~Videsa

Videsa
I'm a motherfucker unicorn
Nome: Ρυrρυriทα ♔ / srτα.αทτσทis ❥ / мαrsυρiαℓ ∞ / sυiทσ ❄
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

The Mansion - Interativa


Postado

SAMANTHA






...:: Ficha :::...

Nome:

Samantha Charlotte Corday

Apelido:

Sam

Idade:

16 anos e nove meses

Aparência:

Keiko Kitagawa





Apesar de seu nome ser de descendencia francesa, a mesma possui uma beleza vinda dos países asiáticos. Seus fios muitas vezes, quase vinte e quatro horas por dia, estão rebeldes e indo para direções opostas; É uma mistura de cores para falar a verdade. Uma coloração de castanho claro com um bastante escuro, apesar de se parecer bastante com apenas castanho escuro, fazendo assim uma cor única e diferente. Dele exala um odor natural de cacau, mais conhecido como chocolate amargo. Tem uma grande franja que cobre boa parte de sua testa e suas pontas batem debaixo de seus seios. Sua pele não chega a ser morena e nem a ser tão branca, digamos que é como se tivessem passado um pó de café na sua pele. Por ser muito... agitada, moleca e destrambelhada, Sam está com alguns machucados pelos braços e pernas, mas nada tão serio; E por conta deste motivo, não cuida tanto de sua aparência como deveria. Seus lábios são carnudos e de tonalidade escalarte. Suas orbes são castanhas escuras e hospedam um brilho amigável e travesso


Gênero:

Feminino

Sexualidade:

Heterosexual

Par:

Você decide

Personalidade:

- Engraçada -

Ela é sempre muito divertida e bem humorada, chegando até, a ser meio idiota. De todos em sua família ela é a única com algum senso de humor. Está sempre fazendo piada de tudo e rindo - apesar de sua risada ser parecida com a de um pato travesti.

- Volátil -

Essa palavra pode definir muito bem Samantha , que é uma verdadeira metamorfose emocional. Ela é muito intensa, sente tudo de uma forma extremamente avassaladora. Sua intensidade faz com que as relações amorosas que ela possa ter sejam mágicas, profundas e até trágicas.

- Observadora -

Ela é muito observadora, pode até parecer que ela está fora de ação, mas na verdade ela está observando tudo com seu olhar crítico. Para Sam, analisar pessoas e situações é tão simples quanto tomar uma casquinha de sorvete.

- Destemida -

Não é nem um pouco medrosa, nunca deixa que ninguém a passe medo. Sempre age de forma segura, não tem o ego inflado, apenas confia em suas escolhas. Nunca foge de um bom desafio ou competição, ela adora sentir a emoção de ganhar um desafio. Sempre faz as coisas que quer, ela costuma falar que não podemos ficar parados só observando a vida passar.

- Irônica -

Ironia é, sem dúvidas, a figura de linguagem mais usada pela mesma . A garota gosta fazer comentários sarcásticos com uma leve pitada de crueldade. Ela ama fazer piadas inapropriádas em momentos delicados. É imatura, pode chegar até ser infantil as vezes.

- Obstinada -

É muito cabeça dura, quando ela tem algo em mente não há ninguém que a faça mudar de ideia. Ela é muito determinada, quando ela realmente quer algo não tem medo de ir a luta e fazer acontecer, mas também sabe o que vale a pena e o que não vale a pena para que não acabe perdendo o controle. Por nunca desistir do quer, as vezes ela acaba se machucando por não ouvir os outros ao seu redor.

- Leal -

Muito leal, seria capaz de fazer qualquer coisa para ajudar alguém que gosta. Quando toda a barreira de desconfiança de Sam é quebrada e sua lealdade é ganhada, ela se mostra uma amiga boa, com quem sempre se pode contar.

- Ressentida -

Quando Sam é traida ou enganada, é praticamente impossível reconquistar sua confiança. Ela é como um computador de memória infinita, armazena tudo que você fez a ela, seja bom ou ruim. Samantha não esquece, nunca, se você a fez sorrir ou chorar, então a faça sorrir, porque se ela chorar por sua causa... prepare-se!

