~Jornalecos

Jornalecos
Nome: Chief
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Valor X Qualidade


Postado

Valor X Qualidade


Sobre o Mundo das Fanfics de K-Pop: Valor X Qualidade






Muitas vezes, ou na maioria das vezes, neste mundo das fanfics, nos deparamos com pessoas de todos os tipos, histórias de muitos tipos – ou não –, e principalmente aquilo que mais vemos todos os dias: críticas, exigências e discriminação.

Os leitores insistem naquele tão famoso discurso:
“A fic tem que ter um roteiro bom, ser bem escrita e me chamar a atenção”.
Ótimo! Só isso?

Neste mundo, onde todos prezam pela sinceridade, talvez a mesma esteja faltando na maioria das pessoas.
Vamos lá ver se é só isso!

Primeiramente, os leitores se baseiam naquilo que tem mais valor para eles, sua preferência total, ou seja: Eles não vão ler algo que para eles não tenha valor algum...
Ai você me pergunta:
Como assim? Quer dizer que se eu ignoro, é porque eu acho sem valor?
Sim! Você não vê valor naquilo e não quer ler. Tipo aquele livro na prateleira que você lê a sinopse e acha a capa legal, mas... Não foi dessa vez. É que você não viu nada nele, não era a sua praia. Talvez seja um preconceito, alguém tenha dito a você que aquilo não presta, talvez exista algo que você queira ler mais do que ele, talvez não valha a pena pagar agora pra ver...
O mesmo acontece com as fics.
Você se pergunta:
O que eu vou ganhar lendo isso? Vou sentir tesão? Vou gritar? Vou me apaixonar? Ou pior... Não tem meus bias, não tem ninguém que eu gosto, não tem o couple que eu shippo com todas as minhas forças. Pra que eu vou ler isso? Não vou ler isso, nem sequer uma pequena chance de que isso aconteça...
Zero valor.
E isso não quer dizer que aquilo não tem qualidade, então é nisso que vou focar agora.
Então... Algumas pessoas por apenas não darem valor àquilo dizem que não presta, dizem que é ruim... Olha ai... Esse é um grande problema.
E o valor surge da fama, das raízes... E o valor pode vir agregado com qualidade ou não.
Quantas vezes não vimos gente xingando 50 Tons de Cinza dizendo que não tem qualidade alguma? Mas é repleto de valor, não é?

É complicado.


Vamos usar um pequeno exemplo:

Temos aqui, então, suco de Morango e suco de Laranja. 70% das pessoas vão preferir morango e 20% delas preferirá Laranja (isso por algum motivo interno, inicialmente, mas que com o tempo se tornou um padrão), o que resultará na queda do valor da laranja, o suco ficará mais barato, sendo ele gostoso e de qualidade ou não... Outros 10% São aqueles que tomam dos dois sucos ou curtem outros sabores que não são discutidos.
Mas, sendo um suco de Morango mais caro e bem mais valorizado, qual é a graça e qual vai ser a felicidade em produzir laranjas e suco de Laranja? Principalmente, dedicar-se a fazer esse suco de laranja com qualidade tão alta se ele não vai render o que alguém que produz suco de Morango rende?
Há os produtores de Morango que os produzem porque o preferem, por que gostam e porque possuem uma herança ou legado... Mas há algumas pessoas que até curtem a laranja, mas com medo ou pensamento empreendedor vão investir nos morangos, por que eles vão lhes dar menos dor de cabeça, mais fregueses e serão reconhecidos por seu valor e qualidade. E mesmo que os produtores de laranja sejam tão bons quanto, serão sempre taxados de menos que os produtores de morango. Não é mais fácil?
Ainda somamos o fato de que nem todos os sucos de Morango terão qualidade, alguns deles serão feitos por produtores meio ruins que se agregam ao costumeiro valor. E nem todos os sucos de Laranja serão bons, também.
Bebendo o suco de Morango, estão 40% das pessoas que realmente gostam, 10% que têm alergia a Laranja e 50% das pessoas que gostam, mas foram influenciadas e talvez nem sequer deram oportunidade ao suco de Laranja, para ver se é bom. Além de que, a maioria delas as vezes não se arrisca ao suco de Laranja, por que diz ser barato, de péssima qualidade e acham que se ao beberem um pouco vão morrer ou estarão traindo a causa dos morangos, que são bem superiores.
Em suma, parece que os Morangos não têm mais qualidade ou menos qualidade, na verdade o que eles têm é mais valor comercial, fazendo assim com que mais Morangos sejam produzidos e mais pessoas se dediquem a morangos, por que eles rendem mais felicidade e recursos.
E as Laranjas talvez não queiram se sobressair ou coisa do tipo, talvez seus produtores almejem um reconhecimento sem preconceito, somente. Talvez a Laranja nunca chegue ao patamar do Morango, mas ela não quer ser taxada de ruim, mesmo que algumas tenham ótima qualidade.


