~BlueLollipop

BlueLollipop
EX: Juhft / Mephixto
Nome: 青のロリポップ
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 4 de Abril
Idade: 14
Cadastro:

Ficha - Pega-Pega.


Postado

Ficha - Pega-Pega.

♣ ♕ ♕ Ficha: ♕ ♕♣




►Nome completo: Mia Amira.

Significado: Mia - "Estrela do mar" - A referência à estrela do mar vem do escandinavo, onde o nome é também a forma reduzida de Maria, e simboliza força.

Amira - Busca a perfeição em tudo o que faz e lhe diz respeito. A arte é um dom natural. Prático e ponderado, sente-se responsável por tudo o que está a sua volta, ela está sempre disposta a ajudar as pessoas que ama. 'Princesa'.



►Apelido: Mi.



►Idade: 17 anos.



►Aparência: Mia possui cabelos castanhos, de uma coloração mediana, nem muito claro e nem escuro, eles são lisos e brilhantes, seus fios são longos, chegando até o seu joelho, são levemente desarrumados, ela possui uma franjinha que fica mais comprida no centro da face, formando assim um "V". Sua sobrancelha é mediana, sendo da mesma coloração que o cabelo da jovem, seus olhos são de uma tonalidade castanho-avermelhado, como brilhantes, envolventes e grandes, chamam muita a atenção, seus cílios são grossos e são compridos.

Sua pele é bem clarinha, mas nada do tipo 'igual a papel', seu nariz é levemente arrebitado e fino, sua boca tem um tom natural levemente avermelhado, oque às vezes se destaca em sua pele. A face de Mia é limpa, ou seja sem acnes, ou algo do tipo (já que acabou de sair dessa fase 'adolescente'), é 'desenhada' muito bem. Pesa apenas 56 quilos e sua altura é de 1.62, sendo assim uma jovem magra e não muito alta.

A proporção de seu corpo (seios e bumbum) é mediana, sendo assim, nada de exagero e nem falta, algo dentro dos padrões, suas coxas são torneadas e firmes, a cintura da jovem é fina e seu quadril é proporcionalmente largo. Suas unhas são de tamanho mediano e geralmente estão pintados de tons escuros, seus dedos são um pouco longos, ótimos para tocar piano.










►Anime que retirou a aparência?: Vampire Knight,



►Personalidade: É uma jovem que possui muita auto-confiança, sedutora e brincalhona, ela é amigável e trata as pessoas de uma forma feliz, mesmo não tendo muitas pessoas ao seu redor Mia tem uma áurea quente, que faz com que os outros peguem confiança nela rapidamente, mesmo sem ter tido muitos amigos, ela sabe manter uma conversa e principalmente "brincar" com os outros, Mia sempre faz alguma de suas "brincadeiras " , aquelas que geralmente os amigos fazem, a chamada popularmente "zoeira", ela gosta de ver o "circo pegar fogo", nunca perde uma boa oportunidade de ver esse tipo de coisa, o lema dela é "Mesmo que você esteja sozinho, se você poder sorrir, então não importa se o resto do mundo é seu inimigo".
Ela é astuta, analisa tudo nas pessoas e nas coisas, ela é empreendedora, essencialmente, o que significa que ela não é o tipo de ficar parado e não fazer nada, é fiel as pessoas, os ajuda no que for preciso, principalmente se receber o mesmo em troca, ela é responsável nos momentos sérios, quando alguém á deixa irritada, sai debaixo, a garota fica completamente agressiva, ela tem os seus momentos de explosão, assim como qualquer um, que pode simplesmente ocorrer devido á ela guardar as coisas muito para si. Ela geralmente demora muito para pegar confiança nas pessoas, sempre fica com um pé atrás com as pessoas que ela não conhece bem, mas se você se aproximar dela, ela pode se abrir com você e isso é um ponto de confiança que ela lhe deu, por isso não o disperdi-se.
Realmente, ela não é nada otimista, pois na opinião dela, uma pessoa otimista sempre se machuca, pois nunca vê o lado ruim daquilo e na grande "merda" que pode acontecer se você não analisar a situação, então para ela isso é uma fraqueza das pessoas. Ela não liga em ficar sozinha, mas odeia quando as pessoas á ignoram, mas ela deixa quieto, pois pensa que um dia aquelas pessoas que á ignoraram irão precisar da ajuda dela, e quando pedirem, simples, ela também irá ignorá-los, mesmo se a pessoa rasteje e peça á ela de joelhos, ela irá ignorá-los por completo. É muito vingativa, se você fez algo á ela, terá que pagar na mesma moeda, ou até pior. Ela é um pouco rebelde, apesar de não parecer, ela faz tudo do jeito dela e não liga para opinião dos outros.



