Ficha para a minha fanfic


Postado



>> Nome<<
Sayrui Kurosaki

>>Idade<<
17 anos

>> Aparencia<<






Chiyo tem seus cabelos curtos ate um pouco acima do ombro,fios ondulados e lisos ao mesmo tempo,fazendo que as pontas do seu cabelo se curvasse para dentro,seus cabelos tinha uma cloração variada,entre os vários tons de azul e roxo com uns leves mesclado de branco,cada fios dos seu cabelo tinha 3 cores diferentes em um único fio,parecia que seu cabelo era feito de várias constelações,sua franja fica caida em cima do olho direito por isso esta sempre repartida no meio,e a parte esquerda de sua franja fica atrás de sua orelha e a parte direita fica solta suas sombrancelhas são bem feitinhas e retinhas,os traços de seus olhos são grandes deixando seus olhos ainda mais bonitos,seus olhos são de um azul água profundo e estrelados,mas sua pupila é azul meio escuro,e parecia ser feito de uma nebulosa,por causas dos leves pontinhos brancos que davam a impressão de ser varias estrelas presas a uma massa cosmica azul,lábios carnudos porem nada grosseiros,pálidos por natureza porem sempre seus lábios estão pintados de rosa bem clarinho,ela tem um dom para maquiagem,mas tirando os dias em que ela não sai para ir a algum lugar ,ela evita usar maquiagem,já que seus olhos são bem delineados naturalmente,parece ate que ela usa lápis ou coisa do tipo,seus cílios são volumosos e curvados,sua pele é bem alva,sua pele era tão pálida quanto a neve seu nariz tinha a pontinha vermelha,que se espalhava pela maçã do seu rosto,com umas pintinhas levemente branca,não era branca mas também não era escura,ela ,e fica bem evidente quando esta corada,sua pele é suave como porcelana,e perfumada com o mais suave e marcante dos perfumes,seu corpo é muito bonito e bem escupido,seios fartos e firmes,barriga sequinha cintura fina e quadril largo,bumbum empinado e durinho,e suas coxas são fartas e firmes,ela tem 1,59 de altura e baixinha e levinha pesando 50kg apenas


>>personalidade<<
Sayuri é uma menina mais reservada,sabe aquelas garotas que as pessoas chamam de esquisita? é ela Sayuri não é fria nem anti social,mas tem o temperamento mais calmo e reservado,mas se der corda ela fala sem parar,ama conversar,gosta de sair para passear com os amigos,porem Sayuri é mais caseira,é dessas de ficar em casa assistindo filmes de romance,em quanto come Nutella, Sayuri é uma pessoa sensivel...ate de mais,ela é da quelas que toma as dores da pessoa sabe? ela é uma pessoa muito doce,gentil e delicada,não consegue guardar rancor de ninguém,mas não é dessas de chamar atenção,ela gosta de ser abraçada,não consegue ser grossa com ninguém,mesmo que tente,quando alguém briga com ela,ela apenas abaixa a cabeça,com a educação que recebeu de sua mãe(na historia ira entender) ela é o mais delicada que consegue,na hora de falar,na maneira de agir,é uma flor,muito cuidadosa com suas coisa,tem mania de simetria,tudo tem que estar no seu devido lugar,ela é competitiva sim em bora não tente demonstrar isso a ninguém,ela não gosta de ser deixada em segundo plano,Sayuri não é de falar muito,por ser tímida,mas fala muito bem se preciso,ela uma vez ou outra acaba sedendo um pouco e gagueja mas é bem raramente,Sayuri sorri para todos a sua volta,ela não é desastrada,porem destraida isso faz com que ela acabe sendo desastrada,mas se deixar ela equilibrando um ovo de pé na cabeça e um no palido de churrrasco ela não deixa cair,consegue ser concentrada,ate de mais,Sayuri é muito educada,parece uma princesa,porem muito longe,ela quer ser a Geisha perfeita,mas não pode evitar que dentro de sua casa seja um pouco desastrada ao ponto de tropeçar em seus proprios pés,Sayuri é muito fraca,é com muito esforço que ela levanta uma xícara cheia de chá sem deixar cair,ela não gosta de ser fraca,faz o que for preciso para parecer forte,e consegue,ela não da conta de comer um pouquinho,de fato ela é igual a Magali,quanto mais come mais ta com fome,consegue ser engraçada,ela gosta de fazer as pessoas rirem,não gosta de ver ninguém triste,ela é uma pessoa meio apagada na sociedade,é raramente que consegue uma amizade por ser tímida,mas não pense que ela é ingenua,inocente ate pode ser mais ingenua não,ninguém pode brincar com a bondade dela,ela sabe direitinho quem são as boas e as má pessoas,para ela brincar com seus sentimentos é a pior coisa que tem,mas não pode evitar,de uma maneira ou outra sua bondade e inocencia acaba sendo um fardo para ela,ela realmente é uma artista,atriz,cantora dançarina,poetisa,e desenhista,ninguém gosta de uma mulher que não seja talentosa,e talento ela tem de sobra!
é fácil fazer amizade com ela,ela não consegue guardar rancor de ninguém,mas ela perdoou uma vez,e se fizer de nova ela perdoa também,mas já na terceira vez,esquece que ela existe,não vai te tratar ruim e nem ser ruim com você mas não ira confiar do mesmo jeito que antes
>>Gosta<<
- doces
- passear a noite
- J-rock
-dançar
-desenhar/pintar
-ama mais que tudo o mar
-azul
-estrelas
-dias frescos
- café
- filmes de suspense
-livros de aventura
-neve