Isso acontece demais no mundo das fanfics.

A qualidade das fics yaoi é mesmo superior as yuri e as hétero, ou até as que não se classificam assim? Creio que não. As últimas citadas estão em menor quantidade, pois é sistemático que a quantidade de yaois seja maior, por que a procura é maior, fazendo assim seu valor se tornar superior.

Já vi muitas garotas com um plot de fic de casal hétero super legal, mas não quiseram escrever por medo de flopar. Uma bastante próxima a mim acabou transformando a garota da fic naquele amigo do grupo, aquele que todos shippam com o outro cara. A fic dela ganhou valor, mesmo que a qualidade não chegasse a ser incrível. E se fosse incrível sendo hétero, não teria o valor que conseguiria com um couple yaoi.

Sem falar, que muitas dessas garotas não estão acostumadas ao universo gay e, a maioria escreve algo bem caricato, mas não vou me alongar sobre isso, deixarei para outro post.

Como em tudo na nossa vida, aquilo de mais valor nem sempre é o melhor. Será que estamos amando aquilo verdadeiramente ou valorizando aquilo demais a ponto de agregar uma qualidade superior talvez inexistente?


O Valor das Fics Yaoi:

Yaoi tem um valor sentimental para a maioria das shippers. E a maioria delas agrega o valor total ao casal, seja ele fazendo X ou Z numa fanfic, estarão felizes em lê-la. Não vai importar para elas se aquela fic hétero tem um baita plot, não vai importar para elas se tem um roteiro sensacional ou personagens bem trabalhados, nem as horas de sono que as escritoras passam, muito menos se o bias delas está ali... Elas querem o couple ou os couples.
Algumas são maduras o suficiente para simplesmente dizerem que não gostam e não xingarem; às vezes até dizem que é costume e querem ler algo, mas ainda não conseguiram sair daquela zona, outras são metade-metade; não falam nada, mas internamente tão julgando... E as piores são aqueles imaturas e bitoladas o suficiente para encontrarem mil defeitos e dizerem que não leem por isso.

Boa parte das escritoras de yaoi se põem em pedestais, acreditando no grande poder de seus textos que muitas vezes estão superestimados por simplesmente ser de um casal que as pessoas amam, ou seja: tem pedido de valor a mais do que o pedido da qualidade. Muitas untam a qualidade com o valor e transformam-se nas queridinhas de leitoras que as colocam em pedestais também. Mas peguemos tais textos e transformemos em histórias héteros, perderá totalmente o valor para essas leitoras. Então essas leitoras estão indo pelo valor daquela fic e não pela qualidade dela.
Não estou insinuando que as fics sejam ruins, nem que todas as leitoras ou escritoras pensem assim, mas isso é bem costumeiro no nosso mundo de fics de k-pop...

