~Aika-

Aika-
Carter-
Nome: Jéssica Deyna
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Colombo, Paraná, Brasil
Aniversário: 23 de Abril
Idade: 23
Cadastro:

Resultado do Concurso Halloween - Três Contos


Postado



Boa noite meus caros "abiguinhos" -q
Trago lhes o resultado do concurso, mas antes alguns esclarecimentos e agradecimentos!

-
Primeiramente, nós jurados, gostaríamos de agradecer pela participação de vocês neste concurso. Ele foi criado nas pressas, queríamos aproveitar o tema e a data, por isso algumas informações acabaram sendo esquecidas na divulgação no fórum. A exemplo, o horário máximo do envio da fanfic.

Segundo, a data estipulada para a entrega do resultado era de no máximo duas semanas após a finalização do concurso, porém, queríamos entregar antes como a nossa jurada @Luara- comentou no fórum; Infelizmente alguns ocorridos acabaram atrapalhando e enfim, decidimos que hoje seria uma data adequada e boa para a entrega.

Agradeço a @Myloka, @Arcanos-, @Jwoanin , @SrtKaulitz , @Luara-, @Mhar e @Paulie por aceitarem este desafio!

Aos participantes, as suas histórias foram avaliadas com carinho e independente do resultado e da colocação, nos deleitamos com seus contos. Erros todos cometem, afinal, nenhum ser humano é perfeito e até mesmo, aquele seu professor -chato ou legal - de português erra. E o professor de matemática que acaba errando sem querer aquela continha boba?! O importante é sempre buscar crescer e melhorar, sempre seremos capazes de melhorar o melhor!

Sem mais, vamos ao resultado?!
(Comentários Feitos por @Paulie, @Luara- e por mim)

------------------------------------------ R E S U L T A D O -----------------------------------------

15º Lugar - Tales Of The Ancient (@Lucifer-Sam): 763 pontos;
Para mim um dos melhores temas do Concurso.
Eu sempre tive um fraco por histórias ambientadas no Brasil e contando histórias sobre a nossa cultura, então falar sobre a Quaresma, período com mais lendas, contos e fatos do nosso calendário, já aumentou e muito a moral da Fanfic comigo.
Porem, talvez pela quantidade pequena de palavras disponíveis, a história não foi bem desenvolvida, ás vezes até perdendo seu sentido.
Tales Of The Ancient tinha tudo para ser uma grande Fanfic, porem faltou profundidade.
- Duda Gomes.


14º Lugar - Concurso Halloween Três Contos – Daruma-san Ga Koronda (@saia): 771 pontos.
Minha cara autora, alguns pontos foram descontados pela gramática, ortografia e coerência. Lembre-se que a vírgula foi criada para auxiliar a leitura e nem sempre ela é realmente necessária. E quando precisar de qualquer pontuação, utilize-se do espaço para separar o ponto da palavra que a sucede. Mas tirando isto, sua história estava boa. Fizemos o que nos pediu, "entramos" no personagem. A ideia central foi muito criativa. Adentrar em um orfanato/hospital/manicômio e encontrar lá uma doce menininha querendo brincar e a partir disto, todos quererem também. Vou lá, quero brincar com ela –q
Enfim, parabéns pelos seus contos. Obrigada por participar.
- Jéssica Deyna.



13º Lugar - The Drought (@HarleeWise): 779 pontos.
"Achei muito interessante sua ideia de usar esse clássico como base pra sua história. Eu não cheguei a jogr o Ruby :c... Mas Emerald *-*..
Enfim, focando em sua história, você possui uma gramática realmente boa e uma ortografia de dar inveja a muitos, entretanto, a estrutura da sua história deixou muito, muito mesmo a desejar.
Recomendo que mesmo que a história se trate de retratação, que você diminua o tamanho dos seus parágrafos, quanto maior, mais cansativo. Então tente por partes explicar, flui bem melhor, e da a impressão ao leitor de que está lendo mais rápido do que realmente está.
Também senti falta de diálogos, por mais que a história fosse embasada e retratar a visão do personagem principal, não cairia nada mal que houvessem diálogos ainda que fossem dele com ele próprio. A ideia foi muito boa, e está de parabéns, erros todos temos, e espero que você compreenda essa critica. Você parece ter boas ideias, e isso é realmente raro."
- João Paulo.


