• >
  • >
  • ~ >
  • >
  • 𝙵𝚒𝚌𝚑𝚊 — 𝙿𝚛𝚒𝚍𝚎, 𝙿𝚛𝚎𝚓𝚞𝚍𝚒𝚌𝚎 𝚊𝚗𝚍 𝚄𝚗𝚎𝚡𝚙𝚎𝚌𝚝𝚎𝚍 𝙻𝚘𝚟𝚎

~BlueLollipop

BlueLollipop
EX: Juhft / Mephixto
Nome: 青のロリポップ
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Abril
Idade: 14
Cadastro:

𝙵𝚒𝚌𝚑𝚊 — 𝙿𝚛𝚒𝚍𝚎, 𝙿𝚛𝚎𝚓𝚞𝚍𝚒𝚌𝚎 𝚊𝚗𝚍 𝚄𝚗𝚎𝚡𝚙𝚎𝚌𝚝𝚎𝚍 𝙻𝚘𝚟𝚎


Postado




𝙰 𝚗𝚘𝚒𝚝𝚎 𝚎𝚖 𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚌𝚘𝚗𝚜𝚒𝚐𝚘 𝚍𝚘𝚛𝚖𝚒𝚛 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚒𝚗𝚞𝚊... 𝙴𝚞 𝚚𝚞𝚎𝚛𝚘 𝚝𝚎 𝚟𝚎𝚛.

𝙾 𝚜𝚘𝚗𝚑𝚘 𝚒𝚗𝚝𝚎𝚛𝚛𝚘𝚖𝚙𝚒𝚍𝚘 𝚎́ 𝚍𝚎𝚙𝚛𝚒𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚎 𝚊 𝚖𝚒𝚗𝚑𝚊 𝚌𝚊𝚗ç𝚊̃𝚘 𝚍𝚎 𝚍𝚎𝚜𝚎𝚓𝚘 𝚎́ 𝚕𝚘𝚗𝚐𝚊[...]

𝚂𝚘𝚗𝚑𝚎, 𝚙𝚘𝚛𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚘́𝚜 𝚙𝚘𝚍𝚎𝚖𝚘𝚜 𝚗𝚘𝚜 𝚎𝚗𝚌𝚘𝚗𝚝𝚛𝚊𝚛 𝚕𝚊́ [...]

𝙳𝚎𝚜𝚊𝚙𝚊𝚛𝚎𝚌𝚎𝚛𝚊́ 𝚌𝚛𝚞𝚎𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚞𝚖𝚊 𝚟𝚎𝚣

𝚂𝚒𝚖, 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚞𝚖𝚊 𝚎𝚜𝚝𝚛𝚎𝚕𝚊 𝚌𝚊𝚍𝚎𝚗𝚝𝚎...



[ Versailles ]






Mostrar Spoiler: "𝓢𝓸𝓶𝒆𝓷𝓽𝒆 𝓹𝓸𝓻 𝓿𝓸𝓬𝒆̂ 𝓻𝒆𝓷𝓾𝓷𝓬𝓲𝓸 𝓪𝓸 𝓶𝒆𝓾 𝓸𝓻𝓰𝓾𝓵𝓱𝓸, 𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 ℛ𝒆𝓲𝓳𝓲"



Nome completo


𝙳𝚎𝚜𝚒𝚛𝚎́𝚎 𝙵𝚎𝚛𝚗𝚊𝚗𝚍𝚎𝚜 𝙱𝚕𝚊𝚗𝚌𝚑𝚎.



• Desirée: Significa “desejada”, “a querida”.


É um nome francês que tem origem a partir do latim Desideratus - Desiderato, em português - cuja forma feminina é Desiderata e significa “desejada”.

Estudiosos referem que estamos diante de um nome que é uma anglicização do nome francês. Diz-se que entre os puritanos - crentes da Grã-Bretanha que praticavam o cristianismo puro e, assim, negavam os prazeres carnais - o nome Desirée designava o gênero feminino.

O nome reflete a alegria da descendência, de modo que uma filha muito desejada pode receber esse bonito nome e ser afetivamente chamada de “De”, “Desi” ou “Rê”.


• Fernandes: Fernandes: Significa “filho de Fernando”, “filho do homem ousado para atingir a paz” ou “filho do homem que ousa viajar”.

Fernandes é um nome patronímico que tem origem no espanhol Fernandez (ez é a partícula que traz essa conotação na língua espanhola), de modo que, assim, Fernandes significa “filho de Fernando”.

Fernando, por sua vez, vem do nome germânico Fredenando, que é formado pela junção dos elementos fridu, que significa “paz” e nanthjan, que significa ousar, do qual resulta “homem ousado para atingir a paz”.

Assim, esse bonito sobrenome reflete a representatividade do chefe de família que almeja a paz e, ao mesmo tempo que reflete atributos de valentia, também carrega o espírito de aventura e a propensão para novas descobertas.


• Blanche: Variação da cor branca.

De origem francesa; Indica uma pessoa que tem grande respeito pela justiça e se orienta pelo que lhe parece mais honesto. Controlada também nos gastos, tem sucesso em negócio próprio ou na administração financeira do lar.