Bem... Estou me pondo em defesa de uma quase opressão que muitas meninas que escrevem fic hétero sofrem constantemente no mundo do kpop (nas de anime também, mas não estamos aqui falando sobre elas). Essas meninas escritoras podem ser até incríveis, mas são taxadas de bobas, idiotas, péssimas escritoras, tudo isso ou pior.
Quem não já viu uma conversa típica:
- Estou escrevendo uma fic;
- Qual couple?
- Tal couple;
- Meu Deus, já quero.
O couple deu valor aquela fanfic; a leitora que shippa nem sequer perguntou qual o enredo ou sabe-se sei lá se aquela outra pessoa sabe mesmo escrever algo com qualidade.
E quem não já viu uma conversa do tipo:
- Estou escrevendo uma fic;
- Qual couple?
- Tal couple;
- Aaaah, não gosto desse... Por que não aquele outro?
Talvez seja inocentemente, mas já que aquele leitor desvaloriza aquele outro couple, desvalorizou completamente a história e o esforço da outra pessoa.
E o diálogo mais famoso:
- Estou escrevendo uma fic;
- Qual couple?
- Ah, não tem isso, é hétero... É com fulano e tal.
- ... Eca!
Ou seja... Fator de Valor é o couple e não a história que rodeia o couple, nem é a história em si. É imaginar aqueles dois ali numa situação. Nada mais.

De fato, algumas escritoras de Yaoi conseguem fazer plots maravilhosos com seu couples famosos e cheios de valor, mas atracados a elas está uma multidão de outros escritores com plots sem qualidade e com muito valor, assim como também atracada está uma multidão de leitoras que acreditam piamente que apenas aquelas fics com os couples que elas gostam, têm qualidade. Elas até chegam a respeitar outros couples, mas o bicho pega quando as fics são heterossexuais.

E isso porque estou falando na generalização, já que os enredos com romances são chaves para a maioria das histórias. Imagine se eu adicionar não só Morangos e Laranjas, mas Pêssegos(Yuri), Uvas(Sexualidades e gêneros mistos), Melancias(Plots sem romance como foco).

Se vocês ainda não estão entendendo bem o que estou querendo dizer, vamos lá ao exemplo que grande maioria de nós entende:
Você ama Kpop e para você o seu grupo preferido tem musicas incríveis. Mas todos a sua volta amam sertanejo, funk, rock ou pop americano e acreditam que o seu kpop não tem qualidade alguma, é um lixo e que você não tem bom gosto. Poucos deles respeitam seu gosto e acreditam que isso é legal para você. Pior ainda quando você também curte o gosto musical deles e não vê porque essa birra toda com o seu kpop.
Você fica triste... E no fundo, acredita que sua música é legal e tem qualidade, só que ninguém para para ouvir, ou simplesmente te respeitar, apenas critica como se isso fosse uma coisa horrível.


Onde eu queria chegar com isso?

Pessoas que falam que não leem fics héteros porque elas são ruins, parem para pensar apenas um segundo, analisem se suas palavras têm força para outras pessoas. Inconscientemente, vocês podem estar atacando pessoas que não merecem ser atacadas, as vezes falsamente, embasadas em uma ou duas fics que vocês viram; talvez elas sejam realmente ruins, mas talvez nem sejam ruins, talvez você não tenha lido simplesmente porque não gostou da história, ou o valor pelo seu couple preferido é tão grande que você sente tesão apenas com eles...

Mesmo que algumas fics héteros sejam, mesmo, ruins - por que sempre tem algo realmente ruim em tudo no mundo -, alguma parte não merece ser taxada de ruim.

E porque fics héteros as vezes parecem ser tão ruins em comparação a fics yaoi?

A quantidade é pouca, há poucas meninas dispostas a escreverm para tão poucas pessoas e principalmente, o medo do preconceito. Além de quê, com a pouca quantidade de gente escrevendo, teremos bem menos chances de encontrar o que realmente nos agrade. Já as yaoi, são em maior quantidade, as meninas se deicam mais, por que elas têm mais feedbacks.

Então parem de generalizar e criticar os plots das fics héteros, por que as fics héteros praticamente não têm valor no mundo k-pop, e isso é diferente de qualidade... Parem de criticar sem argumentos e dizer que são todas iguais, pois tantas yaois são bem iguais - seme x uke e um romance talvez clichê ou não, os dois são magros, pele clara e cabelo liso, padronizados; um apetite sexual para os olhos de leitoras ávidas, a maioria, por sexo, interação entre seu couple preferido. Talvez essas meninas estejam mais interessadas em uma interação entre os personagens cheios de valor agregado do que ao plot que aquela escritora criou ao redor deles. Automaticamente mais interessadas no couple do que na história.