►Gostos: Doces, chocolate, mar, músicas coreanas, japonesas e clássicas. Pessoas divertidas, desenhar, dormir, decorar coisas (ex: o lugar certo do objeto, sua cor, músicas, etc.), fazer amizades(apesar de ter poucas já que dificilmente podia sair do castelo). Noite, observar as estrelas, chuva, andar na chuva, lugares agitados(talvez porque o castelo era muito parado e sempre que tinha alguma festa ficava fascinada com tanta gente). Comidas apimentadas, de ter atenção, falar sobre assuntos do interesse da mesma, escrever, histórias assustadoras, objetos cortantes e afiados, morder o lábio inferior, cerejas, cores escuras, tocar piano e violino, brisa da manhã, dias frescos e nublado.



►Desgostos: Pessoas metidas, idiotas, coisas nojentas, pessoas orgulhosas e sínicas, tempestades, raios, trovões, sol muito forte, pessoas que tentam ser fofas, injustiça, se apaixonar, infantilidade, pessoas do tipo grudentas e que falam que suas vidas não valem nada.Pessoas que se fazem de vitima e tentam ser extremamente fofas para chamar a atenção. Quando á contrariam sendo que a mesma tem completa razão e também quando não acreditam em suas palavras e ficam a provocando e irritando-a.



►História: Mia nasceu na arábia, é descendente de japoneses, porem nunca conheceu seus pais de sangue, ela não se lembra de muita coisa de sua infância antes do cinco anos, Mia só se lembra de estar em um lugar enorme com muitas crianças e que lá assim como ela, todas as crianças eram tratadas extremamente mal, faziam uma grande quantidade de trabalho escravo, para no final do dia mal terem oque comer e beber, o lugar apesar de ser grande era horrível, sujo e completamente acabado. Sempre sozinha, Mia chorava pelos cantos, ela não queria aquele sofrimento, aquela dor no corpo, suas feridas, porque estava ali? Oque tinha feito de errado? Ela era apenas uma criança inocente, que não tinha onde cair morta. Mas... Bastava fugir dali, pra onde? As ruas? Ser pega e traga de volta para esse lugar? Ou até pior... Ela tinha medo.

"Nada vai dar certo." - "Desista, você nasceu para isso." - "Ninguém vai lhe ajudar". - Essas palavras ecoavam em sua mente, dia após dia, noite após noite, toda vez que pensava em sair dali, elas vinham, mais fortes, insuportáveis, torturantes palavras. Anos se passaram, agora a pequenina tinha oito anos, uma idade feliz, alegre, cheia de brincadeiras, mas não para Mia, que ainda estava presa naquele lugar assombroso, as histórias dos jornais a assustavam ainda mais, assassinos, mortes, corpos, sangue, armas... Armas, assassinos, sangue... Talvez fosse uma boa ideia. Não, não agora. "Medrosa" - "Eu disse, você nasceu para viver aqui" - Não, vocês estão errados.. Ela iria provar isso a todos. Basta uma faca, silenciosamente a menina caminhava até a cozinha, na mesa, o objeto iluminado pela luz do luar, na qual entrava pela pequena e estreita janela, estava a mostra, sua mão o tocou e seus dedo fortemente entrelaçaram a faca, passos e agora aquelas pessoas que a fizeram sofrer gritavam e tentavam fugir das facadas que Mia não hesitou em dar, aquilo não era nem 1% da dor que a criança sofrerá todo esses anos. Policia? Não, não agora que ela estava tão próxima de sua liberdade.

