~Prince_of_dark

Prince_of_dark
<3 A unicórnia gótica :3
Nome: Kai
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha para fanfic Natchtgeschöpfe


Postado

Fanfic Natchtgeschöpfe
"But my dear, this is not Wonderland, and you? You are not Alice."
→Nome - 
Alban Ambrose

Idade -
Morreu com 22.

→Aparência - 


Ele tem alguns traços delicados por conta da mudança de sexo, nem todos os antigos traços de seu rosto se apagaram. Tem olhos praticamente negros e cabelos castanhos muito escuros também. Tem a pele clara e um corpo bonito, tem duas cicatrizes finas e discretas a baixo de seus mamilos por conta da cirurgia para retirar os seios e até gosta delas.
Ele e magro e fotogenico o que faz com que atraia olhares, além de sempre ter um ar de confiança e segurança o que faz com que homens o achem um desafio que praticamente nunca pode ser ganho.
Mas quando e preciso ele consegue se fazer de fofo e Santo, seu rosto delicado consegue com que ele seja um ótimo manipulador e enganador.

→Personalidade:
Ele e alguém que adora provocar, adorar e pouco ele ama provocar. Se você ver um homem passando ao seu lado de óculos escuros e salto com um sorriso provocante em seus lábios, provavelmente e ele.
Ele não tem medo de chamar atenção por onde passa, e confiante e seguro de si, muitas vezes chegando ao ponto do narcisismo. Ele aprendeu a se amar antes de qualquer um e a vida o ensinou que só vale a pena lutar por si mesmo.
Sempre de cabeça erguida, ele adora se divertir, da sua maneira, ele acha que não sabe mais o que é ter sentimentos e paixão? Isso pra ele é uma piada que alguém tolo iludido inventou.
A pessoa que conseguir despertar qualquer sentimento intenso ou bom nele merecer um prêmio pois até o garoto dúvida que eles ainda existam na terra imagina dentro de si?


→Historia: 
Ele já foi humano... Tempos horríveis.
Ele e o que podemos chamar de transgenero, ele nasceu com o sexo biológico errado e consertou isso cirurgicamente, e com o tempo foi tomando hormônios para arrumar a aparência também e finalmente estar com o sexo certo, o masculino.
Mas o problema foram as pessoas a volta, vamos explicar...
A cidade onde Alban nasceu era muito preconceituosa, na verdade era aquelas cidades onde se via uma igreja a cada esquina, mas mesmo com tantos tementes a Deus o clima era estranhamente pesado e ruim. Ele não era aceito em lugar nenhum por ser homossexual, desde pequeno as outras crianças se afastavam dele e seus pais não notavam o garoto fechado e na dele, eles sabiam das preferências do garoto e não ligavam, na verdade eles não ligavam para Alban em geral.
Ele escutava os pais de outras crianças o xingando por conta de suas roupas e seu jeito de agir, e via as crianças repetindo talz atos contra ele, sempre o fazendo acreditar que ter nascido daquela maneira era errado.
Mas ele resistiu, ele sempre resistiria, ele suportou tudo durante a infância e adolescência inteira, ele achava que quando entrasse no colegial as coisas mudariam, ele acharia pessoas com mentes mais abertas.
Grande erro.
As pessoas tem a errada mania de sempre achar que outras podem melhorar, ou que a índole dos outros pode mudar. Alban possuía essa errada mania.
Para começar ele com uma certa idade, nem ele lembra mais, resolveu se assumir, já tava tudo uma merda mesmo na cabeça dele não tinha como piorar. Então ele fez a cirurgia fora da cidade já que nela não tinha nenhum especialista nessa área, passou um período tomando hormônios e se sentia até feliz por finalmente ser um homem como sempre se sentiu.
Ele acha lindas e perfeitas suas cicatrizes a baixo dos mamilos.(Remoção de seios)
Ele voltou para a cidade, foi um choque para todos, afinal "como ele ousava ter tentado contra a escolha de Deus?" Eram o que perguntavam a ele os que o conheciam a mais tempo e viram o que ele fez consigo mesmo e se orgulhava disso afinal ele não quebrou nenhuma regra ja que temos livre arbítrio não temos?


Será que realmente temos?