A jovem possui sobrenomes renomados, que podem causar inveja em qualquer um. Nomes esses que são muito cobiçados e bem vistos por todos. Dignos de até mesmo da realeza. Importantes, que todos querem ter em volta e respeitam cada letra que forma-os. Marcados pela riqueza e também por conquistas. Dessirée foi uma grande sortuda em ter nascido em uma família com nomes tão prestigiados, é oque todos dizem, e claro, ela descorda disso, diz que não foi a sorte quem a fez nascer e ter esses sobrenomes, diz que é apenas digna deles e que nenhum outro ser poderia tê-los, nascera já com o objetivo de possuí-los. Desde sempre eles eram designados a si.

O orgulho, no qual cresce a cada dia, é por conta desses sobrenomes, quanto mais as pessoas respeitam-na e dizem que "Fernandes Blanche" são com certeza maravilhosos e estupendos, mais esse orgulho cresce, oque fica bem claro para qualquer um, é visível que a morena possua um tremendo orgulho dentro de si, no qual é alimentado por qualquer tipo de bajulação. Estufa sempre o peito ao pronunciarem seu nome, abrindo um sorriso de superioridade, como se fosse a mais importante de todos a sua volta. Tudo isso vem de sua família, na qual dizia que eram os seres mais importantes e poderosos desse mundo, eles enchiam a cabeça da garota com isso, e claro, passou a acreditar nisso.






Apelidos



Adora quando as pessoas colocam apelidos nela, claro, desde que não sejam ofensivos. Em sua apresentação sempre lista alguns que as pessoas podem chama-la, esse algum é apenas um, no qual seria Desy, os outros diz que são exclusivos de pessoas extremamente importantes na vida dela, e que não consegue imaginar outra pessoa chamando-a daquela maneira. Gosta muito de receber apelidinhos, sabe que com o seu nome isso é meio difícil, mas fica muito feliz em ganhar novos, abre sempre um sorriso no rosto quando criam um apelido para ela.



• De; Esse apelido foi dado pelos seus pais, eles chamavam-na assim, ou também de 'Dezinha', oque para a menina, na idade que estava na época, era um apelidinho bem legal, ela nunca se importou com esse, era apenas uma criança, então gostava quando eles utilizavam esse apelido consigo; Para a garota esse apelido era uma forma de carinho muito grande que os seus pais tinham par com ela, sempre lembra da voz doce com que eles a chamavam quando falavam 'De'.



• Desy; Esse apelido foi dado por seu irmão mais velho; Jean, ele sempre chama-a assim, quando está feliz ou até mesmo zangado com a irmã, mas ele nunca está bravo realmente, para falar a verdade não consegue ficar assim com alguém, somente se a pessoa fizer algo horrendo. Particularmente esse é o apelido preferido de Dessirée, sempre sente o amor com que o seu irmão diz "Desy", e se sente muito especial e alegre por ter um irmão igual a Jean.



• Akuma; Esse apelido foi dado pelo seu irmão do meio, que também é mais velho que ela. Marc a chama assim pois conhece muito bem o lado "desleixado" que Dessirée possui, quando está perto de pessoas que ela julga serem importantes e refinadas, é uma completa dama, com uma ótima postura, ela precisa ser assim. Mas quando longe, se torna uma garota um pouco mais 'desleixada' e travessa, e nessas travessuras o alvo é sempre Marc, o garoto fica um pouco irritado no começo mas sempre acaba por rir e gostar das brincadeiras da irmã, por isso deu esse apelido para ela.








Idade


Desy tem, atualmente, dezenove anos de idade. Nasceu no dia dezoito do quatro de 1997. Sendo assim, o seu signo se torna automaticamente Áries. Não acredita muito em signos, para ela não é o seu signo que vai determinar uma parte ou a sua completa personalidade, maneira de agir e tudo mais; Desirrée acha isso uma baboseira, e admite abertamente isso tudo. Não tem nada contra alguém que acredite, respeita-os muito.








Nacionalidade



Francesa / Lionesa.


De três filhos que o casal Blanche teve, apenas uma nasceu na França, na qual foi Dessirée. Sua cidade de nascença é Lyon, uma das maiores do país, com, atualmente cerca de 500 mil habitantes. Os seus irmãos mais velhos nasceram na Espanha, mas quando pequenos se mudaram para a França junto com os pais. A jovem gosta muito de Lyon, acha um lugar fantástico e tem muito orgulho de ter nascido lá, tanto é que sempre está enchendo o peito para falar da cidade, diz do estilo grandioso e antigo das casas, aponta os pontos turísticos, fala o quanto é belo tudo ali.









Aparência



̶𝙻̶𝚊̶𝚌̶𝚒̶𝚎̶ ̶𝙱̶𝚊̶𝚜̶𝚔̶𝚎̶𝚛̶𝚟̶𝚒̶𝚕̶𝚕̶𝚎̶ ̶𝚊̶𝚜̶ ̶𝙳̶e𝚜̶𝚜̶𝚒̶𝚛̶𝚎̶́𝚎̶ ̶𝙵̶𝚎̶𝚛̶𝚗̶𝚊̶𝚗̶𝚍̶𝚎̶𝚜̶ ̶𝙱̶𝚕̶𝚊̶𝚗̶𝚌̶𝚑̶𝚎



Dessirée é claramente uma jovem de aparência invejável, tem uma beleza muito rara, uma beleza natural, na qual chama muita atenção das pessoas; Parece até mesmo uma boneca, daquelas que são preparadas com todo o carinho e cuidado do mundo, com os mínimos detalhes feitos por um especialista, que a planejou como sua maior obra de arte, uma obra delicada mas que está sempre marcando presença, uma presença ilustre. A jovem perdeu as contas de quantas vezes fora elogiada por ser tão bela, com certeza isso faz com que o seu narcisismo aumente.