Aquela pequena e estreita janela, foi a sua passagem para a fuga, mesmo sendo muito magra, teve certeza dificuldades na passagem, mas nada era tão dolorido do que ficar ali. "O beco" - "Uma casa" - Não, ela seria pega, a floresta, aquele gigantesco espaço, onde árvores e mais árvores ocupam, sem pensar duas vezes, a garotinha entrou na escuridão da floresta dos arredores da cidade, com frio, fome e sozinha, a menina vagou, sem saber exatamente onde estava, se já a deixaram ou se estava sozinha, mas isso não estava, dois olhos a observavam bem, a dona desses olhos a ajuda, sem saber o porque, mas viu o potencial da pequena, cuidou de Mia por um tempo e a ensinou o básico e depois disso sumiu, agora com seus nove anos, Mia estava sozinha novamente, mas nunca mais perderia.




►Manias: É muito normal você ver Mia roendo suas unhas, principalmente quando está nervosa e ansiosa. Outra mania da jovem é morder o lábio inferior, chega ao ponto da boca ficar machucada, ela também tem que comer pelo menos um doce por dia se não ela "explode" de nervosismo.



►Medos: Ela tem muito medo de tempestades, ela fica com completamente desesperada, mesmo se estiver no lugar mais seguro do mundo, obvio que ela tenta esconder isso. Os únicos insetos/animais que a morena tem medo são o besouro e cachorros grandes.



►Fobias/traumas: Cinofobia: - Medo de cachorros, mas no caso de Mia, é apenas de cachorros grandes, ela tem muito medo, mas não tem uma causa concreta do porquê. Ela se sente incômodo perto de cachorros, começa a suar frio e quando eles se aproximam, ela agarra a primeira coisa/pessoa/objeto que estiver próximo, para assim se defender, claro que ela nunca levantou um dedo para machucar um animal.


-Entomofobia: É a fobia de insetos, mas a morena apenas tem medo de besouros, oque foi causado pelo seu pai. Ela sente agonia de besouros, quando vê um fica imaginando ele andando em seu corpo, como no caso do cachorro, Mia sempre vai usar algo para se defender.



►Par: Ayato Sakamaki.



►Relação com o par: Ayato e Mia tem vários pontos em comum, por isso não se dão tão bem. Ambos são travessos, amando fazer brincadeiras com todos da casa, claro que Ayato sempre passa dos limites e Mia fica irritada, pois não gosta que suas brincadeiras sejam melhores e mais divertidas(ó para os dois) do que as dela, então irá rolar uma competição de quem é o grande rei ou rainha das travessuras. É difícil Mia ser intimidada por Ayato, mas quando isso ocorre ele começa a ser achar o tal e a se gabar, coisa que é normal para ele e que irrita extremamente Mia, pois se tem algo que a morena não gosta é pessoas metidas e também ter mostrado uma fraqueza para ele.
Quando a jovem descobre os gostos do ruivo por instrumentos de tortura, fica com receio de ficar próxima á ele pensando no que pode acontecer se um dia ele tentar algo com ela, ambos são vampiros, então tecnicamente tem á mesma força, e acha estranho e ao mesmo tempo divertido ele gostar de dormir em um Iron Maiden, mas por fim acaba aceitando os gostos do ruivo, pois acaba lembrando de seus pequenos amores (suas facas). Mia sabe que Ayato odeia que roubem á comida dele, principalmente seus takoyakis, então para provocá-lo ela faz isso, o deixando irritado e no fim os dois acabam discutindo. Mia gosta de como Ayato é energético e acha que ele é um ótimo 'comparsa' na hora das suas brincadeiras, já que algumas vezes eles vão fazer alguma travessura juntos.
Mia, quando descobre oque Ayato, Laito e Kanato fizeram com a mãe vai nomear a história como a sua preferida, por achar um jeito bem 'diferente' de se cometer um assassinato. A jovem com o tempo vai começar a ter pensamentos diferentes sobre o ruivo, como, de como ela acha bonito o seu cabelo ruivo e como eles combinam com a cor dos olhos de Ayato, ela não vai entender no começo, mas um novo sentimento está tomando conta dela e quando descobrir esse sentimento, vai fazer de tudo para esconde-lo.



