~pistoIa

pistoIa
..:ggroup}} ((stan+;;
Nome: ━✧diferentona*̥̥⋆̥ ]]
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Patos de Minas, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 23 de Agosto
Idade: 11
Cadastro:

❝new gossip✿


Postado


E quem sou eu? Esse segredo eu não conto á ninguém.




✻ Nome completo ✻


Charlie Williams Bae — originária da coreia, porém nomeada como uma americana, por insistência do pai.


✻ Idade ✻


Dezesseis anos; nascida em vinte e cinco de agosto e 2000; virginiana.


✻ Apelido ✻


Pode se dizer que seu apelido é Bae, pelo facto de algumas pessoas a chamarem assim, mas para a maioria das pessoas é Charlie. Apenas Charlie.


✻ Aparência ✻



Os lábios rosados e levemente feridos destacam-se na pele branca da garota, seus típicos olhos repuxados de sul-coreanos tem um certo destaque em sua face, os cabelos lisos e de coloração acastanhada são acompanhados por uma franja e os acessórios encontrados em suas mechas são essenciais. A face lisa e livre de qualquer imperfeição, de estatura mediana para suas curvas bonitas e exageradas — para alguém de sua idade —, mede 1,68cm e é magra, porém não tem um peso definido; as unhas quase sempre pintadas e as mãos macias e quentinhas — tal parte do corpo que ela adora com todas as forças.


✻ Personalidade ✻


Possui um temperamento instável e nervoso, pois a própria condição de estar atenta ao que precisa ser reformulado e reciclado provoca a perpétua sensação de que algo pode ser diferente, melhor, mais adequado. Apesar de poupar esforços e energia, sabe empregar onde é necessário para fazer tudo de forma diferente é o tipo de pessoa que analisa, disseca, e nesse processo, estabelece as relações com o meio em que está.
Sem uma rotina precisa e clara, se perde, tornando-se aflita, nervosa e serviçal — pois tem de encontrar um local onde possa ser útil.
O ceticismo, necessário para um bom analista — como ela — que percebe e observa tudo, marca sua visão de mundo. Por ser assim, a consequência lógica é que precisa ser crítica, muito crítica com o mundo, os sistemas e a comunidade em que vive, bem como com as pessoas com quem trabalha ou convive. O problema é que busca a perfeição, que inexiste. E ao perceber que possui falhas e pode ser também criticado, se fecha, se torna suscetível.
Tampouco esta dá campo à intimidade; é descontraída e não necessitada do afeto, rotineira, perfeccionista, laboriosa e prolixa, às vezes em excesso, amante da ordem e do asseio. É muito detalhista, organizada e honesta. Antes de tomar uma decisão, costuma pensar muito; além de que exige muito de si e acaba cobrando demais dos outros. Não tolera a infidelidade nem a perdoa facilmente.

✻ Orientação sexual ✻


Bissexual assumida, porém com leve preferência para mulheres.


✻ História ✻


"Essa gravidez é de enorme risco, a uma grande probabilidade de você e seu bebê morrerem". — As palavras lhe atingiram sem piedade, os braços envolta de seus ombros foram oque manteve Bae Nami em pé, pois suas pernas fraquejaram. Ela estava disposta a correr quaisquer risco para ter aquela criança. E foi batendo os pés no chão que a mulher falou com veemência, para o homem corpulento de jaleco branco, que fizesse o possível para que seu bebê vivesse.
A mulher teve suas preces atendidas, após quase doze anos, sua filha havia se tornado uma garota forte e de grande imaginação. Porém havia percorrido um longo e árduo caminho, para pudesse ver a pequena garotinha correndo pela casa com um enorme sorriso no rosto.
Charlie tinha nascido com vários problemas de saúde, oque o fez viver boa parte de sua infância entre o hospital e sua casa. Nami, por sua vez, desenvolveu um grande senso de proteção com sua filha caçula. Mesmo depois dela já estar muito melhor, a mulher não conseguia a soltar para o mundo, e depois do falecimento de seu marido tudo apenas pirou. Charlie era muito apegada ao pai, e não entender porque seu papai nunca mais iria voltar para brincar com ela foi um grande choque, o fez ficar por muito tempo triste pelos cantos da casa.
Nami o criou no mais perfeito dos cenários, tinha consciência de que estava manipulando sua filha, fingindo que aquela bolha — que chamava de casa — era o mais grandioso dos paraísos. Mas a mulher ficou paranoica, achando que tudo que tivesse atrás daqueles muros pudesse machucar sua tão preciosa filha, e ela não se permitiria a isso.
A garota cresceu sob o olhar vigilante de sua mãe, sobre suas regras e ditos. Ela se considerava a criança mais feliz do mundo, sua mãe nunca o fez se sentir solitária, e nunca mais experimentou aquela tristeza de quando soube que seu pai jamais voltaria.
Porém as coisas começaram a se complicar, Nami já estava velha, e sua saúde não era das melhores, tirando Charlie, que vivia com ela, e era sua coluna, tirava boas notas e não fazia nada que a desagradasse, já seus outros filhos, bem sucedidos na vida, a abandonaram por completo depois que o pai deles morreu.
Foi em uma tarde ensolarada que a Bae mais velha percebeu oque tinha feito com a vida de sua caçula, não permitindo que ela aproveitasse o mundo — não da maneira que deveria ser aos olhos do mundo. Havia desmaiado deixando a jovem adolescente desesperado. Ela não viveria para sempre, estava na hora de consertar a sua burrice, pois ninguém iria cuidar do seu bebê, mesmo que estivesse tarde, e doesse muito, ela precisava a deixar ver mundo por si só, e apenas torcer para que pessoas boas entrasse em sua vida.
E no fim acabou por falecer dois meses depois, por suicídio.