História:

Sam nasceu no interior da França, como seu nome deduz, e crescera numa espécie de fazenda até completar dez anos e então se mudou para a cidade grande, Paris, capital Francesa. Com o tempo conseguiu se adaptar com a vida na cidade, contudo ainda sentia falta de algumas coisas. Superou depois de um tempo - ainda mantém uma foto da fazenda e dos animais consigo. Seu aniversario, dia do Solstício de Inverno, é datado no dia que fez mais frio em todo o país, talvez este fato combine com sua verdadeira personalidade.
Pode ter apenas dezesseis anos, mas este tempo entre seus dez e dezesseis anos foram um dos piores de toda sua vida. Aos onze anos um de seus sete irmãos, o quinto chamado Dexter, tornou-se um famoso ladrão de bancos - preso no aniversário de quatorze anos da menina, recebera vinte anos de prisão. Depois de alguns meses após completar treze anos, seu irmão mai velho Clark de trinta e dois anos, foi posto num hospício para pessoas com mentes completamente debilitadas - foi encontrado numa sala com o corpo de sua ex-namorada, enquanto alegava que " eles " iriam o pegar; Está lá a três anos e nenhum avanço foi feito. Os gêmeos, o sexto e o sétimo, foram mortos num acidente de carro quando a mesma tinha quinze anos, então a mesma ainda sente sua perda. O resto de seus irmão, o primeiro, segundo e o terceiro; Vivem normalmente suas vidas. Seus pais, ainda vivem, num asilo na periferia.
E por conta destes fatos, a mesma tonou-se um pouco psicótica; Desconta suas frustrações em suas pobres vitimas e tem um estilo bem próprio. Inspirando-se nos antigos vikings da Escandinávia, a mesma mata as pessoas com o antigo costume nórdico : A Águia de Sangue.

Gosta:

> Sorvetes de Casquinha;

> Frio;

> Chocolate;

> Chocolate quente com marshmallows;

> Meninos morenos;

> O cheiro de grama molhada pela manhã.

Não gosta:

> A cor rosa;

> Pessoas certinhas demais;

> Patricinhas;

> Foie gras, intestino de pato;

> Romance.

Medos/fobias/traumas:

> Aracnofoobia.

Como age com o par:

Hum... Como ela não tem par, pode ser do jeito que você decidir.

Como age com os demais assassinos:

Como se fossem amigos de longa data, já que realmente são.

Como age com as(os) outras(os) garotas(os):

Normalmente, como agiria com os assassinos.

Curiosidades:

> Tem uma marca de nascença em forma de uma girafa no seu antebraço esquerdo;

> Gosta de comida apimentada.

Cidade em que estava quando foi sequestrada:

Estava em meio de um de seus assassinatos, na cidade de Monte-Carlo, Monaco, França

Está ciente que está deixando seu personagem em minhas mãos?:

Yep.

Está ciente de que se você desaparecer da fic/parar de comentar sem avisar, seu personagem irá morrer e será substituído por outro?:

Sim.

Favoritou?:

Claro, ué.

Algo a mais?:

Nope.



JULLIETTE






...:::Ficha:::...

Nome:

Julliette Olivier du Guesclin

Apelido:

Julie

Idade:

Dezessete anos e duas semanas

Aparência:

Blake Lively





Julliette é uma menina completamente estonteante, apesar de ser uma verdadeira vadia. Seus fios são dourados como os mais puro trigo e a mais brilhosa palha, apesar de serem falsos e feitos num salão a cada duas semanas; Por conta das dezenas de produtos que a mesma utiliza, os cabelos ficam com um cheiro doce de copos de leite. Sua pele é clara, mas possui um bronzeado artificial a deixando com um corzinha mais escura. Suas orbes são uma mistura de azul ciano e verde oliva, assim uma cor natural e bela - talvez a única coisa natural da mesma - e tem um olhar confiante. Os lábios são finos e rosados.

Gênero:

Feminino

Sexualidade:

Heterosexual

Par:

Você decide.

Personalidade:

- Atriz -

Julliette consegue ensinar qualquer coisa. Consegue levar o público de risadas á choro descontrolado em questão de segundos. Sua capacidade de atuar é tão impressionante, que as vezes a mesma está atuando e nem se dá conta. Obviamente a garota usa essa habilidade á seu favor, fazendo cena por qualquer coisa, consegue se safar de muitos problemas.