►Relação com as garotas: A morena foi sempre gentil com as meninas, tratava todas muito bem e sempre feliz e divertida, sempre que precisavam de ajuda, ela estava ali. Mia gosta muito da companhia delas, sempre se diverte(apesar de tudo) e pensa estar segura com elas, é extremamente carinhosa com todas. Ela também recebe alguma ajuda. Sempre que precisa, Mia dá um puxão de orelha nas irmãs e claro, a mesma também leva alguns. Mas, no começo ela não tinha muita confiança nelas, por nunca te-la conhecido.



►Relação com a azulada: Quando Mia estava sozinha na floresta, a azulada foi quem a ajudou, sem saber porque, estava sendo ajudada, Mia se sentiu 'confortável', era a primeira pessoa que cuidava dela, se sentiu especial, mesmo com pouco tempo junto á 'azulada', Mia sentia que tudo iria mudar e com certeza podia traçar o seu novo caminho, já que tinha alguém corajosa e forte como exemplo.


►Relação com os vampiros:


--Sakamaki Shuu- É um pouco mais difícil ter contato com o loiro, mas um vez que ela descobre que ele sabe tocar violino e piano, eles passam á se encontrar por acaso na sala de música, mas apenas algumas poucas palavras são trocadas.


--Sakamaki Reiji- Ela simplesmente não gosta dele, pelo fato de ele ser muito correto, ela não entende isso. Às vezes ela até desafia ele. Acha o seu escasso humor uma chatice. E não entende os motivos dele ser tão rigoroso.


--Sakamaki Laito/Raito- Ela não gosta muito do jeito pervertido do ruivo, por isso o máximo de contato que ela vai ter com ele será um dialogo de "respeito", da parte dela é claro.

--Sakamaki Kanato - Na primeira vez que ela o vir com o Teddy nos braços, simplesmente vai dizer que ele é um garoto infantil, que com essa idade ele não deveria ficar carregando e muito menos tratando o urso como se fosse uma pessoa de carne e osso, por esse caso ela não vai gostar muito dele. Mas com o tempo vai acha-lo até fofo, mas sempre fica com receio dele entrar em modo psicopata.


--Sakamaki Subaru - Eles mal se falam, a "conversa" só acontece quando ele fica nervoso e ela "explode", então os dois começam á ter uma séria discussão. Mia acaba percebendo que ele é meio solitário e acaba ficando um pouco triste pelo albino, já que a morena não gosta de ver ninguém sozinho.


--Mukami Ruki - A morena nunca se sentiu intimidada pelo olhar, sorriso ou pelas palavras do moreno, pelo contrário ela responde á altura, sem se preocupar com oque pode acontecer. Principalmente quando ele trata as pessoas como seres insignificantes.


--Mukami Kou - Mia nunca foi com a cara dele, porque sempre achou que por trás daquela maneira amigável dele tinha algo. Nunca caiu em seus truques.


--Mukami Azusa - Mia fica sempre muito entediada ao falar com Azusa, já que a maneira de falar do garoto é muito lenta, mas para ela, Azusa é o mais respeitável de todos os meninos, pois Azusa não costuma tratar as meninas tão mal quanto os outros fazem.


--Mukami Yuma - Já que os dois tem uma personalidade forte, há várias discussões. Mia nunca fica intimidada com á altura e a força de Yuma, pois ela até rouba cubos de açúcar dele.


--Tsukinami Carla - Mia não gosta do jeito humilhante que Carla trata os outros. Apesar disso Mia acha muito sábia a maneira que ele usa para acabar com suas vitimas com jogos mentais, isso é muito inteligente.


--Tsukinami Shin - Acha todo o orgulho dele uma chatice e a maneira arrogante e narcisista dele completamente irritante. Odeia a maneira de como ele subestima os outros e Mia observou que Shin quer tomar o lugar do irmão para ser melhor.



