~Jude_Melody

Jude_Melody
Passarinho, passarinho
Nome: Apenas diga "Hey, Jude!" que eu saberei que é comigo.
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Fanfics de Pokémon


Postado

Fanfics de Pokémon

Hunter x Hunter é meu vício, mas Pokémon é minha infância. Eu comecei a escrever fanfics do anime em 2008, mas ainda hoje gosto de criar aventuras sobre o Ash, o Pikachu e o resto da turma. Sou uma Eeveefanática declarada (na versão Crystal, o Floquinho, um Espeon, fazia parte do meu time principal) e tenho como shipps favoritos os seguintes: Ash e Misty; Drew e May; Paul e Dawn; Jessie e James.

Para aqueles que acompanham minhas fanfics de Pokémon, se houver, segue abaixo uma listinha com as minhas histórias. Eu simplesmente copiei e colei a lista que uso no Nyah!, então nem todas as fics abaixo estão postadas aqui no Social Spirit.



Última edição: 29/08/2015


Série Amor, ah, o amor!:

Você me ama? - Aquela era a batalha mais difícil. Encarar a ruivinha.

Você me ama mesmo? - Sempre tem aquele amigo retardado para fazer a pergunta que irá instaurar o caos no seu relacionamento.

Diz que me ama (em breve)

A declaração de amor do Pikachu (em breve)


Série When there was love:

Quando você me amava (em breve)

Segunda chance (em breve)


Série Raposas:

Canções vulpinas - Se eu fosse, se eu fosse essa raposa, como eu ia, como eu ia ser feliz...

Histórias de raposas (em andamento) - Existe algo mais belo do que esses seres incríveis e graciosos que são tão astutos e espertos e, ao mesmo tempo, tão dóceis e selvagens?


Série The baby:

O bebê - May e Drew vão ter um bebê, mas ela não faz ideia de como dizer isso ao namorado. Sua maior esperança é que Krystal, sua querida Glaceon, possa deixar a soneca de lado e ajudá-la.

Pai de primeira viagem (em breve)


Coletânea de fanfics sobre os jogos:

Cartas para ninguém (em andamento) - Eu não conheço você, mas acho que podemos conversar.


Fanfics avulsas:

Adivinha - Você consegue adivinhar o pokémon em que estou pensando?

A sementinha - "Ele passou a mão pelos cabelos para ganhar tempo. Sempre soubera que aquele dia chegaria, mas não estava preparado ainda. Afinal, como conversar com a filhinha de cinco anos sobre... sexo?"

A sereia de Cerulean - Ash, Dawn e Brock decidem visitar Misty em Cerulean após encontrarem um folheto anunciando uma peça estrelada pela ruiva. Em apenas uma semana, os quatro são obrigados a lidar com sentimentos complexos, e por vezes perturbadores, descobrindo mais sobre si mesmos e sobre maturidade. Nessa jornada complicada e intensa, eles descobrirão que "o amor é assim mesmo".

Hanami - Haruka escutava as músicas do baile do lado de fora da enorme mansão. Seus pensamentos estavam focados em uma única pessoa. Shuu, seu amigo de infância. Seu primeiro amor. Será que poderia existir algo mais entre eles? Será que o amor de Haruka era... correspondido?

Kiss from a rose - Ele, receoso de nada mais dar certo. Ela, angustiada por tudo ter dado tão errado. Um passado os une. Um passado cheio de medos e incertezas, mas repleto de pétalas doces de amor... Pétalas que, um dia, podem ser a esperança dos dois.

Noite fria de Natal - É noite de Natal e Pikachu se sente muito solitário na pequena casinha no meio da floresta. Ele não consegue dormir e começa a olhar para a neve pela porta de vidro. De repente, uma figura sinistra aparece. E se aproxima cada vez mais! O que Pikachu irá fazer?

O Rattata - Depois do acidente de carro, Dawn, Misty e May foram enviadas ao Paraíso. Apesar de ficarem tristes com suas mortes, conseguiram se animar um pouquinho com a ideia de finalmente realizarem seu maior sonho: ter um homem por toda a vida. Ou vida após a morte, vocês entenderam.

Recomeço - Eles não se viam há dois anos, mas tinham esperanças de que pudessem recomeçar. Talvez o destino pudesse ajudá-los. Talvez não.

Se eu fosse seu Flareon - Drew repousava no alto de uma árvore quando uma voz conhecida chamou sua atenção. May estava logo ali embaixo, escovando os pelos de seu mais novo pókemon, um Flareon. Drew sentiu ciúmes. Drew desejou ser aquela linda raposa e ter um pouco do carinho da garota que tanto amava.

Um conto de Natal - Azul e âmbar. Safira e esmeralda. Gelo e rosa. Eles tinham personalidades completamente incompatíveis e eram incapazes de manter um relacionamento minimamente civilizado, mas acabaram por descobrir que, às vezes, as diferenças não importam.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...