~BlueLollipop

BlueLollipop
EX: Juhft / Mephixto
Nome: 青のロリポップ
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Abril
Cadastro:

Fɪᴄʜᴀ — Yᴏᴜ Cᴀɴ


Postado




𝒮𝑒𝓊 𝒻𝒶𝓁𝓈𝑜 𝓈𝑜𝓇𝓇𝒾𝓈𝑜, 𝒸𝑜𝓂𝑜 𝓈𝑒 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝓃𝓊𝓃𝒸𝒶 𝓈𝑒 𝒾𝓂𝓅𝑜𝓇𝓉𝒶-𝓈𝑒; 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝓈𝑒 𝒾𝓂𝓅𝑜𝓇𝓉𝒶𝓋𝒶 𝓂𝓊𝒾𝓉𝑜 𝓈𝑜𝒷𝓇𝑒 𝑜 𝓆𝓊𝑒 𝒶𝓈 𝓅𝑒𝓈𝓈𝑜𝒶𝓈 𝓅𝑒𝓃𝓈𝒶𝓋𝒶𝓂 𝒹𝑒 𝓋𝑜𝒸𝑒̂.

𝐸𝓊 𝒸𝒶𝓃𝓉𝒶𝓇𝑜𝓁𝑜 𝓂𝒾𝓃𝒽𝒶 𝓂𝓊́𝓈𝒾𝒸𝒶 𝓅𝓇𝑒𝒻𝑒𝓇𝒾𝒹𝒶. 𝒯𝓇𝒶𝓃𝓈𝒷𝑜𝓇𝒹𝒶𝒹𝑜 𝑒𝓂 𝓁𝒶́𝑔𝓇𝒾𝓂𝒶𝓈.

"𝒪 𝓆𝓊𝑒 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝑒𝓈𝓉𝒶́ 𝒻𝒶𝓏𝑒𝓃𝒹𝑜 𝒶𝑔𝑜𝓇𝒶?"

𝐸𝓍𝓅𝑒𝓇𝒾𝓂𝑒𝓃𝓉𝒶𝓃𝒹𝑜 𝓉𝑜𝒹𝑜 𝒹𝒾𝒶 𝑜... "𝒾𝓈𝓈𝑜 𝓅𝑜𝒹𝑒𝓇𝒾𝒶 𝓂𝑒 𝒻𝒶𝓏𝑒𝓇 𝓈𝑜𝓇𝓇𝒾𝓇, 𝓈𝑒 𝑒𝓊 𝓅𝓊𝒹𝑒𝓈𝓈𝑒 𝓋𝑜𝓁𝓉𝒶𝓇 𝓅𝒶𝓇𝒶 𝑜𝓃𝓉𝑒𝓂".


— ℳ𝒆𝓳𝓲𝓫𝓻𝓪𝔂






Mostrar Spoiler: 𝙸𝚝 𝚑𝚞𝚛𝚝𝚜 𝚋𝚞𝚝 𝙸 𝚌𝚊𝚗 𝚝𝚊𝚔𝚎 𝚝𝚑𝚎 𝚙𝚊𝚒𝚗. 𝙸 𝚌𝚊𝚗.




Ɲσмє Ƈσмρєтσ Lucy Evans.


Lυcч, significa — “a luminosa”, “a iluminada”.

É a versão inglesa de Lúcia, variante feminina de Lúcio, que vem do latim Lucius, derivado da raiz lyke, luc, luk, que originaram a palavra do latim lux, que quer dizer “luz”.

É um nome muito comum desde a Idade Média na Inglaterra.


Eναпƨ, significa — Filho de Evan. Evan é a forma Galês do hebraico John, ou seja, "Deus tem sido gracioso", ou "Deus mostrou favor".


Aρєισ(ѕ) Lυ — apelido dado pelos ex. amigos. Atualmente somente os familiares à chamam assim.






iαє Nasceu no dia quatro do dez de 1998 - (04/10/19998), atualmente tem 17 anos. O signo de Lucy é Libra, a azulada não acredita em astrologia, nunca teve interesse de procurar sobre, mas sabe do que se trata.






Ɲαcισηαιαє Britânica, Inglesa, nasceu na Inglaterra, mais precisamente na cidade Manchester.






