~JojoM00n

JojoM00n
Mercúrio em peixes
Nome: Jojo
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Itaquaquecetuba, São Paulo, Brasil
Aniversário: 11 de Abril
Idade: 16
Cadastro:

Relacionamentos e meu TPB. O que sinto sem você.


Postado

Olá.
Bom, o que significa TPB?
Transtorno de personalidade limítrofe (também chamado Transtorno de personalidade emocionalmente instável na CID-10, Transtorno de intensidade emocional ou Transtorno de personalidade borderline [TPB])[1] (borderline significa "fronteira" ou "limite" em inglês), é um transtorno de personalidade do cluster B cuja característica essencial é um padrão de comportamento marcado pela impulsividade e instabilidade de afetos, relacionamentos interpessoais e autoimagem. O padrão está presente no início da idade adulta e ocorre em uma variedade de situações e contextos [ Retirado do wikipedia].

Agora, vou falar como costuma ser os meus relacionamentos. Existe uma DEPENDÊNCIA EMOCIONAL, existe um medo do abandono. Sabe, é difícil, sempre acabo tendo irritações sobre como não estou recebendo atenção, brigo, discuto, ofendo verbalmente, mas no dia seguinte vou agir como se isso nunca tivesse acontecido e iremos pedir desculpas, te dizer o quanto te amo. Isso vale para todos os relacionamentos.

Tenho medo de te perder, afinal, todos também me abandoram e, agora, você tem feito o mesmo, então, por favor, diga isso. Não me evite, só diga que não me quer mais ao invés de simplesmente me evitar, ver minhas mensagens e não responder, não se preocupar mais comigo. Eu vou ficar mal, vou ficar bem pior do que já estou. Eu me sinto sozinho sem você por perto, eu tenho ingerido álcool, remédios, excesso de alimentos.
Eu nunca acreditei que alguém gostaria de mim um dia, justo eu, uma pessoa dejasustada e que esconde coisas de todo mundo. Um dia você disse que se importava comigo, eu pensei "Poxa, deve estar mentindo para mim, até parece que vou acreditar nisso", com o tempo você disse que eu tinha um lugar no seu coração, e, por fim, disse que me amava e que iria me proteger do mesmo jeito que eu faria isso por você. Acreditei.

Sinceramente, gosto de você, mas te odeio ao mesmo tempo. Te odeio porque foi capaz de me fazer acreditar só pra me deixar só. Eu te disse o quanto odiava que fizessem isso, te contei das partes mais profundas do que eu sentia. Era você que estava lá todos esses dias me fazendo ser confiante e tentando melhorar minha autoestima, me ajudando, mesmo que de longe, a conseguir ir para à escola. Eu não sei o que sou sem você, pois conseguiu preencher o vazio que eu não sabia que existia. Foi apenas você que me deu o que eles não me deram, por isso, eu te amo.

Escutando: Qualquer Negócio-Clarice Falcão

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...