~Sualkin

Sualkin
Shut up Bitch, i am unicorn
Nome: Danny | Elly
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 1 de Dezembro
Idade: 16
Cadastro:

New Vision Academy - INTERATIVA


Postado




I HAVE BAD BLOOD



Dados pessoais:

▲Nome completo:

-Madison Darkholme

▲Idade:

-18

8/11/ Não sei o ano em que se passa a historia

▲Apelido:

-Maddie ou Misty

▲Aparência:








▲Signo:

Escorpião

▲Cidade de origem:

New Orleans - Louisiana - Saiu de lá quando ainda tinha 6 meses

▲Cidade atual:

Denver, Colorado

▲Pais:

-Mística (Mãe)


×Não chegou a conhecer Mística, já que foi abandonada pela mesma.
Ela tem um ódio muito grande pela mãe, sabe que ela não teve um motivo para lhe abandonar, e mesmo que Mística voltasse ela nunca a perdoaria.

-Magneto (Pai)


× Ela gosta de seu pai, talvez ele seja a única alma viva no momento que ela realmente se importe. É verdade que ela sentiu muita raiva quando foi mandada para o instituto Xavier, mas continuou com seus sentimentos por ele inabalados.

-Wanda Maximoff (Meia-Irmã)


×Viu Wanda poucas vezes em sua infância. Elas se davam relativamente bem, ainda tinhas a hesitação em querer criar laços mais profundos. Mas quando Maddie começou a apresentar características da pessoas que é hoje incomodou Wanda que tentou convencer Erik, o mesmo não deu ouvidos o que resultou no afastamento da filha mais velha.

-Pietro Maximoff (Meio-Irmaõ)


×Sobre Pietro ela não sabe muita coisa, apenas que ele tem um filho. Os dois nunca chagaram a se encontrar então se vissem um ao outro cara acara não se reconheceriam.

▲História:

-Maddie depois de seu nascimento passou oito anos vivendo com seu pai, já que Mística simplesmente a abandonou.

Quando fez nove anos seus poderes começaram a sair do controle, e nem mesmo Magneto conseguiu controlá-los, então indo contra seus próprios instintos e passando por cima de seu orgulho ele a mandou para o Instituto Xavier.
Não poderia negar que lá ela havia aprendido muito sobre seus poderes. Mas com 15 anos Madison já estava farta de toda aquela bondade enjoativa dos alunos e do professor. Enquanto eles pensavam em maneiras de salvar alguém ela pensava em novas técnicas de tortura.

Por isso ela decidiu mostrar seu verdadeiro eu, colocar a mostra o lado psicopata que herdou dos pais.

E teve sucesso em seu plano, pois aos 17 já se mostrava uma perfeita vilã de quadrinhos. Todos no instituto tinham medo ao se aproximar dela, e sempre ouvia a mesma coisa "nada de facas, isqueiros e objetos cortantes".

Magneto realmente não se importava, mas vendo que sua filha estava indo para um caminho sem volta seguiu o conselho de Xavier e mandou sua filha para a New Vision Academy.


▲Personalidade:

Teimosa, sarcástica e mortalmente sincera. Ela fala exatamente o que ela pensa sem dó nem piedade da pessoa que está escutando. Não é raro as pessoas pensarem que ela é rude e sinceramente ela não faz nada pra impedir que pensem. Não é do tipo que se mete na vida das pessoas e fala como elas devem pensar e agir, mas não quer que você se meta na vida dela também.
Com um temperamento forte não se deixa levar por manipulações e chantagens.
Uma garota forte e guerreira, orgulhosa e determinada, têm uma língua afiada, rebelde e independente. Esta sempre lutando pelo que acredita.
Em sua opinião o lugar de cada um é onde ele quiser e tiver capacidade de chegar.

Fria, não tem medo de mostrar sua opinião ao mundo, agitada.
É um pouco criadora de problemas, gosta de confusões e costuma ser bastante encrenqueira, adora uma discussão, e sempre acha que está certa e que tem razão e isso lhe dá uma imagem de "bad girl".

