~Videsa

Videsa
I'm a motherfucker unicorn
Nome: Ρυrρυriทα ♔ / srτα.αทτσทis ❥ / мαrsυρiαℓ ∞ / sυiทσ ❄
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Slumbering Dragon's Tavern


Postado




Nome:

[ Vênus Saru Elixidi ]: Seu nome de verdade
[ Urano Red ]: Seu nome na taberna

Idade:

Dezenove anos / Aniversário: 27/10 – Escorpião

Sexualidade:

Heterossexual

Aparência:



Vênus é uma elfa, de orelhas bastante pontudas e delicadas. Sua pele é clara como uma bola de sorvete de creme e, por conta de seu mau hábito de estar sempre com uma grande caneca de hidromel, esta possui sempre um forte odor de bebida.
Seus olhos sofrem de uma doença: a heterocromia — seu olho direito é um tom de castanho escuro bastante concentrado, quase se tornando um preto, e o esquerdo possui sua íris de coloração verde oliva. Suas orbes alojam um olhar mistério, onde a mesma consegue não deixar transparecer suas emoções.
Seus lábios são finos e avermelhados, provavelmente por conta das horas em que os mesmos ficam se lambuzando com bebidas diversas.
Os cabelos estão constantemente soltos, batendo na polpa de sua bunda, e mesmo sem a garota cuidar, eles têm a bela cor nívea. Deles exalam, estranhamente, o cheiro de madeira — por conta do badolin, que fica preso em suas costas. Sua cabeleira está repleta de pontas duplas e alguns fios com frizz.
Seus dentes da frente são certos, contudo, os dois maiores possuem um pequeno espaço entre eles e estão começando a ficar um pouco amarelados.
As unhas, da mão esquerda, sempre estarão cobertas por um esmalte cor carmim e as da direita com um preto.
Seu nariz é irritantemente perfeito e suas maçãs do rosto ficam bastante coradas, novamente por culpa da bebida.
Não é nem de longe baixa, medindo exatos 1,81 metros; Pode ser considerada gorda por alguns, pesando 73 quilos, contudo, isso é apenas excesso de massa corporal. Seus seios são bastante avantajados, por ventura, suas nádegas são menores que o normal.

Classe:

Bardo

Armas:

— Badolim:



Mesmo sendo seu instrumento musical, Vênus sempre o usa como sua arma — por isso está sempre trocando de badolim. Pega o cabo violeta, composto por oito cordas, e quebra a parte oca no corpo do inimigo.

— Frigideira:



Uma panela velha e enferrujada, está sempre perto de si em qualquer situação. Está com a parte debaixo entre a ferrugem e apodrecer. Assim como seu instrumento, ela o segura pelo cabo e bate no inimigo.

— Katar:



O katar parece, em uma primeira olhada, uma lâmina única. Mas quando um gatilho era ativado, virava três.
O fato de ser composta por três lâminas não apenas tornava a arma mais efetiva, mas também intimidante. A posição da arma também facilitava o bloqueio de golpes.

Personalidade:

Vênus é uma pessoa que apenas se faz de boba. Por conta de seu passado conturbado, a menina pode possuir uma mente mais aberta e liberal para as coisas. Pensa que as pessoas devem fazer o que querem o mais rápido possível, porque temos pouco tempo aqui.
É uma jovem com muitos segredos, mas, sua essência é verdadeira. Sendo uma pessoa muito bem humorada, está sempre fazendo uma piadinha sobre algo corriqueiro — normalmente relacionada aos bêbados que visitam o estabelecimento.
Também está sempre provocando pessoas do outro sexo, usando proveito de seu atributo natural — esta sendo um de seus passatempos prediletos. Bastante energética, nunca está parada num lugar só e na maioria das vezes encontra-se se empanturrando de hidromel.
É bastante simpática, afável e leal. Sabe o quê é ser traída por alguém que realmente confiava, então, procura ser o mais leal possível.
Mesmo tendo dezenas de qualidades, Vênus também tem uma porção de defeitos, seu principal sendo o fato de ser viciada em fumar tabaco em seu narguilé e ser um "pouco" alcoólatra.
É demasiadamente crítica, está sempre julgando alguém em sua mente — essas críticas gerando piadinhas infames sobre os outros. Com a sua ideia de fazer as coisas mais rápido possível, Vênus é considerada impulsiva. Também é barulhenta e exagerada.
Deixando tudo isso de lado, Vênus é uma garota frágil, com medo do mundo; por isso nunca sai da taberna. Encontrou seu refúgio em seu badolim, na bebida e no fumo.

Em que vai trabalhar na taverna:

Bardo

História:

Vênus é uma pessoa no mínimo peculiar. Para os outros interessados, sua história é um completo mistério.
Nascida num berço completamente banhado por ouro, a garota sempre tivera um destino traçado por seus parentes, e até mesmo por pessoas com interesses matrimoniais. A albina nascera bem no dia do solstício de verão, talvez deste modo explicando o porquê de amar tanto assim as altas temperaturas, e trouxera muita felicidade para sua mãe, enquanto que para o seu pai, infelicidade — já que o homem queria um filho homem, para ser seu herdeiro.
Vênus desde então, fora criada com o principal objetivo de estar em algum momento de sua vida em cima de um altar, com um homem que sua família teria decidido.
Ao completar seus quatorze anos, sua "flor vermelha" desabrochou — ou seja, sua primeira menstruação chegou. Seu pai, vendo que a mesma já poderia reproduzir herdeiros, a vendeu pelo preço mais alto para um homem qualquer, que se dizia ser um lorde. Este lhe deu uma enorme quantia, pois uma elfa era algo que era muito raro de alguém ver.
Este homem era Gilbert Hump Monium. Realmente era um lorde, da casa Monium, seu símbolo sendo um grande urso negro. Vênus assustou-se com ideia, mesmo tendo sido criada para este momento.
Com medo da ideia de se casar com Gilbert, a adolescente fugiu o mais rápido que pode — sendo perseguida pelos cachorros de caça da casa de Monium. Conseguiu chegar até uma pequena, porém acolhedora. Estava cheia de hematomas, gerados por conta das diversas vezes que a mesma caíra em sua desesperada corrida, lama e um bocado de sangue na perna e no canto da boca.
Desde então, Vênus vem morando/ trabalhando na taberna, fazendo o máximo para se manter — também mudou seu nome, para caso de seu pai ou seu marido lhe encontrarem; chama-se agora: Urano Red.

Gosta:

— Narguilé ( ou seja, fumar ); mascar menta; chá de canela; badolim; música; dançar; carne de cordeiro; beber; ouro; copos-de-leite ( a flor ); calor; bolo de chocolate; comida; chuva; hidromel; cor vermelha.

Odeia:

— Bolo de morango; cor rosa; bêbados ( irônico, não? ); frio; ladrões; homens mulherengos; ursos;

Algo a mais:

— Sempre usa essa roupa:







Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...