~Sualkin

Sualkin
Shut up Bitch, i am unicorn
Nome: Danny | Elly
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 1 de Dezembro
Idade: 16
Cadastro:

Marionetes - Interativa


Postado




Times will be bad
Times will be good
Things I wish I hadn't done and
Some how wish I would
Cutting through the american noise
You've got a voice
And a song to sing
Drink deep in the morning
See what the day will bring




• Nome/Apelido:

Skyller Morgan Petrovinsk | Sky

• Idade:

18 anos

• Aparência:

[Ksenia Solo]


Olhos azuis incrivelmente claros e pele branca, seus cabelos tem uma coloração preta azulada e vão até um pouco abaixo do seio. Têm 1,68 de altura, seu tipo físico é magro e esbelto, sem muitas curvas que chamem a atenção. Seu rosto possuí traços finos, o que ajuda a aparentar ter uma idade menor do que realmente tem. Seus lábios são finos e levemente rosados, onde sempre estampa sorrisos irônicos e presunçosos.




• Personalidade:

É extrovertida e muitas das vezes aérea frente a situações perigosas. É impulsiva, desorganizada e adora ver coisas queimando. Sim, uma incendiária nata, megalomaníaca e sem capacidade de entender os sentimentos alheios.
É determinada e luta por aquilo que acredita, podendo manipular as pessoas para chegar ao seu objetivo. Com um temperamento forte não se deixa levar por manipulações e chantagens.



É natural flertar com as pessoas, é tão comum que às vezes ela nem percebe que esta fazendo.
Ela fala de mais, sempre algum comentário irônico desnecessário, mas mesmo assim consegue manter uma áurea misteriosa, nunca realmente falando sobre si.
Ela é curiosa e, deveras, intrometida. Não importa se é um assunto pessoal, ela vai continuar até a pessoa se cansar e lhe contar. Ela é teimosa, persistente e muitas vezes é chamada de grossa por causa de sua sinceridade.



Skyller costuma ser muito metódica em suas escolhas, sempre analisando bem a situação antes de decidir, mas quando se trata de suas ações ela é completamente o oposto, normalmente agindo por impulso pela sua curiosidade, teimosia ou para provar algo a si mesma.
Ela tem um espírito livre e aventureiro, não gosta de se sentir presa ou incapaz, está sempre em busca do novo sem ligar para os riscos.
Mesmo quando o momento é de tensão ela parece estar sempre relaxada. Apesar de tudo, quando ela se importa com alguém não mede esforços para proteger e defende-la, além disso, é extremamente fiel, mas se quebrarem sua confiança nunca mais conseguiram seu perdão.



Skyller é considerada estranha pelas pessoas que convive. Ela tem idéias diferentes e costuma falar muito sozinha, mas a questão é; ele é extremamente inteligente, na maioria das vezes não conseguindo guardar seus pensamentos só para si e, como não tem alguém que os possa ouvir, ela acaba falando sozinha. Ela também faz algumas caretas quando está tentando explicar alguma coisa, o que seu irmão acha terrivelmente fofo.




• História:

Skyller sempre viveu em uma ditadura, tinha certeza que se a agenda não existisse sua vida continuaria a mesma. Seus pais eram extremamente perfeccionistas e intolerantes.
Eram a favor da agenda e das regras absurdas impostas pelo governo. Sky sempre abominou o comportamento dos pais e – quase sempre- fazia de tudo para tirá-los do sério.
Com o passar do tempo e com seus pais mais irritados do que nunca, Sky passou a ser mais radical, ao invés de irritar os pais ela irritava o governo. Usava a inteligência para burlar algumas coisas sem sofrer as conseqüências. Só não havia sido morta, pois seu pai era um membro importante na sociedade e de alguma maneira os impediam de matá-la.
Skyller sempre quis colorir o cabelo, mas era obvio que isso nunca apareceria em sal agenda. Esperou que todos estivessem dormindo para levantar de sua cama e colocar mais um de seus planos em prática. Nem de longe aquele seria um dos piores, mas era algo que ela queria fazer a muito tempo. Quando já estava com tudo pronto no banheiro respirou fundo preparada para mais um choque, um que viria mais forte dessa vez, mas em vez disso a única coisa que sentiu foi à brisa que vinha da janela aberta. Estranhando a falta da dor continuou a trabalhar em seu cabelo, ainda a espera do choque. Contudo ele nunca veio, não naquele dia.

