~JessLok

JessLok
All By Myself
Nome: Gangster ❣ Jessica {Jess}
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Niteroi, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha (Lost Mind)


Postado

Ficha (Lost Mind)

"8" Ficha ^^
✖ Nome e Sobrenome: Lola Benson
✖ Apelido: Lolis
✖ Data de Nascimento: 29/08
✖ Idade: 18
✖ Sexualidade: Bissexual
✖ Par: Sim
✖ Aparência: Altura: 1,57 m, Cabelos castanhos ondulados, Olhos castanhos chegando a quase pretos, Uma pele branca, baixinha e magrela.




✖ Photoplayer: Lucy Hale
✖ Personalidade: Todos a vem como uma garota estranha que fica no seu canto, mas na verdade ela ama falar e se socializar com as outras pessoas, ela só não se solta, porque tem medo das pessoas não gostarem dela, ela é uma pessoa muito protetora e amiga, se uma pessoa estiver mal, mesmo que seja a pior pessoa do mundo, ela faz de tudo para ajudar a pessoa, porem ela tem seu lado ruim, que é ser ciumenta.
✖ História: Desde criança ela era facinada por crianças ou bebês, um dia sua mãe a levou para uma creche, lá nessa creche tinha varios e varios bebês, quando ninguém a estava olhando ela pegou um bebê e começou a chacoalhar ele, ele começou a chorar e berra, até que as tias viram oque estava acontecendo, quando Lola percebeu que as tias estavam a olhando, ela deixou o bebê cai no chão com tudo, fazendo assim o bebê se machucar, as tias brigaram muito com ela e a mandaram para casa, sua mãe começou a despreza-la e a odiar desde então, quando ela tinha 16 anos algo mais pesado aconteceu. Seu primo veio a sua casa um dia, ele resolveu brincar com Lola, e o final dessa brincadeira não saiu nem um pouco bem, eles estavam brincando de trava lingua, ai de repente Lola começou aperta as bochechas dele e puxar seu cabelo com violência, ele consegiu escapar dela e foi correndo para o sótão, lá tinha uma janela, quando ela estava perto dele, ele pulou a janela, por sorte ele não morreu, mas acabou com muitos hematomas, e foi ai que ela acabou no manicomio.
✖ Família:

Pai, Harry Benson, 39 anos, Professor, Vivo
Não se dão bem, ele não liga muito pra ela, e desdo incidente, ele não fala mas com ela.

Mãe, Julia Carter, 34 anos, Secretaria, Viva
Ela odeia sua filha, por dar desprezo a ela e a envergonha.
→ ✖ ←
✖ Qual sua parte louca? Peculiaridades, ela tem fissão por bebês e crianças
✖ Porque esta no hospicio? Pelo tal incidente, sua mãe não poupor folego para a colocar lá.
✖ O que mais odeia em uma pessoa: Fofura e falta de fé.
✖ O que mais gosta em uma pessoas: Lealdade e Confiança
✖ Como vai tratar
→ Amigos: Vai demonstrar toda sua bondade e lealdade
→ Inimigos: Ira ignora-los, mas se a coisa ficar feia, ela vai encarar
→ Medicos e enfermeiros: É aquele ditado né, Ou você trata os outros como você quer ser tratado... ou você será tratado como trata os outros.
→ Par: Sempre leva em conta essa frase: Ninguém é perfeito. Mas um dia você será perfeito para alguém e alguém será perfeito para você.
→ Outros pacientes: Como ela é muito timida e quieta, ela se afasta muito deles e tenta o possivel para não acabar em uma briga.
→ Violet Chase: Elas nunca trocaram palavras, mas tenta fazer amizade com ela, mas sua timidez fala mais alto.

→ ✖ ←
✖ Vícios: Não
✖ Segredos: Oquê a mãe do primo dela disse a ela é um grande segredo.
✖ Uma palavra/frase que define seu(a) personagem: "Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar"
✖ Uma musica que defina seu(a) personagem:
All Night - R5 - Link: https://www.youtube.com/watch?v=f9klkVh5V7g
✖ Favoritos: R5/Katy Perry/Zac Efron/Teen Wolf/Cinderela
✖ Lema do personagem: "Mas eu desconfio que a única pessoa livre, realmente livre, é a que não tem medo do ridículo"
✖ Musica favorita: Avicii - The Nights
✖ Medos/Fobias/Traumas: Medo do escuro
✖ Sonhos: Sair do manicomio e pedir desculpas para seu primo
✖ Roupa:

✖ Se eu precisar mudar algo em seu personagem esta de acordo? Claro !
✖ Algo mais? Não.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...