Não! Não temos! Nunca tivemos! Ele sentiu isso na pele.
Quando chegou no segundo colegial ele conheceu um novato, um garoto que parecia legal e parecia gostar dele, Deus ele ficou tão feliz com isso.
Eles foram se conhecendo, o nome do garoto era Adonis, ele era lindo, daqueles com direito a tumblr boy. Os dois logo namoraram, escondidos claro. Eles ficavam se encontrando em uma casa abandonada afastada onde la eram eles mesmos e la Alban sentia que poderia ser finalmente feliz. Ele se entregou a aquela felicidade de corpo e alma, se agarrou a elas com todas as forças, entregando até mesmo sua virgindade a Adonis.
Mas alguns caras do time do Colégio descobriram sobre o relacionamento deles, e não foi Alban o atacado dessa vez.
Infelizmente Adonis não era forte psicologicamente como Alban, ele não queria que o relacionamento deles fosse descoberto, ele não suportaria ser exposto. E então contou tudo, até mesmo sobre o esconderijo deles.
Os garotos obrigaram Adonis a marcar um encontro com Alban dentro da casa abandonada, e lá o garoto foi, feliz de ver o namorado, ele tinha durante a madrugada planejado fugir com ele, para um lugar longe onde eles pudessem ser felizes juntos.
Ele tinha todos os planos prontos, assim que chegasse o terceiro colegial eles iriam, ele tinha uma conta gorda no banco que permitiria eles alem de comprarem uma casa, se manterem por um bom tempo, ele tinha boas notas no colégio e tinha certeza que passaria em uma boa faculdade para isso ele estudava bastante sendo alguém extremamente inteligente.
Ele iria contar tudo, até levou um caderno com tudo anotado para mostrar, mas quando chegou la ele sentiu como se o seu mundo caísse, ele gritava perguntando o porquê, e Adonis apenas perguntou se ele acreditava mesmo que teriam um futuro juntos, e sim ele acreditava.
Ele sentiu seu coração se despedaçar e praticamente apenas se deixou levar quando começou a ser espancado, ele não gritou durante o espancamento, si quer chorou, o ódio em seu coração era tanto que suas últimas palavras foram um juramento, um juramento de que ele voltaria, nem que pra isso ele se aliasse ao diabo.
Ele foi espancado e abandonado, Adonis não teve coragem de voltar e ver o que tinha causado, o garoto acabou por morrer ali sozinho e seu cadáver foi encontrado duas semanas depois e dizem que a raiva em sua expressão ainda podia ser vista.
Ele não se sentia vingado, então seu coração não tinha paz, e sem essa paz ele não pode nem entrar no céu, mas não era alguém ruim para ir ao inferno, sua alma ficou vagando por um bom tempo na terra até vir a proposta.
"Você pode ter sua vingança sabia?" falou o demônio e o garoto sorriu com a ideia. Ele mesmo se considerava alguém sem salvação mesmo, já que o Deus de amor não interferiu por ele, ele se achava no mínimo com direito de vingança.
Ele logo aceitou a proposta, se aliou ao lado do demônio e voltou a vagar pela terra, até hoje se perguntam onde foi parar seu cadáver que estava sendo preparado para o enterro quando sumiu.
Mudou tudo em seu estilo ou postura, o bom moço estava enterrado, junto aos sentimentos e sonhos que possuía. Foi atrás de um por um primeiro os torturando psicologicamente para depois a morte, o último foi Adonis. O garoto fez questão de entrar lindo e estiloso em cima de um salto em seu quarto no dia que foi atrás dele. Os pais de Adonis tinham saído e o garoto sabia que algo ruim estava prestes a acontecer, ele podia sentir seu sangue gelar quando escutou o barulho de saltos batendo contra a madeira da escada e seu nome sendo chamado por seu ex.
Estranhamente ele sorriu quando escutou a voz de Alban, sabia que não tinha para onde correr então apenas abriu a porta se sentou na cama e esperou. Quando viu Alban na porta sorriu e apenas pediu desculpas ao ver o olhar estranho do garoto, ele não queria que aquilo tivesse ocorrido, ele não reconheceu o garoto que se apaixonou naqueles olhos, mas sinceramente antes de morrer desejou que um dia ele achasse paz.
Após terminar seu trabalho Alban apenas saiu e resolveu que o mundo era seu lar agora, o que ele tinha a perder a final? Humanos são seres sujos e ruins, os realmente bons se não forem fortes sempre caem, vivemos em uma constante selva onde ele agora seria o caçador.
Agora era ele que iria se divertir sem limites.
Atualmente ele não se lembra muito de sua vida humana, na verdade ele se pergunta se um dia ja foi humano e continua pelo mundo, fazendo o que quer, sendo o que quer na hora que quer.

→Como era sua relação com Caroline?
Ele a observava, acha bonito casais homossexuais atualmente e gosta de saber como o mundo está em relação a isso direto com os que sofrem essa pressão, então as vezes se aproximava e se fazia de amigo apenas para entender como elas faziam para aguentar esse mundo, mas ele não foi o responsável por sua morte, na verdade nem sabem como ela ocorreu.

→Quer par? Se sim, como seria sua relação com mesmo?
Sim. Seria difícil para conquistar o coração desse demônio pois ele se fechou a muito tempo atrás, o cara teria que ser insistente e de preferência outro imortal também.
Ele e do tipo que você consegue uma transa maravilhosa fácil? Sim. O conquistar, namorar e o ter perto de si, dificilmente, na verdade muito dificilmente. Já que ele não confia fácil nem acredita em amor como um adolescente.

( ) Cameron Frizt.
( ) Sarah Wislonw.
( X ) Deixo por sua escola.
( ) Não.

→Sexualidade -
Homossexual.

→Gostaria de cenas de sexo com seu personagem?
Sim.

→Sabe que ele pode morrer a qualquer momento, não sabe?
Sim.

→Playlist do seu personagem - 
Doomed - Bring me the horizon.
Do I wanna Know? - Artic Monkeys.
Happy Song - Bring me the horizon.
Miss Nothing - The Pretty Reclkess.
Roll Depp - Hyuna.
Feel Good Inc. - Gorillaz
Heaven Knows - The Pretty Reclkess.
Monster - Exo.
Danger - Taemin.

→Você é...

( X ) Demônio.
( ) Humano.
( ) Feiticeiro.


→Algo mais?
Não.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...