Por isso que na minha conclusão o pedido de boa parte dos leitores de fic, pela qualidade do plot e uma história incrível, está totalmente nulo. Não adianta exigir um super roteiro, se aquela Smut é o suficiente para que ele esqueça totalmente um roteiro. Não que seja errado ler Smut, mas pedir algo que não condiz com o que realmente se quer é Hipocrisia. Essas pessoas vão ler uma big fic yaoi com um plot incrível, não pelo plot e sim porque o couple preferido delas está envolvido.
Para não dizerem que estou exagerando para o lado das yaoi, isso também acontece em fics héteros, mas como eu disse: os yaoi não são reprimidos e não são julgados por existirem.
E por favor não achem que eu estou dizendo que shippar é errado... Nem vou explicar aqui porque se não entenderem este texto não entenderão mais nada na vida.


PEQUENAS CONCLUSÕES COM BASE NO SPIRIT


Por quantidade de pessoas:

Valor dos Grupos em fic de K-pop no Social Spirit:
EXO;
BTS;
Super Junior;
Shinee;
B.A.P.

Valor dos temas em fic de K-pop no Social Spirit:
Yaoi;
Lemon;
Escolar;
Imagine.

Valorização das fics de K-pop no Social Spirit:
Foco num couple yaoi famoso, com Sexo >
Foco num couple yaoi famoso com insinuação sexual >
Foco num couple yaoi não famoso com Sexo >
Foco num couple yaoi não famoso com insinuação sexual >
Foco num couple Yaoi Famoso sem Sexo >
Foco num couple yaoi famoso sem Sexo e Fluffy >
Foco num couple yaoi não famoso sem Sexo e Fluffy >
Imagine (você com o Idol) >
Foco num idol e Personagem Original feminina, romance com hentai >
Foco num idol e Personagem Original feminina, romance sem hentai >
Sem foco em romance ou couple, com romance em segundo plano, normalmente hétero ou mista>
Outros.

Maiores categorias: BTS, EXO
Categorias que estão crescendo: GOT7, Seventeen, Ikon, MonstaX
Categorias estacionadas ou com pouco crescimento: VIXX, BAP (está estacionando), Big Bang (é grande, mas está estacionando).

PS: Sempre exceções dependendo dos casos.

O valor das fics nesses determinados gêneros e exigências modifica bastante, mas percebe-se são quase automáticos.
A fic se trata disso, disso e disso? Já estão lendo. Outras precisam de mais tempo, mais paciência e mais jeito...
Não se sabe exatamente como mudar isso e talvez nem se consiga mudar, mas a maior exigência que vejo todos os dias é o respeito.

Muitas escritoras escrevem por hobbie, muitas por influência daquela couple que todos tanto falam e ela diz “talvez eu possa ser feliz assim”, outras são mais corajosas e têm o poder e a boa vontade própria de escreverem o que querem sem se importar com a carga de valor que aquilo tem, prezando apenas pela qualidade e outras, amam escrever com grupos famosos, gêneros famosos e fazem isso porque gostam.

Então, voltando ao começo... É bom pôr a mão na consciência, pensar bem e ver onde você está se encaixando ou se você não se encaixa em nada. Mas o respeito pelo que os outros fazem é a chave principal para o crescimento pessoal. Talvez se as pessoas deixarem de julgar o que os outros fazem e apenas curtirem o que gostam, talvez abrirem mais a mente ou também começar a gostar de algo novo (não diminuindo, mas somando), suas vidas se tornem mais prazerosas e todos terão chances e oportunidade de agregarem nem sequer um pouco de valor ao que fazem. E se não quer mudar, faça bom proveito da sua estadia num lugar só, mas respeite os outros.
Xingar apologéticos, pode, mas aducadamente e com razão hein, nada de entender errado.

Não se entreguem aos vícios do comodismo também, o mundo está em expansão e é totalmente válido que a mente seja tão aberta quanto muitas pessoas acham que está.


Pensemos, pensemos e repensemos; não nos antecipemos sem se sequer entender contextos.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...