►Obsessões: Doces, Mia ama doces, é simplesmente sua paixão, o seu doce favorito é o chocolate. Automaticamente, a morena ama sangues doces, é como se esse sabor a mante-se viva. Mia, também é uma grande fã de objetos pontiagudos e cortantes, facas, por exemplo, ela deixa sua pequena coleção pendurada na parde do quarto.



►Frases: "Eles nos chamavam de fracos, mas ninguém tinha coragem para nos encarar nos olhos" - essa frase é dedicada especialmente ao seu pai, que não teve coragem de dizer oque achava sobre Mia.



"Se você poder sorrir, então não importa se o resto do mundo é seu inimigo" - Mesmo Mia estando na maioria do tempo fazendo suas travessuras, ela estava sozinha, mas nunca sem seu sorriso, seja ela de alegria, seja ele travesso.



►Animal de estimação?: Uma gata preta de olhos dourados, ela se chama Blair. É uma gata esperta e que causa muitas confusões por ser agitada e mal humorada.





►Reações/ações caso:



♕ Soubesse da morte da azulada: Mia entraria em estado de choque, como alguém tão corajosa e forte podia ter sido morta? Não, aquilo estava errado, era oque a menina acreditava, mas no entanto, não foi assim, sua primeira 'mãe', aquela que cuidou de Mia, agora morta. Morta por vampiros, com certeza, a partir dali, Mia não perdoaria nenhum sangue-suga, a raiva e a vingança haviam tomado conta da morena.


♕ Estivesse apaixonada: Ela apenas tentaria ao máximo não deixar que a pessoa descubra sobre a sua paixão, então ela vai tentar se afastar e se ele vir atrás dela, a morena vai disfarçar e manter até o fim para si. Ela tentando esquecer alguém nunca funciona, sempre acaba pensando ainda mais nele, vai se ver perdida, por isso ela não gosta de se apaixonar, na opinião dela nós ficamos muito bobos e robóticos sendo controlados pelo amor.


Descobrisse sobre os vampiros: Ela vai ficar surpresa e vai começar a achar que daquele momento em diante, as coisas ficaram mais interessantes e divertidas. Finalmente algo mais emocionante estava acontecendo.


♕ Descobrisse que o par também matou suas familiares: Mia, quando descobre oque Ayato, Laito e Kanato fizeram com a mãe vai nomear a história como a sua preferida, por achar um jeito bem 'diferente' de se cometer um assassinato e com certeza vai concordar com o ato dos trigêmeos, ela mereceu.


♕ Estivesse com ciúmes: Olharia para seu par e para a pessoa que lhe causou ciúmes e diria na cara dura que ambos se merecem e sairia dando um foda-se bem grande, olhando de relance Ayato. Mia ficaria nervosa e com uma vontade imensa de enfiar algumas balas na boca de um certo vampiro, só então, quando estive-se na sua segunda barra de chocolate, pararia e pensaria o quão estúpida está sendo, ciúmes? Aquilo com certeza estava errado, algo que ela nunca havia sentido, tinha tomado conta de si, ficaria com ódio de si mesma e fingiria que nada tinha acontecido, como uma maneira de disfarce.


♕ Pedida em namoro/casamento: Mia ficaria paralisada de nervosismo, seria pega de surpresa, ficaria parada olhando a pessoa que a pediu, seu corpo começaria a tremer e a jovem perderia o controle do espaço tempo, sem saber onde está e ficaria viajando por entre os olhos da outra pessoa, sua respiração pesada, com um sorriso bobo mas alegre no rosto, coração á mil, como se fosse ter uma parada cardíaca ali mesmo.



►Hentai/Ecchi?: Sim e sim.



►Algo a mais?: -•Mia nunca se apaixonou e acha que as pessoas ficam bobas e parecem robôs, quando tem esse sentimento. "Sempre por ele" - "Será que ele vai gostar?" - essas perguntas nunca saíram da boca dela.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...