▲Maiores segredos:

-Ela faz aulas de ballet por realmente amar essa dança.

-Queria conhecer sua mãe (não criar uma relação mãe e filha, apenas conhecer)

▲Gostos:

Gatos| chocolate| frio| lua| noite| pessoas sarcásticas ou irônicas| rosas brancas| torturas (físicas e psicológicas)

▲Desgostos:

Cor laranja| pessoas melosas| peixes| aves| musicas clássicas

▲Hobbies:

-Dançar quando tem uma sobrecarga emocional muito grande.


-Se tortura for considerada um hobbie posso afirmar com toda a certeza que ela pratica.


▲Talento secreto:

-Ela dança ballet clássico e contemporâneo

▲Medos/Fobias/Traumas:

▲Medos:

-Ser traída por alguém que ela tenha um vínculo forte.

-Medo de se tornar algo que ela não queira por causa de alguém.

▲Fobias:

-Aracnofobia- Medo de aranhas

▲Maior sonho:

-Se apresentar em algum lugar muito famoso.


▲Cinco musicas para o personagem:

▲Troublemaker-Olly Murs



▲Fall Out A Boy-Immortals


▲Titanium-David Guetta


▲Oh Death-Jen Titus


▲Com o par:

▲Woman Like Me- Beyonce



▲Maiores Habilidades:

Poderes- Resistência psíquica acima do comum.
Ela não desenvolveu seu poder de transforma (puxado de sua mãe) completamente, mas ela pode mudar seu cabelo, olhos e voz por tempo indeterminado.

Tem também uma regeneração agilizada dada ao fato de suas células estarem sempre em constante mudança.
Já de seu pai herdou o magnetismo, controle da energia magnética gerando raios, campo de força, vôo e a manipulação de metais (incluindo o ferro do sangue e partículas de metal do ar).

Habilidades- Ela tem uma elasticidade incrível que acaba colaborando em movimentos furtivos, tem memória fotográfica e fala algumas línguas; dentre elas Alemão, Russo e Latim

▲Dados complementares:

▲Relação com os Heróis:

Ela não gosta nem um pouco deles, não aquele clichê de vilão que odeia herói. Ela não gosta deles por causa da aparente obrigação que eles têm em querer ajudar todo mundo a todo o momento, com toda aquela bondade enjoativa.

▲Relação com os Vilões:

Inicialmente é bem difícil explicar a relação de um vilão com outro, pois sempre tem aquela competitividade e toda a loucura. Vilões são imprevisíveis, então ela não tem uma relação pré definida. Ela se da melhor com os de sua idade as idéias batem melhor e a impulsividade de qualquer adolescente deixa tudo mais interessante.

▲Como costuma se comportar na academia:

Ela é aquela garota que sempre está procurando alguma coisa errada para fazer, normalmente quando não está na detenção ou levando bronca do diretor (diretora) ela está em alguma festa ou praticando algum esporte.
Ela vive respondendo os professores e ameaçando outros alunos (le-se garotas que ela não vai com a cara).
Ela não é daquela que briga em público, ela arruma a confusão e depois resolve isso particularmente com a ajuda de alguns “brinquedinhos”.
E mesmo tendo problemas ela normalmente aparece nas aulas e tira boas notas devido a sua boa memória.

Crie um pequeno ''texto''

▲Uma conversa com um Herói:

Em resposta a Katherine Allen.

[...]-É incrível, todo aquele sangue, os gritos, a agonia nos olhos das pessoas que você diz proteger... - sussurrei sombriamente, enquanto caminhava ao seu redor vendo seu corpo ficar tenso.

-São pessoas inocentes. Como você consegue?- Perguntou indignada com a voz levemente tremula.

-Ah! Os inocentes são os melhores, sempre esperando que alguém venha para lhes salvar e acabar com o vilão. E depois vem a decepção e a desistência quando percebem que nenhum de seus tão aclamados heróis apareceu. Mas infelizmente a dor física não os atinge mais com tanta força, já que estão quebrados demais psicologicamente para computar qualquer outra dor - disse fazendo um biquinho, que logo se transformou em um sorriso quando vi o pavor em seu rosto[...]