• O que fazia antes da explosão da "hora vaga"?

Estudava arquitetura, o que odiava. Queria se tornar uma fotografa, ela sempre amou fotografias.

• Família:

Joseph Petrovinsk | Pai | 43 anos


Os dois vivem em um conflito eterno. Ela não o chama de pai e ele não a considera sua filha, apesar de – tentarem - manter as aparências quando aparecem publicamente.

Stella Morgan | Mãe | 42 anos


As duas simplesmente se ignoram, menos nos dias que Skyller apronta alguma. Ai sua mãe grita com ela até suas cordas vocais doerem.

James Morgan Petrovinsk | Irmão | 22 anos


James é extremamente protetor com a irmã. Os dois têm uma ótima relação, obviamente às vezes se desentendem, mas logo estão se falando.
James se preocupa com os choques que a irmã leva, mas ao mesmo tempo tem orgulho por ver que ela não pensa como os outros.

•••
Questões:
•••



→ Se estivesse diante de Sebastian Chase, líder e criador do Chip, o que faria?
Se não estivesse presa ela o socaria. Mas se estivesse ela iria falar, falar e falar lentamente da maneira mais irritante que sabe fazer.

→ Se alguém lhe desse a oportunidade de retirar o Chip, qual seria sua reação?
Hesitaria. Primeiro ela veria se não a algum tipo de armardilha.

→ Abandonaria seus familiares para ser livre?
Seus pais ela nem pensaria duas vezes, mas ela nunca deixaria seu irmão para trás.

→ Se Sebastian te oferecesse um lugar ao lado dos líderes, diria a localização dos outros imunes?
Nunca. Sky é extremamente fiel.

→ Abandonaria pessoas que ama/gosta/conhece para se proteger?
Não. Se ela diz que esta de um lado não a contagem no mundo que a faça mudar.

→ Qual foi a sua reação ao descobrir sobre a "hora vaga"?
Ficou muito feliz. Gritou, pulou e até mesmo abraçou sua mãe.

→ O que estava fazendo quando encontrou outro imune?
Estava arrumando o escapamento de sua moto - moto na qual seus pais não fazem ideia da existência – na garagem, quando viu uma sobra na rua. Sua curiosidade era gritante e ela não se aguentou e foi ver o que era. Descobrindo outro pessoa como ela.


•••
•••


• Gostos

Crianças | Filmes de comédia ruins | Pessoas irônicas ou sarcásticas | Frio | Lua | Noite | Rosas brancas | Café

• Desgostos:

Peixes, mas estranhamento gosta de Sushi | Ordens e regras | Cobranças | Pessoas grudentas ou que cobrem atenção | Que machuquem crianças

• Manias

Morder o canto da unha ou a bochecha quando esta pensando ou calculando algo | Falar sozinha | chacoalhar as pernas sem perceber

•Vícios

Café | Energéticos

•Medos

Aranhas | Aviões | Piscina

•Fobias/Traumas:

Aracnofobia | Ela quase se afogou quando era pequena, então não entra ou chega muito perto em nenhum lugar cheio de água – pode até ter um ataque de pânico.

• Seu maior sonho e maior pesadelo:

O seu maior sonho é um momento que ela quer viver. A idealização desse momento se baseia nela sentada em algum isolado lugar com uma caneca de café vendo o por do sol, mas não pelo lugar ou a visão, e sim pelo sentimento de liberdade que ela imagina estar sentido. Ela quer ver o governo cair antes desse sonho acontecer. E seu maior pesadelo e depois de tanta luta todos morrerem e nada mudar.

• Pior maneira de morrer:

Afogada

• Uma palavra que descreve seu personagem:

Insana

• Três habilidades físicas do seu personagem:

Furtividade, golpes precisos e em uma luta ela consegue imitar o estilo de luta do oponente.

• Armas de fogo ou brancas?

Armas brancas. Ela tem duas espadas que ela acopla em nas costas, mas sempre esta acompanhada de uma adaga escondida em alguma parte de seu corpo.


• Deseja par?

Yep!

• Sabe que seu personagem será eliminado caso você desapareça sem dar explicações?

Sim

• Algo mais?

-Fala Latim, Russo, Inglês e Alemão
-Bebe café a todo o momento, uma forma estranha de relaxar
-Gosta de deixar os olhos bem marcados.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...