Está sobre posse de cabelos de coloração castanho, um castanho escuro, que se assemelha ao famoso doce, o chocolate; Os seus fios são longos, chegando até a polpa de suas nádegas; Completamente hidratados e sadios, já que cuida muito bem deles, os escovando de duas à três vezes ao dia, mecha por mecha. Os hidrata de quinze em quinze dias, com aqueles longos e requintados procedimentos, porém sem química alguma, pois em sua sincera opinião a química estraga os cabelos das pessoas, para ela o secador, a chapinha e os modeladores de cachos também danificam as mechas, então, sem chance dela usar algo do tipo. O couro cabeludo da garota é impecavelmente limpo, sem qualquer sujeirinha, já que ela os lava todos os dias, usando duas vezes o seu shampoo de hortelã, oque deixa os seus fios com o cheiro da erva. Naturalmente as mechas de Dessirée são lisos, ela não precisa usar algo para alisa-los, chega a ser surpreendente perceber que nunca há um embaraço se quer nelas, claro que penteá-los ajuda a manter isso. O corte de seus cabelos é completamente reto, menos a sua franja que aparenta ser em camadas, essa está um pouco comprida, por opção da jovem, chega até um pouco abaixo das sobrancelhas, alcançando um pouco dos cílios; É dividida em três partes, suas ficando as extremidades e uma ao centro.

Os olhos da garota são, com certeza oque chama mais a atenção das pessoas quando elas à vêem, já que a coloração da íris dela é um tanto quanto peculiar, um vermelho escarlate e vívido, são como chamas que queimam e nunca se apagam, parecendo que o fogo está sempre em seu ponto mais alto e quente; Não tem como não notar essas duas safiras avermelhadas, isso é impossível, todos que colocam os olhos sobre os da menina ficam hipnotizados pelas duas grandes e redondas bolas vermelhas, parecem ter entrado em outro mundo, um mundo bem distante daqui; Esta tão acostumada a receber esse tipo de olhar que já nem liga muito; Sempre recebe elogio por conta da coloração de suas íris, sendo esse mais um dos motivos para que ela comece a colocar um sorriso superior nos lábios. Aparenta ser de descendência asiática, já que os seus olhos são um pouco apertadinhos, porém nada exagerado; São longos os seus cílios, e também grossos, esses são naturais, nunca precisou utilizar um rímel na vida, pois, naturalmente parece que já utiliza, para ela esse fato é uma grande vantagem. As sobrancelhas da jovem são finas e compridas, sendo desenhadas retas, as tira sempre que vê um pelinho crescendo, mantendo-as do jeitinho que gosta; São completamente preenchidas, sem nenhuma falha se quer.

Sua pele é de tom rosa bege, na qual fica no "ranking" das peles mais claras, oque se encaixa bem com a menina, já que é bem branquinha. A pele de Desy é bem cuidada, faça chuva ou faça sol ela passará o famoso protetor solar, o fator depende da força do sol, então pode variar do fator quinze até o sessenta. Possui uma pele macia, devido aos cremes hidratantes que passa depois do banho, o seu preferido é o de morango com champagne, claro que passando-o ficará com um leve aroma do creme, ela gosta muito desse cheirinho do hidratante, não é forte, pelo contrário, é quase imperceptível. Tem extremo cuidado com sua pele para não queima-la e futuramente não ter problemas como o câncer de pele, por isso evita ficar no sol e está sempre passando seus protetores. O formato do rosto da jovem é oval, é fino e com traços delicados, iguais ao de uma digníssima dama.

Os lábios de De naturalmente são do tom de sua pele, mas raramente são vistos assim, já que a jovem está sempre com sua boca coberta por algum gloss, no qual na maioria das vezes é de sabor cereja, passando-os os lábios da menina ficam em um tom levemente rosado, não exagera na quantidade que passa, para ela tudo oque é mais natural é com certeza mais bonito. Os seus lábios são macios, grossos e não são largos. Delicados e nada secos, parecem até mesmo que nunca foram tocados. Seu nariz fino e levemente empinado pode mostrar um pouco de sua personalidade, uma completa narcisista, que está sempre se colocando como a mais bela, a maioral, sempre falando de si mesma com um completo orgulho.

Dessirée é uma garota de estrutura mediana. Seu busto é de cerca de 44, sendo de uma medida média, sem exagero algum; Possui seios redondinhos, durinhos e nada caídos. Sua cintura é fina e bem pouco larga, medindo apenas 62. Sua altura é de 165 centímetros, sendo de uma estrutura pequena para média; Com um peso de 55 quilos, Desy se acha perfeita do jeito que é, uma menina sem exageros e com um corpo bonito ao olhar dos outros e até mesmo no seu próprio, não deseja mudar absolutamente nada em si. Suas pernas firmes, suas coxas de tamanho médio estão raramente expostas, por conta de suas roupas, não é qualquer um que irá ver o seu corpo esbelto facilmente, já que a menina odeia ser vulgar na questão de vestimentas, claro, para ela não é exagero colocar um short e uma blusinha de alcinha, mas ficaria um pouco incomodada em ter alguém com roupas vulgares, daquelas que mostram tudo, que as pessoas poderiam estar sendo consideradas como nuas; Pensa assim e só muda na questão de vestimentas de banho, não é realmente um problema colocar um biquíni e dar um mergulho. Não tem o costume de ficar olhando-se no espelho, mas quando faz isso fica encantada com sua própria beleza e idolatra-se, dizendo o quanto ela é bela e o quanto os outros tem inveja dessa beleza.

