ela queria que ele ficasse. Só que fora tarde demais. Ele estava desacordado e Dean apenas queria quem lhe daria dinheiro e não um moleque reclamão e traidor. Ele pegou a menina (junto de Maxine) e a levou a força, assim a sequestrando. Seus pais fizeram de tudo para encontrá-la. Seu pesadelo tornara realidade. Ela se sentiu amargamente ferida em seu coração e todos os dias se sentia triste por ter perdido sua família e seu melhor amigo, que no fundo sentia algo maior por ela, embora a menina sentia que ele era como seu irmão, era como se perdesse mais alguém importante em sua família, porque ela nunca tinha sentido nada verdadeiramente profundo por alguém, por enquanto. Ela tentou fugir de todas as formas daquele homem, mas eles foram parar em Book End pouco depois de ela ser vendida com 16 anos (mas ela conseguiu que Maxine fosse com ela por terem a forte ligação)a um homem que a escravizou e obrigou a usar seus poderes por dinheiro. Ela era maltratada e tinha péssimas condições, mas sempre treinava esgrima escondida de todos e nunca deixava de usar seu prendedor, que a fazia se lembrar de todos ainda mais, e ela não iria desistir de lutar para encontrá-los novamente. Ela era valente demais para ceder. Nada iria detê-la. (Não sei como eles vão para Book End, mas quando forem a menina ainda estaria desaparecida, não sei se eles estariam como em OUAT sem se lembrar da vida passada, mas se sim quando ela chegasse na nova cidade, conseguiria fugir e se esconder, e o seu maior objetivo encontrar seus pais outra vez, mesmo que não fizesse ideia de onde estariam).

~ Par -> Meu outro personagem, Robert Wiggin.

(X) Sim. Quero escolher por conta própria.
( ) Sim. Quero que a autora escolha.
( ) Não.


~ Relação com...

- Família -> Tem uma ótima relação. Ela os ama grandemente e é muito grata por tudo que aprendeu com eles e pelo seu amor. Eles lhe ensinaram honestidade, humildade, carinho, bondade, coragem, valentia, o poder da cura e o quanto ele pode ser poderoso. Ela faz tudo para protegê-los, até mesmo se entregar em seu lugar se algo fosse acontecer com eles. Sempre está a abraçá-los e respeitá-los.

- Amigos -> Gentil, educada, ingênua, amigável, divertida, carinhosa, brincalhona, sempre que preciso for ela está lá para ajudar, ser conselheira e um ombro para chorar, mesmo que confiando demais o que nem sempre é bom. Ela vê a bondade através de seus defeitos. Ela é a guardiã de seus segredos e sempre está com um conselho na ponta da língua. Faz o que for preciso para ajudá-los e sempre está disposta a protegê-los.

- Inimigos -> Ela os ignora e tenta não entrar em conflitos, porque briga é algo que odeia. Sempre que há uma oportunidade tenta se aproximar, ajudá-los a mudar ou no que for preciso ou ser sua amiga, porque nunca quis fazer inimigos. Quando eles estão em perigo ela não os vê como rivais e sempre faz o possível para a ajudar, ela os vê como iguais a ela, ser humanos precisando de uma mão para levantá-los. Mas caso eles se aproximem de seus amigos ou família e invadam sua zona de conforto e espaço pessoal, ela não pensará duas vezes em proteger seus entes queridos e sua própria vida e defesa a eles.

- Par -> Ela é simplesmente ela mesma. Legal, inteligente, sincera, ingênua, divertida, engraçada, fofa, meiga, bondosa, corajosa, falante, doce, brincalhona, envergonhada e fica encantada com o que sente quando estão juntos, ela não queria se apaixonar ou gostar dele á principio por parecerem tão diferentes, mas que se completam, mas algo a mais a impede disso por isso tenta não demonstrar que sente algo tão profundo, mesmo que pareça uma boba. Ela acaba confiando nele e se mostrando confiável o que nem sempre pode ser bom e é amigável ao extremo. Ela nunca havia se apaixonado antes e o que ele faz com ela é como se flutuasse sobre o chão, o que a deixa sem graça muitas vezes quando estão juntos ou mais tímida, embora seja bem expressiva. No início, ela o ajuda a encontrar o seu melhor lado e acaba sabendo de sua história o que a faz nunca imaginar e querer sentir algo tão real e verdadeiro por ele.

- Cidadãos de Book End -> Gentil, ingênua, inteligente, bondosa, curiosa, educada, amigável, faz o que for preciso para ajudar, ser conselheira e um ombro para chorar, mesmo que confiando demais em algumas pessoas mais próximas o que nem sempre é bom. Ela é simplesmente ela mesma como sempre.

