~egocentrismo

egocentrismo
.monstax
Nome: [✿] — 𝑒𝒾𝓁𝓊𝒿♡
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 22 de Julho
Cadastro:

— not your baby +


Postado

❝ 𝒟𝓊𝒶𝓈 𝓅𝑒𝓈𝓈𝑜𝒶𝓈 𝓅𝑜𝒹𝑒𝓂 𝑔𝓊𝒶𝓇𝒹𝒶𝓇 𝓊𝓂 𝓈𝑒𝑔𝓇𝑒𝒹𝑜 𝓈𝑒 𝓊𝓂𝒶 𝒹𝑒𝓁𝒶𝓈 𝑒𝓈𝓉𝒾𝓋𝑒𝓇 𝓂𝑜𝓇𝓉𝒶❞


𝙰𝚛𝚎 𝚢𝚘𝚞 𝚍𝚎𝚛𝚊𝚗𝚐𝚎𝚍 𝚕𝚒𝚔𝚎 𝚖𝚎? 𝙰𝚛𝚎 𝚢𝚘𝚞 𝚜𝚝𝚛𝚊𝚗𝚐𝚎 𝚕𝚒𝚔𝚎 𝚖𝚎?
𝙻𝚒𝚐𝚑𝚝𝚒𝚗𝚐 𝚖𝚊𝚝𝚌𝚑𝚎𝚜 𝚓𝚞𝚜𝚝 𝚝𝚘 𝚜𝚠𝚊𝚕𝚕𝚘𝚠 𝚞𝚙 𝚝𝚑𝚎 𝚏𝚕𝚊𝚖𝚎 𝚕𝚒𝚔𝚎 𝚖𝚎?
𝙳𝚘 𝚢𝚘𝚞 𝚌𝚊𝚕𝚕 𝚢𝚘𝚞𝚛𝚜𝚎𝚕𝚏 𝚊 𝚏𝚞𝚌𝚔𝚒𝚗𝚐 𝚑𝚞𝚛𝚛𝚒𝚌𝚊𝚗𝚎 𝚕𝚒𝚔𝚎 𝚖𝚎?
𝙿𝚘𝚒𝚗𝚝𝚒𝚗𝚐 𝚏𝚒𝚗𝚐𝚎𝚛𝚜 𝚌𝚊𝚞𝚜𝚎 𝚢𝚘𝚞'𝚕𝚕 𝚗𝚎𝚟𝚎𝚛 𝚝𝚊𝚔𝚎 𝚝𝚑𝚎 𝚋𝚕𝚊𝚖𝚎 𝚕𝚒𝚔𝚎 𝚖𝚎?


⁑ Nome Completo ⁑

❆ Beatrice Bellucci Anderson.

⁑ Apelido ⁑

❆ Bea ou TriceOs amigos e alguns parentem a chamam assim, podendo cada um escolher o que deseja usar. Ela não tem problemas quanto a isso.

⁑ Idade ⁑

❆ Dezessete anos, nascida em 15 de outubro de 1999.

⁑ Nacionalidade ⁑

❆ Americana, tendo nascido em San Diego, Califórnia, porém possui traços italianos herdados de sua mãe.

⁑ Aparência ⁑

❆ Ela possui o rosto redondo, meio oval, algo indefinido. A pele é branca, mas puxada para o moreno. O nariz pequeno parece uma bolotinha, o que é fofo. Seus lábios também são pequenos, assim como seus olhos, que são castanhos profundos. O rosto é bem jovial, embora ela seja adulta, a aparência pode enganar muitos, fazendo com ela possa até mesmo se passar por uma adolescente de dezesseis anos. As bochechas são cheias, o que a irrita, pois quando mais nova as pessoas adoravam lhe apertar as bochechas. Suas roupas sempre despojadas causam certo medo e afastamento de outras pessoas, que não se envolvem muito com ela.



❆ Ela não é baixa e nem muito alta, possuindo 1.68 metros de altura, se sente bem com seu tamanho. Ela é magra, pesando apenas 54 quilos e tendo o corpo agradável. Sua barriga é lisa, tendo as coxas não muito grossas, assim como sua bunda é de tamanho médio. Seus seios são um pouco maiores, sendo de tamanho ótimo para a menina, que não apresenta nenhum tipo de problema com seu corpo. O cabelo é castanho e médio, um pouco abaixo dos ombros. Os fios são lisos e rebeldes, sendo que naturais eles ficam ondulados e cheios. Ela não se importa muito em fazer chapinha, gosta de deixar o cabelo como é. Gosta das coisas naturais. Ela varia, por vezes estando com o cabelo solto, preso ou com tranças.



⁑ Personalidade ⁑

❆ Ela poderia ser descrita como alguém simples, mas não que possa ser descartada tão rapidamente. Beatrice é uma pessoa expressiva, e não tem medo de enfrentar a vida e correr atrás dos desejos e anseios. Se concentra para fazer sempre bem feito tudo aquilo que se propõe. Ela é de natureza corajosa e independente, podendo facilmente se cuidar sozinha caso necessário, enfrentando tudo o que precisa enfrentar, nunca se abalando e sempre mantendo pensamentos bons, com a esperança e a certeza de que tudo irá dar certo. A sua ambição faz ela se corajosa, e passar isso para outras pessoas, as encorajando, orientando e dando conselhos. Ela é uma ótima conselheira, sempre ajudando aqueles que estão desorientados, os orientando e ajudando-os a encontrar seu caminho. Ela não é uma pessoa ruim, tampouco inútil, apenas é muito subestimada. Ela pode fazer mais do que os outros acham.