Gosta de ser natural, então não usa base, pó, essas maquiagens mais pesadas, no máximo está com um gloss nos lábios, para ela ficar horas no espelho se arrumando, passando quilos de maquiagem faz com que a pessoa perca a sua beleza natural, sempre diz isso abertamente para os outros. Adora utilizar boas joias, principalmente brincos, e os seus preferidos são um par de ouro e com uma pedra roxa, está sempre com eles, só os tira quando vai entrar para tomar banho, no mar, etc... Tem uma carinho enorme por esses brincos, já que os mesmos foram dados por seus irmãos, duas pessoas importantíssimas para ela, os guarda como a coisa mais preciosa do mundo, como se fosse mais que sua vida, se os perdesse entraria no puro desespero, choraria e gritaria feito louca.

As roupas que Desy utiliza são vestidos longos e cheios de babados, como se fossem vestidos de princesas; Sua família mantém esse estilo, é como se fosse uma tradição ter o estilo vitoriano na família, no atual país que a família mora, o Japão, o estilo feminino pode ser chamado de Loli e o masculino de Ouji, poucas pessoas aderem o estilo, mas ninguém no país asiático repara realmente nisso. Prefere os vestidos de cores mais escuras, pretos e roxos. Particularmente gosta muito desse estilo, e acha muito legal que a sua família siga essa tradição, ela mesma não se preocupa em ser assim, até porque não é algo obrigatório e acha muito bela as roupas.













Mostrar Spoiler: Mais Imagens

























Aparência das asas



Suas asas são fortes e saudáveis, grandes e belas; Possuem penas longas e pouco desarrumadas, com um degrade feito do preto ao branco, tendo uma mistura de cores muito bem formada. São resistentes e não se ferem por qualquer coisa, já que, a partir do momento em que Dessirée descobriu sua raça, começou a querer saber tudo e tomou imenso carinho com suas asas, para ela são muito preciosas.











História



Dessirée nasceu em uma família renomada e, segundo ela mesma, digna de serem a melhor do mundo. A família Fernandes, de geração em geração, passou uma grande e famosa empresa de brinquedos, na qual trás felicidade para várias crianças de todo o mundo. A marca Felicidad é conhecida por todos, atualmente é uma das maiores empresas no ramo de brinquedos infantis de todo o mundo, segundo um jornal, no qual a castanhada sempre lê, a marca está presente em 90% das casas que cobrem todo o canto da terra, não há uma pessoa que não conheça esses famosíssimos brinquedos, não há, e jamais haverá uma criança que não coloque um sorriso no rosto assim que visse a sua surpresa, vinda do "Papai Noel", fabricada e criada sobre o logo "Felicidad". Enquanto isso, do outro lado, a família Blanche não fica atrás, já que possuem uma fabrica de doces super conhecidas também no mundo todo. Há de tudo, desde balinhas até doces maiores feitos com sabores exóticos e gostosos, é de encher a boca. Sobre o logo "BLAnChE", fabricam toneladas e toneladas de doces, nos quais são vendidos para bilhões de pessoas; Segundo o jornal que Desy leu, é a marca de doces, atualmente, mais comprada em todo mundo, e também a mais aprovada por degustadores e pessoas que entendem sobre a gastronomia. Ambas as famílias se preocupam com a qualidade de seus produtos, diminuem o açúcar dos doces, reforçam peça por peça nos brinquedos, tudo no minimo detalhe para que seus consumidores tenham algo de boa qualidade em mãos. No ano de 1989, as duas famílias uniram laços, nos quais seriam eternos, por meio de um grandíssimo e feliz matrimonio, Yolanda Fernandes e Henri Blanche se uniram em uma só carne e disseram o famoso "Sim" na frente de seus familiares e amigos, foi uma comemoração só. Juntos, seriam felizes e também seriam os maiores empresários de todos os tempos.