✻ Gostos e Desgostos ✻


Gostos


Música alta. Quanto mais alto o som estiver melhor Charlie se sente, gosta de cantar junto a plenos pulmões.
Filmes de animação.
Plantas, de todas as classificações possíveis.
Astronomia e astrologia. Qualquer coisa relacionada ao estudo dos astros está valendo para ela.
Tem grande afeto por répteis — e os dinossauros estão inclusos. Em especial as cobras — claro, com exceção aos dinossauros —, pois adora o jeito como suas escamas brilham ao refletir a luz e a sua agilidade para abocanhar a vítima.

Desgostos


Triângulos amorosos pelo simples fato de achar que só darão em muitas brigas, e acaba sempre por sair alguém magoado; e regra geral, a pessoa que está no meio nunca acaba "com quem deve".
Comidas leves aka diet, light, 0% açúcar ou qualquer outra coisa semelhante.
Pessoas que ficam chateadas por tudo e por nada
Demasiadas regras — apesar de seguir maior parte das mesmas.

✻ Manias ou costumes? ✻


Possui o incrível hábito de desafiar a si mesma — nada muito exagerado, roer as unhas e machucar os lábios é algo essencial em sua rotina. Cochilar em algumas ocasiões também é normal para Charlie.


✻ Quais clubes gostaria de participar? ✻


( ) Teatro
( ) Informática
( ) Artes (pinturas/esculturas)
(✘) Música
(✘) Literatura
( ) Marcenaria


Esportes:

( ) Basquete
( ) Futebol
(✘) Lacrosse
( ) Rugby
( ) Vôlei
( ) Animador de torcida


✻ Possuí um objetivo após terminar o Ensino Médio? ✻


Tentar seguir uma carreira musical com as pessoas que quiser, ou viver a vida como uma pessoa relativamente normal com pessoas que considera legais. Apenas.


✻ Você acha que o seu personagem pode ser a Garota(o) do Blog? ✻


Talvez, pouco de importa em fofocar sob os outros em um blog extremamente desnecessário para gerar polêmicas sem sentido sendo que apenas pessoas fofoqueiras as visualizarão, mas não pensaria duas vezes antes de revidar por alguém que a tenha feito um mal a si ou que tenha uma aversão muito grande.


✻ Ciente de que seu personagem me pertence ao envio da ficha? ✻


Aham.


✻ Informações adicionais ✻


✦ Ambidestra, e acabou descobrindo isto quando fazia um trabalho de biologia para a escola.
✦ Apaixonada por quaisquer tipos de plantas (medicinais, venenosas e etc.) , localizado em sua prateleira acima de sua cama, há um pequeno cacto, apelidado carinhosamente de Choi.
✦ Tem grande afeto por animais, podendo ficar extremamente carinhosa com tais, dona de um cão de raça Husky Siberiano e de uma gata siamesa, que convivem pacificamente em sua casa.
✦ Tem um amor gigantesco por peluches, podendo ficar apegada facilmente quando possuí algum. Tem vários localizados em sua cama mas o seu favorito é um dinossauro sorridente apelidado amorosamente de Orion.
✦ Tem a tendência de ser muito fresca perto de fumantes, cobrir o nariz e a boca com a mão é o essencial, por puro medo de inalar alguma substância prejudicial do cigarro.
✦ Tem o corpo incrivelmente flexível, não sabe muito bem o porque mas sempre se orgulhou disso. Se ela quisesse, poderia fazer ballet ou ginástica olímpica sem muitos problemas, mas a mesma não se vê fazendo algo assim.




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...