12º Lugar - Is Dead (@JohanLiebert): 780 pontos.
"Sem fantasmas, apenas os monstros, e os humanos são os verdadeiros monstros na história.
Apesar de o autor perder alguns pontos em coesão e coerência – algumas partes simplesmente não fazem sentido – consegue criar uma história assustadora pelo simples fato de nos lembrar que, enquanto corremos e fugimos dos fantasmas, esquecemos quem realmente é o verdadeiro monstro."
- Duda Gomes.


11º Lugar - Uma noite de terror em Elios (@AnaDragneel): 804 pontos.
"Três Capítulos, três pequenas histórias de terror em cada cotadas como lendas pelos próprios personagens. Apesar de a autora ir, ás vezes, mais pra comédia do que para o terror em sim, Uma noite de terror em Elios é uma Fanfic agradável de ler, intercalada com diálogos engraçados e contos criativos."
- Duda Gomes.


10º lugar - Mulheres Obscuras (@MathFonWalbs): 817 pontos.
"Confesso que de início sua história me prendeu, sua escrita que pouco falhou e sua maneira de narrar. Mas ao decorrer do segundo capítulo e o terceiro, fiquei meio confusa. Pelo menos para mim não teve muito nexo o final. O nome da fanfic combina perfeitamente com o trio das mulheres sombrias, porém, a aparição delas não teve muito sentido; digamos que foi um tanto quanto rápido. E ao final, fiquei ainda mais “confusa”. Seria uma bela história a não ser por estes fatos.
Mas girl (ou boy -q), eu amei sua maneira de narrar e a maneira que você detalha, Parabéns!"
- Jéssica Deyna.


Lugar - Os verdadeiros monstros (@AzuriSky): 823 pontos.
"Parabéns a autora pela criatividade! O conto que mais interessei-me foi o último e surpreendi-me ao descobrir que não foi o “Marcão” ao vingar-se do presidiário. E achei um tanto interessante você retratar o ponto de visto daquele que comete o crime. A morte nem sempre é a punição certa - apesar de ser a favor da pena de morte. – às vezes o melhor sofrimento é a vida. Pecou um pouco na gramática então alguns pontos foram descontados, no mais, parabéns!"
- Jéssica Deyna.


Lugar - O Garoto Abóbora (@XxMissxX): 838 pontos.
"Há uma confusão quanto os personagens. No primeiro capítulo logo no final quem pareceu ser atingido fora Will e ele iniciou uma corrida, seguida por Mia e Will. O que não faz sentido, na primeira vez que li – sim, li mais de uma vez. – eu até acreditei que quem fora atingido fosse Matt, porém, no segundo capítulo é citado o Will novamente, isso me deixou confusa e ai foi descontado alguns pontos, assim como alguns erros de gramatica e ortografia. Mas a história em si, foi muito boa. A ideia de um garoto abobora matar crianças – lê-se curiosos – e então usá-los para ser enfeites de Halloween, e o principal, a maldição! Isto foi perfeito! Tirando tais erros citados, a sua história foi uma das que mais me envolveram. Parabéns."
- Jéssica Deyna.


Lugar - Relatos (@Jikwon): 839 pontos.
"Desde criança ouvimos vários relatos assustadores, e é com base nisso que a autora cria sua Fanfic.
Temos três relatos diferentes, ambos assustadores. Afinal, quem nunca passou por algum fato estranho na vida? Como dizem, por trás de toda história a um fundo de verdade. E o mesmo acontece com os relatos.
História inteligente, com uma boa base e uma perfeita narração, além de uma das melhores frases de efeito do Concurso."
- Duda Gomes.


Lugar - Halloween: A morte nunca é o fim (@YoungAlasca): 862 pontos.
"Histórias de terror, sem comédia, sendo ela involuntária ou não, apenas o medo e as ótimas frases de efeito. A autora cria histórias com os temas clássicos do Terror, o palhaço, a boneca e o cemitério, mas incrivelmente, consegue ser original em todos eles.
Uma das poucas histórias que senti, realmente, o medo. Coloquei-me no lugar dos personagens várias vezes, senti medo e tristeza por eles, o que me fez considerar essa história uma das mais bem elaboradas do Concurso."
- Duda Gomes.