❆ Embora seja tão corajosa e com ar independente, quando sente que as coisas estão ruins, ela foge. Ela não gosta muito de lidar com as pessoas, não quando os problemas delas começam a afetar sua vida e elas começam a sufocá-la, então ocorre a fuga. Beatrice é muito rebelde, o que deixa o pai maluco, tentando criar a filha rebelde. Ela gosta muito de sair e curtir, não gosta de ficar parada no mesmo lugar por muito tempo. Seu pai é um executivo multinacional, e por isso eles sempre estão se mudando, o que faz com que a garota sempre esteja em países e lugares diferentes, e ela adora isso, pois pode aproveitar a vida e conhecer o mundo, não tendo que ficar parada no mesmo lugar, embora já tenha um tempo que esteja em Los Angeles, e cá entre nós, ela está louca para vazar da cidade que, segundo ela, cheira a garotos que choram quando seus carros são arranhados e garotas que fazem drama quando as unhas quebram ou o esmalte recém pintado borra.



❆ Ela tem um humor bom, sendo simpática até certo ponto, mas sua independência pode assustar alguns que não estão acostumados com isso, ou que são muito medrosos para irem adiante assim como Beatrice faz, o que pode lhe trazer alguns inimigos. Ela não gosta que a ajudem, ou que achem que ela precisa de ajuda. Ela não é cem por centro ruim, afinal, ninguém é, mas todos têm seu lado ruim. Ela, em seu lado ruim, pode ser uma pessoa agressiva, egoísta, inflexível e individualista, além de ter princípios egocêntricos, sempre achando que o que ela faz é o melhor, e que ninguém possui o direito de dizer a ela como as coisas devem ser feitas. Isso é verdade até certo ponto, mas quando alguém tenta invadir seu espaço pessoal, ela pode ser agressiva. Seu individualismo dá espaço a sua independência, o que faz com que ela goste de viver sem ninguém lhe julgando pelo o que faz ou tentando lhe dizer qual próximo passo ela deve dar. Ela toma conta de si mesma e não precisa que a digam como cuidar de sua vida, como se vestir ou que ela deve parar de cabular aulas.



⁑ História ⁑

❆ Ela nasceu em San Diego, Califórnia. Viveu com os pais até os dez anos, quando a mãe, Sophia, faleceu após o carro dela colidir com um caminhão desgovernado. Desde então, era apenas Robert e Beatrice, pai e filha. A vida de Beatrice sempre foi boa em questões financeiras, mas a menina sempre apresentou comportamentos rebeldes desde a morte da mãe, o que sempre fez com que o pai a colocasse de castigo, o que não adiantava muito. Robert nunca foi muito severo, até porque ele tinha seu trabalho para se preocupar, ele não tinha tempo para lidar com a filha problemática que arrumava encrenca por aí. Eles já moraram em vários lugares, o emprego do pai fazia com que eles sempre estivessem em movimento, nunca parando em um lugar só. Quando Beatrice tinha dezesseis anos, ela finalmente retornou para a Califórnia. Ela ainda se lembra do seu primeiro dia de aula na Lawrenceville School, afinal, como esquecer? Ela estava com o rosto machucado, o lábio cortado e hematomas evidentes. Havia se envolvido em uma briga um dia antes de ir para Los Angeles. Se meteu com um pessoal da pesada em Nova Iorque, apanhou, mas também bateu, porém a garota com quem brigou era maior que ela, o que a fez ficar com hematomas pelo corpo inteiro pela surra que havia levado. O pai? Nada fez, apenas suspirou, não dizendo nada. Beatrice interpretava isso como um "foda-se, cansei de você."



❆ Superar a morte da mãe nunca foi fácil, e ela sempre chorava quando se lembrava dela, mas aos poucos tudo vai se esvaindo, e a falta de amor na vida da garota a tornou em alguém que se concentra apenas em si. Viver na escola com poucos amigos, para a maioria, é algo chato, mas ela realmente não se importa. Ela não gostaria de ser amiga de todos esses mimados insuportavelmente superficiais, ela ainda prefere andar pela noite e conhecer pessoas que geralmente são chamadas de más influências, mas na verdade não existe essa de má influência: cada um faz o que quer. Fumar é opção dela, aquela vez que ela roubou uma loja foi opção dela, aquela vez que ela fugiu de casa e passou a noite na rua foi dela. Ser quem ela é, é opção dela. Colocar a mochila nas costas e sair andando por aí sem rumo, é opção dela. Beatrice é quem ela é, e não esconde e nem nega isso.

⁑ Família ⁑

❆ Robert William Anderson ❆ Pai ❆ 47 Anos ❆ A relação deles é péssima. Robert não liga para a filha, ao passo que ela não liga para o fato de que ele não liga para ela. Os dois apenas vivem sob o mesmo teto, ele sustenta ela e ponto acabou. Não há afeto, Robert deixou de ser um pai para Beatrice há muito tempo.



❆ Sophia-Mary Bellucci ❆ Mãe ❆ 29 Anos quando faleceu ❆ Beatrice viveu com a mãe apenas até os 10 anos, mas isso foi o suficiente para o amor pela mãe ser enorme. Sophia amava muito a menina, sempre a protegendo. Beatrice sempre viu a mãe como sua melhor amiga, sua confidente, a pessoa com quem ela sempre poderia contar. Perder a mãe foi um abalo enorme para Beatrice.



⁑ Orientação Sexual ⁑

❆ Bissexual.

⁑ Par? ⁑

❆ Sim.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...