~Jornalecos

Jornalecos
Nome: Chief
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Falando Sobre Yaoi - Parte 1 #Kpop


Postado

Falando Sobre Yaoi - Parte 1 #Kpop

Abordando um gênero muito amado no mundo das fanfics de Kpop, o Yaoi, não procuro denegrir o gênero nem algo do tipo.
Estou aqui como uma observadora, alguém que tem alguns anos de Kpop e Ficwriter de Kpop e que acumulou um belo acervo de questões para serem abordadas.


Pra quem não sabe:

Uke = Passivo
Seme = Ativo


Se vocês estão aqui, quer dizer que são meninas ou meninos que gostam de Yaoi, ou se sentiram atraídos pelo jornal.
Gostar de Yaoi é uma das coisas mais importantes para todos que escrevem ou leem fanfics de Kpop.
Yaoi é o gênero mais amado entre quase todos os que ouvem Kpop, formar shipps é algo incrível. Existem os casais mais Tops e os casais mais fracos.
Amar e se interessar por couples, ser uma fã de Yaoi é quase uma obrigação para Kpoppers, exatamente porque Kpop é um ritmo "gay", cheio de pessoas, meninos, meninas "gays", coloridos, felizes, brilhantes.
Automaticamente, quando um grupo debuta, já temos uma enxurrada de opiniões a respeito de quem é o uke, quem é o seme, automaticamente casais já vão sendo formados e toda uma cerimônia.

Vou citar apenas leitoras/escritoras meninas, por enquanto, já que esta é maioria das que se empenham em gostar de couples, shippar, ler fics e escrever.
Vou falar apenas sobre Yaoi, sem citar Yuri, também.
Outra coisa: fics ABO não se encaixam no que estou escrevendo aqui.



Gostar de Yaoi é errado? Não. Não! Mil vezes não. Yaoi é um gênero muito legal que deve ser expandido na verdade, histórias contendo relacionamentos homossexuais devem ser escritas, temas como estes devem ser abordados (preconceito, inseguranças, dificuldades, vitórias, amizades, companheirismo)

Mas existe um problema, um pequeno problema na abordagem de muitos Yaoi ou a maneira que alguns kpoppers se comportam diante do universo Yaoi e do kpop, mistura tudo, mescla bastante coisa que as vezes não tem muito a ver e torna tudo um bolo de mal entendidos que não deveriam existir.


Por onde começar?

Primeiro tópico é:

Meninas são a maioria dos leitores e escritores de Yaoi.
As meninas são criadas numa sociedade machista e sexista e, sua tendência é entender(infelizmente) que dois homens gays em seu relacionamento, agem da mesma maneira que um homem e uma mulher agem.

“Mas como assim? A gente sabe que não é assim! Por isso que a gente gosta! Porque são dois homens!”

Será?
E aquela hierarquia que existe no yaoi?

Infelizmente na nossa sociedade machista, os relacionamentos heterossexuais são hierárquicos, na maioria das vezes (algo que irei abordar em breve, mas não neste jornal).

O homem manda, o homem tem uma opinião mais forte, o homem representa o poder, a virilidade, ele é maior, ele mais forte, ele é frio, ele não possui fofura, nem demonstra muito sentimento.
A mulher é frágil, a mulher obedece ao seu parceiro homem, a mulher é submissa, ela é fofa, ela precisa ser protegida. Na cama, obviamente ela será penetrada e ficará submissa ao homem, já que normalmente é assim que funciona a relação hétero.


Entramos em colapso agora.
E vocês me dizem:

“Não... Eu vim aqui pensando que você fosse falar sobre yaoi! Eu não quero saber sobre relacionamentos heteros, porque eles não me interessam na fanfics.”

O problema, é que vemos aí a definição de SEME e UKE...
A única diferença entre o Seme e o Uke dos Yaoi, é que eles são dois homens.

Na mente da maioria das escritoras e das leitoras, a relação sempre é desse mesmo jeito.
A conclusão é "Resquícios de como um relacionamento hetero(quase sempre errado) acontece, passam pro Yaoi".
Tantas distorções que precisarei fazer outro jornal pra encaixar tudo melhor, mas vamos lá...

Se não sabem, o Yaoi surgiu no Japão que é um país extremamente machista e a visão que as autoras de Yaoi, japonesas, têm é bem caricata, também.
Geralmente o enredo trabalha na insegurança deles de assumirem isso ou conseguirem ficar juntos, ou nos Lemons que é apenas sexo explícito.