>>Não Gosta<<

-de que pisem no seu pé
- de acordar com o cabelo embaraçado e ter que desembaraçar(doi pra pakas)
- dias muito quente
- muito barulho
-de errar seus desenhos
- de praticar atividades físicas

>>História<<
Para entender a história de Sayuri é preciso acreditar em algo que seria impossível !
Seu pai era um homem comum,trabalhava em um quiosque na praia,um dia de noite quando estava fechando o quiosque,ele viu um risco de luz cortando o céu e caindo na parte mais isolada da praia,não fez barulho algum,mas ele foi ver o que era,ele se surpreendeu em ver uma mulher de cabelos róseos e longos,um vestido branco reluzente,ela era uma estrela,mas estrelas não caem do céu,mas aquela caiu,ele a levou para casa,quando ela acordou,ela disse que queria ver de perto o amor de um ser humano,e com o tempo passando o pai de Sayuri e a estrela se apaixonaram,e por mais um ano a estrela ficou na terra,porem um dia sumiu,o pai de Sayuri ficou tão triste que quase se matou,porem nesse dia em que ele ia se matar,se afogando no mar,ele viu um cestinho boiando na água,ele ouviu um choro e ao abrir o cestinho,ele viu um bebe que tinha na pele a marca de estrelas,era um bebe diferente,por mais que parecesse um humano normal,havia uma carta dizendo,que aquele bebe era o fruto de um amor entre um humano e uma estrela,então o pai de Sayuri resolveu cuidar dela,com forme ia crescendo Sayuri ficava parecida com uma criança normal,tirando seu cabelo,o fato de ao em vez de Sardas ela tinha pontinhos que quando ficava escuro se iluminava e se ligavam como constelações,isso fez ela ficar meio afastada da sociedade.
Sayuri,morava com o pai em uma casa de praia,ela era apaixonada pelo mar,Sayuri foi criando talentos,desenhava dançava,tudo que podia fazer ela podia,porem era muito fraca,muito mesmo,mas ela era muito feliz com o pai,sempre que perguntava da mãe seu pai não respondia,mas falava que ela era parecida com a mãe,mas isso não era o suficiente para ela,mas sabia que o assunto deixava o pai muito triste.
Um sai Sayuri estava desenhando quando pai saiu para trabalhar,em geral Sayuri passava o dia inteiro sozinha,mas na quele dia algo iluminou sua mente,ela começou a ver flashes em preto e branco,era tudo embaralhado,e os rosto não era nítido em uma hora parecia uma guerra e em outra uma mulher segurando uma criança e fugindo,era tão forte as imagens que ela sentiu sua cabeça girar e ela caiu batendo a cabeça na beira da mesa,fez um corte e ela desmaiou,ela ficou o dia assim,desmaiado,quando no finalzinho da tarde ela acordou com uma dor de cabeça,ela tomou um banho e depois foi fazer algo para comer,quando se virou para ir para sala,ela viu sentado na cadeira da mesa da cozinha,um homem todo de preto na qual o rosto não era possível ver,quando ela o viu levou um susto que deixou cair o prato,e alem de tudo ela tinha tudo trancado,e estava de toalha ainda,ficou mais branca do que já era.
O homem disse que poderia dar a ela as resposta que ela tanto queria,que era só ela fazer um acordo com ela,acordo esse que ela não revela pra ninguém,ela simplesmente aceitou o acordo ,ela não aceitava o fato de simplesmente só saber que existe teu pai,por isso ela aceitou.
>>Família <<
Ryuro Kurosaki - Pai- 42 anos



Rose – Mãe-idade desconhecida



>>Objeto Especial <<
Duas coisa
Ganhou da mãe um colar de concha,quando nasceu,mas ela não [img]



>>Par : Reiji <<

>>relação com as garotas<<
Não foi fácil fazer amizade com elas,por Chiyo ser meio reservada,masa já que estava ali mesmo,não custava nada fazer novas aliadas,e passou a ficar mais próxima delas,e foi criando um laço forte,e não consegue viver sem a companhia delas!

>>Segredos<<
- que ela quase foi estrupáda por seu pai

>>Medos traumas e fobia<<
Medos
- escuro
-traumas :
Altura
Fobia
- escuro

>>Frase que a defina<<
“ Acredito que o ser humano não seja assim tão ruim “
>>UMA Musica que a defina<<
https://www.youtube.com/watch?v=VVYTzauIb_4

>> Roupas<<

==Casual==





==Sair==




==baile==




==banho==



==pijama==




===============================
>>Algo a mais?<<


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...