Um ano após a belíssima e amável união espiritual e carnal do casal, no qual estava instalado em uma grande casa na capital espanhola, já ganhando a vida com as suas empresas que lhes foram deixadas pelos pais, jamais imaginariam que um bebê viesse a caminho tão rapidamente, nasceu assim o primeiro filho de Yolanda e Henri; Jean. O primeiro e inesperado filho do casal veio ao mundo muito forte e saudável, foi um bebê bem bonito e que não causou praticamente nenhum trabalho à feliz, e agora, abobada dupla de pais. Quando Jean completou os seus dois aninhos, um novo irmãozinho estava a bordo, este era Marc, que nasceu em um estado crítico, com apenas sete meses de gestação Yolanda deu entrada no hospital, prestes a ter o seu bebê, seria um parto muito arriscado, tanto para a mãe, quanto para o filho, mas um grande milagre aconteceu, mesmo nascendo com sete meses e tendo algumas dificuldades, Marc cresceu saudável e forte, assim como o irmão, sem nenhuma sequela sequer. Anos de luta, amor e felicidade se passaram, os filhos já estavam com um pouco mais de idade, o mais velho havia completado os seus sete anos e, o mais novo chegou a casa dos cinco; foi nesse momento que Yolanda e Henri decidiram se mudar para a França, já que a Espanha passava por uma situação difícil e as terras francesas estavam no sangue de Henri; Tudo ocorreu muito rápido e em pouquíssimos meses já estavam morando em Lyon, uma das maiores cidades da França. Ninguém estava esperando por mais nada, mas claro tinham chances de outro bebê chegar, pois nenhum procedimento cirúrgico fora feito para acabar com o procedimento de gravidez, e essas chances se tornaram reais; No ano de 1996 a família recebeu a noticia de que um novo membro estava chegando, a alegria cresceu mais ainda, uma terceira criança estava vindo; Exames vão, exames vem e para a surpresa do casal o mais novo membro seria uma menina! A primeira garotinha dos três. Após cerca de nove meses a menina nasceu, forte e saudável, assim como o primeiro irmão. Aquela família já estava tecnicamente grande para a atualidade, geralmente os casais não estavam passando de dois filhos, mas eles construíram uma maior, cheia de carinho, amor, afeto, tudo do bom e do melhor. É realmente esplendido ver o quanto são unidos, é como se fosse uma tradição a completa união entre os membros. Dessirée completaria essa fantástica e invejável união.

Os três irmãos cresceram um ao lado do outro, estavam sempre grudados, era incrível de se ver o pequeno-grande ninho de felicidade de amor que eles tinham um pelo outro. Jean sempre foi o responsável, que sabia de todos os assuntos, sempre muito presente na vida dos irmãos mais novos, protegia-os com garras, dentes e chutes, perdeu a conta de quantas vezes se meteu em uma briga por conta da família, ele realmente era um menino calmo, sempre ignorou comentários ofensivos e pessoas que ele julga serem "idiotas", porém se alguém ousar a abrir a boca para falar das pessoas que ele ama, a coisa ficava muito séria, o problema não era nem mesmo defender a irmã mais nova, mas o sim o do meio; Marc, no qual era uma vitima constante de bullyings, e porque? Por conta de sua simples personalidade, um menino fissurado em livros, que só da atenção para o que julga ser realmente importante, estudava muito, era responsável, mas muito esquecido e por conta disso os "valentões" do colégio que estudava estavam sempre em sua cola, tentando bater nele, por um motivo bem bobo e completamente desnecessário. Dessirée resolveu seus problemas sozinhas, não precisou nunca da ajuda dos mais velhos, ao olhar dos grandes chefes, dos importantes intelectuais, era um dama, uma jovem com um grande futuro, uma verdadeira princesa; Mas essa princesinha era na verdade uma pestinha, um Akuma, como Marc gosta de chama-la. Foi e ainda é uma garota animada e divertida, que longe dos olhos das pessoas "importantes" vira uma desleixada e "encapeta", um lado no qual apenas os seus pais e irmãos conheciam. A família era sempre muito "bajulada", principalmente pelos grandes empresários e famosos, Dessirée também era um alvo disso, falavam que ela era bela e educada, diziam que ela seria uma grande mulher, isso para que conseguissem confiança da família.

Houveram vários momentos alegres e realmente satisfatórios na família, momentos nos quais podem ter poucas lembranças dos pais dos irmãos, já que a carga horária deles não ajudava, mas trazia um ótimo sustento a família; Sempre que tinham uma folga, ao invés de descansar, Yolanda e Henri tinham vários momentos de lazer com os filhos, levavam-os em parques, desde aos das pracinhas, até os de diversão; Saíam com eles em pequenos restaurantes, até aos mais famosos e requintados; conheceram museus, foram para praias, viajaram para o interior. Ensinaram as duas línguas familiares para os filhos, Espanhol e Frances, os mais velhos não precisavam aprender desde o inicio, só aperfeiçoaram, já que viveram uma parte das próprias vidas na Espanha e agora estavam na França, porém Desy teve que aprender a língua da mãe, o espanhol, para ela não foi um grande desafio, sua mãe era ótima lecionando, mesmo que essa não fosse sua área e nunca tivesse se formado na mesma, havia também o apoio e ajuda dos irmãos mais velhos, então foi bem fácil aprender tudo. Foram reais momentos agradáveis e felizes, não tinha como ficar melhor, ganhavam bem, tinham amor, eram felizes, uma vida que todos desejam ter, mas essas vidas cercadas de cores alegres e quentes logo se tornariam cinzas e negras. No ano de 2010 uma noticia chacoalhou a família de uma maneira inesperada, Yolanda havia sido diagnosticada com câncer de mama, já tinha um tempo que ela sentia alguma coisa em um de seus seios, mais precisamente no esquerdo, mas nunca teve tempo de fazer um exame para ver oque era, o trabalho e filhos não deixavam-na e faziam com que a mulher se esquecesse por completo da existência de algo ali, e quando o estado ficou crítico e todos já haviam percebido oque estava acontecendo, Yolanda foi levada as preces para um hospital, os resultados do exame não foram muito agradáveis, não havia como fazer uma cirurgia e retirar o tumor dali; Foi um enorme choque, todos entraram em desespero, foi a primeira vez que Dessirée sentiu um medo aterrorizante, foi a primeira vez que viu Jean chorar, foi a primeira vez que viu Marc entrar em estado de choque, foi a primeira vez que viu o seu pai sem o típico e alegre sorriso no rosto, foi a primeira vez que viu aquela família sofrer tanto; Os médicos foram claros, as chances de cura eram poucas, mas Henri não desistiu, com esperança e fé mudou-se com os filhos e transferiu a esposa para o Japão, foram direto para a capital, Tokyo, para o homem ali seria um ótimo lugar para tratar a sua amada, toda a tecnologia dali seria boa, porém não mudou muito a situação, não adiantou de nada, tudo parecia estar em um eterno terremoto, um terremoto que só aumentava, cerca de três meses depois, com terapias, cuidados e tudo mais, Yolanda faleceu.