Na visão de quem cria e quem lê Fanfics de kpop, os dois rapazes que formam o casal têm que ser diferentes pra combinarem, um deve ser o que assume o papel do homem, o outro deve ser o que assume o papel da mulher.

“Mas como assim?”
“Do que você está falando?”


Quem já viu os discursos do tipo:

“Chanyeol não pode ser uke do Baekhyun de maneira alguma, porque o Baekhyun é o uke é uma ‘bicha dada’.”;
“O Baekhyun é mais mulher do que eu.”;
“O Youngjae é uma bicha nojenta, assim como o Himchan. Mais mulher do que muita mulher.”;
“O Himchan nunca vai ser o seme de ninguém, porque ele é um uke master!”;
“Entre Jackson e Mark, o Jackson é o seme, mas se for entre Jackson e Jaebum, o Jaebum será o seme, pois é incogitável que esse homem libere para os outros, já que ele é um macho alfa.”;
“Jin é o uke master e dá pra todo o BTS”.
"Xiumin e Luhan não dá certo, porque os dois são muito 'viados' pra ficarem juntos. Quem vai ser o uke e quem vai ser o seme?"

"Vou escrever uma fic JackBum."
"Sério? Ai, eu até leria JackBum, mas eu ficaria pensando quem será o uke e o seme..."


Todos esses comentários saíram de pessoas que acreditam que defendem a causa LGBTTI só porque gostam de Yaoi, só porque curtem ler os bias se pegando.
Mas elas estão muito longe de defender a causa... sabe.
É homofobia.
Isso torna um tema que deveria abordar assunto e riscar esses preconceitos, algo ainda mais preconceituoso que é a ideia de que os gays têm que agir como um casal hétero para se encaixarem.
A maioria das meninas que falam essas coisas não conseguem enxergar a profundidade do que falam, chegam a negar e dizem que é frescura de moralista tentar fazer desconstrução desses tipos de discursos homofóbicos e preconceituosos, com fundo completamente machista.
Muitas dessas meninas não gostavam de Yaoi, mas começaram a gostar depois que vieram ler as de kpop, porque os casais parecem se encaixar bem. Por que será que elas se identificam com os casais que se encaixam bem, hein?
E eu não digo isso porque eu deduzi, é porque eu li e ouvi meninas falando isso, vejo todos os dias, em comentários de fics Yaoi, em postagens no facebook, em tweets, na TL do Spirit. E não são só meninas de 13/16 anos não. São mulheres mesmo, velhas, entre os 19 e 25 por aí. Não que a maioria não seja de meninas mais novas, mas o número de mulheres nos 20 falando esse tipo de absurdo é grande.
Isso porque eu nem citei quando essas meninas leem ou ouvem falar sobre fanfics héteros, ai é que o circo pega fogo e elas dizem: Não pode ser hetero, porque kpop é gay.

Primeiro: Eu não estou aqui para falar de fanfics héteros e sim da visão de kpoppers sobre gays e a visão passada pras fics yaoi.

Eu vi no "Sobre Fanfics" um post de sugestão que falava mais ou menos assim:
"Onde estão as fanfics héteros do EXO? Sempre procuro e não acho. Façam mais."
Nos comentários veio uma garota e disse:
"Não tem fic hétero de EXO porque EXO é gay."

Recorri ao meu raciocínio problematizador e caótico na mesma hora e fiz essa pergunta:

"O que define ser gay?"
É a cor das roupas? Os MV's? Os sorrisos dos rapazes? Como eles são gentis?
Ser gentil não é ser apenas uma pessoa educada?

É um estereotipo deslavado.
Eles são magros, fofos e muito animados.
Eu não definiria isso como gay, não.
Definiria como cultura, como eles mesmos são.

Sabe porque você é homofóbica quando diz que EXO é gay por terem o estilo que eles têm?

Quando você diz que homens de pele clara asiáticos são gays por serem fofos e interagirem entre si, você exclui todo um mundo de homens gays que muitas vezes são fortes, gordos, barbudos, baixinhos, tatuados, motoqueiros, atletas de esportes que exigem força, policiais durões, homens negros, homens nenhum pouco fofinhos, homens firmes, homens que diariamente com certeza lutam contra o preconceito, contra o medo da discriminação.

Viu como o mundo gay não se resume apenas a "EXO é gay, gay é colorido, gay é lindo, é um vale de unicórnios onde tudo é divertido"?


Aonde eu quero chegar?

Muita gente desenvolve a fic e o personagem gay, misturando os gostos sexuais(na cama) com a personalidade dele.
Se o cara é fodão e frio, ele é um seme dominador, se o cara é gentil e fofo, com certeza é um uke.