- Arrogante -

Ela sempre diz ser expert em assuntos que nunca ouvira falar, só para não ter que lidar com as opiniões do leigos. Acha-se melhor em tudo. Pensa que deve ter um reconhecimento do mundo, porém não o merece por conta de sua personalidade. Humildade não é uma palavra que se pode encontrar em seu vocabulário. Faz de tudo para não encontrar-se num nível parecido com o do próximo, afinal, ela é uma Guesclin !

- Soberba -

Essa palavra define bem os objetivos de Julliette. A garota sente-se auto-realizada comprando bens materiais, sente um prazer imenso ao ver que despertara inveja e admiração dos outros, elevando sua autoestima no limite. Ela sente-se no topo, mas quando alguém lhe supera é tomado pela a inveja. Ela acredita que sempre deve superar os outros e ser um modelo de perfeição. Ela não gosta de ser comparada como os outros, não gosta de ser como os demais. Ela tenta co máximo superar as outras pessoas e se tornar a maior.

- Orgulhosa -

É muito orgulhosa. Não aceita a opinião de ninguém além de si própria. Seu orgulho chega a ser exagerado se tornando um tipo de satisfação incondicional e os próprios valores são superestimados, acreditando ser melhor ou mais importante do que os outros.

- Vaidosa -

Extremamente narcisista, Julie é a imagem da vaidade em pessoa. Ela cria uma imagem perfeita de si mesma, tornando mais fácil os outros de admirarem e/ou a invejarem. Ela possui essa necessidade de atrair atenção dos outros, sendo eles mais ricos ou pobres do que si mesma, querendo vangloriar-se, exibir-se ou ostentar a beleza que possui.

- Falsidade -

Julliette é totalmente falsa. Na frente das câmeras é um anjo que caiu do céu, contudo, nos bastidores é uma verdadeira cobra. Por conta de seu orgulho que monumental, a garota sempre está demonstrando uma imagem alterada de si mesma para o mundo. Em frente da família real irá fazer de tudo para verem-na como a garota perfeita.

- Materialista e Consumidora -

Para ela, tudo é voltado para os bens materiais. Ela pode curar feridas com idas ao shopping, estourando o cartão do pai. Já teve diversos namorados, porém não amava nenhum. Tudo era para chegar ao topo em sua carreira - todos eram famosos já estabilizados. Segundo ela : " De que adiante ser linda, se você não pode desfilar com um salto Prada ? "

História:

Nasceu na famosa ilha Italiana de Sicilia e desde pequena, sempre fora tratada como uma pequena princesinha. Juliette nascera num berço certamente nobre. Seus pais - Edimundo e Daisy - já estavam estabilizados em sua vida de celebridades internacional. Daisy apresenta um programa de malhação, sendo conhecida pelos diversos DvD's que lançara e Edimundo é um ator de um seriado inglês e quase nunca está em casa. A garota é filha única, tendo sido mimada desde que chegou no mundo. Sua mãe lhe ensinou a passar blush antes de aprender á falar com três anos e aí por diante. Com quatorze anos já havia virado modelo juvenil e aos dezesseis uma atriz numa sub-serie americana.

Gosta:

> Morangos;

> Compras;

> Viajar;

> Meninos;

> Salto altos.

Não gosta:

> Pobreza;

> Legumes;

> Engordar;

> Fedelhos;

> Pessoas sujas.

Medos/fobias/traumas:

> Medo de ter um cabelo ruim.

Como age com o par:

Mesmo não tendo um, ele será tratado como um escravo - carregando suas coisas, compras, etc.

Como age com os demais assassinos:

Como age com os seus criados, como servos.

Como age com as(os) outras(os) garotas(os):

Como trata todos.

Curiosidades:

Não sabe pronunciar a palavra picles.

Cidade em que estava quando foi sequestrada:

Milão, Italia - em meio de um desfile de moda.

Está ciente que está deixando seu personagem em minhas mãos?:

Sim.

Está ciente de que se você desaparecer da fic/parar de comentar sem avisar, seu personagem irá morrer e será substituído por outro?:

Yep.

Favoritou?:

Yep.

Algo a mais?:

Nope.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...