Com isso tudo, Henri simplesmente enlouqueceu, gritou, esperneou, chorou, saiu de casa e no dia do velório ele não apareceu, não deu o devido apoio a família, deixou todos ainda mais abatidos, somente horas depois em um noticiário ele foi achado, a mulher falava de um homem louco que havia começado a falar com uma mulher, alegando que esta era sua mulher e que ela havia voltado para ele, Henri foi dado como louco pelas pessoas, e também pelos médicos, que fizeram-no ser internado. Os três filhos realmente sentiram o terremoto parar, pouco a pouco ele foi parando, mas o estrago já havia sido grande. Jean chorou tudo oque podia, mas ergueu-se e tentou animar os irmãos, dizendo que a mãe deles não gostaria de vê-los tão tristes, dizendo que quando o papai melhorasse poderiam fazer todas aquelas coisas divertidas; A Felicidad e a BLAnChE precisavam de um novo guia, um novo chefe, alguém que fosse como Jean, tinha que ser o próprio, logo o garoto teve que assumir as empresas, pois já estava na maioridade do país, era um tremendo desafio, mas ele precisava e iria reparar os estragos feitos por aquele tremendo e temível terremoto, não iria ficar parado chorando e lamentando tudo oque perdeu, nunca foi assim e não seria agora que se tornaria, segurou as duas empresas, no começo tinha a grande esperança de que logo o pai voltaria e ajudaria com as fábricas, mas os psicólogos e psiquiatras não estavam otimistas; Não dava para se ficar, muito menos depois de dois anos internado, agora o único que podia ajudar as empresas era Marc, que acabara de completar os seus vinte anos, e tinha tudo para crescer ali dentro, os dois irmãos juntos conseguiram quase duplicar a venda das empresas, tudo estava crescendo, mais do que quando aquilo era guiado pelos seus pais, foi algo incrível de se ver. Enquanto isso, Dessirée fazia uma rotina bem normal no seu colégio, já estava com quinze anos, era o seu primeiro ano no ensino médio japonês, havia superado o passado, sempre visitava o seu pai, e sempre esperava a volta dos irmãos para a casa, ficava extremamente feliz quando Jean e Marc tinham folga, como os pais, eles se dedicavam muito a irmã, davam apoio, carinho, passeavam e se divertiam juntos, viam ela crescendo a cada dia, e com isso o mais velho via que precisava cumprir uma promessa, uma que fizera com sua mãe, a de manter a família sempre protegida, não havia entrado em detalhes, mas disse que todos os seus filhos eram especiais, porém Marc não havia adquirido algo que Desy e Jean haviam, esse era o sangue de uma família angelical, literalmente angelical, era difícil de acreditar, todos sabiam que podia ser loucura, mas não era, Jean viu com os seus próprios olhos a pura e clara verdade, com os seus dezoito anos aprendeu tudo sobre sua raça, e queria muito passar esses ensinamentos para a irmã, mas seria difícil, uma vez que ela não acredita em uma historinha qualquer, decidiu então esperar um pouco, mas esse pouco virou muito, ela acabara de completar dezessete, e o trabalho não deixava-o abrir a boca; Já faltava pouco tempo para Dessirée completar dezoito anos, e assistindo um filme de ficção com a irmã, resolveu abrir o jogo, oras, já era adulto, tinha responsabilidade, não havia porque esconder, tocou no assunto, e pouco a pouco foi contando, a irmã ria que nem uma louca, dizendo para ele parar com essas baboseira toda, mas ele provaria, e provou, mostrou-a suas asas, o choque foi completo, não conseguia falar absolutamente nada, e prometeu que faria tudo oque Jean pedisse, e uma dessas coisas foi ir até uma irmandade feita para pessoas da mesma raça que ela, Desy pensou que era tudo um sonho no começo, que era paranoia de sua cabeça, que estava confundindo as coisas, que era pegadinha, mas não queria parar onde o pai ainda estava, não queria confundir o irmão com um anjo, assim como seu pai confundia-a com sua mãe; Mas seguiu as instruções do irmão mas velho, agarrou o seus brincos que ganhara de Jean e Marc em sua festa de quinze anos, ela os reconheceu, era de sua mãe, agora esses brincos seriam suas lembrança dos momentos felizes que haviam tido juntos, todos da família. Não passou nada em sua mente, nem mesmo que podia estar participando de uma farsa, farsa na qual todos haviam caído.