▲Uma conversa com um Vilão:

Loki, por exemplo.

Ele me olhava com deboche, olhar esse que era completamente correspondido.

-Sua mente é interessante. Muitos sentimentos para uma só pessoa suportar; confusão, prazer, rejeição, insanidade e um grande desejo de se provar- dizia enquanto dava passos lentos em minha direção.

-Pelo o que eu ouvi Loki, sua mente não é tão diferente da minha. Temos o mesmo sentimento de rejeição, mas diferente de mim você ainda se importa, ainda ama sua mãe e tem algum sentimento próximo ao carinho pelo seu irmão- olhei diretamente em seus olhos, vendo uma pequena fagulha de raiva aparecer ao falar sobre Thor- Eu já faço isso pelo prazer, pela simples diversão.

-Talvez não sejamos tão diferentes como você pensa, cara humana.

▲Um momento Hot

Com Howard Stark .

Ele estava de costa para mim, mas eu tinha certeza que ele estava ciente de minha presença. O que se provou no momento seguinte quando ele se virou. Seu olhar sobre mim só demonstrava raiva.

- Ah Howie, tudo isso por que eu soquei seu priminho?-Pisquei os olhos lentamente, e sua reação foi mais do que esperada. Ele era bom demais para simplesmente me bater então me empurrou contra a parede mantendo seus braços ao redor da minha cabeça, enquanto a sua estava próxima demais. Não briguei nem me debati.

Seus olhos estavam nos meus e sua boca muito perto da minha.
Antes que ele pudesse dizer alguma coisa ou eu recobrar a minha razão, coloquei minhas mãos em sua nuca o puxando para mim. Ele conseguiu ser ainda mais rápido segurando minha cintura e colando nossos lábios.
Nossas personalidades eram fortes, éramos impulsivos e competitivos. O que deixava tudo mais interessante conforme o beijo se aprofundava e suas mãos passavam pelo meu corpo. Mas ainda sim isso não parecia ser o suficiente. Então ele arrancou minha blusa e eu fiz o mesmo com a dele.

Antes de voltar ao que estávamos fazendo ele me olhou atentamente.
-Qual o seu problema garota?- Sussurrou quase sem forças como se estivesse travando uma batalha consigo mesmo

Não respondi só o beijei mais intensamente, retirando as ultimas peças que faltavam em nossos corpos.

(Eu não sei fazer hot, mas não queria deixar aqui em branco então eu coloquei uma pegação bem simples mesmo, espero que não se importe)

▲Estilo:

▲Primeiro dia de aula:



▲Casual [dia-a-dia]:











▲Formal:







▲Festa:











▲Fantasia:





▲Frio:











▲Pijama:







▲Banho:






Ela tem um estilo mais rebelde, na maioria das vezes com jaquetas, couro e preto. Ama anéis, colares e pulseiras. Também usa na maioria vezes roupas mais coladas que dão um ar mais sexy

▲Detalhes:

▲Filosofia de vida:

“Meu destino, minha religião e minhas vontades, sou eu quem decido. Eu não sigo tendências e nem obedeço regras, eu digo o que eu sou e quando sou. E tenho motivos pra ser assim”

▲Livro favorito:

-Historias Extraordinárias de Edgar Allan Poe.

▲Musica favorita:

▲The Pussycat Dolls - Don't Cha ft. Busta Rhymes



▲Mataria alguém para salvar outra?

Claro.

▲Salvar a humanidade ou o amor da sua vida?

Mesmo sendo irônico ela salvaria o amor de sua vida (convenhamos que a humanidade não tem mais salvação)

▲Como se sentiria por ter matado um inocente?

Bem, muito bem, matar inocentes é algo normal em seu cotidiano, uma a mais um a menos não faria diferença.

▲Viveria com culpa?

Claro que não.

▲Ama quando?

-Participem de suas loucuras e quando a desafiam.

▲Odeia quando?

-Duvidem de sua capacidade, principalmente em lutas por aparentar ser “frágil”

▲Defina o seu personagem em uma palavra:

Manipuladora



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...