O Chanyeol é alto e forte. Isso faz com que as meninas acreditem que o lugar de seme é o lugar certo para o ele e, o Baekhyun é o uke, com certeza, por ser menor, delicado, fofo e ter "jeito de mulher"(um pensamento totalmente machista, afinal, o que é ter jeito de mulher?). Claro que o Chanyeol tem que ser o seme, né, já que se ele for o uke, vai manchar toda a sua honra. (revira os olhos)
GENTE. Isso tá errado, isso tá muito errado!
Os gays são homens, eles vivem uma relação de homem com homem e, não existe a relação homem mulher entre eles não!
Claro que alguns preferem ser o ativo, sim, e outros preferem ser o passivo. Alguns desses não cedem, não gostam de fazer de outro jeito, é normal, mas não é regra não!
Vocês sabiam que há gays que nem curtem penetração? Sabiam disso? Muitos não gostam disso, apesar de se sentirem atraídos por outros homens e quererem uma relação com outro homem.
Boa parte dos homens gays são bem maleáveis, são flexíveis nas relações sexuais.
Outra coisa: Tamanho do cara(consequentemente tamanho de outras partes do corpo), cor do cabelo, voz, gosto musical, fofura, delicadeza, frieza... Isso não faz com que um cara seja uke ou seme não! Na cama, vale tudo pra muita gente, é uma coisa íntima. Alguns têm gosto peculiares e independentemente do que eles fazem fora do quarto, no quarto as coisas podem ser diferentes.
Vocês sabem como é difícil pra os gays encontrarem um amorzinho que combine com eles na cama?
Sabiam dessas coisas?
Os gays não vêm definidos como: Esse bofe aqui é um ALFA SUPER SEME, essa flor aqui é um UKE SUPER UKE.
Não é assim! Isso é estereotipo e isso é homofóbico.

Uma vez num chat, eu vi as pessoas dizendo que o JB não cederia porque o jeitão dele é de um grande alfa, que ele não se submeteria a isso, a ninguém! Que o Mark não poderia ser o seme do Jackson porque não dá, ele é muito bicha pra isso.

Vocês percebem como esse comentário é homofóbico e ao mesmo tempo também machista?
Se submeter é a função da mulher, não é mesmo??? A mulher que se submete na cama, no caso em sexo gay, é o uke. Porque o alfa lá não pode estar submetido, porque ele não pode se comparar a uma mulher... Isso tá errado!
Se o alfa lá é gay, ele pode muito bem querer ser penetrado, isso não tira nada dele, nem adiciona nada, é a sexualidade dele e deve ser levada em consideração.
No momento em que o carinha que gosta de ser penetrado é tido como inferior por seu comportamento, todas as pessoas que pensam assim estão sendo homofóbicas.


Por que eu disse isso no início?
"Vou citar apenas leitoras/escritoras meninas, por enquanto, já que esta é maioria das que se empenham em gostar de couples, shippar, ler fics e escrever."
Exatamente porque a maioria realmente não sabe o que acontece de verdade.
Sinceramente, não dá para as pessoas entenderem completamente, a não ser as que realmente fazem parte desse universo, mas existe respeito que é algo essencial.


Leiam isso, depois digam que eu estou inventando ou fazendo escândalo desnecessário:Quem come quem?
Ele é um jogador de futebol americano, gay. Além de correr o risco de homofobia e sofrer os preconceitos no meio de um esporte como esse, ainda tem que ficar ouvindo essas coisas ridículas? Deixem os dois, ué.
Se você é escritora de fic Yaoi, não propague pensamentos assim.
E se você é leitora, repense bastante.


Tem gay que dá pinta? Tem.
Tem gay super delicado? Tem.
Tem gay fofinho, sensível e que gosta de ser uke? Tem!
Mas tem gay tudo isso ai que gosta de ser uke e seme as vezes ou sempre seme? Tem sim!
Tem gay que não dá pinta nenhuma? Tem!
Tem gay que é um tremendo brucutu? Tem.
Tem gay que é fodão, o alfa, frio e que gosta de ser uke e seme as vezes ou sempre um uke? Tem sim!
O estereotipo é um dos piores erros usados nas fics de kpop Yaoi.
Repensem.


Eu tinha que escrever isso e acumulei por meses. Não tava mais aguentando.
Outras questões e pensamentos que se alastram em muitas fanfics Yaoi serão abordadas na Parte 2 do jornal: https://spiritfanfics.com/perfil/jornalecos/jornal/falando-sobre-yaoi--parte-2-kpop-6247033


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...