Família



• Henri Blanche: Henri é o único herdeiro da família Blanche, e isso é um grande dever para uma pessoa, herdar uma famosa fabrica de doces não é para qualquer um; Quando menor estudava muito, mas sempre gostou de estar enterrado com os estudos, era uma grande diversão para ele. No começo, mesmo depois de todo o preparo que teve, achou que não conseguiria arcar com o trabalho da empresa, mas no fim fez uma ótima administração. Viajava vários lugares do mundo, e em uma dessas viagens conheceu Yolanda Fernandes, no começo eles apenas foram apresentados um ao outro, mas no fim, depois de várias conversas e alguns encontros, ambos caíram para um único sentimento; O amor.

Henri sempre foi um homem sorridente, calmo, sereno e focado nos estudos, alguém de imensa responsabilidade, alguém literalmente digno de assumir a BLAnChE. Dava muita atenção à esposa e aos filhos, claro que não podia ser toda do mundo, mas quando estava livre era uma alegria só para ele ter a família reunida. No trabalho era um chefe divertido e brincalhão, mas que nunca deixava as responsabilidades e afazeres de lado. O Blanche possui cabelos em tom roxo escuro, quase negros, são lisos e um pouco rebeldes; Seus olhos de tom cinza azulado passavam calmaria e alegria, várias mulheres viam atrás dele, tanto pelo seu caráter, quanto pelo dinheiro, até mesmo pela forte aparência. Ele nunca ligou realmente para o "amor", até encontrar o seu. Sua maneira de falar pode ser considerada um pouco engraçada, já que ele ainda tem um sotaque francês. Hoje em dia tem 53 anos e está internado em uma clínica psiquiátrica. Nasceu no sia 15/07.







• Yolanda Fernandes: Com um corpo mediano e esbelto, cabelos longos, castanhos e lisos, Yolanda, a "pimenta mexicana", como era chamada pelos homens, sempre foi uma mulher muito explosiva e agitada, odiava ficar parada no lugar, batucava sempre o pé quando estava inquieta, era alegre e animada, uma mulher realmente energética e louca para encontrar o verdadeiro amor, e com os seus 23 anos encontrou esse. Nunca deixou de ser ela mesma, nasceu e faleceu sendo quem é. Amava o trabalho que exercia, e também amava sua família, sempre queria ficar com os filhos, e com a correria do dia-a-dia acabou se descuidando e falecendo por um câncer de mama, com apenas 46 anos.

Dessirée se parece muito com a mãe, os cabelos, os olhos, o corpo, fisicamente as duas poderiam ser confundidas como gêmeas. E é exatamente isso que Henri faz, ele não aceita a perda de Yolanda, então sempre que Desy vai visita-lo o homem começa a chama-la de Yolanda, no começo a jovem negava, mas o pai ficava descontrolado. Se sente triste em ser confundida com a mãe e de ver o pai nesse estado. Nasceu no dia 30/09 e faleceu no dia 19/05.







• Jean Fernandes Blanche: Jean foi um menino bem calmo e sorridente, apenas se metia em confusão por conta do irmão mais novo, no qual sofria bullying, se você quer deixar o loiro irritado é só machucar ou fazer algo de ruim para as pessoas que ele ama, pode ter certeza de que ele partiria para a briga, era assim quando os três eram crianças e ainda continua sendo. Fica completamente desesperado quando se sente culpado por algo, como por exemplo quando os valentões batiam em Marc, Jean se sentia no dever de proteger o menor, mas nem sempre podia estar por perto, então quando via o mais novo machucado sentia-se culpado, chegando até mesmo chorar. É muito responsável e não gosta de ficar parado; dirige muito bem a empresa Felicidad; Desy sempre ouve os trabalhadores comentarem que Jean é um ótimo patrão, e claro a menina se sente muito orgulhosa e feliz pelo mais velho.

O loiro possui cabelos um pouco compridos, e com cortes repicados; Os olhos de tom roxo-violeta estão sempre transmitindo alegria e conforto; É um verdadeiro gentleman, sendo as mulheres e também homens um alvo fácil para ele, porém não encontra interesse em se relacionar com alguém. Está sempre tentando passar o máximo de tempo com os irmãos mais novos, é muito amoroso com ambos os dois; Nunca conseguiu realmente brigar com Marc e Dessirée, no máximo uma bronquinha de nada, sem levar a voz. Foi quem contou à irmã sobre a raça angelical. Atualmente está com 26 anos. Nasceu no dia 18/01.









• Marc Fernandes Blanche: Marc quando criança era vítima constante de bullying, era alvo dos "valentões" da escola em que estudava, apanhava e ganhava vários apelidos desagradáveis, tentava ao máximo ignorar tudo isso, nunca levantou um dedo para bater em alguém de volta, e não era necessário em sua opinião. Mas, toda vez que Jean estava por perto, o moreno era protegido, ficava com extrema vergonha disso, já que seu irmão mais velho foi sempre um garoto protetor, abraçava e apertava Marc na frente de todos; Além dos motivos de sofrer bullying serem por conta de sua inteligencia e dedicação nos estudos, e também por não ter amizades, Marc também sofria por conta da maneira como Jean o tratava, os valentões diziam que eles pareciam um "casal errado", já que eram irmãos e ainda por cima homens; Marc nunca entendeu bem isso... Jean estava apenas sendo carinhoso com ele, isso poderia ser um pouco constrangedor, porém vinha da pura natureza do mais velho. E nem que fosse verdade, para que o preconceito? ... O moreno nunca contou esse motivo para Jean, pois sabia que iria dar muita confusão.