- Cidadãos do Mundo Real -> Gentil, ingênua, inteligente, educada, amigável, bondosa, sincera, meiga e sempre que precisar ela está também para ajudar. Mas também com um pé atrás por serem desconhecidos, mas também demonstra confiança e espera o mesmo em troca. Também demonstra bastante curiosidade e tenta ao máximo descobrir sobre eles, o que pode a colocar em perigo, pois curiosidade demais pode ser perigosa.


~ Bordão (ões) ->* O bordão do reino da Rapunzel.

~ Objeto de Valor -> Um prendedor de cabelo, que muita das vezes coloca para enfeitar ou fazer um coque ou rabo de cavalo. Ele é uma relíquia das gerações de sua família e é dourado e com uma flor delicada e rosa cintilante e semi-transparente com pedrinhas prateadas no miolo. Val nunca sai de casa sem ele, nem que seja preso a sua roupa como um broche.

~ Estilo de Roupa -> Val é uma garota realmente menininha por fora, apesar de ser uma verdadeira guerreira e valente por dentro e em suas atitudes, ela sempre está usando uma blusa colada com um shorts, ou uma saia rodada, ou um vestidinho rodado ou uma batinha, sapatilhas e sandálias de saltinhos, de preferência com cores claras, como rosa pastel, azul pastel, verde pastel, laranja pastel, amarelo pastel, roxo pastel, creme, salmão e verde-água. Mas também ama usar sua roupa especial de montaria quando vai cavalgar. Não costuma usar roupas longas, apenas em ocasiões especiais, como uma festa realmente formal, assim usa vestidos longos e de preferência com babados e tomara que caia ou com magas curtas. Ela não usa muitos decotes por achar meio vulgar, mas as vezes usa algumas peças de roupas com as costas nuas ou um vestido com um corte ao lado de uma das pernas ou algo do tipo. Suas cores favoritas são azul pastel, creme e verde-água.











~ Animal de Estimação ->* A égua que ganhou de seu pai, Maxine. Elas tem uma forte ligação como dito na História.

~ Gosta -> Seus amigos, família, animais, idosos, crianças, mudar o mundo, escrever, ler, chocolate, comer, dormir, sonhar, brincar, estações do ano, em especial outono, folhas secas do outono, viver, dançar, cantar,correr, pular, ouvir músicas, seus amigos, da natureza, bondade e a cima de tudo ela adora Deus e fica encantada com a forma como Ele escreve o nosso destino e criou um mundo tão perfeito. Esgrima, cavalgar, pentear os cabelos, e o seus demais hobbies.

~ Desgosta -> Violência, injustiça, mentira, falsidade, brigas, discussões, desmatamento, sofrimento, abandono e pessoas que maltratam crianças, idosos e animais. Odeia as coisas ruins tipicas do mundo e tenta muda-las com sua bondade, curiosidade e valentia.

~ Segredos ->* Acho que apenas que ela nunca se envolveu com alguém do sexo oposto, muito menos teve o primeiro beijo e é virgem. Tine não sabe o que é amar e os sentimentos e sensações que a paixão lhe trás são novidades para ela.

~ Hoby ->* Valentine ama fazer passeios a cavalos nas tardes. Ela sente como se estivesse livre. Como se pudesse explorar todo o mundo. Ela também ama assistir à pôr-do-sois (especialmente na praia, caso tenha uma praia). Outra coisa que a faz extremamente contente e viva é pintar e desenhar, desde pequena ela admirava esse talento de sua mãe e por isso não abriu mão de aprender e se aperfeiçoar a cada dia mais. Por fim, ela é apaixonada por leitura, tem uma enorme biblioteca em casa e sempre que pode está lendo alguma coisa, especialmente por desejar sempre aprender mais. Não podemos esquecer do quanto ela é talentosa e fã de esgrima, a qual passa horas treinando, pois é algo que a faz sentir-se mais forte e valente desde pequena, algo que a faz sentir-se menos frágil por ser descendente de uma rainha ou apenas por ser uma garota, algo que ela odeia profundamente, esse tipo de descriminação e desigualdade de gêneros. Sua mãe também sempre amou pentear seus cabelos cuidadosamente todas as manhãs e fazer de penteados diferentes, ela ama esses momentos que passam juntas. E, embora leve tempo, ela também chega a apreciar as aulas de etiqueta que tinha quando menor.

~ Sexualidade -> Feminino Hetero.

~ Algo Mais -> Acho que não, mas se precisar de qualquer coisa sobre algo pessoal ou algum detalhe, algo sobre a história, qualuqer coisa que quiser saber, é só perguntar!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...