Lugar - Um pouco de terror... Ou não (@Malikendoll): 878 pontos.
“Fanfic bem escrita com apenas alguns errinhos, nada demais. O conto que mais se destacou em minha humilde opinião, foi o primeiro, sem dúvidas! Faltou um pouco mais de emoção e da narrativa envolver mais, porém estava bom. A ideia de um bebê vingar-se pela morte de sua mãe e a sua, foi genial; Sem citar que ele voltou em forma de boneca. Só achei que para tal, deveria haver uma ligação entre o bebê e a boneca. Ai, as coisas fariam mais sentido e o terror seria perfeito. E bem feito para a megera, não quer ser vovó e com isso mata a filha e uma criança inocente, achei aquele tipo de morte ainda muito pouco."
- Jéssica Deyna.


Lugar - O legado do sabor (@Araque_Writer): 895 pontos.
"Genial.
Com poucos capítulos e palavras, o autor brinca com o tema de sua Fanfic, mostrando até a última palavra que, quando pensávamos que sabíamos tudo da história, estávamos plenamente enganados.
É incrivelmente surpreendente, bem escrito e inteligente, desde aos respiros cômicos, até os momentos de tensão."
- Duda Gomes.


- - - - - - - TAMBORES -Q PÁPÁPÁPÁ - - - - - - - -


Lugar - Ilusões de uma vida passageira (@Junyan): 906 pontos.
"O terror esta em todo lugar, inclusive na mente e insanidades do ser humano, como também na curiosidade fatal que nós temos. Depois de um desaparecimento, a curiosidade dos personagens os fizeram ir até uma antiga casa de praia, para desvendar a história.
E é claro que não acabou muito bem.
A autora se dá muito bem com a insanidade das personagens e com os momentos de tensão, tornando Ilusões de uma vida passageira um ótimo Conto de terror."
- Duda Gomes.


Lugar - Meu melhor amigo Flappy (@Konda): 912 pontos.
"Gente, que história foi esta? Deixou-me sem palavras!
Um bom amante de terror sabe admirar boas histórias e a sua com certeza é uma. Flappy, flappy; Palhacinho danadinho! Eu, como adoradora do terror, simplesmente adorei este palhaço. Confesso que logo no primeiro capítulo suspeitei, mas isso não impossibilitou de deleitar-me e surpreender-me com sua história. Você fez-me lembrar do filme épico, o “pai” do terror, Psicose – Psycho -. André é um Norman Bates mais criativo. Você tratou perfeitamente bem dois clássicos, o digníssimo palhaço e o amado psicopata. Dois em um. Alguns podem me questionar “Mas o palhaço mata, sendo assim é um psicopata!” Mas ai eu discordo, nem sempre é assim. Enfim, Flappy não era uma alma e sim o próprio André, assim como Norman era a Norma, sua mãe. É impossível não comparar!
Parabéns pela maravilhosa história, um verdadeiro conto de terror!"
- Jéssica Deyna.


Lugar - O trio de almas esquecidas (@Bianca-): 920 pontos.
"Autor, o que foi isto? Criatividade nível infinito!
O terror não foi o forte da história?! Os tolos se enganam ao pensar assim. O verdadeiro terror não é só aquele que nos assusta – exemplos dos filmes e/ou jogos, os quais damos vários pulos ao aparecer uma imagem na tela de repente quando menos esperamos – ou então quando tememos algo. O outro tipo de medo – terror – é aquele em que nos colocamos no lugar da pessoa e acompanhamos o resultado do triste fim. Você não fugiu do tema proposto em nenhum momento. Nos presenteou com a belíssima versão das pessoas, agora espíritos, que sofreram crueldade. E o melhor, pessoas que sofreram de verdade! O terror não está só no medo, também está no refletir. Talvez este comentário esteja confuso e por fim, ninguém entenda o que eu realmente quis dizer, mas o fato principal é que: Seus contos foram sim, os mais aterrorizantes.
Parabéns a autora."
- Jéssica Deyna.




---
VIVA, PARABÉNS.. PARABÉNS
*PULA* ~cansei de ser séria -q #apanha.

Ganhadores, sobre a entrega da premiação, deixem aqui seu comentário... a responsável entrará em contato com vocês <3


Obrigada pela participação e até o próximo concurso <33 #prometonovidades MUHAHAHAHAH@



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...