No geral Marc parece ser bem frio e anti social, mas no fundo é um doce de pessoa, é bem carinhoso com os irmãos. Para ele algumas coisas são bem constrangedoras, por exemplo; Ser agarrado pelo irmão na frente dos outros e cometer algum erro. Nunca ligou para a opinião alheia e nunca ligou pelo bullying sofrido. É um chefe muito exigente e rigoroso, mas sabe ouvir seus trabalhadores e sempre tenta chegar à um conceito, mantendo uma boa relação entre patrão e funcionários e cuidando muito bem da empresa BLAnChE. O moreno de cabelos pouco longos, e olhos cinzentos é muito focado no trabalho, mas admite que preferiria estar com os irmãos, porém fica extremamente envergonhado ao dizer isso. Atualmente possui 24 anos. Nasceu no dia 22/03.








Os Irmãos:















Personalidade



Dessirée é uma completa narcisista, e isso fica muito claro desde os primeiros instantes em que ela começa a falar com alguém, algumas vezes a pessoas pode achar isso um tanto "arrogante", mas ela tecnicamente não tem culpa de ser assim, afinal se você crescesse cercada de grandes pessoas e fosse sempre elogiada por essas, o seu ego cresceria também, isso não foi nem um pouco diferente com a menina, que desde pequena ouvia coisas como; "Uau, como você é educada e bonita", "Sr. Dessirée, você se tornará uma grande mulher, a mais bela", e coisas do tipo. Obviamente ela acreditou nessas palavras, e sempre está dizendo que a sua beleza natural é realmente surpreendente, e que não se surpreenderia se ganhasse o título da mulher mais bonita do mundo. Outro ponto que pode causar irritação as pessoas, é com certeza o grande orgulho que Desy possui; Orgulho de carregar o nome "Dessirée Fernandes Blanche", menciona sempre que o nome de sua família é grandioso, que nasceu pois era a melhor para carregar esses sobrenomes consigo. Está sempre colocando-os o topo, à cima de todos os outros, pode perceber que quando menciona o nome de sua família fica extremamente calma, os seus olhos ficam com um brilho diferente e suas palavras saem com um tom cheio de orgulho e de superioridade.

Como dizem por aí, Desy é uma dama, uma completa dama, com uma educação de primeira, que jamais levanta a voz e tem palavras refinadas para manter uma conversa com alguém. Anda sempre bem arrumada, roupas em ordem e possui uma postura invejável; Isso tudo é uma completa verdade, é uma quase absoluta dama, aquelas que possuem sempre um minimo sorriso nos lábios, que são cercadas pelas pessoas dos mais altos cargos, a garota é sim uma dessas mulheres que possuem uma ótima etiqueta, porém isso é somente um lado dela, que só aparece quando ao público que está ao seu redor é considerado de "bom nível", aqueles que são da alta sociedade. Já quando está com seus familiares ou com pessoas que julga não serem realmente de famílias de grande nome, retira essa pose de dama, claro sempre mantém uma boa aparência, mas a sua postura e etiquetas somem, fica com um ar mais alegre e despojado, retira suas palavras refinadas, porém não as rebaixando para um nível menor; Sua educação permanece, porém não se importa de utilizar algumas palavras "cortantes".









❥ Gosta: (Se puder, coloque os motivos)

❥ Desgosta: (Mesma coisa)

❥ Vícios: (Opcional)

❥ Doenças: (Também é opcional)

❥ Hobbies:

❥ Talentos: (Não dá para fazer de tudo, lembrem-se!)

❥ Manias:

❥ Medos:

❥ Fobias:

❥ Traumas:

❥ Segredos:

❥ Sonhos:

----------

❥ Que curso estuda na faculdade? (Para quem não entendeu: Direito, Medicina, Artes plásticas etc. Coloquem o porquê dela ter escolhido tal curso)

❥ Como conduz os estudos: (Boa ou má aluna, seu comprometimento com horários, tarefas... Coloquem de acordo com a personalidade)

--------

❀Par: ❀

❥ Relação com o par:

❥ Relação com os meninos: (Retire o par)

❥ Shuu Sakamaki
❥ Reiji Sakamaki
❥ Laito Sakamaki
❥ Ayato Sakamaki
❥ Kanato Sakamaki
❥ Subaru Sakamaki

❥ Relação com as outras meninas:

❥ Melhor amiga: (Coloque "fulana é melhor amiga do par de Laito)

-------

❥ Músicas: (Coloque ao menos um trecho e o nome da música e do artista)

❥ Dela:

❥ Com o par:

❥ Frases que a definem:

----

❥ Reação ao descobrir que é um anjo:

❥ Reação ao descobrir que os meninos são vampiros:

❥ Reação ao se apaixonar por seu inimigo:

❥ Reação se suas irmãs de fraternidade se virassem contra ela:

----


Você aceita que sua personagem está em nossas mãos?


- Sim, aceito.



Sabe que se não comentar por três capítulos ela some?


- Sei sim, vou me esforçar para comentar em todos os capítulos, mesmo que a Desy não seja aceita.









Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...