Aραяє̂ηcια Lucy possui fios azulados na tonalidade azul bebê, são lisos e de comprimento mediano, eles chegam até o meio de suas costas, tendo um corte reto junto à uma franja, na qual se posiciona um pouco abaixo dos olhos e suas extremidades são mais compridas. Está sempre com o mesmo penteado, uma pequena trança no topo da cabeça, como se imitasse uma coroa, a mesma é feita com o próprio cabelo da jovem; O penteado e corte caem muito bem para o formato oval de seu rosto. A íris de Lu, é acinzentada, de um tom médio para escuro, são brilhantes e chamativos apesar de terem a cor triste de nuvens que estão sempre carregadas de chuva. Seus cílios são grossos e compridos com um tom de preto mais escuro.

A pele de Lucy é levemente bronzeada, quase nada, por isso não deixa de ser "branca". Lábios finos e pequenos, quase nunca estão pintados com batom, a azulada prefere ser completamente "natural". Seu nariz é como seus lábios, fino e pequeno, mas esse é levemente arrebitado. O corpo de Lu é aquele violão, ou seja, seios fartos, redondos, firmes e levantados; cintura fina e larga, nada de barriga; bumbum empinado e durinho; coxas torneadas e durinhas. O peso da garota é de apenas 58 quilos, enquanto sua altura é de 165 centímetros, sendo um tanto baixinha para a idade, porém ela não liga, não é como se ela tivesse amigos para ficar jogando na cara dela que é baixinha.








Mostrar Spoiler: Mais Imagens


















̶𝙽̶𝚘̶𝚛̶𝚒̶𝚔̶𝚘̶ ̶𝚂̶𝚘̶𝚗̶𝚘̶𝚣̶𝚊̶𝚔̶𝚒̶ ̶—̶ ̶𝙺̶𝚒̶𝚣̶𝚗̶𝚊̶𝚒̶𝚟̶𝚎̶𝚛̶.



Oqυє Ɠσѕтα є Oqυє Ɲα̃σ Ɠσѕтα α Sυα Aραяє̂ηcια? Lucy gosta de tudo em seu corpo, porém não acha a cor de seus olhos bonita, para ela o cinza deles parecem nuvens que estão prestes a desabar em forma de água, a cor é triste e sem vida, parece ela mesma por dentro, realmente não gosta disso.






Ƥєяѕσηαιαє Lucy é uma garota totalmente conectada as notícias mundiais, sempre tem uma opinião sobre algo, mas prefere não contar á ninguém sobre tal, já que não tem ninguém para conversar. Prefere ficar no seu canto fazendo suas atividades preferidas ao enturmar-se com os outros, ela não tem coragem para isso depois do que aconteceu (explicação na história). Muitas vezes seus pais reclamam do quanto ela é silenciosa ou até mesmo por conta dela nunca se envolver com algo, eles pensam que ela é completamente desconectada de tudo do mundo.

Quando é dirigida a palavra à ela ou percebe que é o momento certo para se pronunciar, suas frases saem em um tom calmo e distante, sempre monótono, em alguns momentos das frases pode dar leves pausas, geralmente para repensar em sua fala, respirar ou até mesmo por gostar de causar ansiedade nas pessoas. Ao tocarem em algum assunto que seja de seu interesse, a jovem irá expor um pouco mais sua atenção, algo que pode ser mínimo, como um breve olhar ou uma leve mordida no lábio inferior, mas dentro de si ela estará ansiosa para saber mais e quase sempre se intromete no meio da conversa, expressando finalmente a sua opinião e tudo mais.

Lucy não é nada pervertida, mas também não é ingênua, odeia quando dão em cima dela ou falam do conteúdo sexual por perto, fica extremamente incomodada e pede para que por favor a pessoa pare com o assunto. É uma garota segura de si e de seus atos, ou seja, é autoconfiante, decidida e independente da opinião dos outros, porém, sempre pensa muito antes de tomar alguma decisão, sendo calculista. Não gosta de se meter na vida dos outros e nem que eles se metam na sua. Para ela, tirar conclusões precipitadas das pessoas é errado, se não sabemos o suficiente de alguém, o melhor é descobrir primeiro e depois tirar uma conclusão concreta. Sua memória é boa, mesmo sem nenhum treino em jogos ou atividades de raciocínio.

É chocólatra, desconta tudo no chocolate, oque pode ser um problema no futuro, já que ingere ao menos uma barra por dia e isso pode exceder açúcar excessivo ao sangue. Se sente um pouco desconfortável quando alguém á observa, mas para tentar espantar esse sentimento, passa a fazer o mesmo com o seu observador. Dificilmente perde a calma, isso pode acontecer quando é interrompida em suas falas, quando maltratam pessoas, animais ou a natureza ou quando falam sobre o assunto sexual, e também fica irritada com pessoas falsas, traidoras e egocêntricas.

