~FireboltViolet4 - Clan Dragon

FireboltViolet4
Aayrine I Scalie
Nome: Bianca Bispo I Marida e mãe I Animatronica I Romioner I Sra. Dreemurr I Esposa do Spring
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 7 de Fevereiro
Idade: 22
Cadastro:

ENTREVISTA


Postado

ENTREVISTA

Bom, gente, fui entrevistada pela famosa repórter (hehehe) @GrangerWeasley. E aqui está nossa entrevista na íntegra *u*

1- É possível notar que você não tem tanto tempo assim para escrever. O que a motiva à continuar?

R: Deus... (risos). Acho que pensar nos leitores que dedicam seu tempo à ler as histórias... o medo de decepcionar, de ter perdas consideráveis de novos leitores... acho que isso dói no coração de qualquer escritor de fanfics. Me colocando no lugar deles, eu penso como seria ficar fissurada numa história, tirando o pouco tempo que tenho para ler, e ela não ser mais atualizada. Sei que é algo muito ruim... e, por isso, mesmo com a faculdade e o serviço, me dedico a estar continuamente presente como autora.

2- Você foca, principalmente, em escrever sobre Romione. Já pensou em escrever sobre algum ou assunto? Quem sabe algum outro shipp, menos abordado?

R: Hum... (cara de enigmática). Bom, já tentei Jelsa (Jack Frost e Elsa) e um casal humano com zumbi (revira os olhos) e o retorno foi muito bom. Tenho planos para desenvolver outros shipps e outros temas... mas, provavelmente, terminarei as fics já em andamento.

3- Qual foi sua maior inspiração ao escrever a Saga da Lontra?

R: J. K. Rowling e Emma Watson! (pula na cadeira, animada). Naturalmente, Joanne foi o estopim. Mas, por algum motivo, a atriz também me inspirou profundamente quando comecei a escrever Sangue e Alma. E ainda acontece isso até agora. Ao contrário de outros autores, a Hermione de minhas fics tem corpo, personalidade e rosto já familiares. Mas outros autores também me influenciam: Rick Riordan, E. T. James (risos)... sim, até Cinquenta Tons de Cinza deu um apoio enorme á Saga da Lontra... minhas leitoras mais veteranas sabem do que estou falando (mais risadas). Mas á quem estou querendo enganar? São meus leitores que me inspiram também! Eles que clamaram por uma segunda, terceira e - agora - quarta temporadas. A Saga não existiria sem eles.

4- Você já gostava de ler, ou de escrever, desde que era pequena? Ou foi algo que você adquiriu ao longo do tempo?

R: Escrevo desde os oito anos. Minha primeira história foi sobre três potrinhos (risadas) e se chamava Laços de Ferraduras. Tinha até uma potranca cuja patinha foi arrancada num acidente. Então eu, com meus parcos oito aninhos, já escrevia usando questões sociais como a deficiência e com o típico quadro literário dos heróis desafortunados (risada). O estilo não mudou muito... continuei escrevendo, e tenho até hoje esboços de histórias que escrevi desde os doze anos... todo guardados, aguardando a hora em que eu pensar em usa-los, talvez, em fanfics.

5- Você poderia dizer que espelha o seu estilo de escrita em algum outro autor, seja de livros ou fanfics?

R: Sim! Além da já citada Tia Jô, meu estilo se assemelha um pouco ao de Suzanne Collins... só que não tão amargo e sarcástico (risadinha). Faço algo meio parecido com a saga de livros House Of Night, de Khristin e P.C. Cast, com capítulos alternados com a narração entre personagens. O estilo, "engraçadinho" (pisca para cima) e, ao mesmo tempo, sério nas "horas certas"... é bem parecido com o que eu faço na Saga.

6- Se você pudesse indicar alguém que lhe tivesse ajudado a começar a escrever, quem indicaria?

R: Naturalmente, indicaria J. K. Rowling e Rick Riordan. São bases perfeitas para quem quer escrever nesse estilo de literatura fantástica.

7- Em sua fanfic "A Dança das Serpentes" você aborda um gênero que você não está tão acostumada a escrever. Faria mais fanfics desse tipo, ou é algo que não gostaria de repetir?

R: (Ataque de risos) Ah, sim... acho que sim. É que, no dia em que a escrevi, estava absurdamente inspirada depois de assistir um pedaço do filme Cisne Negro (risos). Eu realmente não fiquei inspirada de novo... até por que nunca namorei ninguém - tipo, nem beijei também - apesar de ter certeza que gosto de homens (mais risos). Porém, algumas fics femmeslashs são fascinantes... ah, sim, eu escreveria mais quando pudesse.

8- Após concluir a Saga da Lontra, qual seriam os seus planos com fanfics?

R: Já há uma fic em hiatus, ainda de Romione, que provavelmente também demandará um bocado de tempo, pois terá como base a reencarnação e diferentes tempos históricos... vou precisar pesquisar bastante. Mas, além dessas, estou planejando fazer uma segunda Saga, com Rose Weasley como protagonista... já tive até uma sugestão de nome: "A Saga da Rosa".

9- Apesar de ter muitas fanfics, a maior parte delas são one-shots. Você prefere esse tipo de fanfics?

R: Nem prefiro nem "desprefiro". Gosto de ambos os tipos. Eu penso se a história vale a pena ter mais capítulos. Se é algo para ser muito engraçado ou emocionante, me limito á oneshots. Mas se a história render, a chance de virar uma longfic é grande.

10- Suas fanfics são bem escritas, e atraem muito os leitores. O que você acha que os faz gostar tanto assim das suas estórias?

R: Talvez o contexto inusitado de cada temporada? Não faço ideia. A primeira temporada foi por si só bem inovadora, com todo aquele conteúdo sobre vampirização e uma segunda guerra. A segunda nem tanto, já que focou mais na viagem de Rony e Hermione à Austrália. Mas talvez tenha sido na terceira o meu maior sucesso... criei algo que nunca sequer foi mencionado em Harry Potter, uma vertente de magia completamente nova. Talvez a Maldição da Wicca tenha literalmente enfeitiçado muita gente justamente por trazer profecias, magias e animais que poderiam ser encaixados perfeitamente na história original de J. K. Rownling sem causar nenhum baque na história. Colocar Hermione no centro da história, ressaltando um potencial que não tinha sido explorado por Joanne... acho que isso chamou muito a atenção dos leitores...


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...