Tende a esconder seus sentimentos, ninguém sabe oque ela pensa ou está sentindo, por isso é difícil saber sobre a garota. Não é que seja fria, somente desaprendeu a conversar com as pessoas, assim foi se tornando oque é hoje, uma garota mais reservada. É extremamente verdadeira e realista. Aprendeu a se defender com palavras, porém as guarda para maiores situações. Lu é aquele tipo de pessoa que fica com um "pé atrás" na questão de confiar em alguém, fica sempre receosa quando começam a falar com ela. Quer sempre que as pessoas se aproximem dela, mas não sabe como agir direito, se sente sobre pressão e toma todo cuidado para não fazer nada errado, mas nunca deixa de ser ela mesma.

É intimidadora quando quer ou precisa, consegue sempre arrancar algo de alguém, por isso é ótima em pressionar pessoas, principalmente com o olhar e com aquelas palavrinhas guardadas. Odeia sons altos, isso é um completo incomodo para ela, então pode ter certeza de que ela vai tentar não grossa na hora de pedir para parar com barulho. É uma pessoa vingativa, pode ter certeza de que ela tem ótimos planos para fazer alguém sofrer e implorar por perdão, isso se a pessoa a tratou mal ou algo assim. É competitiva, odeia estar atrás em algumas questões, um grande exemplo são jogos de raciocínio. O contato com a natureza á agrada e acalma, ficando em paz com si e com todos ali, parece que a azulada, fica extremamente dócil e amável.

Sempre tira conclusões precipitadas, seja no fato de pessoas ou assuntos, não deixando nem um pouco de tempo para os outros se explicarem no caso da garota estar errada. Seu sono é leve e por isso ela precisa de um completo silêncio para dormir, se alguém á acorda a garota fica zangada e depois dificilmente pega no sono novamente. Após um tempo de amizade com Lucy é possível notar que a mesma no fundo é amigável e faria de tudo para defender quem gosta.






Ʋιятυєѕ Nunca é enganada por alguém por sempre estar desconfiada com aproximações. Cuida muito bem da natureza, fazendo a sua parte e também tenta conscientizar os outros. É realista e verdadeira, nunca escondendo sua opinião. Tem um raciocínio rápido e quase sempre correto. Aprendeu a cozinhar, então é ótima na gastronomia, principalmente em pratos britânicos e japoneses.



Ɗєƒєιтσѕ Não sabe fazer amizades e interagir com pessoas. Pode machucar pessoas quando é realista e verdadeira. O fato de Lu sempre tirar conclusões precipitadas também é um defeito. ás vezes ser competitiva também é ruim.






Hιѕтσ́яια Lucy nasceu em uma família com uma ótima classe social, seu pai é um empresário famoso, sua empresa cresceu e cresce muito nos últimos anos, o nome da empresa corre pelo mundo todo, a área empresarial é da industria de carros. A mãe de Lu não é famosa, parou de trabalhar depois que se casou, foi por sugestão do marido; antes a mulher trabalhava em uma loja de doces, foi lá onde conheceu o atual esposo. Lucy tinha uma irmã gêmea idêntica, as duas eram muito próximas e sempre contavam tudo uma à outra, porém Anna (irmã de Lu), tinha a saúde frágil, pois um câncer nos rins havia feito com que a garota passasse por algumas terapias e tomasse muitos remédios, tendo assim que estar quase sempre de cama, mesmo com tudo isso a família era feliz.

Lucy quando pequena era muito sorridente e animada, assim como a irmã, elas eram praticamente iguais, e esse "praticamente" irritava por completo Anna, a mesma foi pegando um ódio imenso de Lucy, sempre se questionava o por quê de ter esse maldito câncer (como ela chamava) e não poder fazer quase nada, diferente da irmã que podia ter tudo oque quisesse no futuro, mas ela não, ela quase nunca saia da cama, porém quase nunca não significa sempre, quando Anna tinha boas reações aos remédios e terapia sempre saía e um dia, quando ela e a irmã tinham 13 anos decidiram sair sozinhas, por conta própria e foi oque fizeram, mas nesse passeio um grupo de garotos começou a falar com elas e esse meninos começaram a oferecer drogas as duas, ambas sabiam que era errado e ruim se envolver com aquilo, mas o grupo de garotos ficaram na cabeça de Anna, diziam que aquilo iria melhorar a saúde dela, mas Lucy ficou por perto e disse para a irmã nunca aceitar aquilo, naquele momento Anna recusou. Mas o grupo não desistiu e na primeira oportunidade que Lu se descuidou da irmã eles se aproximaram com a mesma história, no fim Anna aceitou e passou até mesmo o endereço da casa da família e horário que poderiam entregar as drogas para ela, quando Lucy voltou para perto de Anna não notou nada diferente, nenhuma ação suspeita e avida seguiu.

Quando a mãe, pai e Lucy não estavam em casa, Anna recebia as drogas e as usava, fez isso durante um ano e meio, até começar a acabar por completo com seus rins, os médicos disseram à família que ela tinha pouco tempo, porém o pai das gêmeas não tinha tempo para cuidar da família e ao primeiro descuido da mãe e irmã, Anna decidiu usar novamente as drogas, mas dessa vez pediu para os meninos não maneirarem nas doses, isso foi o fim, Anna morreu de overdose e no momento esses garotos gravaram tudo, desde o momento em que a jovem usava as substâncias até um pouco antes dela vir a falecer, e no fim postaram tudo a internet, o vídeo teve repercussão em todo mundo e no fim as pessoas achavam que a azulada do vídeo era Lucy, pois eram pouquíssimas as pessoas que conheciam a sua irmã gêmea, isso acabou com a vida de Lu, mesmo o vídeo sendo tirado da internet, tudo ficaria gravado na memória das pessoas, mesmo com o pai da jovem dizendo a impresa de que não era Lucy no vídeo... Ele não podia mudar a ideia de toda população, uma ideia completamente errada.

Após todo esse escândalo, a família resolveu se mudar para o Japão, para fazer com que a filha tivesse uma vida longe de preconceitos e dos fantasmas do passado, porém Lucy havia mudado, ela não conseguia mais encarar os outros, não conseguia ser a mesma de antes, para ela sempre tem alguém que à olha e lembra daquela história terrível.






Ƥєяѕσηαgєηѕ α Hιѕтσ́яια


Anna, tinha entre 13 e 14 anos na história, atualmente era para ter a mesma idade de Lucy. Quase nunca saía de casa por conta da doença que tinha, mesmo assim era uma garota alegre e divertida, porém com o tempo começou a ter inveja e raiva da irmã, queria tudo oque a outra tinha, começou a se envolver com drogas, oque agravou a situação da doença, assim ela veio a falecer. Ninguém da família percebia o envolvimento da menina.

Status: Falecida.





Klaus é um homem sério e bondoso, que ás vezes pensa muito no trabalho, mas nunca se esqueceu da família, nunca parava no trabalho para sustentar as filhas e mulher, dava tudo de bom para elas, quando Anna morreu começou a se focar mais ainda no trabalho para proteger Lucy e Laiane da mídia. Logo decidiu se mudar com a família para o Japão.

Status: Vivo.





Laiane, era uma mulher feliz e divertida, fazia sempre todos ao seu redor rir, era muito generosa e sempre cuidava das filhas, porém quando uma veio a falecer entrou em um estado de depressão profundo, no qual vive até hoje.

Status: Viva.








Sσηнσ Lucy tem o sonho de poder vencer o passado e voltar a ser quem era, uma menina alegre e comunicativa, para assim seguir o seu sonho profissional que é ser atriz, uma grande atriz, que não pensa no passado e consegue encarar tudo de frente.






Mєσѕ / Ƭяαυмαѕ / Ƒσвιαѕ Lucy tem muito medo de raios e trovões; cachorros e besouros. Ela apenas sabe do motivo de ter trauma de besouros, pois uma vez a sua mãe lhe contou que um desses insetos entrou no ouvido dela, enquanto a mesma dormia e disse que era agoniante sentir as patinhas do animal andando dentro de você; senti-lo morde-la e não poder fazer nada para tira-lo dali.


• Astrofobia ou astrapofobia — medo de trovões e relâmpagos.





• Cinofobia — medo de cães.





Mαηιαѕ / Hσввιєѕ Morder o lábio inferior quando está nervosa. Roer as unhas em momentos de ansiedade. Estralar os dedos quando pensativa.


• Tricotilomania - Tendência mórbida de arrancar os pelos das partes do corpo, no caso de Lu são os pelos dos braços e pernas, os puxa porque se sente sonolenta, é bom para ela conseguir dormir.






Ɠσѕтσѕ Doces, chocolate. Praia; mar. Rock. Pessoas verdadeiras; gentis; educadas; que não á atormentam; sorridentes; simpáticas e que tenham gostos semelhantes aos seus. À noite; observar as estrelas e a lua; chuva e caminhar sobre ela. Lugares calmos, silenciosos e pouco movimentados. Comidas apimentadas. Falar sobre assuntos do interesse da mesma. histórias assustadoras. Morder o lábio inferior. Cerejas, morangos, pêssegos. Cores escuras. Tocar baixo. Brisa da manhã, dias frescos e nublado. Animais. Sorrisos. Água. Pizza. Árvore de Sakura. Comer. Parques de diversões. Lugares bonitos. Cachoeiras e floresta. Mitologia grega; egípcia e nórdica. Lendas. Que mexam em seu cabelo. Halloween e fantasias. Roedores. Pelúcias. Organização e determinação. Ser a primeira. Jogos de raciocínio. Basquete e vôlei.



Ɗєѕgσѕтσѕ Pessoas metidas; do tipo grudento; que falam que suas vidas não valem nada; que se fazem de vitima; orgulhosas; chatas; sínicas, barulhentas e que tentam ser extremamente fofas para chamar a atenção. Sol muito forte, injustiça, se apaixonar, infantilidade. Frescuras. Orgulho. Egocêntricos. Pessoas falsas. Besouros e cachorros. Tempestades, raios, trovões. Quando á interrompem. Sons altos. Ser a segunda. Assuntos sexuais.






Ƥαя








Rєαçα̃σ Ƈσм αѕ Ɠαяσтαѕ Lucy não entregou a sua confiança á elas rapidamente, apesar de que ela sabia que as outras garotas eram de confiança, mas esse é o jeito da azulada, ela sempre "fica com um pé atrás". Lu, com o tempo se acostumará a viver junto as outras, assim gostará de ajuda-las e sempre irá dizer tudo oque pensa á elas. Nunca deixou de ser ela mesma perto de outras pessoas e isso não foi diferente com as meninas, após um longo tempo começará a mostrar o seu lado mais amigável, sendo os primeiros sinais de que ela estava se desfazendo do passado.



Rєαçα̃σ Ƈσм σѕ Ʋαмριяσѕ


-- Shu: Ás vezes para algumas pessoas é difícil perceber a presença do loiro, já que o mesmo não é de falar muito e não marca tanta presença, porém Lu consegue perceber, mesmo não ligando muito para isso, nunca falaria com ele pois não sabe encarar pessoas e o loiro também nunca falaria com ela por ser preguiçoso e calado.


-- Reiji: Lucy o acha extremamente responsável, isso em sua opinião é algo bom, porém ficar implicando por conta das maneiras dos outros é irritante e chato, após se acostumar com todos dirá isso sempre que Reiji implicar com alguém, se tornando um pouco desafiadora nessa questão de modos.


-- Kanato: Para a esverdeada não é um grande problema ter um psicopata por perto, ela gosta de personalidades diferentes juntas e misturadas, porém acha um pouco estranho vê-lo falar com um urso, mas no fundo é interessante e um pouco engraçado.


-- Laito: Não é como se eles se falassem muito, mas Lucy percebeu que ele é o tipo de pessoa que ela mais odeia, aquele que sempre diz coisas que ela não gosta de ouvir, para ela, Laito é um pervertido de primeira e prefere ficar longe desse tipo.


-- Subaru: Nunca falou com ele por acha-lo estressado, não conseguiria encarar alguém assim, no fundo fica irritada com a maneira dele se estressar por quase nada, mas no começo não dirá isso, só após conseguir se acostumar com as pessoas ao seu redor.






Ƈυяισѕιαєѕ Sσвяє α Ƥєяѕσηαgєм - Fazia parte do grupo de teatro da escola antes da irmã morrer e era muito elogiada pelos professores e colegas por conta da atuação.


- É boa em basquete e vôlei, porém não gosta muito de jogar.


- Se sente extremamente culpada pelo oque aconteceu com a irmã.


- Nunca se apaixonou.






Rσυραѕ / Ɛѕтισ Gosta de usar roupas leves e soltas, como vestidos e saias.



Mostrar Spoiler: Exemplos
• Casuais:















• Formais / Festa:














Agσ α Mαιѕ? — Não.





Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...